Confusões causadas pelo Present Perfect

English GrammarPara nós brasileiros a diferença entre essas duas frases é para lá de óbvia, mas quando queremos dizê-las em inglês é aí onde os nossos problemas começam, pois a tradução não é tão óbvia assim e exige de nós um pouquinho mais de conhecimento da língua. Numa primeira tentativa o mais comum seria dizer:

  • Eu estou aqui por dois anos – I’m here for two years. Até aí tudo bem…
  • Eu estou aqui há dois anos – I’m here for two years?!?!? Será?

É a segunda situação que temos que analisar com mais calma. Embora em português o presente do indicativo seja usado nos dois casos o mesmo não acontece no inglês. No segundo exemplo você está falando de um tempo que começou no passado e que se estende até o presente, ou seja, você veio para cá dois anos atrás e continua aqui. Para esses casos existe em inglês um tempo verbal específico que é o “temido” present perfect. “Temido” pois não temos em português o mesmo conceito de tempo, o que exige de nós um exercício de aceitação: É… as pessoas são diferentes, por consequência sua forma de expressão oral também o que se reflete em estruturas gramaticais diversas.

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.

Agora você já deve estar se perguntando: Como fica então a segunda frase?

  • Eu estou aqui há dois anos – I have been here for two years.

Esse “have been” é o present perfect, que formamos com os verbos HAVE or HAS (he/she/it) + PAST PARTICIPLE. Se você não conhece o past participle é fácil: para os verbos regulares usasse a mesma forma do passado simples e para os irregulares é só procurar uma famosa lista que encontramos nas gramáticas e que começa assim:

INFINITIVO PAST PAST PARTICIPLE
to be was/were been
to buy bought bought

Com a listinha em mãos e a concepção que devemos usar o present perfect para falar de algo que começou no passado e continua até o presente seu inglês com certeza vai ficar muito melhor. Vamos ver mais alguns exemplos?

  • Eu moro nessa cidade há muitos anos. – I have lived in this city for many years.
  • Eu conheço o meu marido desde a faculdade – I have known my husband since college.

See you!

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

20.jpg

Mônica Bicalho

Mônica Bicalho é brasileira. Além de 20 anos de experiência em sala de aula é examinadora certificada da Universidade de Cambridge. Atualmente trabalha como supervisora pedagógica e professora do curso Meuinglês.

18 comentários

  • 11/08/09  
    meggie diz: 1

    muito oportuna esta matéria, já que o ‘present perfect’ é um dos pesadelos dos tradutores, também. Mesmo alunos em nível pós avançado às vezes se enrolam com este tempo verbal.

  • 12/08/09  
    Marta diz: 2

    Não, sério, vocês adivinham o que eu tô precisando né? Tive aula disso sábado, mas parece… esquisito.

    Mas aos poucos tem ficado mais claro. Não sei, acho que é dessas coisas que se pega com o tempo e leitura.

  • 12/08/09  
    Ana Paula diz: 3

    Obrigada pelo esclarecimento! Estou justamente estudando esta matéria e estava com dúvidas. Esse site é ótimo e está me ajudando muito.

  • 12/08/09  
    Cristiane McBrain diz: 4

    Acabei de me confundir ainda mais rsrsrs. Quando li “Eu moro nessa cidade há muitos anos”, automaticamente veio na minha cabeça “I’ve been living in this city for many years”. Qual seria a diferença pra “I have lived….”? Obrigada a quem puder esclarecer!

  • 12/08/09  
    Celly diz: 5

    Também gostei muito, sempre tenho dúvidas sobre isso…agora não mais !Obrigada pelas dicas !

  • 12/08/09  
    João Ghizoni diz: 6

    Algo que preciso dizer aqui é que um dos motivos por que tantas pessoas temem (não concordo com palavras negativas – às vezes até professores, quando começam a ensinar esse tempo verbal, usam palavras como “difícil”, “cheio de regras”, “muito diferente do português”… o que só piora as coisas pros alunos) o present perfect é o fato de alguns métodos proibirem a língua nativa do aluno em TODOS os momentos da aula! Bolas, se todos os alunos falam a mesma língua, por que não usá-la para ajudar no aprendizado da outra? Sim, sei que isso é outro tópico, mas o que quero dizer é o seguinte: 1) devemos evitar palavras negativas ao nos referirmos a qualquer ponto a ser ensinado (mesmo que o achemos difícil); 2) se usarmos a língua-mãe dos alunos (quando eles têm uma língua em comum) podemos diminuir as dificuldades no ensino de outra língua. Em tempo, onde você escreveu “usasse” devia ser “usa-se” (no parágrafo que começa com “Esse ‘have been'”.

  • 12/08/09  
    Alberto Ursulino diz: 7

    Estou maravilhado com a qualidade e facilidade que vocês tem para passar tais matérias. Para quem está iniciando em Inglês esse blog é orbigatório. Parabéns a todos.

  • 12/08/09  
    João B. L. Ghizoni diz: 8

    Cristiane, a forma que você usou (I’ve been living…) também está correta aqui. Pode-se usar tanto a forma contínua (been living) quanto a simples (have lived) para falar de uma ação que começou no passado e continua. Há autores que dizem que a forma contínua dá mais ênfase à continuidade da ação. Assim, o falante é quem escolhe qual forma usar. Espero ter ajudado.

  • 13/08/09  
    karmen diz: 9

    Suas explicações sobre TUDO, inclusive sobre o realmente “temido” present perfect, são PERFEITAS.
    Você é demais!
    Muito obrigada!

  • 13/08/09  
    Cristiane McBrain diz: 10

    João, muito obrigada pelo esclarecimento! Eu imaginei que as duas formas estariam corretas, mas não saberia diferenciá-las. Agora tudo ficou mais claro, obrigada novamente!

  • 15/08/09  
    Christina FReis diz: 11

    Gostaria de saber qual forma está mais correta:
    “It was one of the busiest weeks I´ve had in months” ou “It was one of the busiest weeks I had in months”

    Alguém poderia me responder?
    Obrigada desde já.

  • 15/08/09  
    João B. Ghizoni diz: 12

    Christina, grammatically, the first form is the correct one. (I say “grammatically” because in informal, spoken English people might use the second one.) To be more exact, by using the first form you’re somehow linking the “months” to the present time, that is, “in months” implies the idea of “over the last months”, “until now”. I hope I have helped. Good luck.

  • 27/08/09  
    suuu diz: 13

    matéria interessante como o site

  • 03/09/09  
    renatho diz: 14

    I’ve studied English for one year, and I’m not problem with the present perfect.

    Obrigado a quem produziu este site, pois ele me ajuda muito e creio que deve ajudar muitos…

    take care.

  • 05/10/09  
    RV diz: 15

    Christina, grammatically, the first form is the correct one. (I say “grammatically” because in informal, spoken English people might use the second one.) To be more exact, by using the first form you’re somehow linking the “months” to the present time, that is, “in months” implies the idea of “over the last months”, “until now”. I hope I have helped. Good luck.

  • 12/10/09  
    Marzia diz: 16

    Wow,new site..Thks Denilso,good tips…

  • 22/01/10  
    Elizabeth G.Araujo diz: 17

    Estudo ingles, sempre espaçadamente.Me desiludo, paro.Agora, já aposentada quero me dedicar com mais afinco.Os artigos que o google oferece são muito bons.O Blog English Experts.com.br é realmente muito bom.Obrigada.

  • 06/04/10  
    hanna . diz: 18

    leegal , gostei ! agora entendi mais sobre o ‘temido’ … rsrs