Aprendendo idiomas: o poder da consistência

Study every dayOlá, amigos! Algum tempo atrás, escrevi o primeiro artigo para o English Experts em português. Nesse artigo, eu contei um pouco sobre os idiomas que eu aprendi ao longo das minhas viagens. Além de inglês, eu falo alemão, francês, português, espanhol, indonésio e algo de italiano e japonês também.

Algumas semanas atrás, o meu amigo Robert de Tóquio, me visitou. Ele é um cara que também viaja o mundo já faz muito tempo, e ele também aprendeu um monte de idiomas (entre eles, alguns dos idiomas mais difíceis do mundo: chinês, japonês e tailandês!).

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

A gente foi num restaurante tailandês, pediu um “Tom Yum” (prato que você precisa comer pelo menos uma vez antes de morrer!), e aí a gente conversou um pouco sobre esse estilo de vida, e sobre o estudo de línguas. E essa conversa foi uma das mais interessantes do ano.

Talvez a coisa mais interessante é que os dois descobriram, independentemente um do outro, muitos dos mesmos métodos e conceitos para acelerar o estudo de idiomas. E um dos conceitos-chave que os dois aplicam é um conceito extremamente simples que muita gente ignora: a consistência.

Quando eu aprendi indonésio em apenas 4 meses, outros estrangeiros que ouviram as minhas conversas com os nativos geralmente assumiam que eu já morava na Indonésia há anos, ou que eu investi muito tempo nos meus estudos… Mas a verdade é que eu estudei apenas UMA hora por dia.

Mas, eu estudei com *consistência*… E investi essa única hora quase *todos* os dias.

O motivo porque a consistência é uma das coisas *mais* importantes para estudar um idioma é muito óbvio, quando a gente sabe como o cérebro humano (e principalmente a nossa memória) funciona: se você estuda alguma coisa hoje, você vai lembrar somente 20% da informação dias depois.

Isso quer dizer que estudar duas vezes por semana não *tem como* trazer resultados satisfatórios, pois cada vez, você vai ter que passar 80% do tempo estudando coisas que você já tinha estudado antes. Uma perda enorme de tempo.

Quem estuda diariamente, por outro lado, consegue reter muito mais da matéria. Fazer uma revisão no dia seguinte aumenta a retenção de 20% a 40%. Uma segunda revisão um dia depois a dobra novamente… e por isso, alunos que estudam assim economizam muito tempo e podem focar quase apenas no estudo de coisas *novas*… Sem ficar regredindo continuamente.

Para nós professores de idiomas, a diferença é muito óbvia. Os alunos que também estudam em casa progridem muito mais rapidamente. Alunos que só contam com as aulas para o aprendizado, e que não estudam em casa nem fazem revisão do material, geralmente esquecem a maioria da matéria de uma aula para a outra.

E isso é mais fácil para nós professores… Pois assim, não precisamos preparar uma nova aula. É só ensinar as mesmas coisas da aula anterior, novamente. Mas, brincadeiras à parte, ficar parado desse jeito é uma das maiores causas de frustração entre os alunos de idiomas… O professor também quer ver o aluno progredir!

Por isso, mais vale estudar meia hora por dia, do que estudar 3 horas uma vez por semana. E mais vale estudar um pouco todos os dias do que estudar por muito tempo, mas apenas duas vezes por semana.

No próximo artigo, vou te explicar o que você deve fazer durante essa hora (ou meia hora) *diária* de estudos, para tirar o maior proveito do seu tempo.

My best to you all,

~ Frank Florida ~

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

31.jpg

Frank Florida

Frank Florida é professor de idiomas desde 1994 e fala oito línguas. Viajando o mundo por 11 anos, ele visitou umas 300 cidades em mais de 50 países. Ele se graduou da High School nos EUA, se formou em didática na Austrália e é criador do site Fórmula Fluente.

