Como nosso cérebro aprende inglês

A prática constante é a base do aprendizado. Tudo aquilo que aprendemos ou vivenciamos, se não utilizado, é descartado pelo cérebro. Não pense que isso é uma coisa ruim, afinal, a seleção das informações a serem retidas é quase que um mecanismo de defesa.

Imagine se você fosse capaz de se lembrar do que comeu no café da manhã de exatos quatro anos atrás? Desnecessário, não é mesmo?

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.

Como reter a informação importante

Você pode pensar: “Se é importante para mim então meu cérebro vai manter a informação armazenada!”. Na realidade não é bem assim que as coisas funcionam.

Se você acabou de aprender uma palavra, essa informação vai para a chamada memória de trabalho: ela atua no momento em que a informação é adquirida, em seguida, irá retê-la por alguns segundos. Por fim, ou essa informação é guardada por períodos mais longos ou descartada.

Dependo do grau de importância – e se você se enforcar para memorizar –, ela vai para a chamada memória de curto prazo.

Mas Alessandro, você ainda não disse como reter o conhecimento!

pulo do gato está em transferir as informações que estão na memória de curto prazo para a memória de longo prazo, ou seja, aquela memória que retém informações no cérebro permanentemente.

Como fazer essa transferência? A resposta reside na palavra repetição. Observe as duas situações abaixo:

Situação 1 – Você está num dia inspirado e extremamente motivado. Então acorda cedo e começa a estudar inglês. Revisa a matéria 1, 2 até 3 vezes. São 4 horas de estudo intenso e você para na hora do almoço mentalmente exausto.

Situação 2 – Você acorda cedo e estuda por 30 minutos, mesmo estando empolgado, faz uma pausa para realizar outras atividades. Durante o período da tarde são mais 30 minutos de estudo, e, neste caso, foram investidos 10 minutos revisando o que foi estudado durante a manhã. Antes de dormir, você dedica mais 30 minutos, dos quais 20 foram utilizados revisando o que foi estudado durante o dia e os 10 restantes praticando com exercícios.

Em qual situação houve mais aprendizado?

Vou relatar aqui a minha experiência. Apesar da diferença de tempo – 1h30min da Situação 2, contra 4 horas da Situação 1 –, a Situação 2 mostrou-se mais efetiva.

Eu atribuo a maior efetividade a dois fatores:

  1. A repetição.
  2. A distribuição de horários. Pois não adianta passar horas estudando um só tema (seja ele idiomas ou qualquer outro), com o tempo o cérebro vai ficando cansado e não há retenção de conhecimento.

Gostou do assunto? Ouça agora um podcast que gravei com uma especialista na área. Tenho certeza que você terá insights muito bacanas sobre como organizar seus estudos.

Espero que a dica seja útil em seus estudos.

See you!

Referência: Memória/Esquecimento – Dr. Drauzio Varella.

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

127 comentários

  • 02/04/10  
    Gustavow diz: 1

    Olha,está dica foi ótima,concordo também com a situação 2,já tentei isso para estudar pra escola ( em outras matérias mesmo ),e nem sempre dava lá muito certo…Obrigado pela dica ^^’ … abraços…

  • 03/04/10  
    marne diz: 2

    sou iniciante no english, mas gostei muito desta dica. Ainda estou “perdido” na maneira como devo estudar.

  • 05/04/10  
    rosa valente diz: 3

    Dears Alessandro, Torsten e toda Equipe,
    I´m happy to come back.
    I´ve received all the correspondence, thanks a lot.
    rosa

  • 07/04/10  
    Vinicius Dias Cunha diz: 4

    Alessandro,
    Além de me ajudar no Inglês, me ajudou na prova de hoje!
    Thanks.

