Aprender Inglês: estabeleça metas e faça sucesso

Felipe Massa vence primeira do campeonato de 2007Oi pessoal, domingo com Fórmula 1 é muito bom. Melhor ainda é ver um Brasileiro vencendo. Talvez esse espírito de patriotismo seja um dos maiores legados do inesquecível campeão Ayrton Senna. Hoje, ao ouvir o tema da vitória veio um momento de nostalgia e saudade daquelas manhãs de domingo do fim da década de 80 e início da década de 90, bons tempos aqueles. Parabéns Felipe Massa!

Agora que eu já terminei o parágrafo de torcedor eu posso voltar ao tema do blog: Dicas de Inglês. Volto hoje a falar de metas e o quanto elas são importantes no processo de aprendizado. Agora, parafraseando o Castelo Ratimbum (nossa to ficando velho): “senta que lá vem a história”.

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.

Muita gente me pergunta no chat do English Experts porque eu gosto tanto de Inglês, eu sempre explico que a língua inglesa é um tema que me atrai desde bem jovem, porém nunca falei dos fatores que despertaram esse meu interesse. Vou resumir em 4 itens básicos: Fórmula 1, Linux, Programação e Sangue.

Fórmula 1como vocês puderam perceber no início do texto eu sou fã da Fórmula 1. Eu gosto de ver como as equipes trabalham e a forma como tudo funciona: uma engrenagem em “perfeita simetria” (lembra da música dos Engenheiros dos Hawaii?). Ontem, pela primeira vez (pelo menos que eu me lembre) a Globo transmitiu a coletiva de imprensa depois dos treinos de classificação e foi interessante ouvir Felipe Massa falando em Inglês. De volta ao assunto eu faço a pergunta: qual o idioma oficial da Formula 1?

Linux eu sempre gostei muito do movimento Open Source. O projeto iniciado por Richard Stallman, o pai do GNU (GNU’s Not Unix!), permitiu que a programação antes dominada pelas grandes empresas se tornasse algo mais “popular” aberto aos seres humanos normais (se é que a gente pode chamar o cara que é programador de normal). Resumindo, em meados do ano 2000 eu tentei entrar no projeto do KDE como colaborador e adivinha o que aconteceu? Eu não consegui porque eu não dominava o Inglês. A partir disso eu deixei o Linux de lado e decidi estudar Inglês. Acabei não voltando para o Linux. Quem sabe um dia!

Programação Já falei de programação no tópico anterior, mas vale a pena detalhar um pouco. Como eu já disse diversas vezes a minha área é a informática e em se tratando de tecnologia, Inglês é básico. Se você quer trabalhar nas grandes do setor (Microsoft, IBM, Google, Dell, etc), pelo menos na área de desenvolvimento e pesquisa, o Inglês deixa de ser diferencial. Muitas vezes pode ser até omitido do currículo, eu digo isso porque trabalhar com desenvolvimento (alto nível é óbvio) sem saber Inglês é a mesma coisa de pleitear uma vaga de motorista sem ter carteira.

Sangue desde cedo fui influenciado por meu tio (inglês fluente), hoje um dos colaboradores desse projeto. Lembro até hoje da “tonelada” de revistas de informática (em Inglês) que ele me deu. Na época eu não tinha computador e essas revistas acabaram me levando a fazer algumas escolhas: Informática e Inglês. Tenho até hoje a edição da Windows Magazine de Dezembro de 1995. Só Deus sabe o quando eu penei para traduzir os primeiros textos da revista: dicionário na mão e muita paciência. Valeu a pena!

Agora vocês já conhecem os fatores que me motivaram. Tem gente que aprende Inglês porque gosta de algum grupo musical (e.g. U2, Beatles). Algumas pessoas porque querem morar em outro país. E ainda tem aqueles que aprendem por pressão profissional. E você? O que te motiva? A resposta pode ser determinante! Os comentários estão disponíveis para suas observações.

I hope that helps.

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

19 comentários

  • 16/04/07  
    Alisson Patrício diz: 1

    Oque me motiva a aprender inglês é o fascínio pela lingua, acho muito bonita, alem de sonhar um dia em assistir um filme todo em inglês sem legendas e entender tudo!

    e tambem, pelo meu trabalho, tambem sou programador (iniciante ainda hehe :P) mas já passei por algumas por não saber inglês, então descidi encarar de frente e aprender de vez a lingua!

    um abraço

  • 16/04/07  
    Alessandro Brandão diz: 2

    É isso aí Alisson, go ahead my friend.

    Um fato que eu não comentei no post foi a façanha do Massa. Ele conseguiu um final de semana perfeito. Melhor na classificação, mais voltas como lider da corrida e campeão. Ele conseguiu um Hat Trick como definiu bem o Luciano Burti: “barba, cabelo e bigode”.

  • 16/04/07  
    Felipe diz: 3

    O mesmo vale pra mim, Alessandro.

    Passei anos e anos tentando aprender cada detalhe de informática, porém, os textos estavam sempre em inglês.

    Agora tomei vergonha na cara e comecei a estudar. :)

    Além de ser fundamental pra mim, acho a língua linda de se falar.

    Só uma observação: meu primeiro problema com o inglês é a pronúncia correta do maldito TH.
    heheheh
    Mas em breve eu aprendo. :P

    Abraços e parabéns pelo blog!

  • 16/04/07  
    Alessandro Brandão diz: 4

    Oi Felipe,

    Primeiramente obrigado!

    A Mary já escreveu um artigo sobre o TH. Já está na fila de publicação. Talvez eu publique amanhã.

