Contando as sílabas dos adjetivos em Inglês

Olá pessoal! Quero agradecer ao Alessandro pela oportunidade. Bom meu nome é Camilo Lopes trabalho para IBM como Analista de Sistemas em projetos Internacionais. Venho estudando inglês desde janeiro/2008 e sou leitor do English Experts desde dez/2007. Agora vamos ao assunto!

Quando estamos estudando segundo idioma é normal às vezes tentarmos associar as nossas regras gramaticais ao novo idioma. Sendo assim resolvi criar este post e mostrar que temos que manter esse vício bem longe. O nosso assunto é: como contar as sílabas em inglês? No português é bem simples, todas as palavras pronunciadas são contadas, no inglês é diferente, a contagem das silabas dos adjetivos se dá pelo número de vogais pronunciadas.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Por exemplo:

Won.der.ful: 3 syllables
Beau.ti.ful: 3 syllables
Fan.tas.tic: 3 syllables
Ug.ly: 2 syllables

Os pontos importantes para saber como contar as silabas nesse caso são:
1. Saber pronunciar a palavra corretamente. Senão não vai contar silabas que não existe.
2. Saber ler a transcrição fonética da palavra. Sabendo isso você executa o ponto 1.

Espero que tenham gostado da dica.

See you!

Sobre o Autor: Camilo Lopes é leitor do English Experts e editor do site camilolopes.wordpress.com.

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

25.jpg

Autor Convidado

Este artigo foi escrito por um Autor Convidado do English Experts. Confira o nome do autor no rodapé do texto acima. Seja um colaborador, clique aqui e saiba como participar.

35 comentários

  • 12/12/08  
    Dalton de Oliveira Silva diz: 1

    “Ugly”tem só 1 sílaba? O “y”, nesse caso, não tem som de vogal?

  • 13/12/08  
    Paulo Lopes diz: 2

    A minha dúvida é a mesmo do nosso amigão ae em cima!

  • 13/12/08  
    Sabine Mendes diz: 3

    Muito legal esse post!!!! Sempre tive dúvidas em relação a isso!!! Também sigo com a dúvida do Dalton…A única coisa que me ocorreu é que, talvez, o som final seja do mix gl e não do y.
    Tô perto? É isso?
    Grande beijo

  • 14/12/08  
    Isis diz: 4

    Olá! Muita bom o post! Mas eu acho que você deveria dar mais exemplos. Não consegui assimilar ao todo o que você quis dizer.

  • 14/12/08  
  • 14/12/08  
    João diz: 6

    Parabéns pelo esforço e contribuição, mas eu não entendi a frase “no português (…) todas as palavras pronunciadas são contadas”. Alguém que entendeu (ou o autor) poderia esclarecer para mim? Agradeço desde já. Quanto a “ugly”, há duas sílabas. (Em inglês, cada emissão de voz é uma sílaba, assim /ug-ly/, /beau-ti-ful/, /pane/, /stay/, /take/…

  • 14/12/08  
    Flávio diz: 7

    É, da mesma forma que pretty tem 2

  • 14/12/08  
    Hélder Victoretti diz: 8

    Eu tbm trabalho na IBM, estou trabalhando muito em cima do meu listening e aumento de vocabulário, já q em meu trabalho tenho costante contato com estrangeiros. Acredito que deve ser ótimo mesmo esse tema as ‘silabas’, devem ajudar-nos a saber como pronunciar palavras desconhecidas.
    Qual site da IBM vc trabalha Camilo?

  • 15/12/08  
    Lucas Carioca diz: 9

    Este tópico realmente é muito importante. Só para dar uma idéia de como é difícil, para nós brasileiros, entender os sons do inglês, enquanto nós temos 5 vogais e 7 sons, na língua inglesa, as mesmas 5 vogais podem produzir 12 sons diferentes. É dureza!

  • 15/12/08  
    Juliana Leite diz: 10

    MUITO BOM,artigo!

