Demitido por causa do inglês

Hoje quero falar para aqueles que têm medo de falar inglês, que só arriscam alguma coisa quando estão sozinhos, na frente do professor ou quanto tem certeza absoluta. O resto do tempo passam protegidos pela velha desculpa “eu não sei falar” ou “o meu inglês é péssimo”.

Fica a minha dica, erre o máximo agora, só assim haverá aprendizado. Chegará um dia que você não terá essa preciosa chance, aí o trabalho de uma vida inteira poderá ser jogado no ralo.

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.

Você acha que estou exagerando? Então assista ao vídeo abaixo.

Concordo que o Roberto Justus foi muito severo, mas na vida real não é muito diferente. Aguardo sua opinião nos comentários.

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

37 comentários

  • 07/08/08  
    diz: 1

    Eu acho que cada pessoa sabe bem ao que se candidata. Tendo conhecimento de que é necessário ter um bom inglês, devemos tê-lo ou sujeitar-nos a enfrentar estes problemas depois.
    Eu nunca exagero e limito-me por vezes a dizer que sei menos, por não estar no patamar que desejo.

  • 07/08/08  
    Kyta diz: 2

    Com certeza, na vida real não é diferente do que vimos no video…tenho plena certeza que é melhor deixar a vergonha de lado e errar tentando falar enquanto estamos aprendendo, do que se envergonhar depois por não saber falar corretamente.
    Muito bom esse video. Ah e oq mesmo a menina quis dizer??? “advertime”…hahahaha!!!

    Take care!!
    Kyta (Cristiano)

  • 07/08/08  
    camilo diz: 3

    rpz! o mercado é cruel! meu deus!! fiquei ate preocupado agora com essa questao da pronuncia!! isso realmente eh serio o eu tenho um problema de anciedade e nervoso quando estou em contato com pessoas que nao conheço.. tenho q buscar como melhorar isso..
    boa materia! parabens!

  • 07/08/08  
    Eduardo Gomes Jr. diz: 4

    Pq ter vergonha?

    Nós que estamos aprendendo inglês, estamos em vantagem sobre os que apenas estão limitados ao seu próprio idioma.

    É muito bonito, você tentar se comunicar em uma lingua estrangeira, mesmo que seja aos trancos e barrancos. Mais claro, sempre procurando melhorar.

    Não se aprende a andar de bicicleta com medo de cair. O importante é transmitir a mensagem, pois os errinhos com o tempo serão consertados.

    Sempre que aparece a chance no meu trabalho de falar inglês por telefone, ou pessoalmente com um estrangeiro, ou enviar ou responder um e-mail em inglês eu sigo em frente. Pois são oportunidades raras como essa de melhorar meu inglês que não posso deixar passar. Claro, estou ciente que erro, mais sempre procuro me corrigir e sempre consigo dizer o que quero dizer.

    Take care!

  • 07/08/08  
    frederico martins diz: 5

    Fiquei preocupado viu ,
    Comecei inglês esse ano e ainda tenho mais 5 anos para chegar no mercado de trabalho .
    Espero não cometer esses erros básicos .
    O meu medo maior é daqui 5 anos exigir outra lingua além do inglês .

  • 07/08/08  
    Paulo diz: 6

    Erramos até mesmo no nosso próprio idioma!!

    as vezes falamos cada besteira…

    nada mais normal que erra em outro idioma…

    como disseram; vergonha pra que?

  • 07/08/08  
    donay mendonça diz: 7

    Hi folks,

    I think it was a very meaningful article!

    Practice makes perfect!

    Bye!

  • 07/08/08  
    Fábio diz: 8

    Não consigo ver o vídeo. Quando aperto play aparece a seguinte mensagem: We’re sorry, this video is no longer available.
    Eu queria muito ver o video mas não consigo.
    Obrigado.

  • 07/08/08  
    altiéres diz: 9

    adorei este blog…
    mais uma liçao q aprendir…
    um abraço a todos…

  • 07/08/08  
    Adir Ferreira diz: 10

    Tudo muito bom, mas penso que se o emprego exige fluência o candidato não pode querer chegar com um inglês sofrível e ainda querer ter razão. Se acha que é fluente, vá. Se não, não.

  • 07/08/08  
    Alan Gonçalves de Araújo diz: 11

    Não sou um expert no idioma, mas devo dizer que doeu…

    Pra eles chegarem até lá (onde vários – acredito, gostariam de chegar) e dar um fora desses, sem comentários…

  • 08/08/08  
    Robson Moura diz: 12

    Amigos esse é o Justos!
    O bom é que ele fala na cara!
    Vamos estudar!

  • 08/08/08  
    carlos diz: 13

    well,it was very funny,and it shows us how to speak english fluently is necessary!these days!…and she could said just add.

  • 09/08/08  
    Davi de Almeida Lopes diz: 14

    Hi folks.
    Esse cara é cruel e o mercado de trabalho também.
    É só não ficar se exibindo e falar na hora certa.
    Take care.

  • 10/08/08  
    Aniella diz: 15

    Hoje em dia inglês é pré requisito para tudo!!!!!!!!!!!!!

