Hello there, English Experts. How are you today? I hope you’re all great. I’ve been thinking about it and I finally decided to share with you all, some knowledge about learning English. (Thanks for the insight, Art )

Here it is my first article, so have fun!

Música é ótimo para aprender inglês
Eu aprendi inglês com música
Eu amo estudar inglês com música
Tenho um amigo que aprendeu inglês só escutando música

Em minha trajetória como estudante de Letras e hoje como professor, ouvi tais afirmações inúmeras vezes e de fato concordo plenamente que a música é um dos melhores instrumentos para se estudar inglês, tanto que a utilização da mesma para tal finalidade acabou tornando-se meu tema para pesquisa em minha graduação, assim como o cinema, mas este fica para outra hora. Mas então, o que sabemos sobre a música em si? Quais seus efeitos sobre nós? De onde veio? Para onde vai? (Não perca, no Globo Reporter de hoje rsrs). Brincadeiras à parte, vamos ao que interessa!

Os efeitos da música sobre a mente e o corpo

A música é considerada uma arte milenar que está presente em praticamente todos os momentos da vida do homem, em nosso cotidiano somos constantemente bombardeados por diversos tipos de sons, que estimulam diferentes efeitos e reações em nosso corpo de tal modo que, estudos indicam que a utilização da música como instrumento na aprendizagem apresenta grandes benefícios na melhoria da qualidade do ensino, pois nos afeta tanto fisicamente quanto emocionalmente, podendo ser usada como grande facilitadora na aquisição de uma nova língua, ela é capaz de motivar e interessar o indivíduo, além de tornar o aprendizado mais prazeroso.

Tal arte está presente em nossas vidas desde os primórdios da humanidade, trata-se de uma forma de expressão, que em diferentes épocas foi utilizada de diversas formas e objetivos, como em rituais e celebrações; pode ser considerada uma linguagem universal, tanto que através da música é possível difundir uma idéia ao longo dos anos sem que seja necessário escrever quaisquer sinais gráficos para representá-la. Segundo Ferreira (2010) essa é a transmissão verbal-oral-cantada do conhecimento, processo que foi constatado em tribos primitivas africanas, brasileiras etc.

A música tem a capacidade de atingir o corpo do indivíduo de duas maneiras, diretamente onde o efeito do som age sobre as células e os órgãos, e indiretamente, agindo sobre as emoções, que podem influenciar vários processos corporais provocando a ocorrência de tensões e relaxamentos em diferentes partes do corpo.

Listen to music

Eu queria evitar citações, para o texto não ficar com um aspecto acadêmico, mas este fragmento foi o que terminou por abrir minha mente para o que eu estava tentando buscar e compreender sobre a música e seus efeitos sobre nós.

STEFANI (1987), a música afeta as emoções, pois as pessoas vivem mergulhadas em um oceano de sons. Em qualquer lugar e qualquer hora respira-se a música, sem se dar conta disso. A música é ouvida porque faz com que as pessoas sintam algo diferente, se ela proporciona sentimentos, pode-se dizer que tais sentimentos de alegria, melancolia, violência, sensualidade, calma e assim por diante, são experiências da vida que constituem um fator importantíssimo na formação do caráter do indivíduo.

Viu, eu disse!

Aquisição de vocabulário

Já em relação à aquisição de vocabulário, sendo este um dos itens mais importantes no aprendizado de língua inglesa, podemos dizer de que a música facilita a memorização de vocabulário de uma forma não intencional, facilita a escrita e é um meio viável de aquisição de uma segunda língua tanto para crianças quanto para adultos.

Agora uma informação de extrema importância e em seguida explico o motivo:

Para GAINZA (1988), a música é um elemento de fundamental importância, pois movimenta, mobiliza por meio da melodia consegue atingir aafetividade e por isso contribui para a transformação e o desenvolvimento.

Percebeu a palavra afetividade destacada? Sim, afetividade é um dos pontos mais importantes para quem está estudando/ aprendendo uma nova língua e que infelizmente não vejo o pessoal da área dando a devida atenção. Você já ouviu falar em Filtro Afetivo? Pois aí vai uma bomba para você; sabia que se o filtro afetivo estiver alto em relação à aquisição/aprendizagem de língua inglesa dificilmente o estudante atingirá êxito em tal, o que muitas vezes o leva ao abandono de seus estudos. Mas acalme-se, se você ainda está lendo esse texto, significa que está empenhado em sua jornada, sendo assim está com seu nível afetivo ao seu favor, hehe.

Filtro afetivo: é uma barreira imaginária que é colocada entre um aluno e a língua. Esse bloqueio ocorre por causa de ansiedade elevada, baixa auto-estima ou pouca motivação. Geralmente está associado à cobrança intensa por resultados rápidos e impecavelmente perfeitos tanto com relação à estrutura gramatical quanto à pronúncia.

Para os mais curiosos deixo o link de um artigo que fala mais detalhadamente sobre o que é filtro afetivo: A teoria de Krashen e a hipótese do filtro afetivo.

Well folks, that’s it! I hope you have enjoyed the reading and see you next time!
( If you wish to chat with me, I’m often in the chat room of this very same website)

References

  • FERREIRA, Martins. Como usar a música na sala de aula. São Paulo: Contexto, 2010.7.ed.
  • GAINZA, V. Hemsy de. Estudos de Psicopedagogia Musical. São Paulo: Summus, 1988.
  • STEFANI, Gino. Para entender a música. Rio de Janeiro: Globo, 1987.

Sobre o Autor: Meu nome é Marcos Paulo Moreira, me graduei em Letras recentemente, sou Professor de Inglês em uma pequena escola de cursos aqui na minha cidade (Anápolis-GO). O Inglês entrou na vida por acaso quando ainda era criança e não saiu mais, hoje vejo que aprender sempre foi algo prazeroso para mim, o simples conhecimento por conhecimento, sendo este um dos motivos de ter me tornado professor.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

MAIS DICAS

Página 1 de 7412345...»»