    Bem útil!
    Só uma pequena correção: UGLY tem 2 sílabas!
    Se fala: /ã-gli/

    Abraços

  • 15/12/08  
    camilo lopes diz: 11

    opa! Pessoal! obrigado pelo elogios. A respeito da palavra Ugly ela tem 2 silabas |ã-gli| como a juliana alou, para quem tem o dicionario oxford, veja na transicao fonetica a confirmacao.
    Joao no ingles os adjetivos sao separados pela emissao de vogais pronunciadas. No portugues nao temos essa regra separe um adjetivo em portugues e mesmo em ingles. E veja como eh a pronuncia de cada 1. Eh muito diferente de nossa regra gramatical eh comum ao estar estudando idioma querer aplicar nossa regra nessa parte.
    abracos! :)

  • 16/12/08  
    Alessandro diz: 12

    Oi,

    Primeiramente muito obrigado pelo feedback de todos, blog só é blog quando tem muitos comentários.

    Sobre o pessoal que está reclamando da palavra ugly, gostaria de pedir a leitura do texto mais uma vez. Como foi dito a regra depende da transcrição fonética e neste caso, nem sempre uma vogal tem som de vogal. De acordo com o Oxford, UGLY tem apenas uma sílaba. Da mesma forma pretty, também tem só uma sílaba.

    Para quem não sabe o que é transcrição fonética clique no link abaixo:

    http://www.englishexperts.com.br/2007/05/06/glossario-de-fonetica/

    Espero ter esclarecido a dúvida.

    Abraços,

  • 16/12/08  
    camilo diz: 13

    opa! ALessandro,

    Consultando aqui o meu oxford (para estudantes brasileiros), o mesmo diz que que duas silabas a palavra ugly, temos o som de duas vogais. :S.
    Tb consultei um professor para confirmar a pronuncia e a transcricao da palavra e o mesmo confirmou que sao duas silabas.
    flw! abraco :)

  • 16/12/08  
    Lucas Tx. diz: 14

    A separação silábica na língua inglesa é difícil até mesmo para nativos. Acredito que nessa discussão estamos no caminho certo!
    Porém, que eu saiba, não são apenas adjetivos que sofrem essa separação silábica. E, pelo meu entendimento, a sepração se dá sempre quando há uma vogal, sendo que na língua inglesa não há encontro vocálico (duas vogais) – me corrijam se eu estiver errado.
    Um detalhe importante é que as vogais são definidas pelo som, e não pela letra escrita, por isso é importante o entendimento das transcrições fonéticas, como citado pelo Alessandro.

    Então: take tem apenas uma sílaba (foneticamente /teɪk/ – não confundam, pois o símbolo eɪ representa apenas uma vogal)
    ugly (foneticamente representado por /ˈʌgli/) me parece ter duas.

    Concluindo, a separação silábica no inglês não é comum, mas, pelo que eu saiba, as sílabas são contadas a partir do número de vogais pronunicadas.
    :)

  • 16/12/08  
    camilo diz: 15

    opa! lucas! é isso, separa as silbas eh algo ate trabalhoso para os nativos. Agora refere a regra de divisao, no livro da oxford que estou lendo o grammar use ele ate agora citou nessa parte adjetivos a respeito de outras palavras nao sei se a regra eh a mesma. Mas como vc falou e eu falei no artigo a divisao é pela emissao de sons de vogais e um ponto importante nao confudir os simbolos foneticos com letras do alfabeto, tem alguns que bem parecido mais nao tem nada ver :)
    abraco!

  • 17/12/08  
    André diz: 16

    Só para registrar; a ciência da contagem de sílabas no inglês não é exata, algumas palavras tem várias interpretações; segundo um professor meu durante o tempo que estudei na Irlanda.

  • 18/12/08  
    Gilberto diz: 17

    Bom artigo, mas bastante incompleto. Não conseguimos aplicar na prática a divisão sugerida.
    Segundo o Merriam-Webster Ugly realmente tem duas sílabas: “ug·ly”, conforme link abaixo:
    http://www.merriam-webster.com/dictionary/ugly

  • 18/12/08  
    camilo diz: 18

    ola Gilberto,

    Como incompleto? A regra para divisao de adjetivos é como foi dita, o unico problema que podemos ter na pratica, eh ler a transcricao fonetica errado ou pronunciar errado e a palavra ugly tem 2 silabas como ja foi dito acima!

    flw! abraco!

  • 19/12/08  
    Gilberto diz: 19

    Olá Camilo, por incompleto quis dizer que o aprendizado é mais eficaz quando baseado em exemplos, e estes foram restritos.

