Duas semanas sem Skype e MSN: viva a produtividade

Ferramentas de comunicação instantânea como Skype, MSN, Google Talk são fantásticas. Elas facilitam muito o contato com amigos, colegas de trabalho, familiares etc. Além disso, para desespero das operadoras de telefonia, os IMs (do inglês Instant Message) permitem uma economia considerável na conta telefônica.

Alessandro, eu já sei disso

Tudo bem, o primeiro parágrafo foi apenas uma introdução ao tema. O grande problema é quando essas maravilhosas ferramentas começam a atrapalhar a nossa produtividade. Eu sempre me gabei de saber usar adequadamente a internet, isso inclui Skype, MSN, facebook, twitter etc. As minhas conversas online geralmente são bem objetivas, evito ficar de bate-papo especialmente no horário comercial. Mesmo assim, como tenho uma agenda bem flexível, é muito fácil perder o foco e acabar adiando o trabalho necessário, resultado: algumas vezes tenho trabalhar até altas horas para compensar o tempo perdido durante o dia.

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.

O uso exagerado dos IMs também pode ser negativo. Já trabalhei numa empresa onde chegávamos ao cumulo de conversar pelo skype mesmo estando na mesma mesa. A “justificativa” é que quando a gente envia uma mensagem pelo skype é possível responder depois sem interromper o trabalho. Calma aí, mas essa não é a função do email?

A minha ferramenta de trabalho é o computador, mas tenho que reconhecer que essa “maquininha” é um verdadeiro parque de distrações (desculpe o trocadilho infame). Algo que pisca na tela, um ícone que começa a pular (acontece no Mac), uma janela que se abre com uma mensagem de “oi” dentro dela. Tudo isso dispersa a atenção e quebra a concentração.

Com os IMs a situação é ainda pior, tem alguém do outro lado querendo falar com você. Assim que você responde ao chamado a sua atenção foi direcionada para aquela conversa, da mesma forma que acontece pessoalmente. Mesmo que o motivo seja importante, se não houver disciplina a conversa acaba debandando para assuntos off-topic. Conversas que poderiam durar segundos acabam se estendendo por horas.

A culpa nem sempre é da pessoa que está do outro lado, frequentemente eu me flagro abrindo o skype simplesmente pra ver quem está online. Coisa de doido!

Alessandro, o que você fez?

Simples, fiquei off do Skype e MSN por 2 semanas. Avisei para todos que precisavam entrar em contato comigo que caso fosse necessário, entrasse em contato por email. Alguns reclamaram no primeiro dia, mesmo assim eu mantive a minha decisão. O principal questionamento foi: “E seu eu precisar te passar alguma informação ou um link?”. A minha resposta foi: “Se for realmente importante, envie um email.”

Outra ação foi desativar todos os softwares que exibiam algum tipo de status na tela, eu não queria nada me distraindo. Foi a morte dos ícones que pulam e das janelas que abrem sem a minha permissão.

Os primeiros dias foram muito complicados. É difícil conter o impulso de abrir o MSN e o Skype, depois acabei me acostumando. Eu abria o email 3 vezes por dia para checar as mensagens enviadas e responder cada uma com a atenção merecida.

O Resultado

A minha decisão pode não ter sido muito popular, mas o resultado não poderia ter sido melhor. A minha produtividade nunca foi tão alta.

Sem todas as distrações de antes, consegui realizar atividades que vinha procrastinando há meses. Você, querido leitor, deve ter percebido algumas delas, lembra do pacotão de mudanças no fórum? E da atualização dos softwares do servidor?

Depois do teste eu voltei a utilizar o IMs, porém de forma diferente:

  • Passei a utilizar melhor o sistema de status: ocupado é ocupado, ausente é ausente e online é online. Quando alguém me chama e eu estou “ocupado” eu só respondo quando é possível. Quando estou “online” respondo rapidamente e com a atenção merecida.
  • Configurei a barra de tarefas para ocultar os ícones do Skype e MSN por padrão. Dessa foram além de evitar que eu fique clicando para ver quem está online, eu também não vejo aqueles números de notificações pendentes.

Pois é meus amigos, num mundo cheio de distrações a concentração e o foco podem ser fatores determinantes de sucesso tanto no trabalho quanto nos estudos.

Qual a sua experiência? O que mais faz você perder tempo na frente do computador?

Aguardo sua participação nos comentários.

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

41 comentários

  • 05/09/11  
    Flávia Magalhães diz: 1

    Além de dicas de inglês temos praticamente uma terapia sobre “como administrar as tentações da internet”. Tks a lot!
    No meu caso o vício é maior naquele linkzinho ali em cima chamado “fórum”, passo mais tempo nele do que no MSN. Será que sobrevivo duas semanas sem acesso? hehe

  • 05/09/11  
    Marlon diz: 2

    O fórum do EE está me deixando maluco. Eu penso que se eu não ver todas as dicas,eu posso nunca mais vê-las.

