Enquete: Qual é a melhor escola de idiomas do Brasil?

Qual é a melhor escola de idiomas do Brasil? Essa foi a pergunta que pensei em incluir em nossa Enquete, logo depois desisti da ideia. É muito difícil eleger o melhor curso de idiomas sem conhecer a metodologia de cada um, o material didático, o nível dos professores e principalmente, o grau de fluência que cada aluno tem ao concluir o curso. Isso talvez fosse resolvido com um provão. Sem bem que não é uma má ideia. Imagine só, um provão só para escolas de idiomas?

Confira a enquete abaixo:

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Em qual das escolas de idiomas abaixo você já estudou ou estuda?

  • Outro (22%, 466 Votes)
  • Wizard (15%, 320 Votes)
  • CCAA (14%, 292 Votes)
  • Cultura Inglesa (12%, 246 Votes)
  • Fisk (10%, 219 Votes)
  • CNA (10%, 216 Votes)
  • Yázigi (6%, 135 Votes)
  • Wise Up (6%, 130 Votes)
  • Skill (4%, 74 Votes)
  • Wisdom (2%, 40 Votes)

Total Voters: 2,099 [resultado final]

A enquete permite que você escolha mais de uma opção, já que muitas pessoas passaram ao longo de sua vida em diferentes instituições de ensino.

Em nosso fórum temos os depoimentos com reclamações e elogios de estudantes das escolas de inglês mais famosas do brasil. Confira aqui a opinião de quem já estudou na escola que você pretende se matricular.

Espero ter ajudado.

See you!

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

215 comentários

  • 27/07/09  
    Robson diz: 1

    Olá pessoal. Tenho que integrar em algum curso de inglês o mais rápido e tenho muitoas dúvidas. Vejo na midia e fico com mais dúvida ainda, quanto a qual escola escolher, pois preciso ter um inglês no mínimo intermediário em no máxima 18 meses. Vi a estrutura da WISEUP, E GOSTARIA DE OPINIÕES SOBRE ELES. Tambem curso a Global English, que meu trabalho oferece, mas sito dificuldades, pois só sou eu e o micro, já curso a 3 meses e nada. Parabens pelo Blog.

  • 27/07/09  
    Gilvan Soares diz: 2

    Robson, eu particulamente não acredito em um curso de inglês em 18 meses, isso é, se você estudar ao menos 5hs por dia 5x por semana, ai sim, eu acredito. Mas em um curso de 2 ou 3hs por semana não existe! Você vai apreder em 18 meses só o básico do básico. Imagine ter e aprender um bom vocabulário em apenas 18 meses! Muito difícil mesmo. Essas escolas de 18 meses, irão dar a aula normal na sala de aula e mandar você estudar mais 36hs por dia na sua casa. Ai sim.. você vai poder aprender em 18 meses.
    Eu recomendo a Wizard, estudo lá, já estudei em outras escolas e me arrependi. Mas… isso tudo depende muito de você. Assim como eu me dou bem com a metodologia da Wizard, você pode odiar! Peça aulas demonstrativas nas escolas que você for.
    Boa sorte!
    Gilvan

  • 28/07/09  
    Bruno Brito diz: 3

    Olá Robson,

    Li o comentário do Gilvan e realmente concordo com ele com relação a essas escolas que prometem fluência em 18 meses. Tenho um colega de trabalho que cursou na Wiseup e gostou. É claro que o Inglês dele não é fluente, mas ele consegue se comunicar nas situações cotidianas que lhe exigem o uso do idioma. Se você se matricular nessa escola você terá muito conteúdo em pouco tempo. Sendo assim você terá de estudar muito em casa se quiser que o curso valha a pena.
    Não concordo com ele com relação ao curso da Wizard. Estudei lá 1 ano e não gostei. Tanto que esse semestre começarei em outra escola.
    A metodologia deles até que “funciona” para quem quer ser um bom tradutor. Procure cursos que lhe ofereça aulas voltadas para comunicação, e a um método que você se adapte. Fiz o teste e comprovei que aprendo muito mais rápido se estudo situações cotidianas. O aprendizado é mais rápido, e natural sem contar que você nunca mais esquecerá.

    Bom estudos!

  • 28/07/09  
    Paulo diz: 4

    United Institute, inglês em 18 mêses.
    -Ênfase em conversação.
    -Horários 100% flexíveis (vc escolhe dia e horário semanalmente para realizar suas aulas).
    -No máximo 5 alunos por sala de aula (70% das aulas, só vc e o professor).