  • 14/04/10  
    Nilcea carvalho inacio diz: 5

    Sempre tive vontade em aprender ingles, principalmente em cantar musicas, pois adoro cantar. Mas acho que estou bloqueada, já entrei em varios cursos e não consigo conclui-los, me desestimulando, com gramáticas, etc. Talvez por ser uma pessoa que quer respostas de tudo aquilo que faz, e rápida, não consigo aprender. E hj. tenho uma grande necessidade para tal, pois constantemente estou naquele país, e me sinto como um peixe fora d’água!!!Me ajude no que fazer… grata.

  • 16/04/10  
    Igor diz: 6

    Estou estudando muito inglês,esse site esta me ajudando muito!Muito obrigado!

  • 02/05/10  
    Juliana F.Alexandria. diz: 7

    Estarei participando de uma entrevista para comissaria de voo, onde exigem o nivel 4 de ingles da ICAO,trata-se de um ingles técnico para a aviação e não encontro nada relacionado á este assunto…Adoro todas as materias deste bolg,me ajudaram muito á esclarecer algumas duvidas e como entender melhor este idioma,Parabêns!!!

  • 03/05/10  
    Michely Saores diz: 8

    Olá.
    Estou fazendo inglês a um ano mais ou menos, e p mim parece q num to aprendendo nada apesar de consequir compreender algumas coisas, mais na hora de falar eu travo apesar “saber” uq eh p ser usado, gostaria de saber como faço p me soltar mais ao falar inglês.

  • 12/05/10  
    Luciana diz: 9

    Olá, Parabéns pelo site!
    Estou navegando e estou gostando muito das materias…

    Estudo ingles a um bom tempo, mas ainda estou longe de ser fluente, tenho a impressão que não consigo evoluir mais. Já aconteceu isso com alguem ?
    O que eu faço ?

    Abraços!

  • 21/05/10  
    Bia (USA) diz: 10

    Congratulations!!!! You have been doing a good job. Many thanks .

  • 24/05/10  
    Katy D diz: 11

    Muito boa essa sua dica!!!!!!!
    Eu estou aprendendo Inglês e estou fazendo isso e está dando muito certo outra coisa que eu faço é ouvir bastante músicas em inglês e fico prestando atenção nas palavras e expressões que conheço está me ajudando bastante principalmente na fluência.

  • 24/05/10  
    Héboni Felipe diz: 12

    It’s just the thing you’re better and better

  • 22/03/16  
    Tato Domingues diz: 13

    Excelente dica q ja apliquei em outros estudos pela vida funcionou. Agora, hora de usar to learn English. Go ahead!

    • 22/03/16  
      Alessandro Brandão diz:

      Oi Tato,

      Então mandar ver aí nos estudos.

      Obrigado pelo comentário!

  • 19/09/16  
    Lorena Da Conceicao diz: 14

    Muito Bom eu gostei muito das dicas, já estou Aplicando.

    • 19/09/16  
      Alessandro Brandão diz:

      Oi Lorena,

      Você vai perceber o quanto esse modelo de estudo é efetivo.

      Sucesso aí!

  • 03/10/16  
    JoiceSilva diz: 15

    GOSTEI, ALESSANDRO. ESTOU FAZENDO O CURSO DO MAIRO VERGARA E COM ELE CONHECI O ANKI. ESTOU ADORANDO. O PROGRAMA É ÓTIMO E AJUDA A RETER O INGLÊS NA MINHA CABEÇA. POR ENQUANTO SÓ REVISO NELE DE MANHÃ, HÁ QUASE 2 MESES, QUE FOI QUANDO COMECEI O CURSO. MAS SINTO QUE ESTÁ NA HORA DE REVISAR À NOITE TAMBÉM.

    • 05/10/16  
      Alessandro Brandão diz:

      Oi Joice,

      O Anki é uma ferramenta muita boa, eu o utilizo para ajudar na memorização de vários assuntos como português, política e geografia.

      No caso do inglês eu uso o Meu Vocabulário, a propósito te convido para conhecer o nosso aplicativo gratuitamente.

      Confira no link:

      http://www.englishexperts.com.br/forum/wordlist.php?mode=words

      Bons estudos e obrigado pelo comentário!

1 2 3