Modal Verbs: O Guia Definitivo

Quando pensamos nas possíveis traduções dos nove verbos modais (modal verbs), ficamos surpreendidos ao descobrir que, basicamente, possuem apenas dois significados.

E aí, o que parecia ser mamão com açúcar fica complicado e pode confundir. Afinal, o que são os modal verbs? Em quais situações utilizamos? Eu devo usar can, could ou may na hora de pedir para beber água?

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Para que você não morra de sede, confira este guia definitivo pois tentarei responder a esses questionamentos.

Conceitos Básicos

Para que você aprenda os modal verbs de maneira eficaz, é necessário começar seus estudos a partir do princípio básico. Considero esses conceito imprescindível para uma melhor compreensão de tudo o que discutirei aqui, uma vez que os tópicos deste guia foram escritos para quem tirou um tempo e estudou o artigo abaixo:

Lembre-se: sem a leitura do artigo acima, você não estará preparado para compreender efetivamente o que apresentarei nos tópicos a seguir.

O que são os verbos modais?

O verbo modal é um tipo de verbo auxiliar, pois é utilizado para ajudar os verbos principais. Além disso, sua maior característica é que, ao contrário os demais verbos auxiliares que não possuem carga semântica, os modal verbs complementam ou alteram completamente o sentido dos verbos principais, expressando ideias de permissão, pedido, capacidade, possibilidade, dever, etc.

Há nove modal verbs: can, could, may, might, must, shall, should, will e would. Não se preocupe, você não terá que desvendá-los sozinho. Explicarei sobre cada um nos tópicos abaixo.

Can

Utilizamos o Can para dizer que algo é possível (que há uma real possibilidade), que é permitido ou que alguém tem a capacidade de fazer alguma coisa. E também pode indicar um pedido. Usamos as seguintes estruturas:

  • Sujeito + can + verbo principal + complemento (afirmativa)
  • Sujeito + can’t / cannot + verbo principal + complemento (negativa)
  • Can + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

  • You can spend it with a free conscience. [Você pode gastá-lo com a consciência tranquila.]
  • A friend of hers who is a florist asks if she can advertise on the site. [Um amigo dela que é um florista pergunta se ela pode anunciar no site.]
  • That device can track where you are at any time. [Aquele aparelho pode localizar onde você está a qualquer momento.]
  • I cannot stay long. [Eu não posso ficar por muito tempo.]
  • This cannot be the one the Wizard gave me. [Este não pode ser o que o Mago me deu.]
  • I cannot understand you when you speak so quickly. [Eu não consigo te entender quando você fala tão rápido.]
  • Can you watch the house for me while I’m gone? [Você pode olhar a casa pra mim enquanto estou fora?]
  • Can the system learn to predict crime targets? [O sistema pode aprender a prever os alvos de crime?]
  • Can that be prevented? [Aquilo pode ser prevenido?]

Could

Utilizamos o Could para falar sobre possibilidade no momento presente ou no futuro, sobre probabilidades que não são reais, para fazer sugestões, pedidos mais formais ou como passado do verbo modal can . Usamos as seguintes estruturas:

  • Sujeito + could + verbo principal + complemento (afirmativa)
  • Sujeito + couldn’t + verbo principal + complemento (negativa)
  • Could + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

  • I wish you could hear yourself talking. [Eu queria que você pudesse se ouvir falando.]
  • Maybe we could have a picnic, or play ball together. [Talvez a gente poderia fazer um piquenique, ou jogar bola juntos.]
  • Oh, I guess Zeb could fight if he had to. [Ah, eu acho que o Zeb conseguia lutar se ele tivesse que fazer isso.]
  • She could have asked, but that might tip her hand. [Ela poderia ter pedido, mas aquilo poderia fazê-la perder a mão.]
  • He could not understand it at all. [Ele não conseguia entender de maneira alguma.]
  • I couldn’t find a better friend than Alex. [Eu não poderia achar um amigo melhor que o Alex.]
  • The Wizard did not like this invitation, but he could not refuse to accept it. [O mago não gostou do convite, mas ele não poderia recusar-se a aceitá-lo.]
  • Could we fly with them?” asked Dorothy. [“Nós poderíamos voar com eles?” pediu a Dorothy.]
  • How else could I see it? [De que outra maneira eu poderia ver isso?]
  • How could she blame him? [Como ela poderia culpá-lo?]

May

Utilizamos May para falar sobre possibilidades ou probabilidades remotas, para fazer pedidos ou permissões muito formais. Usamos as seguintes estruturas:

  • Sujeito + may + verbo principal + complemento (afirmativa)
  • Sujeito + may + not + verbo principal + complemento (negativa)
  • May + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

  • I may be the person who’s having the visions but I can’t do it alone. [Eu posso ser a pessoa que está tendo as visões, mas eu não consigo fazer isso sozinha.]
  • You may buy something, if you wish. [Você pode comprar alguma coisa, se desejar.]
  • This may grow too serious. [Isso pode ficar muito sério.]
  • He may not be able to recall them now. [Ele pode não ser capaz de se recordar deles agora.]
  • This may not be the very best mode of attaining a high social polish. [Este pode não ser o melhor modo de se atingir um alto requinte social.]
  • I may not be perfect. [Eu posso não ser perfeito.]
  • May I sit with you? [Eu poderia me sentar com você?]
  • May I eat just one of the fat little piglets? [Eu poderia comer apenas um dos leitõezinhos gordos?]
  • May I drink some water? [Eu posso beber água?]