    O que eu faço?

  • 05/09/11  
    Amanda Castro diz: 3

    Acho que 99,9% das pessoas tem problemas com o vício que é msn e skype.
    Quando começou a me atraplhar no serviço e muitooo, então tomei medidas drásticas, desinstalei o msn e fiquei sem usar por 1 mês praticamente.
    No começo é ruim mesmo, mas com força de vontade tudo se consegue.
    A realidade é que não preciso do msn para trabalhar então depois de instalar de novo decidi que em horário de trabalho ligar o msn somente depois do almoço e ficar somente 1 hora, porque fica tranquilo.
    Hoje já tem dias que eu nem ligo :D

  • 05/09/11  
    Cássio Campelo diz: 4

    De fato, eu já segui a todas essas dicas, tanto é que não faço mais nem questão de utilizar Orkut, Msn. Como você falou, é uma forma de conhecer a nós mesmo, pois a internet meio que forja a sua personalidade, principalmente quando tem de se manter um “status” nas redes sociais. Então decidi deixar de lado tais apetrechos e focar em meus interesses, que de certo modo são mais fundamentais para a minha pessoa. E quando estiver com uma melhor estabilidade, seja ela material ou “social” (não era essa a palavra), retornarei para o mundo virtual.

    Post Excelente! :)

  • 05/09/11  
    Andréa Duarte diz: 5

    Meu problema é um: sou mulher e não consigo fazer uma coisa só até terminar. Meu problema de foco é terrível. Trabalho com sites, mas não consigo estudar e ficar só estudando, tenho que fazer mais duas, três coisas junto. Se numa delas tenho que esperar 1 min, já parto pra outra. E pior: é vício, não consigo mudar isso… #mereçonao

    • 06/09/11  
      Juliana Matos diz:

      Entendo bem o que quer dizer, Andréa. Mulher tem mto mais chances de viciar nessas mensagens instantâneas pq sempre tenta (e consegue) fazer mil e uma coisas simultaneamente! O chato é perder o foco.

  • 05/09/11  
    Flávia Magalhães diz: 6

    E aquele povo que fica lendo tudo no smartphone até durante a missa? Tudo doente!!

  • 06/09/11  
    Felipe diz: 7

    Compartilho do mesmo vício que vocês!
    Ele tem cura, mas é bem complicado, não é mesmo?

    Eu não tenho participado do Fórum, mas ler ele é sempre muito bom. Hoje resolvi ouvir os podcasts pra tentar recuperar o tempo perdido durante o percurso casa-trabalho e vice-versa.

    MSN, Skype, Redes Sociais, etc também tem me atrapalhado um bocado! Penso que temos que impor algumas regras para nós mesmos.
    Que tal?

    Meu smartphone entra em modo avião apenas durante minha aula de inglês! :)
    O resto do tempo é online. Gente! Na missa pode desligar!

    Abraço
    @FelipeFR

  • 06/09/11  
    Luís Cláudio diz: 8

    Boa Noite!!
    A minha distração na net, é o chess.
    Adoro jogar xadrez e sem perceber estou no vício..rs

  • 06/09/11  
    Juliana Matos diz: 9

    Alessandro, legal sua iniciativa e disciplina, já tinha pensado em fazer isso. Realmente o ‘estar-online’ nos permite viajar e retardar tudo aquilo que está ali diante de nossos olhos… Estar conectado, muitas vezes, nos teletransporta.

  • 06/09/11  
    Fábio diz: 10

    Alessandro, tem uma técnica, ou metodologia chamada Pomodoro. Ela é simples e muito eficiente.

    Ela funciona assim: vc trabalha 25 minutos (sem interrupções, apenas focado na sua tarefa). Após esses 25 minutos, vc ganha 5 minutos livres (1 pomodoro) para fazer o que quiser: ver email, Twitter, etc.
    A cada 4 pomodoros você ganha um bonus: 10 ou 15 minutos livres.

    Pomodoro + GTD = alta produtividade!!

    Site do Pomodoro: http://www.pomodorotechnique.com/

    Inclusive tem o ebook para download gratuíto.

    • 06/09/11  
      Alessandro diz:

      Olá Fábio,

      Muito bem lembrado. Já utilizo esta técnica adaptada à minha realidade.

      Obrigado pelo comentário.

