Did you know?

Que aprender a pensar em outro idioma não é apenas um processo mental: é uma habilidade que depende da respiração, coordenação motora, oxigenação do cérebro e velocidade do pensamento? Como exemplo ilustrativo, podemos analisar a célebre frase “The book is on the table”, cujo significado em português é “O livro está sobre a mesa”. Compare a quantidade de letras das duas frases – 19 letras em inglês e 20 letras em português – e compare também a quantidade de sílabas – 6 em inglês e 10 em português! Levando em conta a respiração, a frase em português é mais longa, pois possui mais sons (sílabas), do que a sua versão em inglês. Se coordenarmos o pensamento com a linguagem, certamente teremos que pensar mais rapidamente para falar em inglês, pois a frase é falada em menos tempo (sílabas). E essa mudança de velocidade de fala e pensamento é o que mais dificulta o desenvolvimento da competência de aprender a pensar em inglês, pois será necessário alterar um condicionamento antigo e acelerar a velocidade do próprio pensamento. Source: idph.net

In English

Did you know that learning to think in another language is not just a mental process. It is an ability that depends on respiration, motor coordination, ventilation in the brain, and the speed of thought? As an illustrative example, we can analyse the famous sentence “The book is on the table” which means “O livro está sobre a mesa”, in Portuguese. Compare the number of letters in the two sentences – 19 letters in English and 20 in Portuguese. Also compare the number of syllables – 6 in English and 10 in Portuguese! Taking respiration into account, the sentence in Portuguese is longer, since it has more sounds (syllables) than the English version. If we coordinate thought with language, we certainly have to think more rapidly to think in English since the sentence is spoken in less time (fewer syllables). And this change in the speed of speaking and thought is what is most difficult in developing competency in learning and thinking in English, since it is necessary to alter an old conditioning and accelerate the speed of one’s thoughts.

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.

Translated into English by: Mary Ziller

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

21 comentários

  • 13/10/06  
    Adam diz: 1

    That’s a nice and interesting article.

  • 18/10/06  
    Anonymous diz: 2

    Actually I had no idea !!

    You live you learn ..

  • 03/11/06  
    Heloisa diz: 3

    I never think in English. It’s my problem

  • 03/11/06  
    Alessandro Brandão diz: 4

    Heloisa, no início é realmente muito difícil pensar em inglês, com o tempo a gente vai melhorando. Uma dica é dar uma olhada na seção Expressões Idiomáticas, elas vão te ajudar a pensar em inglês de forma correta.

    Abraço

  • 23/08/07  
    Roberto diz: 5

    Estou achando muito interessante aprender Inglês dessa maneira, pelo English Expert. Porém, depois que vocês mudaram o lay out(deve ser assim que se escreve) sumiu algumas instruções que eu guardava para estudar depois.

    See you.

  • 23/08/07  
    Alessandro diz: 6

    Oi Roberto,

    Eu ainda estou alterando a página. A maioria dos recursos da página antiga estarão aqui, só que melhorados. Qual informação você precisa?

    Abraço

  • 24/08/07  
    Roberto diz: 7

    Quero aquelas palavras em inglês mais usadas; o dicionário, que havia bastante instruções, etc, etc.

    Quando eu resolvi salvá-las para posterior consulta, lá se foi!

    Se os recursos das páginas antiga voltarão, eu as acharei.

    See you.

  • 05/04/08  
    Valmir diz: 8

    There are three years that I’m studing English
    but just now I’m starting to think in English
    and I have so much dificult to understand when
    an American guy is speaking.

  • 20/06/08  
    Pamela diz: 9

    Ola!
    Então suas dicas são ótima, mas sabe quando vemos que não conseguiremos aprender nunca tal coisa…
    Então é isso que eu sinto, quando a palavra é INGLES…
    mas quem sabe um dia ..estudar eu estudo….só falta entrar no meu cerebro…esse bendito idioma…rs

    beijo….

    e parabens pelo site….

    ele é simplesmente Maravilhoso!

  • 02/07/08  
    Carlos diz: 10

    Cara, tenho o mesmo sentimento da Pamela… que horror.

  • 22/07/08  
    Rachel diz: 11

    Well, first of all, I’d like to congratulate you for this amazing and helpful english site, and secondly,I’d like to make a question for you.
    I’ve been studying English for about 2 and a half year, not on my own but I’m taking a course once a week and I still have some difficulties with the listenning and that question about thinking in english…
    So…could give me some advice about that? I really want to speak english fluently even because I intend to be an english teacher when I finish the studies.

    Thanks, beforehand :)

  • 11/09/08  
    Joice diz: 12

    Hello, it’s truth, think in english is very hardly… but is required…

  • 11/09/08  
    Jayro diz: 13

    Valmir said (April 5th, 2008) There are three years that I’m studing English but just now I’m starting to think in English
    and I have so much dificult to understand when
    an American guy is speaking.

    I think you should say: It’s been three years since I started studying English, but only now the thinking process is coming up and I still have some difficulties to understand a native American.

    I hope I helped you.

    Bye.

  • 11/09/08  
    Jayro diz: 14

    Joice said (September 11th, 2008) Hello, it’s truth, think in english is very hardly… but is required…

    You should say: Hello. It’s true. The thinking process in the English language is a little too hard, but its a must!!

  • 11/09/08  
    Jayro diz: 15

    someone should say: Thanks in advance…

  • 01/03/09  
    isac diz: 16

    olá, sou um eterno apaixonado pela lingua, mas não sei quase nada, por onde posso começar a aprender no site, e parabens pelo trabalho, very, very good rsrsr !!!
    um abraço!

  • 17/04/09  
    Robson diz: 17

    Gente, vocês confiam demais na gramática para adquirir fluência no inglês, gramática é apenas um padrão formal de uma língua, quando parei de estudar grámatica meu inglês mudou consideravelmente pra melhor, e isso aconteceu quando descobrir o método de um professor americano chamado A.J Hoje que ensina que a gramatica mata sua fluência, na verdade quando você mergulha na gramatica do inglês, você está aprendendo os mecanismos da língua e você apremde por pedaços não em uma forma natural, acreditem quando comprei as lições do Effortless English (inglês sem esforço) eu pude adquirir a tão sonhada fluência da língua inglesa, e não tenho mais dificuldades de entender americanos. Por mais informações entrem no site do Effortless English. Boa Sorte!

  • 08/07/09  
    Cah diz: 18

    Hi people!
    Gente o site está de parabéns! I loved it!!
    Eu gosto muito dessa língua e sempre procuro saber mais. I bet that with this site I’ll learn more and more things! ^^
    Bye!

    • 08/07/09  
      Alessandro diz:

      Cah,

      Obrigado pela visita, espero que você aprenda bastante.

      Bons estudos!

  • 20/09/09  
    Catiano Ferreira de Lima diz: 19

    Muito interessante este artigo. Existe uma corrida como o tempo já habituado em nossas mentes. Como isso certamente nossas mentes aprenderão não somente a língua inglesa, mas, receberão contribuições para todas as outras áreas.

  • 27/02/10  
    Isabelle diz: 20

    Oh Alessandro muito bom o que você escreve estou no terceiro ano e este é um ano decisivo para quem vai fazer vestibular… Sou apaixonada pela língua inglesa, e pretendo me formar em letras/inglês claro… E quero ingressar em um curso como o Imparh por exemplo. Sou autodidata como você, só que aprendi inglês escutando musicas e traduzindo com o dicionário. A única coisa que aprendi com a professora foi o som do alfabeto rsrsrrs ai o resto eu desenrolei, melhor dizendo enrolei rssrrs CONGRATULATIONS!!!!