Miss Brasil se enrola ao falar inglês

Um tema recorrente que sempre gera muita polêmica diz respeito a brasileiros falando inglês. Vocês se lembram de Romário e mais recentemente de Joel Santana? Todos eles geraram um alvoroço. Esta semana a entrevista da Miss Brasil também foi muito comentada.

A origem do medo de falar inglês

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.

O grande problema é que isso tudo acaba gerando ainda mais medo por parte dos estudantes de inglês, principalmente os iniciantes. O medo de passar vergonha em público acaba fazendo com que as pessoas se retraiam e não pratiquem.

Isso acontece muito no nosso chat de inglês, as pessoas acessam apenas para acompanhar 2 ou 3 participantes interagindo. Quando eu pergunto por que elas não participam, a resposta é sempre a mesma: o meu inglês é péssimo prefiro só ler as mensagens. É uma pena ver que isso acontece até mesmo em outros ambientes. Se isso acontece na internet onde há um certo anonimato, imagine nas escolas de inglês e cursinhos espalhados pelo Brasil.

Outros exemplos

Ahh, a Gisele! Eu fiquei impressionado com o vídeo enviado pela leitora Flávia, onde a super model fala com uma desenvoltura invejável.

Poxa Alessandro, a Gisele é rica e mora fora há muito tempo

Veja bem, como eu disse no início do post. Morar fora não garante fluência, esforço e muito estudo sim. Dinheiro também ajuda, mas não é um fator determinante. As pessoas mais inteligentes e vencedoras que conheço são de origem humilde e ultrapassaram várias barreiras para chegar ao topo. Para não deixar dúvidas, conheça a incrível história de Carlos Carbonel, o morador de rua poliglota.

Para finalizar

A mensagem que deixo é a seguinte, não tenha medo de errar. Existem vários lugares onde isso não é problema: na escola, nas salas de chat da internet, conversando com amigos, conversando com estrangeiros etc.

See you!

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

15 comentários

  • 13/08/09  
    tiago k. diz: 1

    Muito legal o post!
    E a Gisele, wow! manda muito bem no ingles ;)

  • 13/08/09  
    Larissa diz: 2

    A Gisele elevou o Brasil em questão de ensino de idiomas…ela parece nativa! O.O
    Um dia falarei assim!

    òtimo post!

  • 13/08/09  
    Vanderlei Gomes. diz: 3

    Tá certo que o que o Alessandro quis passar é o lado de não ter medo de errar mas saber quando se pode errar. Mas eu acho que em nenhum momento essas pessoas devem ser “massacradas” pois sempre que aparece um estrangeiro por aqui enrolando a língua para falar português todo mundo comenta “nossa como ele é esforçado neh?”. Cadê o mesmo sentimento quando nossos brasileiros estão lá fora fazendo o mesmo?

  • 13/08/09  
    luis eustaquio coelho diz: 4

    Gisele nem sempre foi rica, ela começou la embaixo e andou muito de metrô em Sp. Por outro lado ela sabia que na profissão dela, morando fora o tempo todo, ela tinha de falar bem ingles e conseguiu com se ve.

  • 13/08/09  
    Raíssa diz: 5

    Realmente a desenvoltura dela é invejável. Meu Deus, quando eu vou estar falando assim??? Ela fala inglês como fala português, com muita naturalidade. Mas com certeza ninguém abriu a cabeça dela e colocou tudo lá dentro, ela teve que se esforçar. Eu já vi um outro vídeo dela em que estava numa entrevista num outro programa e ela errou ao se pronunciar. Ela queria dizer mito, mas usou uma outra palavra lá e deu uma embananada, mas tudo bem… é a Gisele. Palmas pra ela que ela merece!

  • 13/08/09  
    Marcelo Salomão diz: 6

    Só tem uma maneira de vencer o medo e os erros: encarar de frente o problema.
    Recomendo a leitura do livro “Domesticando o dragão” – que mostra alternativas de aprendizado usando princípios de neurolinguística.
    Eu mesmo ainda tenho muita dificuldade para escrever e falar/ entender alguns irlandeses, australianos, etc.
    No mais, temos que compreender que a língua é um ser em mutação, então temos que aprender sempre.