    Abraço,

  • 18/04/07  
    alexsaueressig diz: 5

    Bom, eu comecei a estudar inglês no momento em que descobri o “maravilhoso mundo da programação”. Em paralelo, a angústia em não entender filmes e músicas estrangeiras também me motivaram.
    Hoje o inglês já não é algo assustador, se é que algum dia foi. Basta eu ampliar meu vocabulário e continuar praticando.
    Abraço a todos.

  • 18/04/07  
    Mary Ziller diz: 6

    “Estabeleça metas e faça sucesso sounds like it could mean “setting goals.”

    “In the absence of clearly-defined goals, we become strangely loyal to performing daily trivia until ultimately we become enslaved by it.”

    by Robert Heinlein

  • 02/05/08  
    Priscila diz: 7

    O que me motiva a aprender é simplesmente o idioma. Desde pequena eu tive vontade de falar inglês fluentemente. Mas, é claro, existem outros fatores que me motivam. Tenho pretensão de morar em outro país. E também, estou fazendo Faculdade na área de informática, e, como você disse, o inglês é essencial nessa área.
    Ainda preciso estudar muito para chegar a minha meta: Falar inglês fluentemente.
    Abraço!

  • 02/05/08  
    Priscila diz: 8

    Ah, esqueci de acrescentar algo: E o seu blog vai me ajudar bastante, quer dizer, já está ajudando a eu conseguir atingir essa meta o mais breve possível! Sou nova por aqui, mas, apartir de hoje estarei sempre! Parabéns.

  • 03/05/08  
    Catia diz: 9

    Bom, sempre quis aprender ingles, primeiro por que quando ainda adolescente sonhava um dia conhecer os Estados Unidos ( meu grande sonho que so consegui realizar ano passado) mas queria ter tido aprendido o idioma antes, ja entrei algumas vezes mas sempre desisto, pois acho muito dificil. Agora que encontrei vcs estou pondo uma meta de conseguir a prender, mas confeso que tenho dificuldade e vergonha de me falar. Abracos

  • 20/05/08  
    Andreia diz: 10

    Oi, eu sempre gostei dessa lingua, mas nunca me interessei de verdade a aprender, ate que vim morar aqui na Nova Zelandia e me vi obrigada a aprender. Faz 2 anos que moro aqui e meu ingles esta melhorando a cada dia, mas a grande vantagem e que eu fico 24 hs ouvindo ingles, na tv, no trabalho e isso ajuda muito. Abracos!

  • 09/07/08  
    Marcela Castro diz: 11

    Alessandro,

    Realmente como você minha área também é Informática…e isso é fato – INGLÊS NESSA ÁREA É FUNDAMENTAL…Quem não sabe tá fora…Mas, antes de entrar nessa área eu sempre gostei de música e principalmente de Rock – Beatles, LED ZEPELLIN, METALLICA, entre outros (a lista é grande) logo, preferência por bandas cujo o idioma é inglês, e daí veio a necessidade de saber o que os caras cantavam…E por fim porque eu sempre gostei e acho esse idioma muito bonito….Pra finalizar meu texto, quero te dar os parabéns por esse Blog que já me ajudou muito…e assim como você também sou adepta do movimento Open Source e agora estou aprendendo JAVA, logo, aumentou a necessidade pra aprimorar o inglês. Por isso, gostaria se possível que você colocasse assuntos sobre LINUX, JAVA e outras tecnologias. Thanks…

  • 27/10/08  
    Darlon diz: 12

    Sabe quem eu vi conversando em Inglês e me surpreendi?
    Gisele Bundchen, isso mesmo! A top model fala, e fala com muita naturalidade! Tbm, depois de viver seeeculos por aqueles cantos!
    Tbm jah a vi conversando em Espanhol e me pareceu muito bem desenvolta!

    who saw you
    who see you…

  • 10/11/08  
    Simone diz: 13

    Eu sempre gostei de música internacional, como também sempre fui fã da grandiosa MADONNA, foi aí que comecei a me interessar por inglês p/ cantar bem todas as músicas. Costumo ouvi-las bem p/ aprender a pronúncia e depois acompanho, assim aprendo. hoje em dia adoro a língua inglêsa. bjs.

  • 25/01/09  
    Monica diz: 14

    O desejo de ser poliglota, estudei inglês há quatro anos atrás,
    voltei para curso ano passado, com acesso a internet e estudos diários melhorei muito meu inglês. Meu objetivo é fluência no idioma no final de 2009. Tenho seguido as dicas do blog que são maravilhosas e ouvido exaustivamente inglês.

  • 25/01/09  
    rose diz: 15

    oi eu sou a rose,o que me motiva a falar ingles e que eu vou morar nun veleiro muito em breve e vou dar a volta ao mundo, eu gostaria de saber pedir uma informacao e entender a resposta.

  • 11/02/09  
    Natalia diz: 16

    Minha motivação para aprender ingles é o intercambio que eu irei fazer em julho de 2009, eu pretendo aprender o maximo possivel para naum me sentir muito “perdida” no meio de um monte de gente q eu naum conheço num país diferente.

  • 08/04/09  
    Maiara diz: 17

    Quero trabalhar como trainne em alguma grande empresa e para isso, é claro, preciso ter o inglês na ponta da língua.

  • 05/06/09  
    Rafael Tonin diz: 18

    Eu trabalho com TOURISM e assim como Informática, inglês é básico.

    Hoje ainda não domino o idioma, porém, creio que com muita força de vontade e garra irei conseguir em breve.

    O que me motiva a aprender inglês?
    Primeiramente é a beleza do som. Logo em seguida a paixão por destinos/lugares. Sabemos que a língua oficial mundial ainda continua sendo o inglês, dessa forma, é inevitável ignorá-lo.

    Espero aprender com todos vocês.

    Até mais.