  • 11/08/08  
    carlos diz: 16

    what did she say?hum advertising?ahaha……………….

  • 14/08/08  
    Eduardo Gomes Jr. diz: 17

    Yeah…

    The Girl made a mistake…

    And the guy was fired….

  • 15/08/08  
    camilo diz: 18

    Carlos,
    Eu acho que ela quis dizer anunciar – advertise.

    flw! Se eu tiver errado alguem me corrige!

  • 19/08/08  
    Burari diz: 19

    I’m confuse…did she said “ád” instead of “éd” on the word advertising??

    Can someone explain it for me?

  • 22/08/08  
    Lucas Carioca diz: 20

    Hi Burari,

    When a gerund is used like a noun but there is a noun with the same meaning, we should use the noun, instead of the gerund.

    If you use an –ing form like a noun, this is called gerund.
    Example: I like studying and fishing.
    Smoking can destroy your lungs.

    Regarding the video, I think Justus made a mistake when he thought he was correcting the female participant. She used correctly the word “advertisement” (remember: there is a noun) and the big boss said that the correct word was “advertising” (a gerund).

    Hope it helps.

  • 05/10/08  
    Adriano Melo diz: 21

    Lucas Carioca, foi muito interessante a sua explicação sobre o gerúndio usado como substantivo, entretanto, acho que você se equivocou com o vídeo, a moça diz “advertising” e Roberto Justus a corrigiu corretamente dizendo “advertisement”. Como você mesmo explicou tanto advertising como advertisement tem o mesmo significado, só que advertising é gerúndio usado como substantivo, mas se já existe um substantivo com esse mesmo significado que é advertisement o seu emprego é preferível. Também sou um simples estudante da língua Inglesa. Estudo na Cultura Inglesa.

    I hope that helps

  • 06/10/08  
    Lucas Carioca diz: 22

    Hi Adriano,

    Thank you very much for your comment and I apologize if I didn’t make myself clear.

    But it seems that our point of disagreement is what the girl says.

    After reading your message, I went back to check the video out again and once more, I heard the same thing: she says “advertisement” and Mr. Justus (in my opinion) says “advertising”.

    From a fluency point of view, I wouldn’t say that using one or other that it’s right or wrong. When you are in the middle of a speech, it’s kind of difficult to choose between the two options. On the other hand, if you are writing something, then you have the time to check all the possibilities out.

    Please, check it again and tell me what you heard, would you? Maybe I am in need of improving my listening.

    And we are all students, once we learn something new every day, no matter how old we are.

  • 30/10/08  
    Roberta Mello diz: 23

    Eu concordo com o Adriano.A moca diz “advertising” mas o Roberto Justus a corrige e diz “advertisement”.Peco desculpas pela falta de acentos graficos mas meu teclado nao possui esse recurso.

  • 01/11/08  
    Lucas Carioca diz: 24

    Well, in this case, I believe I need to improve my listening skills.

    Thank you Roberta!

  • 01/11/08  
    Roberta Mello diz: 25

    You’re welcome!

  • 01/11/08  
    Lucas Carioca diz: 26

    Roberta,

    I need you to do me a favour!

    Please, watch the video again and notice that in the beginning of it, the girl says ‘advertisement’, and then, Justus put some pressure on her and from this point on, she is not so sure any longer, that´s when he says ´advertising’ and she (under pressure I would do the same) repeats what he just said and also says ‘ avertising’.
    Please tell me I’m not getting crazy!
    :o)

  • 01/11/08  
    Roberta Mello diz: 27

    Hi Lucas!When we pronounce the word “advertisement”, we have to close the lips in order to make the sound of /m/ (in …”ment”).Observe her lips when she pronounces this part of the word.She doesn’t close them.That’s why I can see she says “advertising”.When Justus pronounces “advertisement”, he closes his lips in the right part of the word to make the /m/ sound.After being “corrected” by Justus( I totally agree with your explanation and your opinion from a fluency point of view), she tries to say “advertisement” but she says something like /advertaisimi/ (this is not the correct phonetic transcription!)Well, this is what I could understand but I may be wrong since I am not a native speaker of English.I am just an English and Portuguese teacher who learns from my students every day.I will ask one of my students, who is American, to take a look at this video and tell me what Justus and the woman really say.I will let you know.Bye!:-)

  • 01/11/08  
    Adriano Melo diz: 28

    Caro Lucas, acho que você tem que melhorar sua habilidade de “listening”, ou trocar seu som do computador, pois quando passou este programa eu o assisti totalmente e o gravei. Eu o assisti algumas vezes, mas para sanar a sua dúvida mostre este vídeo para mais alguém que fale Inglês fluentemente e tenha mais opiniões. Eu o mostrei a minha professora e ela disse a mesma coisa: que a moça disse “advertising” e Justus disse “advertisement”. Agora, raciocine comigo, o Inglês de Roberto Justus é admirável, pois já o ouvi falando Inglês, Usar a palavra advertising no contexto que foi usada é errado e o correto seria advertisement, será que o Justus erraria corrigindo a moça dizendo advertising? Aí quem estaria errado seria o Justus e não a moça. Assista novamente com o som em “slow motion” ou em um MP3 de boa qualidade com fones de ouvido também de boa qualidade como o iPod. Agradeço a Roberta Mello, pois ouviu a mesma coisa que eu, mostra que tem um ouvido atento, que ouve os mínimos detalhes. Escrevi em Português mesmo, pois tem muitos estudantes em nível básico.
    I hope that helps, bye-bye.