  • 13/08/09  
    Hellen diz: 7

    Fiz ingles por 3 anos numa escola no interior de minas, o professor era bom e so permitia que falassemos em ingles… quando não sabia a palavra tentava explica-la e ai ele dizia a palavra; ou então, eu falava em portugues a unica palavra da frase que eu não sabia e queria dizer, ai ele dizia ai eu repetia em ingles e terminava a frase…. Funcionou bem… depois fiquei meio enferrujada….já faz 7 anos que parei o curso!… eu pensei que não sabia mais nada… mas sempre que preciso eu consigo falar… não falo tudo certo mas eu consigo me comunicar e fiz amigos estrangeiros quando eles apareceram numa pensao em que morei e na faculdade tb…
    fiquei espantada quando fui procurar uma escola de idiomas e vi em uma aula experimental que mesmo a um passo do nivel avançado a turma somente falava em portugues! A professora achou incrivel eu falar tanto e em ingles sem medo de errar e mesmo errando e aprendendo…. Desde o primeiro nivel, quando eu fiz o curso em Minas, todas as coisas que a gente aprendia em aula a gente usava… um colega meu ia comigo para as aulas e a gente ia conversando em ingles apenas para praticar… Ninguem nasce sabendo!
    Eu sei que as vezes da vergonha de arriscar, e quando eu estou com brasileiros que já fizeram intercambio eu não falo muito em ingles… mas em aulas e com estrangeiros eu falo mesmo!!!
    É pra isso que eu aprendi um pouco de ingles!! Para me comunicar!
    A pratica leva ao aprendizado e à perfeição e sem erros não tem nda disso!
    Dizem que a voz do povo é a voz de Deus…. e já diz o ditado “quem não arrisca não petisca!” = )
    É isso ai pessoal!
    Pratiquem!

  • 13/08/09  
    Michele diz: 8

    Olá!

    Adorei conhecer este superblog!

    Olha, meu pai sempre diz “se um brasileiro fala algo ‘errado’, em inglês, todo mundo critica, mas, se um estrangeiro se enrola todo tentando falar o nosso idioma – português – todo mundo acha lindo”.

    O tema em destaque me fez lembrar das considerações do meu pai…

    Eu acho que ele está certo; apesar de eu ser bem chata quanto à pronuncia em inglês.

    Nós, brasileiros, somos muito rigorosos com nós mesmos. Penso que deveríamos, sim, sempre tentar melhorar, mas, nunca nos martirizarmos por falhas tão banais.

    Eu, particularmente, estou tentando mudar o meu ponto de vista, afinal de contas, hoje sou professora de inglês – em início de carreira – e não posso ser tão exigente com os meus alunos…

    Aliás, não sei se vc já pensou nisso Alessandro, mas, quero sugerir que faças uma pesquisa e um artigo sobre a aceitação do idioma inglês nas escolas brasileiras, pois, desde a minha época de estudante, muitos dizem detestá-lo. Ao contrário de mim, que sempre amei a língua inglesa e sou autodidata nesta desde 13 anos de idade.

    Um grande abraço!

  • 14/08/09  
    katiel Garcia diz: 9

    Is true!
    I’m like this, I have fear speak english!
    But a fight with it.

  • 14/08/09  
    SIMONE MARTINS diz: 10

    Olá, estou gostando muito dos comentários . È muito bom ouvir e ver que não é só eu que tenho medo de falar em english, vou tentar na próxima escrever em inglês. Valeu !!!! Bjs Simone

  • 14/08/09  
    Kaio diz: 11

    Realmente Gisele fala muito bem inglês, e muito bem espanhol também. Você pode ver ela falando espanhol aqui : http://www.youtube.com/watch?v=jVYBkGk0bGM&feature=related

  • 15/08/09  
    Alessandro diz: 12

    Pessoal, foram tantos os comentários que ficou até difícil de responder individualmente. Acredito que todos entenderam a mensagem do post: pra valar inglês tem que perder a vergonha

    Li todos os comentários/depoimentos, fico muito feliz com a participação. Se vocês soubessem o quanto a participação dos leitores me motiva, vocês comentariam em todos os posts ;-) Quando um post tem muitos comentários eu consigo pegar os pontos importantes e elaborar outras dicas com conteúdo mais relevante para o leitor.

    Obrigado pela participação,

    Abraço galera!

  • 20/08/09  
    Diego Almeida diz: 13

    Realmente, acho que a vergonha é um fator que inibe o aprendizado das línguas, no meu curso no inicio era mais complicado pra mim pois tinha receio dos erros e tal… Depois dessa fase notei uma melhora muito mais rápida, por estar praticando. Não tem erro, quem perde o medo e mantém o contato diário com a língua, a fluência vem mais cedo ou mais tarde.

  • 08/09/09  
    Rawlinson diz: 14

    Gisele Bundchen rocks!!

  • 03/01/10  
    Jefferson diz: 15

    Gisele tem realmente um inglês invejável, só acho que ela exagera muito nos “You know?” fora isso, seu inglês é perfeito.