Autodidata em Inglês (Parte III)

Depois de falar sobre a liberdade do autodidata em estudar o tema que mais lhe interessa, eu gostaria de alertar sobre os perigos que isso pode representar. A Internet é uma ferramenta fantástica para os estudantes de Inglês, isso não é nenhuma novidade, porém saber utilizá-la de forma adequada e racional é fundamental.

Uma busca rápida no Google por “dicas de inglês” retorna 1.470.000 resultados. Se a expressão de busca for “curso de inglês online” esse número passa para 2.110.000 resultados. Portanto é notório que o que não falta é fonte de informação para quem decide estudar Inglês pela Internet, com a vantagem do conteúdo gratuito. Nesse ponto muita gente se perde, o autodidata tem que ter foco, não adianta nada acessar dezenas de sites com dicas de Inglês e não dedicar um bom tempo lendo e relendo os textos. É isso mesmo “relendo”, a melhor maneira de aprender é revisar o que foi estudado, falarei mais sobre isso em outra oportunidade.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

A dica que dou é a seguinte: escolha bem os sites, blogs e podcasts que servirão de base para os seus estudos.

Confira a seguir os sites que leio e “releio”:

Agora os blogs:

Os Podcasts que acompanho são os seguintes:

Isso não quer dizer que não faço uso de outras fontes na Internet, só que estes sites são o meu ponto de partida. Caso o tema que estou estudando ainda não tenha sido tratado em nenhum deles, aí sim parto para outras fontes.

Por fim, não se esqueça de relacionar o English Experts na sua lista de blogs. Ok?

Termino hoje com a seguinte frase: no mundo atual o importante não é o que você sabe, mas a rapidez com que você aprende. Pense nisso! ;-)

Leia o quarto e último artigo da série sobre o autodidata

Posts da série:

See you!

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

32 comentários

  • 31/05/07  
    Paulo Sidney diz: 1

    Oi Alessandro,

    gostaria de acrescentar, se me permitir, que oara se ter êxito como autodidata também é necessário que se respeite o próprio tempo. Estar focado, mas tendo em mente que cada um tem um tempo diferente para o próprio desenvolvimento.

    Inté

  • 31/05/07  
    Ulisses Wehby de Carvalho diz: 2

    Alessandro,

    Obrigado mais uma vez pela menção ao Tecla SAP. Valeu!

    Abraços a todos

  • 28/12/07  
    Hélio Nascimento diz: 3

    Estou fazendo Ingles a 06 meses e vou passar para o livro 2 do CNA. Gostaria de saber se devo comprar os livros COMO ENTENDER O INGLES FALADO e COMO DIZER TUDO EM INGLES.
    Estas livros vão me ajudar ou é um tanto cedo para isso?

  • 29/02/08  
    Emanuel diz: 4

    Quero saber aí as partes da casa quero passa-las ou imprimilas para o trabalho que a minha professora de Ingles mandou

  • 24/03/08  
    Gabriela Egea diz: 5

    Alessandro,

    Você falouqeu acompanha os poscasts do http://www.eslpod.com,

    Eu estava querendo me subscrivir, mas não sei se são serios, com respeito de poder cancelar a assinatura a qualquer momento. Qual a sua sugestão?.
    Obrigada!

  • 24/03/08  
    Alessandro diz: 6

    Gabriela,

    Eu atualmente estou estudando pronúncia através do ESLPod. O doutor Jeff tem uma pronúncia muito boa. E agora que sou assinante eu recebo também as transcrições completas, o que complementa os estudos. Ele é muito sério, inclusive o ESLPod é parceiro do English Experts. Sim você pode cancelar sem maiores problemas.

    Espero ter ajudado.

    Abraço,

  • 30/06/08  
    Uiles diz: 7

    Olá, Alê!
    Li todos seus textos sobre autodidata. Muito bom. Trabalho numa multinacional, e não saber inglês é com força, uma forma de analfabetismo. Meus 51 anos enferrujaram alguns neurônios, mas não minha vontade de poder um dia, xingar Shakespeare na lingua dele!

    Quero te agradecer pelas preciosas dicas de sites. Show!
    Aprender inglês gratuitamente… isso é muito bom!!!
    Abs e parabéns!
    Uiles.

  • 30/06/08  
    Alessandro diz: 8

    Uiles,

    Muito obrigado pelas palavras de incentivo. Eu estou pensando em publicar um artigo sobre as profissões que mais usam o inglês no dia-a-dia, em breve tem novidade aqui no blog.

