A história do Halloween

Você sabe tudo sobre o Halloween? Sabe como surgiu, o costume e os países que celebram? Você não sabe nada sobre o assunto, mas adora a celebração? Quer aprender um pouco mais sobre a história do Halloween? Então pega aquela peruca que você comprou na 25 de Março para o carnaval de 79, separa aquela calça boca de sino que não usa desde a época da jovem guarda, pendura um colar no pescoço pra falar que tá fantasiado de hippie (a fantasia mais manjada de todas as fantasias), se olha no espelho achando que tá lindo (mas tá todo cagado) E VEM COMIGO!

halloween

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.

Como surgiu o Halloween?

Se você achava que o Halloween era uma tradição 100% pagã, vai assustar ao saber que, na verdade, é uma grande mistura de tradições.

O Halloween surgiu há mais de 2500 anos, na região que hoje fica o Reino Unido e a Irlanda. Lá vivia o povo Celta, que todo 31 de Outubro a 2 de Novembro celebravam o fim do verão e início do inverno – lembrando que estou falando de 2500 anos atrás, então a noção de tempo ou divisão de estações do ano são diferentes das nossas.

Na crença Celta, o início do inverno trazia coisas ruins – o frio destruía as colheitas, matava as pessoas e animais – e, na véspera do primeiro dia de inverno, os espíritos regressavam às suas casas. Contudo, alguns espíritos ruins também saíam e amaldiçoavam colheitas e as moradas. Para “despistarem” as assombrações, o povo Celta adornava suas moradias com coisas horripilantes, para que essas assombrações não entrassem ali. Assim, ossos, esqueletos de animais e abóboras enfeitadas eram utilizadas como parte da decoração.

Com o passar dos séculos, algumas tradições foram incorporadas ao Cristianismo, já que essa se espalhou amplamente pelo mundo ocidental. Entretanto, o Dia de Todos os Santos cristão era celebrado em 1º de Novembro. Logo, houve uma fusão das duas festividades: o dia 31 de Outubro virou a véspera do Dia de Todos os Santos, o 1º de Novembro cristão foi mantido e o 2 de Novembro virou o Dia de Finados (que é o Dia dos Mortos para várias culturas).

E o que significa a palavra Halloween? Como ela surgiu?

A palavra Halloween surgiu apenas quando deixou de ser uma festividade pagã e se tornou uma festividade cristã. Enquanto tradição Celta era chamada de Festival de Samhain, quando passou para cristianismo, adotou o nome apenas de véspera de Dia de Todos os Santos. Contudo, em inglês, véspera de Dia de Todos os Santos é All Hallow’s Eve, que, com o tempo, foi encurtando até virar a palavra Halloween que conhecemos hoje.

Espera aí… Se o Halloween se tornou uma festa cristã, porque é chamada de Dia das Bruxas?

Como eu disse anteriormente, estamos falando de 2500 anos de tradição. A incorporação de festividades de outras culturas / religiões aconteceu logo no começo da difusão do cristianismo. Porém, durante a Idade Média, a Inquisição surgiu e foi uma caça às bruxas, literalmente!

halloween5

Dessa maneira, algumas tradições que não eram originalmente cristãs começaram a ser banidas do calendário da Igreja Católica e o Halloween, que já era amplamente difundido, fora mantido com o nome de Dia das Bruxas, como uma forma de lembrar o quanto era ruim aquela celebração. O termo “Dia das Bruxas” não é utilizado pelos povos nativos de língua inglesa e é chamado apenas de Halloween.

Então por que o Halloween não perdeu-se no tempo?

A tradição fora espalhada no mundo pelos irlandeses, que, por onde colonizavam, instauravam a tradição. Os irlandeses também levaram o Halloween para os Estados Unidos, que ainda é um país muito jovem, logo, com tradições culturais ainda recentes na memória dos americanos, o que facilitou a passagem de geração em geração.

halloween4

Hoje, o Halloween ainda é celebrado na Irlanda, Reino Unido e países nativos de língua inglesa. Mas é inegável o fato de que o Halloween tem maior força nos Estados Unidos e, atualmente, em função das tradições estabelecidas nesse país, é que o Halloween hoje foi difundido por todo o mundo.

Como surgiu a ideia das fantasias e do “doces ou travessuras”?

Durante a Peste Negra, em que várias pessoas morreram, o medo da morte cresceu muito, afinal, qualquer um poderia morrer a qualquer instante. Na França, algumas pessoas com o espírito da zoeira sem limites (tipo: eu) encenavam teatros e danças de várias pessoas famosas morrendo, como forma de crítica social. Essas eram chamadas de Dança da Morte ou Dança Macabra, os atores e dançarinos “disfarçavam-se” vestindo como essas pessoas famosas e passaram a fazer isso também na véspera do Dia de Finados (que, como eu já citei, é também conhecido como o Dia dos Mortos) como forma de homenagear quem havia morrido. Assim, a tradição de se fantasiar no Halloween surgiu. Atualmente, acredita-se também que as fantasias sejam uma maneira de “enganar” a morte, que não saberia quem é a pessoa e, desse modo, não a levaria consigo.

