Desmitificando o Inglês

Projeto GutembergO texto abaixo foi originalmente publicado no site IDPH. Acredito que os dados estatísticos aqui apresentados são muito importantes para quem tem como objetivo apenas aprender a ler textos escritos em inglês. Como já vimos anteriormente, formar frases idiomáticas é uma outra história. Anyway, enjoy it.

Em um estudo realizado em 1997, realizamos um trabalho para determinar as palavras mais comuns da língua inglesa e seu percentual de ocorrência. Para este estudo utilizamos os livros online do Projeto Gutemberg. Este projeto, integrado por voluntários, tem por objetivo digitalizar obras de literatura cujos direitos autorais tenham se expirado. Nos Estados Unidos uma obra é colocada no domínio público 60 anos após a morte do autor. Obras de autores como Jane Austen, Conan Doyle, Edgar Rice Burroughs, e muitos outros estão disponíveis gratuitamente na Internet.De posse destes livros, 1600 ao todo na época da pesquisa, fizemos então nossos cálculos. Os 1600 livros combinados geraram um arquivo de 680 MB contendo aproximadamente sete milhões de palavras. Os resultados foram bastante surpreendentes. As 250 palavras mais comuns compõem cerca de 60% de qualquer texto. Em outras palavras, se você conhece as 250 palavras mais comuns, 60% de qualquer texto em inglês é composto de palavras familiares. Para facilitar ainda mais a nossa tarefa os cognatos, que são as palavras parecidas em ambos os idiomas (possible e possível, por exemplo), totalizam entre 20 e 25% do total das palavras. Aí já temos então 80 a 85% do problema de vocabulário resolvido. Se subirmos o número de palavras mais comuns a 1.000, chegamos a 70%. Somando a este valor os cognatos chegamos a valores entre 90 a 95% de um texto.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

É claro que 90 ou 95% ainda não chega a 100%. Como fazer com o restante das palavras? Mais uma vez, usamos nossa intuição (lembra-se que nossa intuição está correta em 99,999% das vezes?). Pensemos em nosso texto como um enigma a ser desvendado. Possuímos alguns elementos familiares, as palavras que conhecemos, e outros que nos são desconhecidos. Devemos deduzir, por meio de nossa intuição, de nossos conhecimentos anteriores, o que as palavras desconhecidas podem significar. Não precisamos nos preocupar com todas as palavras, apenas com aquelas que desempenhem um papel importante no texto. Quais são elas? Se uma palavra aparece com relativa frequência em um texto, ela certamente desempenha um papel importante na compreensão do todo. Se uma palavra aparece apenas uma vez, muito provavelmente não precisaremos nos preocupar com ela.

See ya.

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

14 comentários

  • 28/10/06  
    Anonymous diz: 1

    Concordo. A minha professora, no último período do CLAC, sempre nos incentivava a procurar cognatos num texto. A conclusão era sempre que, num texto de palavras comuns, há uma proporção de palavras semelhantes tão grande que uma pessoa com nivel básico de inglês pode interpretar o seu sentido, ainda que nao consiga traduzí-lo literalmente.
    A grande armadilha são os falsos cognatos, razão por que eles devem ser alvo de um estudo cuidadoso.

  • 14/06/08  
    Aninha diz: 2

    O ideal é fazer uma sondagem do que sabemos e tentarmos identificar o tema do texto.Buscamos a leitura das ente-linhas para chegarmos a compreensão do texto.
    Mas sei muito pouco de ingles e gostaria de aprndr muio,principalmenta linguagem oral.

  • 23/06/08  
    LUIZ ANTONIO DOS SANTOS diz: 3

    I HAVE SEEN A LOT OF SITES AND THIS ONE TAKES THE CAKE!!!!!

  • 28/03/09  
    yuri diz: 4

    este artigo eh mt interessante

    porem falhou em apresentar a supracitada lista de palavras..

    se postarem eu agradecerei

  • 20/05/09  
    Priscila - Porto Alegre/RS diz: 5

    Olá, Alessandro… conheci teu blog recentemente e quero aproveitar para agradecer toda a ajuda que você dispensa. Noto pelos comentários que você é sempre muito atencioso com todos. É muito raro nos dias atuais as pessoas se preocuparem em ajudar as outras pelo simples prazer de fazer o “bem”. Muito obrigada e desejo muito sucesso a todos os teus projetos. Abraço. Priscila

    • 21/05/09  
      Alessandro diz:

      Priscila,

      O EE só é um grande site por conta dos leitores. Sou muito agradecido a todos vocês. Espero que curta bastante as dicas aqui.

      Bons estudos!

      Abraço,

  • 15/07/09  
    Esaú da Silva diz: 6

    Oh, is a reason that I can read so easy.
    True, true, true.

  • 22/07/09  
    Maria Heloiza Prata Fontes diz: 7

    Olá Alessandro…. Adorooooooo Ingles,mas nao tenho condiçoes de pagar um curso. O English experts tem me ajudado bastante. Passo o tempo todo vendo as dicas formidável que voce nos dá. Agradeço demais a dedicaçao que voce tem. É raro.

  • 16/08/09  
    simone martins diz: 8

    Alessandro ,concordo plenamente com que a Priscila disse. Só tenho que agradecer!!!! Obrigada por existir!!! Valeu!!!!!
    Simone

  • 05/10/09  
    Mônica Oliveira diz: 9

    Obrigada por sua disponibilidade. capacidade e carinho no que faz. Hoje, são raríssimas as pessoas que SE DISPONIBILIZAM (a ajudar a quem não sabe) COMO VOCÊ FAZ.
    Parabéns por seu exemplo e amor dedicado NESTE espaço que é gratuito, contendo tantas dicas e informações.
    APLAUDO sua iniciativa e exemplo!

    • 05/10/09  
      Alessandro diz:

      Mônica,

      Obrigado pelo elogio. Fico muito feliz que tenha gostado do nosso trabalho.

      Abraços e volte sempre!

  • 03/11/09  
    Luciana Saunders diz: 10

    Olá Alessandro! Adorei o que você postou, deve ser maravilhoso conseguir ler um texto e entender 95% do que está escrito no mesmo. Pratico o inglês em casa também. Gostaria muito se você nos apresentasse a lista das 250 palavras que mais são usadas. =) Abraços. E parabéns pelo site!

  • 14/11/09  
    Gisele diz: 11

    Me apaixonei por você! Pq me fez hj me apaixonar pelo inglês que havia desistido há anos qdo sai traumatizada de um curso de inglês. Meu trabalho me impões esta língua e até hj só fiz um “embromation”. Não falo, e na hora de ler presumo. Na hora de escerver? Recorro ao Babel Fish do Yahoo. Mas hj vc mudou essa história. Obrigadaaaaaaaaaaaaa bjs