Inglês com vídeos: Geração Y

Geração YHi, how are you doing?

Adoro ler sobre o mundo e a cultura que vivemos. Saber sobre o contexto econômico e político contribui muito para que possamos compreender o comportamento de uma sociedade, não é mesmo?

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Como estou no auge dos meus vinte e tantos poucos anos, ainda encontro dificuldades de perceber tudo o que acontece ao meu redor. Por fim, acabo sempre me questionando sobre o porquê de várias pessoas agirem de uma maneira, considerando o status quo. E foi assim que descobri que me encaixo em uma geração chamada Geração Y e que nós estamos modificando tanto a cultura, que até o modo de trabalhar de está mudando por nossa causa!

Geração Y

Então, resolvi compartilhar este vídeo que explica brevemente sobre como minha geração influencia o atual mercado de trabalho e talvez você se identifique também! Ou quem sabe você não descubra aqui o porquê dos seus funcionários e/ou colegas de trabalho agirem de certa maneira…

Assista ao vídeo e confira em seguida a transcrição com a tradução:

Transcrição com Tradução

How is Generation Y changing the way we work? | London Business School Como a Geração Y está modificando o nosso jeito de trabalhar? | London Business School
This is Tom, Generation Y, also a known as a Millennial. That’s not some kind of secret code for ‘super powers’, it means he was born somewhere between 1982 and 2004. Este é o Tom, da Geração Y, também conhecida como Millenial. Isso não é um tipo de código secreto para ‘super poderes’, significa que ele nasceu em algum lugar entre 1982 e 2004.
And this is Molly, Generation X. Molly’s grandparents had between 1 and 2 employers in their lifetime, her parents – the baby boomers – had about 3-4. E esta é a Molly, da Geração X. Os avós da Molly tinham entre 1 a 2 empregadores na sua vida toda, e seus pais – os Baby Boomers – tinham entre 3 e 4.
Molly is likely to have double the number of employers her parents had. A Molly é propensa a ter o dobro do número de empregadores que os pais dela tiveram.
Does this mean Tom is likely to have double that of Molly? Confused? Don’t be. Isso significa que é provável que o Tom tenha o dobro de Molly? Ficou confuso? Não fique.
This means that Tom could have 15 to 16 employers throughout his career, and if Tom has children, Generation Z – or digital natives – they’ve been technology whiz kids* since before they could talk, could they have up to 32 employers? Isso significa que o Tom poderia ter de 15 a 16 empregadores ao longo de sua carreira, e se o Tom tiver filhos, da Geração Z – ou Nativos Digitais – no qual seriam gênios da tecnologia antes mesmo que pudessem falar, poderiam eles ter mais de 32 empregadores?
Since 2009, Adam Kingl, from London Business School, has been surveying Generation Y to understand their attitudes towards work, employee engagement, and leadership. Desde 2009, Adam Kingl, da London Business School, vem pesquisando a Geração Y para entender suas atitudes em relação ao trabalho, o compromisso como funcionários e liderança.
He set out to answer a number of questions on the future of business: If the number of employers doubles for each generation, what expectation does this set for Generation Y who are already entering their 30s, and in some cases, already leading in organizations? Ele começou a responder uma série de perguntas sobre o futuro dos negócios: se o número de empregadores dobrarem para cada geração, qual a expectativa é estabelecida para a Geração Y que já estão na casa dos 30 anos, e, em alguns casos, já estão liderando empresas?
90% of those surveyed said they planned to leave an employer within 5 years, with over a 3rd giving it just 24months. 90% dos entrevistados disseram que eles planejavam sair do emprego dentro dos próximos 5 anos, e acima de 1/3 planejando sair em apenas 24 meses.
So, how can employers ensure value from employees who only stay a short while? Então, como os empregadores podem ter certeza da importância de funcionários que ficam apenas por pouco tempo?
It’s a tough one, there’s almost 40% start a new role already planning their next career move, and are rarely dissuaded by promotion opportunities. É uma pergunta difícil, há quase 40% dos funcionários começando uma nova função que já estão planejando sua próxima mudança na carreira, e que são raramente dissuadidos por oportunidades de promoção.
54% actually feel more loyalty to their team than to the organization, but what matter to them most is a good work life balance, and organizational culture. 54% sentem-se na verdade mais leais ao seu time de trabalho que à empresa, mas o que mais importa para eles é um bom equilíbrio na vida profissional, e a cultura empresarial.
So, Tom cares about his colleagues, but what else does he care about? Portanto, o Tom se importa com seus colegas, mas com o que mais ele se importa?
43% of the Generation Y surveyed said, as future CEOs, they would prioritize making their organization and world a fundamentally better place over focusing on the financial worth of the business. 43% da Geração Y entrevistada disse que, como futuros CEOs, eles priorizariam fazer da sua empresa e do mundo um lugar essencialmente melhor além de focar no valor financeiro do negócio.
So, as work life changes with the evolving priorities of Generation Y, which employers will win the war for talent? Então, como a vida profissional modifica com a evolução das prioridades da Geração Y, quais empregadores vencerão a guerra por talentos?
They’ll be the ones who can redefine what it means to work for them. Serão aqueles que podem redefinir o que significa trabalhar para eles.
We’re crossing a meridian where financial value is no longer king, and social and human impact are increasingly important; a collective leadership culture is talking hold, driven by a sense of community, and the courage to think beyond just the quarterly results. Nós estamos chegando ao auge onde o valor financeiro não reina mais, e o impacto social e humano é cada vez mais importante. Uma cultura de liderança coletiva está falando mais alto, levado por um senso de comunidade e a coragem para pensar além de somente resultados trimestrais.
Right now the future of business is being shaped by Generation Y, but what impact can we expect when Generation Z are in charge? Neste momento, o futuro dos negócios está sendo moldado pela Geração Y, contudo qual impacto podemos esperar quando a Geração Z estiver no comando?