    Foram 4 exemplos, com 1 erro, ou seja, 75% de acerto em uma página que se propõe a orientar. O ensino hoje, cada vez mais (principalmente em idiomas) deve ser baseado em exemplos, com as regras sendo extraídas deles, ou seja, exemplifica e justifica o porque o exemplo é dessa forma. E por falar em regras, vc sugere que a pessoa saiba falar a palavra para dividir as sílabas, ou seja, falar para escrever, descartando os leitores do seu site com foco maior na leitura e escrita, complicando mais ainda.

    O link para transcrição fonética, por sua vez, não explica como realizar esta transcrição, se apegando só a exemplos. Creio que uma mistura do seu estilo (com regras e descrições), com a do Alessandro (autor do post com o “Glossário de Fonética”, com muitos exemplos seja o ideal :)

    Bem, ficam aí sugestões para tentar melhorar o que tenho visto no site…

    Abraços!

  • 21/12/08  
    Lucas Carioca diz: 20

    Ou seja, mais cara-de-pau, impossível. O cara recebe um serviço gratuito e ainda se acha no direito de reclamar que o serviço tá incompleto.

    O Gilberto, fala sério cara! Faz o seguinte, vai pagar R$ 200,00 por mês aí você reclama que não tá satisfeiro e tudo mais…

    Francamente…

  • 23/12/08  
    camilo diz: 21

    olá Gilberto! Obrigado por acessar o artigo. Bom nao erros no artigo a palavra ugly tem duas silabas. E a questao de mais exemplos nao vai refletir no aprendizado, o importante é saber pronunciar corretamente a palavra e saber ler a transcricao fonetica. Acredito que seja dificil explicar como ler a transcriicao fonética apenas por texto, principalmente quando a pessoa ainda está iniciando nessa parte.Mas lembre-se que o assunto de aprender como ler a transcricao fonetica, há alunos fluentes que nao sabem, é algo bem complexo que dar um livro, porém nada impossivel depende do aluno, hj acredito que um aluno low intermediate tem que conhecer alguns simbolos foneticos e saber como pronuncia-los. Mas lembre-se é importante ter um acompanhamento de um profissional, e nem todos professores sabem o sobre o assunto.

    flw! abraco!

  • 24/12/08  
    Gilberto diz: 22

    Olá Lucas, espero que estejas bem. O Camilo, que é o autor do post, entendeu meus comentários, logo estou satisfeito. Pelo que você argumenta, de graça até injeção na testa não é? Citando o Alessandro, “blog só é blog quando tem muitos comentários.”, logo se é para aceitar o que os caras escrevem, não haverá contribuição. Não reclamei em momento algum, teci comentários na tentativa de contribuir com o site. Talvez estejas satisfeito com o seu nível de aprendizado, se não estás, deverias estar procurando o melhor possível, não o que quiserem te empurrar goela abaixo. Idioma não adianta fingir que aprendeu, ou você aprende corretamente ou não aprende, fica passando vergonha em reuniões com estrangeiros. Você deve ser daquele tipo de pessoa que diz que fala espanhol, quando na verdade entende meia boca e se arrisca no portuñol, ou então aprende sobre as coisas baseado no conteúdo da wikipedia. Se você se contenta com qualquer coisa só pq é de graça, paciência, não sou esse tipo de pessoa. Mas como diria Galileu, “Não se pode ensinar alguma coisa a um homem; apenas ajudá-lo a encontrá-la dentro de si mesmo.”, então só posso sugerir que você vá buscar.

    Eu falo inglês diariamente, uso o site para evoluir já que não me considero fluente. Esse assunto é bastante discutido e esse post dá a entender que resolverá o assunto, por isso comentei da falta de completude.

    Olá Camilo, obrigado pelos seus comentários. Como comentei, foram só sugestões. Alguns tutores preferem a abordagem sugerida, o aprendizado experimental tem sido muito explorado atualmente, mas como o post é seu, fica a seu critério. Abraço.

  • 25/12/08  
    camilo diz: 23

    opa! Gilberto! a respeito de criticas elas sempre sao bem vindas e com elas é possivel evoluir, eu estou sempre aberto para ouvir e entendo seu ponto de vista, eu limitei o nro de exemplos para nao criar um post enorme, ate pq o assunto nao tem muito segredo, onde basta saber a transcrição fonetica + pronunciar corretamente, sabendo isso mata a questao!
    flw! abraco!

  • 25/12/08  
    Lucas Carioca diz: 24

    Olá Gilberto. Estou muito bem obrigado, com saúde e com minha família, nesse dia de Natal. Espero que estejas bem,também.

