Marcadores de discurso: preenchendo os espaços vazios em conversas

Eu acabei de ouvir um podcast com uma entrevista com o Dave do ESLCafe. Durante quase 1 hora e meia de podcast a coisa que mais me chamou a atenção foi o número de vezes que ele usou elementos lingüísticos que servem para “preencher os espaços vazios” durante a fala. Um deles é o “you know”.

A propósito, vocês já perceberam o quando alguns falantes do inglês usam expressões como: “you know”, “you see”, “I see”, however, so e anyway? Essas palavrinhas são chamadas de marcadores de discurso, utilizá-las adequadamente além de dar um tom mais natural à conversa, permite que você ganhe tempo para pensar no que vai dizer em seguida.

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.

No português nós usamos muitos marcadores de discurso sem perceber, veja só: “entendeu?”, então, daí, “sabe?”, “veja bem”, “digamos assim”, “na verdade” e etc. Quando estiver conversando em português, perceba como você usa essas palavras para ganhar tempo e preencher o espaço vazio da conversa.

Vamos conferir mais alguns exemplos de marcadores de discurso em inglês:

I mean: equivalente ao nosso “quer dizer”. Exemplo: I hate carnival, I mean, I don’t like it very much.

Actually: equivalente ao nosso “na verdade”. Exemplo: Actually, I would like to go with you.

In other words: equivalente ao nosso “em outras palavras”. Exemplo: Does she have the right work experience and skills – in other words, can she do the job?

Perceba que quando nos acostumamos com os marcadores até mesmo a compreensão do inglês fica mais fácil, como eles não passam nenhuma informação importante na conversa, podemos focar a atenção nas palavras e expressões que realmente importam.

Não foi difícil encontrar um vídeo no youtube cheio de marcadores de discurso. Vai aí um desafio: envie nos comentários quantas vezes Tom Cruise utiliza a expressão “you know” no vídeo abaixo? Quem quiser ainda pode tentar identificar outros marcadores. Good luck!

Se você recebe as dicas por email e não conseguiu visualizar o vídeo acima, clique aqui para assistir.

I hope you like it!

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

24 comentários

  • 18/10/10  
    Renan Kleper diz: 1

    They sometimes stop us from spitting everything out continuously without thinking :] So, in fact, they subtly have a good significance.

    And in english, you can also call them as ”fillers”.
    Good post, keep up the good work :)
    Cheers,

    Renan.

  • 19/10/10  
    stefani diz: 2

    Olá
    Gostei muito da postagem. É de grande importância.

    Obrigada

    Aicha Stéfani

  • 19/10/10  
    Luiz diz: 3

    Eu já peguei o vício de falar esses “marcadores de discurso”, na maioria das vezes não sei como falar AQUELA palavra, aí fico falando “You know…ah…ã…” kkkkkk

  • 19/10/10  
    Rafael diz: 5

    Pessoal, bom….haaa….you know….
    kkkkkk
    nao sou muito bom de listening, mas, acho que ele falou “You know“ aproximadamente umas 19 vezes.
    se eu tiver errado me corrijam,please.

    SEE YOU.

  • 19/10/10  
    Diego Francora diz: 6

    Bom post.

    Para ampliar o assunto, eu recomendo um ótimo livro.
    Autor: Ben Parry Davies
    Título: Como entender o Inglês Falado

  • 19/10/10  
    Dora diz: 7

    I`ve counted 26 “you know”. Am I right????

  • 19/10/10  
    Juliana Danyluk Mäder diz: 8

    Excelente… super importante essa dica para a fluência na conversação. O English Experts está de parabéns pela abrangência dos assuntos e pela busca na excelência no estudo de inglês.
    Congratulations!!!

  • 19/10/10  
    Wallisson Leandro diz: 9

    Acho que perdi a conta não tenho certeza, mas no fim contabilizei mais ou menos 33 vezes. Dessas 33, umas dez vezes não foram usadas como marcadores de discurso. Ele usa a construção “you know” pra expressar que você sabe algo ou se você sabe e por aí vai (“you know that…”; “if you know something or not” and etc).
    Além dessas 33, em mais duas ocasiões ele usa a expressão: “You (had) better know something”.
    Pelo jeito ele abusa bastante desse recurso na fala. É realmente como vemos em português, principalmente se uma pessoa usa demasiadamente um marcador que não é usado por todos como “tipo” ou ainda “tipo assim”, os ouvintes ao redor sempre notam.
    Até mais, abraço!