    Qual o segredo do aprendizado em 18 mêses?
    A METODOLOGIA.
    Na United, a escola exige que o aluno tenha um contato DIÁRIO de 30 minutos com o material didático. O aluno se dedicando esses 30 minutos, a escola garante em contrato a fluência em 18 meses.
    É exatamente por esse compromisso que a escola não trabalha com crianças nem adolescentes.

    Vocês, que não acreditam no aprendizado do idioma em 18 meses, como podem acreditar em um curso de 4 anos?
    Pense assim. Uma pessoa hoje que vai morar nos Estados Unidos consegue a fluência em 6 meses (Eu particularmente morei na França e atingi a fluência em menos tempo).
    Consideremos agora uma pessoa hoje que reside no Brasil e quer aprender inglês. O mais lógico é essa pessoa aprender em 18 meses ou em 48 meses?
    Uma criança com 4 anos já fala. Hoje um adulto com um raciocínio lógico muuuito mais avançado e desenvolvido que uma criança precisa desse mesmo tempo para aprender um idioma?

  • 29/07/09  
    Rafael Martins diz: 5

    Pelos guia da revista PEGN da editora Globo, as melhores do BRASIL no ano de 2009 e 2010 são:
    1- Uptime
    2- Influx
    3- CNA
    4- Yazigi
    5- Fisk
    6- UNS
    7- Number One
    8- Centro Britânico
    9- CCAA
    O Wizard NÃO consta entre as 24 Melhores do Brasil.
    Então galera vc´s podem tirar suas próprias conclusões.
    O mercado reconhece desta forma!!!!

  • 29/07/09  
    jean victor diz: 6

    eu so quero lhe deseja um bom ano de estudo para todos e todas

  • 29/07/09  
    Icaro diz: 7

    Para ser sincero, essa lista é sobre as franquias e não sobre a qualidade de ensino. Sou pesquisador na área de linguística aplicada ao ensino de línguas estrangeiras e falo como especialista na área. Não há uma ou outra escola melhor. Temos várias opções no mercado de escolas. Como especialista, recomendo aquelas cuja abordagem de ensino seja a comunicativa real, pois encoraja e prepara melhor para a vida real, ua vez que o aluno aprende através do cotidiano. No Brasil, temos o CNA (a melhor em custo/benefício), Cultura Inglesa, SENAC, Yazigi e ACBEU. Não recomendo esses métodos de 18 meses, como Brasas, UpTime ou WiseUp, pois o aluno não tem tempo hábil de assimilar novos vocábulos e acaba se desmotivando.
    Em linhas gerais, as escolas cuja abordagem seja a comunicativa são as melhores para aprender aquele inglês definitivo tão almeijado.

  • 30/07/09  
    Felipe diz: 8

    Nós sabemos que essa discussão é longa… Cada um tem a sua própria experiência, uns defendem esses métodos rápidos, se quem estudou está satisfeito, tudo bem. Mas eu estou satisfeito com método onde estudei, mesmo que levando mais tempo, mas acho bem mais eficiente. Também passei por várias escolas, por várias vezes achei que não gostava de estudar inglês, achava tudo muito chato, mas depois de tentar na Cultura Inglesa e me adaptei muito bem ao método, vc aprende inglês e sobre a cultura de outros países além de te preparar para os certificados de cambridge, que são muito valorizados internacionalmente…
    Para mim, é a melhor sem dúvida, mas se fosse boa para todo mundo não existiria outras escolas de inglês… O melhor curso é aquele que você gosta…

  • 30/07/09  
    Thiago diz: 9

    Não consegui ler todos os comentário mas diria que a maioria.
    Antes de dizer a minha opinião gostaria de compartilhar um pouco da minha tragetória com inglês e talvez isso dê uma certa credibilidade também.
    Sempre fui apaixonado por inglês. Fui aluno por 2 meses em uma escola, depois 1 mês em outra e nunca me adaptei. Fiz um intercâmbio nos EUA e aprendi a me comunicar fluentemente em inglês durante um ano. Após isso nunca deixei de aperfeiçoar o meu conhecimento lendo e interagindo com pessoas nativas. Depois de aprender inglês me mudei para o Japão e aprendi japonês e dei aulas dos dois idiomas lá no Japão mesmo por dois anos. Quando votlei ao Brasil ensinei em algumas escolas de inglês e comecei a dar aulas particulares. Como tinha realizado um sonho de aprender um novo idioma, ver outra pessoa fazendo o mesmo me deixava muito feliz! Mas em uma mesma escola encontrava alunos que amavam o método e tinham sucesso e outros que tinham a experiência contrária. E por que isso?

