Essa semana eu estava consultando alguns arquivos antigos e acabei encontrando uma explicação sobre um assunto que acredito ser de seu interesse. Nos primeiros anos de estudo de inglês, o estudante costuma utilizar com frequência a frase: “I have a doubt“. No entanto, essa frase costuma ser utilizada de forma incorreta.

Compartilho abaixo a explicação do leitor Marcus Herrmann.

Parece que a dúvida sobre o uso de “doubt” ou “question” é geral. No Brasil, quando dizemos “Eu tenho uma dúvida”, normalmente esperamos que as pessoas que nos ouvem esclareçam a dúvida. Esta é uma questão cultural nossa que vem desde os primeiros anos do ensino básico. O correto deveria ser dizermos “Eu tenho uma pergunta”, e se possível dizermos para quem se dirige a pergunta.

A diferença cultural é importante aqui, pois chega a influenciar o uso das palavras. Quando um americano tem uma dúvida, se ele não pedir conselho ou ajuda, ou ainda se não expressá-la na forma de uma pergunta, não se espera que alguém “dê palpite”.

Responder a uma pergunta não formulada é indelicado, pois fere o conceito de individualidade, que para nós não é tão levado a sério. Assim, se você disser:

  • “I have one doubt” (literalmente “Eu tenho uma dúvida”) – é problema seu. Não espere ajuda.
  • “I am in doubt” (literalmente “Eu estou em dúvida”) – Quem escuta isso pode até ouvir o que você tem a dizer, mas provavelmente vai limitar-se a escutá-lo. Só algum amigo que já o conheça bem faria sugestões sobre que decisão tomar.
  • “I have a question” (literalmente “Eu tenho uma pergunta”) – Esta é uma das formas de pedir que alguém responda ou tente responder a suas inquietudes. Desta forma, você tem mais chance de obter ajuda.

Espero ter ajudado.

See you!

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

MAIS DICAS

Página 1 de 7412345...»»