  • 19/10/10  
    Renatho diz: 10

    I’m getting used to use the word “so” kkkk… all the time I start with Ahm.. So… kkkkkkk… Good article… Thanks EE…

    Ah about how many times he says ” you know” I think that it’s something around 26 times.

    Im not sure , but it’s more than 20 times… Kkkk sometimes he tells a whispery “you know”. Kkk
    that’s it…
    bye bye
    Thank you

  • 19/10/10  
    João B. L. Ghizoni diz: 11

    Alessandro, as far as I know, discourse markers are words used to link clauses or parts of clauses conveying ideas such as contrast, consequence, reason, etc., whereas the words you wrote about are named “fillers”.

    Example of a discourse marker:
    It was very late; THUS, we decided to stay home. (discourse marker conveying the idea of consequence)

    It was very late, YOU KNOW, so we decided to stay home. (filler)

    Can anyone please either confirm or correct what I’m saying. Thanks in advance.

  • 19/10/10  
    Renata diz: 12

    I’ve heard once and I guess it were 18 times.
    I want to know the right.

    Tks! Good job.

  • 19/10/10  
    Patricia diz: 13

    Comecei a estudar inglês há pouco tempo. Uma frase de exemplo do post me fez ficar em duvida sobre algo que aprendi recentemente. A frase é:
    Does she have the right work experience and skills – in other words, can she do the job?
    Aprendi que depois do she usamos has e não have. Alguém me ajude, por favor.

  • 19/10/10  
    Jhonatan diz: 14

    Sim Patrícia, depois de “he”, “she” e “it” usamos “has”, porém como nesse caso a frase está meio que como uma pergunta nós temos o “does” no início da sentença. Vamos dizer que, dessa forma, a “conjugação do verbo” ficou por conta do “DOES”, logo o verbo depois do pronome (nesse caso “she”) aparece na sua forma “normal” (have).
    É o mesmo que acontece, por exemplo, com o passado. A frase: “I MADE it”, se expressada como pergunta fica “DID I maKe it?” ou de forma negativa “I DID not maKe it”.

    Em síntese, quando usamos o auxiliar do, does, did …. o verbo passa a ser usado na sua forma “normal”.

    Tentei explicar da forma mais simples possível, e em todo caso, tem muito mais coisa que não citei aqui :D :D

    I hope it helps.

  • 19/10/10  
    Fernanda diz: 15

    Hellooo
    I guess that he said “you know” 25 times.
    I also noted other expressions like: “I mean” and “whatever” and… you know… that is it! I mean.. that’s all I have to say! ahhh whatever!! You got it… ;)

  • 20/10/10  
    Sandra diz: 16

    Hi,
    I think about 30 times he said the expression “you know” and a lot of other expressions…
    Cogratulations, very good post.

  • 20/10/10  
    João B. L. Ghizoni diz: 17

    I repeat my request: can anybody confirm or correct my explanation above? Thanks in advance.

  • 20/10/10  
    @soalgoritmo diz: 18

    he spoak too ” i mean “.

  • 21/10/10  
    Gil diz: 19

    http://www.youtube.com/user/eminemlegendas

    o eminem tambem usa isso bastante em suas entrevistas, e por tanto ouivir ele falando ja estou falando you know normalmente sabe simplesmente sai da minha boca

  • 21/10/10  
    Carol diz: 20

    Ele falou o ‘you know’ como marcado de discurso umas 20 vezes. And also ‘i mean’ e ‘so’..

  • 22/10/10  
    Patricia diz: 21

    Jhonatan, obrigada! Ficou clara sim a sua explicação.

  • 23/10/10  
    Renan Kleper diz: 22

    João :)

    You’re right. In addition, check this link out: http://en.wikipedia.org/wiki/Discourse_marker

    Perhaps it might enlighten you. :)

    Cheers.

  • 23/10/10  
    João B. L. Ghizoni diz: 23

    Hey, Renan, thanks a lot for suggesting such a nice link! (I can hardly believe I’m reading and writing about it on a Saturday night!). Some of the information there surprised me a little, but it was of great help! Thanks again!

    Have a nice Sunday, everyone!

  • 25/10/10  
    Danilo Alves diz: 24

    Wowow! Primeiro blog que eu vi até agora que trata de um assunto desses. Fillers são os queridinhos das linhas de pesquisa em linguística aplicada.

    Muitcho bom :]