  • 02/11/08  
    Adriano Melo diz: 29

    Hi Roberta, I agree totally with you, the girl doesn’t close her lips in the end of the word and Justus closes his lips indicating that he used the word “advertisement” and she said “advertising.” I don’t believe that Roberto Justus would make a mistake correcting her, it would be an injustice, besides that his counselors spoke English too and they didn’t say anything. Will it be that only the girl would be right, because her English is not good? Congratulations Roberta, your explanation was very interesting.

  • 02/11/08  
    Lucas Carioca diz: 30

    Roberta e Adriano,

    Agradeço imensamente as explicações e acho a discussão válida e necessária.

    Adriano,

    Com todo o respeito, o ser humano é falível, inclusive o Justus. Acho realmente que o inglês dele é ótimo, mas daí a acreditar que ele não possa cometer erros, há uma distância muito grande.

    Vou tentar com os fones, como sugeriu. Obrigado!

    Peace!

  • 02/11/08  
    Adriano Melo diz: 31

    Hi Lucas, really the change of ideas here is very interesting and really necessary to improve our English. Don’t take that as an insult, it’s that I don’t get to hear the opposite: that the girl says “dvertisement” and Mr. Justus, “advertising.” Make quite so, listen with the help of ear phones, maybe you hear details that otherwise you would not hear and later comment on here, furthermore, show the video to others that you know who speaks English and listen what they say. With regard to Justus to make a mistake or not, I sincerely don’t believe that he has made a mistake in this case, because he works with that: advertisement, and he has branch of his company in the United States, although who speaks another language commits mistakes, no matter how fluent it is. I didn’t say that he doesn’t ever make a mistake and yes that didn’t in this specific case, I believe in that. The quality of the audio of this video is not of the best, what really harms the “listening”, because I showed the some people of my course, there were people that heard several times for reaching a conclusion, but with ear phones it’s easier to hear the details, because all were unanimous that Justus said “dvertisement” and she, “advertising.” I also thank to your comment and your disagreement, because that shows that you don’t accept everything that people present you passively, you discuss it, you’ve critical census, people like this are more intelligent. I am also like this, I only accept when they convince me through concrete proofs. Sorry if I’ve made some mistakes, because I make some and I accept that others correct me, it’s good to improve my English. I hope that helps

  • 03/11/08  
    Lucas Carioca diz: 32

    Don’t you worry Adriano, there’s any reason for taking this as an insult.

    I will listen/watch to that (again) using the phones, as you suggested, as well as I will invite other people to do the same.

    Regarding the native speakers, they are no able sometimes to understand what we, Brazilians, are able to understand (yes, in English). As an example, I have once had a British English teacher who was not able to understand some English lyrics and I could not believe my ears when he said that to me.

    But then, I realized that sometime in the past, I had the same kind of difficulties in understanding some Djavan’s beautiful songs even in my native Portuguese language. So, the bottom line is, even native speakers are not a guarantee that everything is going to be understood in a language.

    I have any problems in being corrected. But listen, if I believe in something, you really have to prove me you’re right (or I’m wrong). Once I realize I’m wrong, that’s great, this means that I have learnt another lesson. That’s the way I see things in life.

    Don’t think I’m not going to give so easily. :o)

    Thank you for this healthy discussion.

  • 03/11/08  
    Roberta Mello diz: 33

    Oi Lucas, mostrei o video a meu aluno americano.Ele esta no nivel avancado de portugues.Ele tambem entende a mesma coisa que eu e o Adriano. Bem, e isso.Um abraco.

  • 03/11/08  
    Roberta Mello diz: 34

    Oi Adriano!Obrigada pelo comentario sobre a minha explicacao.Sempre tento relacionar a pronuncia a como os sons sao produzidos.Acho que o aluno entende melhor dessa forma.Um abraco.

  • 27/02/09  
    Jordana Lima diz: 35

    Eu admiro muito o Roberto não so por ele ser um grande empresário e bla bla bla mas é que ele age com muito profissionalismo e se a pessoa não for boa para o cargo ele demite msm. Muita gente pode chama-lo de carrasco mas a vida real é assim não é um fairy tale. Felizmente pois só assim podemos nos tornar mais fortes a cada dia!

  • 18/04/09  
    renata Costa diz: 36

    Ola,

    Adriano estou procurando alguem que fale inglês fluente, pois preciso treinar muito para um teste para estudar fora do país e so falo nivel intermediario, será que pode me dar uma ajuda??
    desde já agradecida……

  • 09/08/09  
    Thiago diz: 37

    Todo mundo criticando e 90% não entendeu o erro……….piada não?