Já a tradição do “doces ou travessuras” foi uma grande mistura – como é toda essa história do Halloween! A ideia dos doces surgiu na Idade Média, em que as crianças saíam de porta em porta, no Dia de Finados, pedindo um bolo (chamado de Bolo das Almas) em troca de fazerem orações para o ente querido que já houvesse morrido. Essa tradição era como um Pokemon e depois de muito tempo evoluiu para a segunda fase: as travessuras.

halloween1

As travessuras surgiram no Reino Unido, na época em que os protestantes perseguiam os católicos, estes eram privados de exercerem seus direitos legais e terem cargos públicos. Essa perseguição gerou uma conspiração para matar o rei protestante, que fora desarticulada na primeira semana de novembro, com a morte de um católico.  O dia ficou marcado por uma grande festividade que existe até hoje. A tradição acontecia com uma grande festa em que os protestantes iam mascarados às casas dos católicos exigindo pão, cerveja e pastéis e diziam treat or treat.

Quando ambas as tradições foram levadas para os EUA, houve uma fusão e, no lugar de adultos fantasiados pedindo cervejas e pastéis, as crianças quem vão fantasiadas em busca de doces ou travessuras.

Como o Halloween é celebrado atualmente?

Hoje, o Halloween virou uma tradição bem americana, contudo é celebrada em vários países que não são falantes nativos de língua inglesa: no México existe El Día de los Muertos, por exemplo.

Aqui no Brasil, não há uma comemoração tradicional de Dia das Bruxas, mas, em função da influência da cultura americana, costumamos celebrar com festas à fantasia, sem pedir doces de porta em porta! Muitas dessas celebrações são difundidas pelas escolas de ensino regular e cursos de inglês, que buscam aproximar a realidade americana ao contexto de estudo de idiomas em sala de aula.

halloween3

Já nos Estados Unidos, a tradição permanece: crianças fantasiam-se de seus personagens favoritos e, no dia 31 de Outubro, saem pelo bairro – normalmente acompanhadas dos pais, dos irmãos mais velhos ou de um responsável – à procura de trick or treat. Entre os jovens e adultos, há festas para eles em casas ou baladas.

Não é perigoso deixar o meu filho aceitar doces de estranhos?

Bom, como a tradição de doces ou travessuras não acontece no Brasil, não devemos nos preocupar tanto. Contudo, se você tem filhos e pretende viajar para os EUA durante a época do Halloween e permitir que seu filhote possa vivenciar aquela situação, não há necessidade para sentir medo.

Primeiramente, as famílias normalmente não deixam seus filhos desacompanhados de um responsável. Além disso, as crianças costumam ir apenas a um raio de distância muito curto, facilitando com que os pais saibam quem são as pessoas da vizinhança com os quais seus filhos estão entrando em contato. Para completar, apenas as casas que estão com suas entradas super decoradas são as casas que indicam “Hey! Eu tenho doces, pode vir que vai rolar gordice e cárie no dente!”.

Por fim, alguns estados dos EUA adotam a Lei Megan, que é uma lei de proteção para controlar que tipo de vizinho você tem e saber se são agressores sexuais ou não. Com a Lei Megan, toda vez que um agressor sexual mudar-se de casa, a vizinhança é notificada de que o agressor mudou-se para tal endereço e quais crimes cometeu, para que os vizinhos fiquem alertas e sejam cautelosos nos tratos das crianças e filhos. A Lei é muito controversa e gera muita polêmica, mas sabemos que para um pai brasileiro que talvez não esteja familiarizado com a tradição do Halloween, pode ser um alívio para a família saber o histórico da vizinhança.

halloween2

O Halloween é uma tradição que surgiu há mais de 2500 anos na região do Reino Unido e Irlanda, permanecendo forte até hoje em função da difusão da cultura americana. Gostando ou não, Halloween é uma delícia e minhas lombrigas adoram doces!

E você, já participou de alguma festa de Dia das Bruxas? Já preparou sua fantasia desse ano?

Espero que tenham gostado… By the way, aceito doces!
Até a próxima!

Fonte: Dia das Bruxas | Halloween | Lei de Megan
P.S: A história do Halloween tem várias versões. Os celtas eram de tradição oral, logo, muita informação foi perdida ao longo dos séculos e a história também foi distorcida, gerando inúmeras maneiras diferentes de serem contadas.

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

37.jpg

Camila Oliveira

Camila gosta de viajar, conhecer lugares, pessoas e culturas, ouvir música, sentir aromas, degustar sabores, saborear a vida, aprender novos idiomas. Não quer criar raízes, pois sabe onde é o seu lugar: o mundo.