38 comentários

  • 06/06/13  
    Lucio diz: 1

    Realmente, comecei a fazer um pouco de inglês, japonês e alemão Todos os dias e me sinto mais em contato com os idiomas do que quando tentava fazer um monte de coisas em alguns dias!

    • 06/06/13  
      Frank Florida diz:

      Isso mesmo… além de aumentar a retenção, a consistência também permite mais contato com o idioma, como você disse… é quase uma forma de mini-imersão, dentro do próprio Brasil! Abraços!

      ~ Frank Florida ~

  • 06/06/13  
    Marcelo diz: 2

    Parabéns pelo artigo…
    Estudei 2 anos seguidos, 3 horas por dia…e comecei a dar aulas de inglês…
    Sem segrego…ou com segredo “Consistência”…

    • 06/06/13  
      Frank Florida diz:

      Ótimo Marcelo, parabéns pela força de vontade! Mas com uma meta forte, é fácil manter a motivação. Grande exemplo, de zero a professor de inglês em dois anos. Abraço! :)

      ~ Frank ~

  • 06/06/13  
    Bruno diz: 3

    Muito bom o post. Estou esperando o próximo. Acho que irá me ajudar muito, depois de muito tempo estou voltando a estudar inglês pois pretendo ir para a Africa do Sul e estou estudando por conta própria pois devido a minha rotina não posso me dar ao luxo de frequentar escolas de idiomas. A solução que encontrei foi a internet mas estou com sérios problemas para manter a disciplina de estudar todos os dias e essas dicas de alguém que sempre estudou idiomas com certeza irá me ajudar um pocado. Agora aqui vai uma pergunta: Frank, você acha que essa “escolas on-line” funcionam? Pergunto isso pois me “matriculei” em uma dessas para poder estudar.

    • 06/06/13  
      Frank Florida diz:

      Olá Bruno… é difícil para mim falar ao respeito da escola que você escolheu sem conhecê-la. Mas no final das contas, você precisa de material (vocábulos, gramática, pronúncia, textos, etc.), e você precisa fazer exercícios eficazes ao redor deste material. Assim você pode sim aprender de forma autodidata… De fato, eu prefiro estudar desse jeito. Boa sorte e nos conte depois da sua viagem no fórum! :)

      Cheers,
      ~ Frank Florida ~

  • 06/06/13  
    Vilma Gomes diz: 4

    Obrigadíssima por sua dica, espero o próximo texto com ansiedade.
    Abraço.

    • 06/06/13  
      Frank Florida diz:

      De nada Vilma, e obrigado pelo comentário!

      ~ Frank ~

  • 06/06/13  
    Lidiane Ferreira diz: 5

    Olá, Frank! Gostei muito do seu artigo! Verdade o que você falou: Não adianta estudar só alguns dias na semana e durante as aulas. Tem que ser diariamente, nem que seja por 30 minutos, 1 hora. Voltei a estudar inglês, mas desta vez por conta própria (fiz 3 anos de curso e tenho facilidade com a língua, só sou tímida para conversação) e ainda comecei a fazer curso de árabe. Realmente, tem que ser um estudo diário. Obrigada pelas dicas e abraços!

    • 06/06/13  
      Frank Florida diz:

      Opa Lidiane, parabéns pela iniciativa! Árabe deve ser interessante… Ainda não o estudei, mas já visitei a Arábia varias vezes e é um lugar muito exótico e fascinante. Muito sucesso para você!

      ~ Frank Florida ~

  • 06/06/13  
    Dalila Souza diz: 6

    Sinceramente? É uma ótima dica!
    Espero o próximo artigo pra entender como usar esse tempo, óquei?!

    Cheers.

    • 06/06/13  
      Frank Florida diz:

      Okay Dalila rs… obrigado pelos elogios! ;)

      ~ Frank ~

  • 06/06/13  
    Ismael de Oliveira diz: 7

    I’m Ismael from Brasil. I apreciated your experience learning several languages at the same timne. I’m a english student and I entend to pratice your method. Thank you very much.
    Ismael.

