Como criar um perfil no LinkedIn em inglês

Não canso de dizer: a tecnologia aproxima pessoas. Uma das maiores vantagens tecnológicas foi justamente o advento da ferramenta que você está usando para ler este artigo: a internet.

Através da internet comunicamos com pessoas, temos acesso às notícias ao redor do mundo ao vivo, estudamos, trabalhamos e também conseguimos emprego.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Além disso, temos contato com várias redes sociais interessantes. Entre elas, surgiu o LinkedIn, que opera como uma ferramenta fundamental para quem já está ou quer ser inserido no mercado de trabalho.

Essa rede funcionará como seu currículo online e te dará acesso a diversos contatos: desde parceiros comerciais, possíveis empregados ou futuros empregadores.

Quando seu perfil é gerado, a possibilidade de expandir seu networking e fazer seu marketing pessoal aumenta, tanto para prováveis empregadores quanto para investidores e mentores.

Por ser uma social network global, nada melhor que criar seu profile em inglês e possibilitar que mais pessoas acessem suas informações, ampliando sua rede de contatos e parceiros. E assim, quem sabe, conseguir aquele emprego dos sonhos, uma mentoria ou até mesmo uma pessoa interessada em investir em sua ideia, empresa ou Startup?

Caso seja um universitário integrante do programa Ciências Sem Fronteiras, o perfil em inglês também será útil durante seu ano acadêmico fora do Brasil.

Um perfil no LinkedIn em inglês

O LinkedIn é a maior rede profissional do mundo, contando com mais de 400 milhões de usuários em 200 países e tem como objetivo criar oportunidades profissionais, através de acesso às pessoas, vagas de emprego, notícias, atualizações e insights. Portanto, tenha sempre em mente o mantra: “é preciso ser profissional”.

Algumas Dicas Básicas

Criar um perfil em uma rede social não é nenhum mistério. Contudo, como disse anteriormente, não estamos falando de uma rede de relacionamento, então, o que é postado refletirá na forma que será visto no âmbito profissional.

Dessa maneira, seja cauteloso com a foto de perfil que escolher. Apesar de ser a era das selfies, deixe-as para outras redes sociais. Opte por uma foto mais formal, de preferência de boa qualidade e que revele quem você é em seu trabalho. Se você não anexa em seu currículo aquela foto do Instagram, não coloque também em seu LinkedIn. Entretanto, na falta de uma foto que atenda esses padrões, utilize a que considerar mais adequada, só não deixe seu perfil sem imagem. Isso espanta conexões!

Escolha um título profissional atraente. Abaixo do seu nome, você deverá escolher uma função como título, que definirá sua “identidade” profissional. Escolha algo chamativo e atraente. Não escolha apenas businessperson, e sim um innovative businessperson.

Um perfil bem detalhado é um perfil forte. Quanto mais informações possuir sobre sua formação e conquistas acadêmicas, experiências profissionais e voluntariado, melhor.

Escreva um bom resumo sobre você. Esse resumo funcionará como uma carta de apresentação, em que mostrará sua personalidade, que tipo de profissional é e que complementará o resto do perfil, explicando sua formação acadêmica e profissional, assim como conquistas, prêmios, qualidades e habilidades que possui. Utilize adjetivos como:

  • Responsible [Responsável]
  • Strategic [Estratégico]
  • Creative [Criativo]
  • Effective [Eficaz]
  • Patient [Paciente]
  • Expert [Especialista]
  • Organizational [Organizacional]
  • Driven [Impulsionado]
  • Innovative [Inovador]
  • Analytical [Analítico]

Utilize palavras-chave por todo seu perfil. Elas podem ser referentes às suas paixões ou profissão e auxiliarão a fazer seu perfil aparecer mais frequentemente nos mecanismos de busca do LinkedIn.

perfil no Linkedin em inglês

Desative a função de tornar pública todas as suas atualizações no perfil, pois aparecer na linha do tempo das suas conexões toda e qualquer mudança que fizer é irritante. Consequentemente, uma alteração importante que fizer, se tornará banal. No entanto, ative para tornar público suas atualizações do perfil que considerar importante e que chamará atenção de suas conexões (o que te beneficiará).

Não minta sobre suas informações. Exaltar suas funções, utilizar palavras que intensifiquem suas qualidades é permitido, mas não invente informações. Uma hora ou outra, você poderá ser questionado sobre algo que mentiu e perderá completamente sua credibilidade.

No caso de fazer seu perfil no LinkedIn em inglês, algumas palavras poderão ser difíceis de serem traduzidas de uma língua para a outra. Não invente palavras que considere semelhantes, peça ajuda de alguém, recorra a dicionários até achar a palavra exata ou equivalente, para não haver ambiguidade.