  • 06/09/11  
    Norberto diz: 11

    Tenho sorte por ter poucos contatos no MSN/Gtalk e Skype. Mesmo assim, consigo perder tempo com conversas desnecessárias. Tento entrar só quando for realmente necessário, e se determinado assunto será melhor resolvido do que por e-mail, mas nem sempre é assim. E-mail é sempre melhor, mas como eu trabalho com suporte técnico preciso checar meus e-mails a cada 5 minutos, mesmo assim tem gente que consegue enviar um email e telefonar 1 minutos depois avisando que mandou o e-mail, chega a ser engraçado o nível de ansiedade para ter uma resposta rápida.

  • 06/09/11  
    Leandro Tonetto diz: 12

    Perco mto tempo no PC com jogos rsrs meu vício.

  • 06/09/11  
    Ana Paula diz: 13

    Ótima iniciativa, Alessandro! Eu estou estudando para um concurso público e sei que a concentração é facilmente desviada quando se está diante do computador. E você tem toda razão quando menciona que são conversas desnecessárias e que acabamos adiando coisas realmente importantes. Como alguns não respeitam o status do msn, o jeito e ficar “off” mesmo.
    Bom feriado a todos!

    Abraço,
    Ana

  • 06/09/11  
    Valeria diz: 14

    Administrar tempo: esse termo me persegue…agendo tarefas e o tempo q devo perder +-com cada uma, me policio, tenho que conter o impulso do desnecessário e inoportuno…tudo no seu momento…Nos primeiros dias era difícil, mas sobrevivi! É como sair de um vício: querer!

  • 06/09/11  
    João B. L. Ghizoni diz: 15

    Hi there! Alessandro, first of all, congratulations on the text. Very useful and interesting indeed.

    My experience is a simple one. I don’t usually regret wasting time in front of the computer. I only chat when I have free time (whether I’m at work or at home). And I check my e-mail a few times a day. Not because I’m too anxious; because I simply have time to do that. And when I’m busy I simply postpone opening the messages.

    I’ve already chatted during work hours, but I don’t feel comfortable doing so. I chat more often when I’m at home.

    But what you did, Alessandro, was very, very sensible! You proved–to yourself and to all your readers–that it IS possible to do without skype and MSN. After all, we do have the chance to use e-mail!

    Let’s see what other people can tell us about their experience as to being a slave to technology or being its lord.

  • 06/09/11  
    Osvaldo diz: 16

    Até que enfim alguém percebeu isso. Eu sempre achei que esse tipo de serviço fosse útil somente em casos específicos, por exemplo, Helpdesk, atendimento ao cliente, etc. Também sou consultor em sistemas e, aos 43, na semana passada abri minha primeira conta no Skype, isso porque estaria fora por muito tempo e o custo com telefonia seria muito elevado. Por analogia, também acho extremamente inútil coisas que vejo no dia-a-dia, como pessoas com 2 celulares, tablet, note, todos conectados à internet!

  • 06/09/11  
    Estefania diz: 17

    Eu estou fazendo isso…deixei de lado alguns sites como Face e Orkut que percebi me distraiam e tiravam meu foco: estudo e monografia! Estou longe do MSN e do Skype também. Se não fizermos desta forma em vez da tecnologia nos auxiliar…ela acaba nos desvirtuando e aí nossa criatividade e vida fora do computador acabam!!

  • 06/09/11  
    Marcos Túlio diz: 18

    É interessante você abordar esse assunto porque essa semana mesmo eu estava pensando em quanto tempo eu perco navegando atoa na net. Deixo até de ler os livros da faculdade que os professores passam, por causa da net.
    É muito importante mesmo saber dosar e se policiar. Eu agora estou procurando me ajustar aos deveres, e quando sobra tempo aí sim desfrutas das redes sociais.

  • 06/09/11  
    Cataline diz: 19

    Realmente Alessandro isso é uma realidade, perdemos muito tempo com isso, quando nos damos conta já é tarde, é preciso nos policiarmos e evitarmos o disperdício de tempo!

  • 06/09/11  
    Jess diz: 20

    Adoreei o post! Ja percebi q td isso eh vdd só que ainda não consegui lagar o vicio. ^^ vou me inspirar no post e tentar novamente hehe
    Valeu e parabéns pelo trabalho!

  • 06/09/11  
    thaianny chrystina diz: 21

    Pois é, estou me preparando para as provas do vestibular, como não faço cursinho, passo a maior parte do tempo no computador. O meu maior vício com certeza é o msn, abro o msn assim que ligo o computador, é a primeira coisa que faço. Preciso me tocar e me controlar, vou seguir seu exemplo e usar o msn e o email apenas quando for realmente necessário.