    • 06/06/13  
      Frank Florida diz:

      Great to hear that Ismael, I look forward to working with you. Keep us posted about your progress!

      Cheers,
      ~ Frank ~

  • 06/06/13  
    valdair diz: 8

    O problema, e a dificuldade de todos nós é o tempo, mas o artigo é sensacional, vou tentar tornar a aula mais dificil para os senhores, e sem atrapalhar claro…vou me preparar para a próxima aula (tentar).

    • 06/06/13  
      Frank Florida diz:

      Valdair, obrigado pelo comentário… olha, é uma das perguntas mais frequentes que recebo dos meus alunos. Mais do que gramática, vocabulário, pronúncia, os alunos perguntam sobre administração do tempo. Vou escrever um artigo sobre esse assunto em breve então!

      Grande abraço,
      ~ Frank ~

  • 06/06/13  
    Leticia Alves diz: 9

    Interesting how brains work…

    • 07/06/13  
      Frank Florida diz:

      Indeed!

  • 06/06/13  
    Leandro de Souza Cunha diz: 10

    Realmente, excelente dica para quem quer falar outro idioma e para aqueles que também querem aumentar seus horizontes!

    Obrigado pela dica ; )

    Leandro Souza Cunha

    • 08/06/13  
      Frank Florida diz:

      Obrigado Leandro… bons estudos! ; )

      ~ Frank ~

  • 06/06/13  
    Jonathan diz: 11

    Estou tentando progredir. Fiz apenas 1 ano e meio de Inglês em sala de aula, porém comecei a perceber que eu progredia de maneira lenta e o restante da turma pior ainda. Resolvi que queria fazer aulas VIPs, porém não consegui pagar e resolvi não continuar o curso. Dois meses atrás recebi um email do CSF, na qual minha inscrição para ir estudar em Portugual havia sido revogada e eu deveria escolher outro país no qual falasse inglês, escolhi o Canadá. Ainda não sei se serei aprovado, mas já estou me preparando, estudando um pouco por dia, vendo séries sem legendas e ouvindo músicas com legendas em inglês. Já consegui notar que aprendi novas palavras e que consigo ler melhor, porém quero mais, quero falar bem e ouvir bem, pois escrever bem já vem sendo a obrigação rsrs

    • 08/06/13  
      Frank Florida diz:

      Opa Jonathan… Obrigado por compartilhar a sua história, e muita sorte pra vc ser aprovado para essa viagem! Se você for, talvez seria interessante para os outros leitores dos EE se você pudesse escrever um diário de bordo no fórum também? Só uma sugestão. :) Abraços,
      ~ Frank ~

  • 07/06/13  
    Levvi diz: 12

    Excelente post.
    Enfrento sérios problemas com essa questão da consistência. Eu deixei de frequentar uma universidade em que o curso é de modalidade integral pra cursar outra que só é noturna, mudei o horário do meu estágio para otimizar meu tempo livre diário – tudo isso pra facilitar a questão da minha disponibilidade para estudar em inglês, porém mesmo após 6 meses de estudo nesse ano acredito que eu ainda não tenha encontrado a direção correta para os estudos. Apesar de eu ter aprendido coisas novas e aprimorado algumas habilidades com o idioma, ainda é muito pouco em comparação ao sacrifício que fiz.

    Fico muito feliz pelo English Experts e a qualidade dos posts, principalmente estes que nos motivam a estudar e não desanimar, pois durante o processo de aprendizagem o mais fácil que ocorre é o desorganização e o desânimo. Mas nunca é tarde para repensar seus próprios esforços e buscar aprimorar o aprendizado.
    Esse post chegou pra mim em um ótimo momento.

    Obrigado!