Participe de grupos. O LinkedIn possui vários grupos em inglês, escolha os da sua área que possua mais usuários ativos e participe constantemente mostrando seu POV – Point of View (ponto de vista). Isso o conectará a mais pessoas, tornará seu perfil mais visível e mais suscetível a ampliar sua network. Varie: participe de grupos de alumni, de job seekers, associations de qualquer lugar do mundo.

O LinkedIn quer que você faça seu marketing pessoal. Logo, não tenha vergonha de postar o máximo de coisas sobre sua carreira. Poste artigos, links, blogs, vídeos, fotos de eventos que já tenha ido. Mostre que está em constante contato com o mundo corporativo, que preocupa em se atualizar.

Além disso, é recomendável manter suas conexões sempre interessadas em você. Publique regularmente sobre sua empresa, algum trabalho que realizou, algum projeto que está desenvolvendo, alguma meta alcançada. Se estiver desempregado, publique coisas que mostrem que apesar de não trabalhar, ainda está ativo e procurando aprimorar suas habilidades.

Saber falar um segundo idioma é essencial. Seja verdadeiro sobre sua fluência nas línguas que optar exibir como habilidade. Se possuir algum certificado que comprove seu nível de fluência, publique na seção “Certificates”.

Faça conexões com pessoas da sua área. Podem ser amigos, colegas de trabalho ou de faculdade, investidores, mentores. Apareça para essas pessoas. Ao adicionar uma futura conexão, uma caixa de mensagem aparecerá para você:

perfil no Linkedin em inglês

Não utilize esse texto padronizado feito pelo próprio LinkedIn. Isso vai parecer que está adicionando aquele contato apenas por adicionar. Dedique um tempo especial em fazer uma mensagem em inglês breve e bem elaborada, que induzirá a pessoa a se lembrar de você – caso tenham se conhecido em algum lugar e eventualmente a pessoa pediu que a adicionasse em suas conexões – ou que seja convencida a aceitar seu convite:

perfil no Linkedin em inglês

Por último e mais importante: revise qualquer coisa que escrever antes de publicar. A língua inglesa não é nossa língua materna, desse modo, estamos sujeitos a cometer erros gramaticais. Contudo, erros não ficarão bem no seu perfil que funciona como seu currículo. Fique atento, leia, releia, pesquise antes, peça ajuda de amigos, familiares e professores que tenham domínio do idioma ou para os membros do Fórum do English Experts.

Aprenda Mais:

  1. Vocabulário de emprego, currículo e entrevista em inglês
  2. LinkedIn: faça networking e vá trabalhar no exterior

Espero que tenha gostado.
See you next post!

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

37.jpg

Camila Oliveira

Camila gosta de viajar, conhecer lugares, pessoas e culturas, ouvir música, sentir aromas, degustar sabores, saborear a vida, aprender novos idiomas. Não quer criar raízes, pois sabe onde é o seu lugar: o mundo.

5 comentários

  • 14/01/16  
    rodnaldo diz: 1

    Valuable tips. I’ve started doing my LinkedIn profile in English once but I got too much doubts then I stopped. After these tips you shared I’m going to try again.. Thanks.

    • 14/01/16  
      Camila Oliveira diz:

      Oh, thank you so much! I’m glad to know these tips were useful! =)

  • 19/01/16  
    lhncr diz: 2

    Oi Camila. Obrigado pelas dicas. Eu tenho uma dúvida: eu sou atendente de câmbio. Trabalho em casa de câmbio negociando moedas estrangeiras. Eu quero saber como traduzir isso. Em alguns casos também usamos operador de câmbio. Eu realizo a conferência do cofre, compra e venda de moeda estrangeira, negociação etc… Não tenho certeza de como colocar tudo isso em inglês nas palavras corretas. Poderia me ajudar?

    • 19/01/16  
      Camila Oliveira diz:

      Hey you,
      Bom, o seu cargo em português é fácil e tranquilo de ser explicado, mas um pouco complicado em inglês.
      O cargo que conheço é Currency Exchange Teller, que seria o caixa da casa de câmbio. Infelizmente, não sei se o caixa tem a única função de comprar ou vender a moeda para um cliente ou se exerceria funções que a sua. Caso ainda não seja exatamente a posição que exerce, gostaria de saber de mais informações para ajuda-lo. Caso queira, envie sua dúvida para o Fórum do EE que mais pessoas podem te ajudar.
      See you!

  • 30/01/16  
    lhncr diz: 3

    Obrigado Camila. Desculpa a demora.