    • 07/09/11  
      Tauane diz:

      Oi Alessandro, como eh bom saber que ha pessoas s que pensam como eu e que tentam se disvincular aos poucos do computador, desde que ganhei meu notebook a 2 anos sou viciada..em internet, posso dizer q passava quase 12 h por dia em sites e msn, a duas semanas me dei um prazo, ficar sem internet, na verdade so aguentei 4 dias, e todos meus amigos da rede sentiram minha falta tambem e cobraram minha ausencia, mas continuo exercitando esta produtividade fora do pc, agora n fico mais de 2 h, a vida esta ai…e a internet eh sim maravilhosa, mas tem um poder tao grande quanto a gente que nos suga para um mundo virtual, enquanto a vida esta passando la fora. Axei bem interessante este assunto e quanto aos status tbm…realmente elas nao entendem o significado da palavra OCUPADO…a dispersao eh algo inesperado,mas e isso ai! Sucesso pra vc!

    • 07/09/11  
      Alessandro diz:

      Oi Tauane,

      Obrigado por compartilhar um pouco de sua experiência com o computador. Sucesso para você também!

      Abraços,

  • 06/09/11  
    Marlon diz: 22

    Com certeza, o uso de IM’s e sites de relacionamento atrasam nossas vidas produtivas, quando usamos de forma errada o mesmo vale para os e-mail conheço várias pessoas que abrem e-mail a cada 30 minutos, o que eu acho uma pura perda de tempo, sem organização de tempo não há produtividade, ou seja, não conseguimos trabalhar tão menos raciocinar, tudo que fazemos passa a ser mecânico. Temos que nos avaliar todos os dias.
    Sem mais!

  • 07/09/11  
    Claudia Lopes diz: 23

    Fantástico, Ale, vou seguir os seus passos, preciso me organizar melhor mesmo, senão perco tempo precioso com nada…

    • 07/09/11  
      Alessandro diz:

      Oi Claudia,

      Hoje em dia temos que nos policiar a todo momento. O tempo é sem dúvida um dos bens mais preciosos.

      Obrigado pelo comentário!

  • 07/09/11  
    Jorge Graças de Alcantara Silva diz: 24

    Tem uma piada antiga que dizia que a informática veio para resolver problemas que não existiam. Acho que se aplica perfeitamente ao teu caso.

    • 07/09/11  
      Alessandro diz:

      Absolutely! hehe

  • 07/09/11  
    Thiago Beier diz: 25

    Ótima atitude! onde trabalho alocado em projetos nao temos acesso a IMs, entretanto com o 3g nos smartphones devemos ter as mesmas atitudes, eu por exemplo nao uso 3g em celular (fazer ligacoes, receber ligacoes e no maximo enviar SMS) no mais o rendimento enquanto estou no trabalho é ótimo e percebido em relacao aos que vivem com o 3g habilitado e se “deixando levar” pela carga dos IMs em suas vidas.

  • 07/09/11  
    Marlon diz: 26

    Excelente! Tb aprendi que foco é tudo! Estou seguindo a técnica do Pomodoro, a idéia é velha e simples numa nova abordagem ou (roupagem) mas a idéia é conseguir concentrar numa tarefa e ainda com intervalos para a mente. Tem funcionado bastante comigo que sempre tive dificuldades de concentração. http://www.pomodorotechnique.com/

  • 07/09/11  
    Benites Ramos Pinto diz: 27

    Eu só utilizo e-mails, exatamente pq já havia constatado a grande perda de tempo que é ficar à mercê de Skype, MSN, etc.

  • 08/09/11  
    Quênio França diz: 28

    Oi, Alessandro! Também sofro com distrações no computador. Trabalho diante dele e é muito fácil me perder em sites. Para evitar as escapadas, eu identifiquei os sites preferidos e instalei a uma ferramenta que bloqueia o acesso se identificar que o site foi visto em pequeno espaço de tempo (keepmeout.com). É muito interessante, mas ele só bloqueia o acesso se você clicar na barra dos favoritos. Se você digitar o endereço, o bloqueio não é feito. O que mais funciona comigo é ser tão radical quanto você: fechar os navegadores e só abri-los nos horários de folga. quando faço isso, minha produtividade é muito maior. Abraço

  • 08/09/11  
    Ricardo Cavendish Harmes diz: 29

    congratulações pela acertadíssima decisão tomada,
    afinal de contas, para se manter o alto nível de qualidade profissional que o E.E. possui,não há como abdicar de atitudes como estas sob pena de estar comprometendo o alto padrão de qualidade
    já conseguido por este site.Tenha certeza que só merece elogios,por parte dos usuários deste site! um abraço!!!!!

  • 08/09/11  
    Tamiles diz: 30

    caraaaaaaaaa!! me vi nesse post!! eu perco muito tempo, inclusive deixando muitas vezes de estudar!!! vou fazer esse teste também…

    Ameii!!!! Valeu pela dica!!!

    • 08/09/11  
      Alessandro diz:

      Tamiles,

      Sucesso no teste!

      Abraço,