    • 08/06/13  
      Frank Florida diz:

      Legal ouvir isso, Levvi – muitas vezes é realmente apenas um pouco de motivação que nos falta para não desistir, para continuar no caminho e seguir para frente… E para estudar com essa consistência que é tão importante. Muito sucesso para você e continue pondo um pé na frente do outro, assim a chegada é praticamente inevitável!
      Abraços,
      ~ Frank ~

  • 07/06/13  
    Carla diz: 13

    Adorei a matéria! Gostaria de um método para estudar inglês sozinha pois não gosto das escolas tradicionais,

    • 08/06/13  
      Frank Florida diz:

      Olá Carla, obrigado! Eu também prefiro estudar sozinho – é uma questão de preferência, mas com certeza o estudo autodidata tem as suas vantagens também.
      Abraços! :)

  • 07/06/13  
    Elton Fedel diz: 14

    Great!! Thanks for your Hint!! I’m going to put this tip into practice every day! Hugs..

    • 08/06/13  
      Frank Florida diz:

      You’re welcome Elton, and good luck with your studies!! : )

  • 07/06/13  
    Maria diz: 15

    Quem me dera que estudando 1 hora por dia eu aprendia bastante Inglês, nem que fosse só para conseguir entender quando vem alguem ao meu serviço e eu não entendo bem
    Fico muito grata sempre pelas ideias e dicas que dão
    Muito obrigado
    MC.

    • 08/06/13  
      Frank Florida diz:

      Opa Maria! Não há de que, é um prazer passar aos outros o que nós aprendemos dos nossos professores e mentores e da nossa experiência. Boa sorte para você também!
      ~ Frank ~

  • 07/06/13  
    ABIMAEL diz: 16

    Confesso que sou consistente, mas em estar sempre procurando coisas novas e que no caso no aprendizado de inglês percebo que não é tão lucrativo,por isso, acho que deveria inverter um pouco essa minha ideia de vez em quando, que é em procurar revisar sempre como maior prioridade no meu estudo diário, e, agradeço muito por esse post, pois tem me iluminado ainda mais para ,enfim , continuar progredindo, thank a lot!!

    • 08/06/13  
      Frank Florida diz:

      You’re welcome Abimael! Você já estuda com consistência, então já está no caminho certo… Eu recomendo fazer revisão apenas das coisas que você tem dificuldade! Tem gente que faz revisão de tudo, até das coisas fáceis, e perde tempo com isso… E tem gente que não faz revisão e esquece muita coisa. O caminho certo está entre os dois extremos.

      Abraços!

  • 07/06/13  
    Sonia Mara diz: 17

    Ah! essa foi uma dica maravilhosa!.. eu bem que andava meio que desanimada, pensando que teria que estudar anos pra aprender um idioma. Mas essa dica vale tb pra vários outros aprendizados e achei ótima! Vou aplicar!

    • 08/06/13  
      Frank Florida diz:

      Isso mesmo Sonia… Quem sabe estudar um idioma pode utilizar a mesma habilidade e as mesmas técnicas para estudar outras coisas também… learning is a skill! :)
      ~ Frank ~

  • 07/06/13  
    Cleo Hickmann Junior diz: 18

    Excelente artigo, Frank! Me inscrevi ontem no teu curso. O vídeo que você fez é realmente muito instigante. Aguardo ansioso pelo material. Ainda não recebi nada no meu e-mail.

    Abraço.

    • 08/06/13  
      Frank Florida diz:

      Olá Cleo, legal que você gostou do meu vídeo… o curso de e-mail chega nos dias seguintes, e as primeiras edições são diárias… Bons estudos!!
      ~ Frank ~

  • 07/06/13  
    Ivan Barbosa diz: 19

    Foi uma das melhores dicas! Vou adotar este hábito, pois os resultados são ótimos.

  • 19/06/13  
    Nancy diz: 20

    Frank,
    I ´m going to follow your tips and I´ll watch films in English to improve my listening.
    I´ll try to arrange time to study a little every day.
    Have a nice week.