    Desejo a você bons estudos!

    Abraço,

  • 07/10/08  
    Dicas de Inglês :: Autodidata em Inglês (Parte I) diz: 9

    […] em Inglês (Parte I) Autodidata em Inglês (Parte II) Autodidata em Inglês (Parte III) Autodidata em Inglês (Parte IV) See you! Leia outros artigosAutodidata em Inglês (Parte […]

  • 07/10/08  
    Dicas de Inglês :: Autodidata em Inglês (Parte IV) diz: 10

    […] em Inglês (Parte I) Autodidata em Inglês (Parte II) Autodidata em Inglês (Parte III) Autodidata em Inglês (Parte IV) Leia outros artigosAutodidata em Inglês (Parte I)Autodidata em […]

  • 07/10/08  
    Dicas de Inglês :: Autodidata em Inglês (Parte II) diz: 11

    […] Autodidata em Inglês (Parte I) Autodidata em Inglês (Parte III) […]

  • 19/12/08  
    Maya diz: 12

    Resido numa cidade do interior do RS,já fiz 3 anos de curso particular, aprende-se tanto e sente-se que não sabemos falar e nem podemos ler tudo muito menos entender os falantes nativos, nos filmes e documentários. Como pode ser isso? Eu estudo além das aulas e muito!!!
    Gostei muito das tuas dicas e conteúdos, vou ser assídua , talvez eu consiga aqui o que busco.
    Abraço.

  • 07/01/09  
    Fábio diz: 13

    Muito Obrigado pelas dicas.
    Obrigado por mensionar os sites, pois não conhecia.
    abraço.

  • 07/01/09  
    Sandra diz: 14

    as dicas sao muito valiosas.
    Obrigada !

  • 01/02/09  
    ICENAURO diz: 15

    Hello my dear friends, I have been started to study English about three years ago, when my college’ teacher said me: don’t think you will learn English here, only somethings about grammar, ” So I counsel (give some advice) to look for an English course to learn as far as ending your graduate in ENLGISH AND PORTUGUESE LITERATURE. I was in luck to found out a native teacher that were from South African , and I studyied with him only one years , and after I began to study by myself. Nowaday , I can speak with many friends around the world by internet and my skype is icenaruorossini , my msn is icenauro@hotmail.com I see you there my friends.

  • 01/02/09  
    ICENAURO diz: 16

    Bem, como eu disse , comecei estudar com um professor nativo da lingua , mas conforme o artigo do English Experts , eu sempre procurava mais , queria a todo momento ampliar meu vocabulario , lendo textos em ingles. quando comecei estudar estabeleci metas : no primeiro anos aquiziçao de vocabularios , por meio de leitura e chat , no segundo ano comecei a usar o vocabulario aprendido para começar a converça , no terceiro ano ja estava conversando com nativos e nao nativos de outros paises , este ano pretende tornar – me fluent , nao sei se conseguirei mas ja dou conta de me virar se eu estivesse fora do pais , ah estudei seis meses na Englishtown.com.br um site muito bom. mas para que pagar para aprender se eu posso entrar em outros sites sem precisar disto. ainda não sou fluent in English mas sei que um self-tauch de verdade can go far.

  • 01/02/09  
    ICENAURO diz: 17

    Alessandro ,quanto custa para ser assinante do ESLPODCAST DO DR JEFF, eu tambem baixo muitos podcast para estudar , mas nao sou assinante.

    • 01/02/09  
      Alessandro diz:

      Icenauro,

      Os valores da assinatura estão no próprio ESLPod. É baratinho e vale a pena assinar.
      Eu sou assinante e recomendo.

      Abraço,

  • 04/02/09  
    Paulo diz: 18

    Estou entusiasmado em aprender ingles agora com 54 anos mas já estou aprendendo e agora sozinho , quero dizer, sem professor ou curso mas pelas oportunidades da internet e esta que voce esta dando, obrigado pela oportunidade que estão me oferecendo para aumentar meus conhecimentos

  • 22/03/09  
    BIDIELARACING diz: 19

    este site realmente e esclarecedor eu nao sabia que deveria deixar de lado minha lungua nativa pra mim era normal eu sempre traduzir em meu cerebro simultaneamente as duas valeu!!!!!!!!!!

  • 11/04/09  
    EDLAMAR diz: 20

    Parabéns!!!!
    Excelente siste.