    Acredito que as pessoas passam muito tempo procurando um método mágico, que a façam aprender mais rápido ou que a façam aprender TUDO! Os alunos gastam muito pouco tempo descobrindo o próprio perfil de aprendizado. Eles não sabem o que querem! Eles não sabem como eles aprendem mais fácil. As escolas de inglês fazem estudos gerais para surprir as necessidades de cada perfil de aprendizagem mas como seres humanos, somos complexos e aprendemos de maneiras diferentes. Quando procuramos uma escola de inglês temos que nos moldar ao método deles. Acredito que, dependendo do professor particular (e também talvez exista uma escola assim, mas eu não conheço), o aluno e o professor juntos conseguem descobrir a melhor maneira para a pessoa aprender o idioma.
    Agora, para que isto realmente aconteça, assim como qualquer outra coisa na vida de qualquer um, o indivíduo precisa querer! Se ele não se esforçar não adianta. Ele pode morar no exterior e não aprenderá um A de idioma nenhum! e depois de tanta aula e teoria, NADA SUBSTITUI A EXPERIÊNCIA! a pessoa precisar viver o idioma no dia-a-dia! Um bebê não aprende inglês em tantos anos ou sei lah quais são as razões do povo usar esse argumento. A verdade é que o ponto-chave é a EXPERIÊNCIA. Conseguimos SIMULAR isso às vezes. Mas ainda não é a mesma coisa.
    Por isso, pra todos que estiverem aprendendo um idioma, seja ele inglês, japonês, espanhol:

    1) QUEIRA APRENDER

    2) DESCUBRA O SEU PERFIL DE APRENDIZADO

    3) TENHA UMA EXPERIÊNCIA REAL COM O IDIOMA(junte um dinheiro, faça uma viagem, um intercâmbio de trabalho, qualquer coisa)

    Espero que tenha ajudado alguém. Até mais!

    qualquer coisa, meu e-mail é: tobiasthiago@gmail.com

  • 30/07/09  
    Wagner diz: 10

    Olá comentaristas do blog. Estava pesquisando opiniões na internet sobre escolas que ensinam inglês. Pois bem, acabei encontrando esse blog, e acreditem, lí todos os 211 comentários até então. Sobre mim, posso dizer que amo a língua inglesa e tenho um certo conhecimento por esforço próprio.

    Irei começar meu curso na Cultura Inglesa no próximo dia 8, pesquisei MUITO antes de escolher e me identifiquei totalmente com a CI. Prometo que continuarei a acompanhar o blog e posteriormente deixarei meu comentário sobre a escola.

    Quanto a outras instituições, não posso dar a minha opinião, pois nunca tive contato, mas ouvi falar muito mal das mais “populares” como Yàzigi, Fisk e etc.

    O blog está de parabéns.

  • 31/07/09  
    Wagner diz: 11

    Concordo com o comentário do Thiago – 212. A pessoa não pode esperar que uma escola, seja ela qual for, tenha um método mágico que irá fazê-la aprender o idioma escolhido do dia para a noite. O aluno precisa escolher a escola que tenha o método que melhor lhe agrada, indiferentemente de comentários alheios.

    Entretanto, uma boa escola sempre faz a diferença, seja com materiais didáticos, professores, infraestrutura, etc.

    Só não concordo quando o Thiago diz que para fazer a diferença final (assim que eu entendi), precisa-se fazer um intercâmbio para o país do idioma nativo. Acho que se você dedicar-se mesmo, isso não fará diferença alguma, pois pode-se assistir programas, ouvir música, participar de chats gringos, ler revistas… ou seja, existem infinitos modos de “viver” o idioma como se estivesse lá fora, mesmo que nunca tenha nem saído da sua cidade.

    Abraços

  • 31/07/09  
    Alessandro diz: 12

    Caros leitores,

    Por conta do grande volume de participações, as discussões deste artigo foram transferidas para o fórum.

    Confira o link abaixo:

    Fórum sobre as Escolas de Idiomas

    Obrigado a todos pela participação!

1 3 4 5