    Confesso que quando li seu comentário, fiquei completamente indignado, já que as pessoas que aqui postam, o fazem com a maior boa vontade do mundo. Se coloque do lado das pessoas que querem contribuir e encontram pela frente um comentário como o seu.

    O Camilo entendeu seu comentário porque certamente ele é uma pessoa boa e com certeza melhor do que eu. A cada ano que passa, prometo a mim mesmo me tornar uma pessoa melhor mas não consigo.

    Quanto ao espanhol, ou qualquer outra atividade na minha vida, só digo que sei ou faço, aquilo que sei ou faço. Não seja deselegante mais uma vez, me julgando sem me conhecer.

    Trabalho num empresa americana, viajando e recebendo pessoas aqui no Brasil. Meu aprendizado só vai terminar no dia que eu morrer.

    Bom Natal a todos!

  • 26/12/08  
    Gilberto diz: 25

    Olá Lucas, sinceramente não vi nada deselegante nos meus comentários em relação ao blog. A bíblia já diz “não julgais para não ser julgado”, portanto vc deveria ter refletido sobre os meus posts antes de me chamar de cara-de-pau. Toda ação leva a uma reação.

    O que levei em consideração para comparar com o “portuñol” é que o povo brasileiro, em geral (não gosto de generalizar, mas isso é comprovado já), acessa tanto a Internet consumindo serviços sem avaliar o que está sendo consumido. Basta ver que o orkut praticamente não é utilizado mais fora do Brasil, e já fomos vítimas de várias inverdades e informações errôneas em sites bem conhecidos. Seu post demonstrou este tipo de comportamento (aceitar o que vier por ser de graça), por isso respondi daquela forma.

    Me desculpem se meus comentários pareceram ofensivos, só tentei colaborar argumentando o que poderia ser melhorado, na minha humilde opinião. Todos devem lembrar que os autores também estão estudando, aprendendo, e, portanto, sujeitos a falhas, assim como qualquer ser humano.

    Abraços e um ótimo 2009 para todos nós.

  • 26/12/08  
    Lucas Carioca diz: 26

    Gilberto, oha só… É melhor a gente ficar por aqui…

    Você acha que não foi deselegante? Beleza! A vida continua…

    Vou seguir seu conselho: refletir! Agora, peço encarecidamente que faça o mesmo.

    Desculpe pelo cara-de-pau, mas foi o mais leve que achei que poderia ser publicado.

    Estava tentando achar aqui onde eu disse que o que era de graça era confiável, mas não achei. E você continua me julgando, citando orkut e coisa e tal… Tranquilo!

    Como prova de amizade, vou indicar três trabalhos, de minha biblioteca, que me ajudaram e ajudam na divisão das sílabas em inglês (com direito a mandar email esculhambando, se achar que o trabalho está incompleto):

    1. English Phonetics and Phonology – Um trabalho magnífico, embora muito denso. Esse foi o primeiro que comprei.

    2. English Pronunciation in Use (Elementary, Intermediate and Advanced) – Por enquanto só tenho o Elementary. Só para te dar uma idéa, são 5 CDs com exercícios e um software que você instala no seu PC.

    3. English Pronunciation for Brazilians – Bom, pela característica que foi feito esse trabalho, o melhor de todos para mim, porque trabalha bem em cima de nossas dificuldades com o inglês como segundo idioma.

    Paz!

  • 26/12/08  
    Gilberto diz: 27

    Realmente Lucas, seguimos lógicas diferentes, não dá para negar que seus comentários são engraçados…

    Analisando os fatos, eu falei que era incompleto, você me chamou de cara-de-pau, que por ser gratuito eu não posso reclamar, então deduzi que por ser de graça vc aceita (me parece lógico), e critica quem não aceita tão facilmente (afinal foi o que vc fez).

    Lucas, estou reproduzindo sua frase para que todos possam entender (e verificar se minha lógica é válida ou não):
    “O cara recebe um serviço gratuito e ainda se acha no direito de reclamar que o serviço tá [sic] incompleto.”

