As diferenças entre o Inglês Britânico e Americano

Bandeira Flag EUA  - InglaterraQuando eu iniciei os estudos de Inglês pela Internet, eu costumava ler (used to read) os textos da revista Speak-Up para amigos estrangeiros, com isso eu esperava melhorar a pronúncia, que na ocasião era o meu ponto fraco.

Na época eu não dava muita atenção às diferenças de pronúncia e ortografia, acreditava que o Inglês era um só, pensava eu “não é possível que um Americano não entenda o que um Britânico está dizendo”. Pois bem, durante as leituras (via Skype ou MSN) eu percebia que algumas correções não faziam muito sentido, ou pior, o que um estrangeiro dizia às vezes entrava em contradição com o que eu havia aprendido com outro. Isso me deixava bastante confuso, pois eu normalmente treinava a pronúncia anteriormente pelos CDs que acompanham a revista.

Depois de algum tempo eu percebi o meu erro. Os artigos da revista vêm com a indicação do sotaque (accent), adivinhem o que eu fazia? Isso mesmo! Eu por descuido às vezes lia uma artigo indicado como “Standard British Accent” para um Americano e vice versa. Esse descuido às vezes gerava longos debates, já que eu, de posse de um bom dicionário de inglês e da revista, teimava em defender o que eu havia estudado.

Isso tudo acabou gerando mais conhecimento e me ajudando a perceber algumas diferenças entre o Inglês padrão Britânico e Americano. Vejam abaixo algumas delas:

Na pronúncia e ortografia

  • Either (um dos dois) – Os Americanos pronunciam “ider”, os Britânicos, “aider”.
  • Dance – Os Americanos pronunciam “dence”, os Britânicos, “dance”.
  • Car – Os Americanos pronunciam “car” com o R bem mineiro, os Britânicos, “cáa”.
  • Garage – Os Americanos pronunciam “garáaage”, os Britânicos, “gárage”.
  • Colour (BrE), Color (AmE)

Algumas frases

  • What team do you (root for – AmE) / (support – BrE) ?
  • A expressão “Bate na Madeira” – touch wood – BrE; knock on wood – AmE

Essa é apenas uma amostra. Aprender as diferenças pode te ajudar a não passar vergonha. Por exemplo, a gíria Inglesa “I could murder a fag” (Eu quero um cigarro), nos Estados Unidos pode ser mal interpretada, lá a expressão significa, “eu quero matar um gay”. Até provar que focinho de porco não é tomada, isso pode gerar muita dor de cabeça.

See you!

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

39 comentários

  • 12/03/10  
    Ivan diz: 31

    Há algum equívocos em relação aos sons de algumas letras. Acho válido chamar a atenção para estas diferenças, mas devemos tomar cuidado para não fazer uma “aproximação” dos sons vocálicos do Inglês para os nossos sons vocálicos do Português. Exemplo: para os americanos, o som da letra A “dance” é igual a “man” ou “bad” (só que nasalado), e não é exatamente o som de “A” como em “my” ou “hIgh”, é um misto entre o som “a” e o som “e”, de “bed”. Já no inglês britânico, o som desse “A” é igual a “farm” ou “father” ou “car”, um misto entre o som “a” e o som “o”.

  • 12/03/10  
    Patricia Ramalho diz: 32

    Ola’ Alessandro!
    Sou nova aqui no site e estou gostando muito das informacoes encontradas aqui e da forma como vcs nos passam essa informacoes. Parabens!

    Recentimente sofri um bocado por causa desse “bendito” accent. Ha’ um tempo venho estudando ingles (americano) e ano passado viajei para Irlanda para fazer um intercambio.

    Se vcs acham o ingles britanico mais dificil/feio, precisam ouvir um irlandes falando, palavras como fine viram foine, much e’ mUch com um forte som de U.

    Para mim o ingles americano e’ mais facil de compreender, acho q pq estudei ingles americano, mas o ingles britanico soa mais bonito aos meus ouvidos, quanto ao irlandes so’ tenho a dizer q serviu pra afiar meus ouvidos…rs

    Abracao a tds

  • 29/03/10  
    Andréa Batista diz: 33

    Estou tentando aprender a língua inglesa, o que mim causou conflitos com a mesma, foi a forma como alguns cantores pronunciam algumas palavras, e perguntando a um professor ele mim explicou que existe duas formas de se falar inglês que é o americano e o britânico, que o inglês americano e mais formal e que o britânico é mais informa(gíria). isso mim deixou ainda mais confusa. poderia mim ajudar a tirar essa dúvida?

  • 09/05/10  
    Annelise diz: 34

    Eu gostei muito das diferenças entre ingles britanico e americano vai me ahuda mito no trabalho.
    Alessandro se vc pude me manda mais assuntos sobre ingles britanico eu te agradeço desde ja
    abraços

  • 20/05/10  
    Matheus diz: 35

    kkkk pelo jeito eu entendo mais o americano, euu tambem intendi que queria matar um fag(achei muito esquisito essa frase britanica)

  • 10/09/11  
    O Inglês Britânico e o Americano em choque | Dicas de Inglês diz: 36

    [...] Acontece que agora estou aqui no Reino Unido, mais precisamente no País de Gales. Cheguei há quase um mês, e acreditem, me choquei com tantas diferenças, não só de culturas, mas também com a pronúncia e os termos que diferem no inglês americano e no britânico. [...]

  •    
    Webmaster diz:  

    Caro leitor,

    Só é possível enviar comentários em posts publicados há no máximo 1 mês. Para perguntas sobre o assunto abordado no artigo acima envie uma mensagem em nosso fórum.

    Link do fórum: Fórum do English Experts

    Se você nunca utilizou um fórum aprenda agora: Como utilizar o fórum.

    São mais de 60.000 membros no fórum. Garantimos que nenhuma pergunta ficará sem resposta.

    Mais informações

    - Para críticas e sugestões envie um email para alessandro [arroba] englishexperts.com.br

    - Para se tornar um colaborador clique aqui.

    - Confira as Dicas Recomendadas.

    Bons estudos!

    Equipe do English Experts

1 2 3 4