Habilidades mistas e aulas online

Sala de aulaDentro de Educação muito se fala das turmas de habilidades mistas, ou seja, turmas que misturam alunos que conseguem acompanhar as aulas e vão bem nas avaliações e outros que parecem não entender os conceitos e não vão bem nas avaliações. Com isso, professores se preocupam se não estão desafiando suficientemente um grupo e ao mesmo tempo não estão dando o suporte necessário para o outro grupo. Como fazer? Existem várias soluções possíveis, mas gostaria de ressaltar uma em especial que é a aula online. E que vantagens oferecem essas aulas?

Em primeiro lugar temos a questão do ritmo do aprendizado que não pode e não deve ser padronizado. Aprendemos em velocidades diversas o que pode causar frustração para os menos velozes e tédio para os mais velozes. Quando temos aulas oferecidas pela internet esses ritmos podem ser mais respeitados sem que haja nenhum tipo de constrangimento, muito pelo contrário, a internet é uma zona de conforto, ela permite o gerenciamento individualizado do tempo diminuindo nosso nível de estresse.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Outro ponto importante é o fato que temos diferentes estilos de aprendizado e muitas vezes quando seguimos um livro didático é fácil cairmos numa rotina que pode ser muito desestimulante. Nos cursos online é mais fácil buscarmos o que mais nos atrai em termos de aprendizado, se somos mais visuais seremos naturalmente atraídos por imagens e conteúdo apresentado de forma visualmente atraente. Se somos mais cinestésicos seremos mais atraídos por atividades mais dinâmicas que, por exemplo, envolvam jogos e se somos mais auditivos certamente optaremos por aulas que ofereçam áudio. Melhor ainda será se acharmos aulas que possam ser atraentes para os diversos tipos de estilos.

Finalmente temos diferentes interesses na vida e se pudermos sempre que possível optar por temas e tópicos dentro de um determinado conteúdo nosso aprendizado será certamente intensificado.

Assim, minha dica é : desfrute do que há de bom na rede e bom aprendizado!

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

20.jpg

Mônica Bicalho

Mônica Bicalho é brasileira. Além de 20 anos de experiência em sala de aula é examinadora certificada da Universidade de Cambridge. Atualmente trabalha como supervisora pedagógica e professora do curso Meuinglês.

9 comentários

  • 24/08/09  
    Prof. Adir Ferreira diz: 1

    Vou deixar meus two cents aqui: leciono há 18 anos e tenho percebido algo que não funciona quando o aluno adulto vai estudar inglês: estudar em grupo.

    O aluno adulto, na sua maioria, tem pressa, quer aprender rápido e quando a classe tem vários níveis a coisa complica. Resultado: alunos desmotivados e alunos frustrados.

    Faça uma conta simples: conte o número de minutos que você tem de aula na sua escola (aprox. 180 minutos por semana) e divida pelo número de alunos na sua classe. O resultado é o tempo de participação sua na aula.

    Dica: se você tiver condições, faça aula com um professor particular; se não tiver, além das horas semanais do curso, dedique o dobro delas a seu estudo independente.

    Nenhuma escola e nenhum curso vão te dar fluência, pois o seu sucesso ao aprender um idioma depende quase exclusivamente de você e falar inglês fluente é algo difícil, pois se fosse fácil, todos falariam.

  • 25/08/09  
    Edu diz: 2

    Que propaganda hein?

    Elas são um mal necessário para o funcionamento de um site gratuito.

    • 25/08/09  
      Alessandro diz:

      Edu,

      Que percepção heim? Não vi propaganda nenhuma! Você poderia explicar melhor o seu ponto de vista?

      Realmente não entendi.

  • 27/08/09  
    Regina diz: 3

    Olá galera do English Experts!
    Gostaria de parabenizá-los por este excelente site! Adoro todas as dicas que voces enviam! Sempre encaminho para meus amigos! Realmente as aulas em escolas são cansativas… concordo com o colega que diz que aulas particulares são melhores, pois podemos direcionar para os assuntos de nosso interesse!

    Abraços,
    Regina

  • 27/08/09  
    Rodrigo Gomes Felippe diz: 4

    Muito legal este artigo.
    Com a tecnologia muitas coisas facilitam para nós e uma delas é o aprendizado.
    ;-)

  • 31/08/09  
    Herbert diz: 5

    Alessandro,

    Concordo em tudo que a Mônica disse em seu artigo.
    Talvez o colega Edu tenha associado o artigo da Mônica colaboradora do EE ao trabalho dela no site meuingles.com. Como se esta fosse a única opção de aulas online.

    Em tempo, parabéns pelo site!
    Não me importo com propagandas implícitas ou explicitas.

    • 31/08/09  
      Alessandro diz:

      Hebert,

      Obrigado pelo comentário. Você tem razão, talvez houve uma falha de comunicação com relação ao comentário.

      Abraço,

    • 31/08/09  
      Alessandro diz:

      Herbert,

      Obrigado pelo comentário. Você tem razão, talvez houve uma falha de comunicação com relação ao comentário.

      Abraço,

  • 22/09/09  
    Maite Tosta diz: 6

    Discordo do Professor Adir, pois minha experiência como professora em cursos de inglês pelo método audiolingual vai em direção oposta. Estudar sozinho não funciona para alunos mais gregários e para aqueles que querem também um momento de relax após o expediente.
    No último curso em que trabalhei, as turmas tinham em média 15 alunos, e com o método audiolingual TODOS falavam bastante, e tinham que interagir o tempo todo. Além do que as atividades eram dinâmicas, exigiam concentração e eram engraçadas… os alunos adoravam as aulas, o tempo passava rápido… isso acontecia com todas as turmas lá, e elas criavam vínculos, os alunos saíam juntos, inclusive, ficavam amigos… o aprendizado fluía… nas turmas de intensivo, em que cada nível levava três meses, em um ano os alunos que eram zero kilômetro já levavam uma conversa em inglês numa boa…