  • 18/05/09  
    Daniella diz: 21

    Já não sei mais como agradecer ao meu amigo que me indicou este site para estudo de Inglês. Sou simplesmente apaixonada pela língua inglesa, faço Letras e não vejo outra forma mais eficaz no aprendizado da língua inglesa senão estudando por conta própria. E claro, tirando dúvidas com pessoas mais experientes, como os professores, mas sempre tendo em mente que o nosso esforço é que proporciona o aprendizado. A cada dia tenho um novo motivo para admirar o site e claro, o expert que teve essa idéia. Muitíssimo obrigada! Seu trabalho é digno de grande admiração e apoio de todos que podem utilizá-lo.

    • 18/05/09  
      Alessandro diz:

      Daniella,

      Obrigado pelo comentário. Agradeça ao seu amigo pela indicação por mim.

      Abraço,

  • 29/05/09  
    fatimachan diz: 22

    Olá Alessandro, moro a 4 anos no Canadá, e quando chequei aqui não falava nada, hoje consigo me virar, e tudo que sei hoje, fui atraz para saber; estou tentando estudar por conta própria e não é fácil, a muitas dúvidas, não sei bem por onde começar; agora que li seu artigo, fiquei mais feliz, pois vejo que não estou só nesta.
    E me deu uma nova visão, talves agora eu consiga começar.
    Abraços e obrigada, adorei o site.

  • 11/08/09  
    SIMONE MARTINS diz: 23

    Alessandro, estou virando sua fã. Obrigada novamente. Abraços Simone

  • 18/08/09  
    kauane Silva diz: 24

    é legal.
    é sempre bom ler um pouco disso assim agente sempre aprende mais.

  • 31/08/09  
    Pedro Martins diz: 25

    A última parte da matéria está com problema para abrir (a parte IV).

    • 31/08/09  
      Alessandro diz:

      Pedro,

      A parte IV está normal. Tente acessar novamente.

      Abraço,

  • 06/09/09  
    marta oliveira diz: 26

    Eu também visito os sites abaixo, o 1° é excelente, vc pode acompanhar as lições de gramática em sequência, tem video youTUBE com explicação de um professor excelente. E o Livemocha, que vc faz as aulas e interage com nativos.

    http://www.learnamericanenglishonline.com
    http://www.englishtown.com
    http://www.bbc.co.uk/radio1/
    http://www.livemocha.com
    Espero ter ajudado.
    Abraços

    • 30/07/16  
      Iza224 diz:

      Não sei se você conhece, mas descobri recentemente e estou gostando muito. É o http://www.english-at-home.com/ Tem coisas de listening, Speaking, Vocabulary & Idioms, Real Life English, English Lessons, Games & Quizzes. Dá uma olhada nesse … Se
      é que você não conhece. :)

  • 20/01/10  
    Carlos Alberto diz: 27

    Uma vez li uma pequena nota de rodapé de uma matéria na revista Seleções – Reader’s Digest e achei interessante, era mais ou menos assim:

    Um rato vinha correndo deseperado, esquivando das patadas do gato que vinha logo atrás dele, num relance o rato consegue uma boa distância do gato, mas erra o caminho e entra numa ruela.
    Ao entrar naquele corredor estreito ele reparou que não tinha saida pra lado algum, uns gatos que estava na entrada do beco viram quando o rato sem fôlego quase entrou nele, bem como também o gato que o perseguia.
    O gato que o perseguia pensou, “agora te peguei seu rato”, e sumiu o gato atrás do rato naquele beco. Fez um silêncio mortal. De repente todos ouvem uns latidos vindo de lá onde entraram os dois.
    Num salto enorme o gato sai do beco em disparada, passando pelos outros gatos que assistia toda a cena sem entender nada.
    Logo depois vem o rato como quem não queria nada, um dos gatos morrendo de curiosidade perguntou.
    – De onde veio esse cachorro, nós estamos aqui faz tempo e não viamos nenhum cachorro entrando nesse beco.
    O rato com a cara de malandro respondeu.
    – Meus amigos felinos, o homem (rato) que não sabe mais de uma língua está f…

    Isso reporta bem como é bom sabermos outro idioma, mais precisamente o inglês, é uma espécie de uma fábula esse texto que li na revista seleção, mas ilustra bem a impotância de aprendermos outra língua, que no caso aqui é o inglês, parabéns pelo blog, sou assíduo frequentador dele.

    Abraços.

    • 20/01/10  
      Alessandro diz:

      Carlos,

      A sua estória é bem interessante e ilustra bem a necessidade de se falar mais de um idioma.

      Obrigado pela participação.

      Bons estudos,