Escola, para que te quero?

Umas das coisas mais gratificantes do blog são as pessoas que acabo conhecendo, seja por e-mail, por msn ou skype. Hoje, por exemplo, o blog foi escrito apenas por leitores. No post anterior uma música analisada por Ricardo Henrique de Natal/RN e agora quero compartilhar com vocês as sábias palavras do Paulo Leal Machado. Não é nenhuma dica de Inglês, aliás, este blog não fala apenas de Inglês como vocês já perceberam.

Depois de receber um e-mail do Paulo eu perguntei: Você é professor?

Não, Alessandro, não sou professor. Já pensou “hei de vencer mesmo sendo professor”? É só uma questão de clarividência (ver claro). Há alguns séculos, um imperador japonês, da dinastia Meiji, determinou que todas as crianças deveriam ir à escola, e o resultado é este: um país que não possui petróleo é hoje um gigante industrial. Veja o caso de algumas grandes universidades americanas, com um custo de algumas centenas de milhares dólares têm assim mesmo um grande mercado consumidor. Por outro lado, veja o caso de um país que nós dois conhecemos: seus políticos trazem mentiras do tipo vote em mim pra ser feliz e alguns, só faltam dizer “você nem precisa trabalhar, basta votar em mim”. Esse país que nós dois conhecemos é um enorme mercado cativo desses políticos. Para reverter isso, só com escolas e escolas pagas e muito bem pagas, para que possamos ter uma elite de professores bem pagos. Vou parar por aqui, se não eu acabo escrevendo um livro.

Um abraço,

Paulo Leal Machado

Técnicas de Aprendizado

Você tem dificuldade de se lembrar das palavras e expressões em inglês? Tem a impressão que o esforço não está dando resultado? Você pode estar estudando inglês da forma errada! Aprenda as técnicas utilizadas por aqueles que se tornaram fluentes. Experimente por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).