Como aprender 9 idiomas

Steve Kaufmann fala nove línguas fluentemente e atualmente estuda outras duas. Como ele foi capaz de aprender tantas línguas? Ele descobriu o que funciona, e também o que não funciona, no aprendizado de idiomas.

Steve cresceu em Montreal, no Canadá, e graduou-se no Institut d’Etudes Politiques, em Paris, na França, em 1966. Em seguida ele entrou para o Serviço Diplomático do Canadá e representou o Canadá em Hong Kong, na China e no Japão. Em 1974, Steve abandonou o Serviço Diplomático e passou a se dedicar ao ensino de idiomas.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Leia abaixo tradução do podcast “Your Language Adventure, Part 2“.

Eu aprendi nove idiomas. Eu sempre me divirto explorando uma nova linguagem. Eu não temo o novo idioma. Eu não tenho medo de cometer erros ou parecer estranho. Eu me sinto feliz quando eu consigo me comunicar em um novo idioma. É interessante aprender como outras culturas dizem as coisas. É uma aventura imitar novos sons. Eu me sinto como se eu fizesse parte de uma outra cultura ao menos parte do tempo. Se você encarar o seu aprendizado de Inglês como uma aventura você irá se divertir bastante. Se você se interessa por isso você irá empregar o tempo necessário para avançar de forma rápida.

Eu não posso superestimar a importância da atitude. Mas sua atitude tem uma influência determinante na forma com que o seu cérebro cria as redes neurais necessárias para se falar bem o inglês. Pesquisas científicas mostraram que uma pessoa pode mudar as ligações cerebrais apenas pela força de vontade! Você precisa estar determinado a avançar. Você precisa estar disposto a agarrar as oportunidades. Encare o aprendizado de idiomas como uma aventura que lhe trará grandes recompensas. Mas garanta a você mesmo o tempo necessário para aproveitar essa aventura. Se você fizer isso você irá se soltar e fazer grandes progressos. Depende apenas de você.

Mas força de vontade e atitude positiva não serão o bastante. Você vai precisar de muita exposição ao Inglês. Eu não me refiro ao estudo de gramática em livros ou respondendo questões artificiais. Ou até mesmo passar tempo em conversas com nativos do idioma ou em conversas em clubes de conversação. Você precisa enriquecer o seu Inglês. Para isso é necessária muita exposição, muito input.

Você precisa ouvir todos os dias. Você precisa ler todos os dias. Você precisa escutar e ler conteúdos em Inglês que sejam interessantes ou familiares para você. Este constante input é necessário para fortalecer as ligações responsáveis pelo aprendizado do Inglês em seu cérebro. A maioria das pessoas que estão estudando Inglês não ouve e lê o necessário. Algumas passam apenas uma ou duas horas por semana em contato com o idioma. Isso não é o bastante. Você precisa estar em contato com o idioma ao menos uma ou duas horas por dia!

Atualmente, você tem rádio, TV, MP3 players, Minidisk players, CD players, audio-books, e a Internet. O inglês está em todos os lugares. Escolha ouvir coisas que você gosta. Ouça coisas do seu interesse. Não importa se você está interessado (a) em comida ou finanças, carro ou computadores, hobbies ou história, viagens ou negócios, esportes ou ciência. Reserve um tempo para ouvir e ler em Inglês sobre assuntos que façam sentido para você. Se o conteúdo é interessante e familiar, você irá aprender de forma mais eficiente.

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

11 comentários

  • 20/08/07  
    Juliano diz: 1

    isso ai alessandro, o cara é fera, tem muito a nos ensinar

  • 21/08/07  
    Alessandro diz: 2

    Com certeza, disso ninguém duvida.

    Abraço!

  • 23/12/07  
    Emerson diz: 3

    Que maravilha de estímulo para nós pobres mortais em busca de uma segunda língua!

  • 23/12/07  
    Alessandro diz: 4

    Emerson,

    Se ele conseguiu aprender 9, porque nós não podemos aprender mais 1, não é mesmo?

    Abraço,

  • 02/08/08  
    Wyeraz Joel diz: 5

    Show de bola… Atualmente pareço pato..:
    INglÊs (prioridade), Espanhol, Francês e POrque não o bom e velho POrtuguês quero aprender mais dele…

    9 é a meta… rsrsrs

    HELP!!.. great post

  • 28/09/08  
    !...:Nanditta:...! diz: 6

    Olá, boa noite!

    Eu tenho somente 12 anos, mas acho que já nasci com o instinto de falar outros idiomas.
    A coisa que eu mais gosto de fazer quando estou com tempo livre (até mesmo não estando) é estar aprendendo cada vez mais.

    Eu comecei a fazer inglês em agosto desse ano e quando fiz o teste já passei pro nível 2 ! Estou muito feliz com isso e acho que minhas aulas estão rendendo.
    Há muito tempo eu estou estudando sosinha em casa o espanhol. Me auto avaliando creio já sei falar. Não tenho mais erros, as palavras que vejo pra mim não são desconhecidas e diariamente falo com nativos de vários países de língua espanhola.
    Estou com muita vontade de aprender também italiano e talvez francês.

    Mas ainda me resta uma GRANDE DÚVIDA! =(

    Não sei por onde começar a aprender o tal idioma!!! Será que você poderia me dizer por onde começar?? Quero aprender sosinha!

    Please, preciso muito dessa resposta!
    Tenham uma boa noite..!

  • 30/09/08  
    Santanna diz: 7

    “NAndita”

    Vc poderia começar pelo português!

  • 01/10/08  
    !...:Nanditta:...! diz: 8

    Wal, muito obrigada pela resposta! ='(

  • 10/03/09  
    Jonã diz: 9

    Boto fé nisso tudo!
    alguém conhece o babbel.com?

  • 05/05/09  
    Tiago carvalho costa diz: 10

    A “Nanditta” é bem “aparentemente” versátil,confesso que estou sublime com o fato, afinal 12 anos é pouco tempo para tanto talento(eu acho!).
    Mas olha querida, quando voce começou a estudar espanhol,como voce criou sua metodologia?
    Daria pra faze-la igualmente com o italiano?
    Separe capitulo gramaticais e apos pratica-los na escrita faça o “listining to”.

    I hope it helps!

  • 06/11/09  
    Carlos Moraya diz: 11

    !…:Nanditta:…!

    Muito legal saber q vc com apenas 12 anos gosta de aprender novos idiomas. Eu estudo Italiano a 5 anos por puro prazer. E comecei aprendendo na faculdade no curso de italiano. Mas engana-se quem pensa q aprender em sala de aula é moleza. Tive que suar a camisa e estudar muito por conta própria. Uma dica é procurar um centro de cultura Italiana, como o consulado oferece aqui no Rio. Lá é possível encontrar livros e filmes na lingua nativa que é muito próxima ao espanhol. Por isso é preciso ter cuidado quando estudadas juntas pois fazem parte do mesmo tronco idiomático, o indo-europeu. Outra dica é fazer um e-mail pela itália – Yahoo itália por exemplo.
    Ci vediamo altra volta ragazza! Buona Fortuna!