*Whiz kid é um jovem excepcionalmente brilhante. O termo surgiu de uma série americana dos anos 80, na qual jovens brilhantes possuíam talento nato e muito sofisticado para a computação e também para investigação.

Fonte: How is Generation Y changing the way we work? | London Business School

Espero que tenha gostado. Até a próxima!

P.S.: Estou seguindo a legenda oficial disponibilizada pelos produtores do vídeo. Eventualmente, haverá divergências entre o que é ouvido e o que está escrito. 

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

37.jpg

Camila Oliveira

Camila gosta de viajar, conhecer lugares, pessoas e culturas, ouvir música, sentir aromas, degustar sabores, saborear a vida, aprender novos idiomas. Não quer criar raízes, pois sabe onde é o seu lugar: o mundo.

5 comentários

  • 08/09/15  
    Sérgio Luiz diz: 1

    Obrigado por disponibilizar o texto bilingue, em minha opinião é muito mais complicado traduzir um idioma do que simplesmente entende-lo, pra mim os interpretes estão um passo adiante pois são capazes de transitar de um idioma para o outro em fração de segundos, eles contextualizam, sabem aspectos culturais, são meio que linguistas pois sabem origem de termos e assim por diante. Um excepcional exercício é portanto; criar textos bilingues pois somos forçados a traduzir de forma inteligível, o que como disse, é muito mais complicado.

  • 09/09/15  
    Mario Moraes diz: 2

    Olá Camila. Bom áudio e texto – principalmente pelo fato de ser (practically) RP – the so called British English. Mas me parece que há um pequeno êrro na legenda, se não estou enganado. Creio não ser ‘there’s’ e sim ‘as’ para fazer sentido … ‘As almost 40% start a new role …’.
    Obrigado e parabéns pelos excelentes posts.

    • 09/09/15  
      Camila Oliveira diz:

      Hello Mario! Thank you so much!
      Também tive essa mesma dúvida quando peguei a transcrição em inglês, “as” soa mais plausível. Ouvi várias vezes pra ter certeza se meus ouvidos estavam enganados!
      Por fim, resolvi manter o “there’s” já que a transcrição em inglês é oficial do London School, e achei mais válido respeitar a legenda da instituição, o que não muda o fato que continuo concordando com você! =)

  • 09/09/15  
    Mario Moraes diz: 3

    Ah, sorry mas há também um outro momento em que a legenda está como ‘talking hold’ quando na verdade é ‘taking hold’.

  • 15/09/15  
    Daniel diz: 4

    Gente, gostaria muito se alguém podesse me ajudar a destravar minha fala nesse idioma, qualquer coisa entrem em contato comigo, preciso dialongar com alguém. Obrigado.