    Enfim, não tem mais o que ser discutido, não pretendo mudar a sua opinião, continuarei comentando o que achar que vale a pena, vc continuará reclamando de quem faz isso, então siga a sua vida que eu sigo a minha…

  • 26/12/08  
    Lucas Carioca diz: 28

    Gilberto, conselho de amigo: lógica é que nem…aquilo que a gente usa pra sentar, sabe? Cada um tem uma…

    O que parece ser completamente inocente prá você, pode ser terrivelmente desestimulador para outros.

    É claro que você vai continuar fazendo seus comentários, afinal, vivemos num país livre, né verdade?

    É aquele negócio… quem fala o que quer, tem que aprender a conviver a ouvir o que não quer ouvir.

    Na minha lógica (Lembra? Cada um tem a sua!), acho que até para reclamar, a gente precisa tomar cuidado para não desestimular quem vem aqui no intuito de ajudar.

    Pô… o cara prepara um artigo todo legalzinho, fica todo orgulhoso… aí vem Gilberto: “o artigo é bom, mas bastante incompleto”. Fico imaginando o cara que tava todo feliz lendo suas singelas e bem intencionadas linhas.

    Tô começando a ficar preocupado que você faça que nem no Fantástico:

    Se você acha a lógica de Lucas a mais lógica:
    ligue 0800-000-0000

    Se você acha a lógica de Gilberto singela e delicada:
    ligue 0800-000-0001

    Se você acha que os dois deveriam procurar algo interessante para estudar:
    ligue 0800-000-0002

    Cara, relaxa!

  • 26/12/08  
    Eduardo Queiroz diz: 29

    Pô Lucas Carioca, fala sério cara. Vc chamou o bicho de cara-de-pau, é ofensivo isso!

    Eu particularmente concordo com o Gilberto, não é pq é gratuito q não podemos exigir qualidade, existem vários sites q ensinam inglês gratuitamente, um site como o English Experts não pode vacilar, tem q buscar a excelência sempre, e como o Camilo falou, críticas são bem vindas, então o Gilberto está no direito dele.

  • 26/12/08  
    Lucas Carioca diz: 30

    Caro Queiroz,

    É claro que ele tem todo o direito de criticar. Nunca neguei isso.

    Acho que também tenho o direito de protestar, concorda?

    Tudo bem, pisei na bola e já pedi desculpas. Vamos mudar para deselegante.

    Queiroz, entenda que as pessoas que contribuem, o fazem com a maior boa vontade. Acho injusto o cara posta e vem outro e queima na maior.

    Tava com erro? Tava, aí a gente vai, discute, conserta e aprende todo mundo junto.

    A gente não vive num mundo perfeito! Ou vive?

    Mas é isso aí… vamos discutir, vamos trocar idéias, mas vamos tentar não desestimular quem o faz com a maior boa vontade.

    Paz!

  • 27/12/08  
    camilo diz: 31

    opa! Pessoal, vamos discutir sobre o artigo! hehe! acho mais produtivo! porem so um detalhe o artigo nao estava com erros, a palvra ugly onde foi que surgiu a duvida, está correta, sendo q ela possui 2 silabas.
    Como ja disse contar a silabas em ingles nao eh uma tarefa facil como no portugues. ehe!
    abraco,Feliz ano novo

  • 27/12/08  
    Alessandro diz: 32

    Caros leitores,

    O post foi corrigido, conforme discutido nos comentários. Eu falei bobagem no comentário anterior. Gostaria de pedir o encerramento das discussões, que não levam a nada. O EE é gratuito sim mas primamos pela qualidade das informações contidas no blog. Também não somos os donos da verdade, sempre estamos abertos a críticas e os posts podem ser alterados após a publicação.

    Happy new year!

    Abraço,

  • 02/11/09  
    Rosangela Finizola diz: 33

    Gostaria de saber como faço para ter palavras com a vogal a com sosn diferentes?
    Palavras de 2 silabas em que o deslocamento do stress muda a classe e o significado da palavra e pares de palavras que apresentem mesma grafia, som e significados diferentes.

  • 16/01/10  
    Johnny diz: 34

    Gostaria que o post fosse mais completo…
    abraços..

    mas, entendi… era o que estava procurando

  • 10/04/10  
    Beatriz diz: 35

    Não foi bem isso que eu vi em outros sites…
    Em outros sites vi que a separação silábica em inglês é feita pelo jeito de se pronunciar. Por exemplo:

    – Refinery (refinaria). no português, você colocaria re-fi-ne-ry. só que no inglês, pela pronúncia (rifaineri), fica dividida assim: ref-inery.