Might

Utilizamos Might para falar sobre possibilidades ou probabilidades remotas, ou como passado de May. Usamos as seguintes estruturas:

  • Sujeito + might + verbo principal + complemento (afirmativa)
  • Sujeito + might + not + verbo principal + complemento (negativa)

Exemplos

  • It might have done damage inside. [Isso pode ter causado um dano interno.]
  • This might be the most difficult decision she would ever make. [Esta pode ser a decisão mais difícil que ela iria fazer.]
  • It might be their last chance to have a biological child. [Esta pode ser sua última chance de ter um filho biológico.]
  • There might not even be one fertilized egg. [Pode não haver até mesmo um óvulo fertilizado.]
  • He might not be able to enter into these trades. [Ele pode não ser capaz de entrar nesses negócios.]
  • You might not notice the time you ate. [Você pode não ter percebido a hora que comeu.]

Must

Utilizamos Must para falar sobre diferentes intensidades de obrigações, de convites educados até sobre leis, também é utilizado para fazer deduções. Usamos as seguintes estruturas:

  • Sujeito + must + verbo principal + complemento (afirmativa)
  • Sujeito + must + not + verbo principal + complemento (negativa)
  • Must + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

  • He must be devastated. [Ele deve estar devastado.]
  • That must have been really difficult for you. [Aquilo deve ter sido muito difícil para você.]
  • You must take to the river. [Você deve levar para o rio.]
  • We must not be late. [Nós não devemos nos atrasar.]
  • You must not permit any person to speak. [Você não deve permitir nenhuma pessoa falar.]
  • He must not send soldiers to oppress us. [Ele não deve mandar soldados para nos oprimir.]
  • Is this the condition to which I must come? [É esta a condição na qual eu devo vir?]
  • Must we conclude that the Phrygians were the first and oldest of all the nations? [Nós devemos concluir que os frígios foram os primeiros e mais antigos de todas as nações?]
  • Which wings must I flop first? [Qual das asas eu devo bater primeiro?]

Shall

Utilizamos o Shall para falar sobre intenções futuras ou para falar sobre ofertas e conselhos. Usamos as seguintes estruturas:

  • Sujeito + shall + verbo principal + complemento (afirmativa)
  • Sujeito + shall + not + verbo principal + complemento (negativa)
  • Shall + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

  • I shall go when I please. [Eu hei de ir quando eu quiser.]
  • We shall make up a rubber. [Nós devemos fazer uma borracha.]
  • It shall be done. [Isso deverá ser feito.]
  • I shall not be at peace till you promise me this. [Eu não deverei ficar em paz até que você me prometa isso.]
  • We shall not then be far wrong in supposing that he was born about 50 B.C. [Nós não devemos estar errados então em supor que ele nasceu por volta de 50 A.C.]
  • Death shall not return a soul It has claimed. [A Morte não deverá devolver uma alma que Ele reinvidicou.]
  • Do you want to tell her or shall I? [Você quer dizer a ela ou devo eu?]
  • What shall I make? [O que eu devo fazer?]
  • Shall we go see him? [Devemos nós ir vê-lo?]

Should

Utilizamos o Should para falar de coisas possíveis ou prováveis, mas utilizamos principalmente para falar de coisas que são desejáveis, para dar conselhos ou fazer sugestões. Usamos as seguintes estruturas:

  • Sujeito + should + verbo principal + complemento (afirmativa)
  • Sujeito + shouldn’t + verbo principal + complemento (negativa)
  • Should + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

  • Connie should be here any minute. [A Connie deverá estar aqui a qualquer minuto.]
  • Every boy and girl should remember the name of Benjamin Franklin. [Cada garoto e garota deveria lembrar do nome do Benjamin Franklin.]
  • Maybe we should go home. [Talvez a gente devesse ir para casa.]
  • We should not do that. [Nós não deveríamos fazer isso.]
  • She shouldn’t be here tonight. [Ela não deveria estar aqui hoje a noite]
  • They should not stay longer. [Eles não devem ficar por muito tempo.]
  • Should we go there? [Nós deveríamos ir lá?]
  • What should she pack? [O que ela deveria embalar?]
  • Should he buy candy? [Ele deveria comprar doce?]

Will

Utilizamos o Will para falar sobre ações futuras, previsões, pedidos ou convites. Usamos as seguintes estruturas:

  • Sujeito + will + verbo principal + complemento (afirmativa)
  • Sujeito + won’t + verbo principal + complemento (negativa)
  • Will + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

  • I will watch for a while. [Eu assistirei por um tempo.]
  • It will be so much fun to work on it with Jonathan and Destiny. [Será tão divertido trabalhar com o Jonathan e a Destiny.]
  • Things will get better. [As coisas vão melhorar.]
  • I won’t show you. [Eu não te mostrarei.]
  • I will not stay here. [Eu não ficarei aqui.]
  • We will not have a home. [Nós não teremos um lar.]
  • Will you kindly tell us which way your mother went to? [Você poderia gentilmente nos dizer qual caminho sua mãe foi?]
  • When will supper be ready? [Quando a ceia ficará pronta?]
  • Will you buy it, my dear? [Você irá comprar, minha querida?]

Would

Utilizamos o Would para falar probabilidades, hipóteses ou um pedido mais formal que will. Usamos as seguintes estruturas:

  • Sujeito + would + verbo principal + complemento (afirmativa)
  • Sujeito + wouldn’t + verbo principal + complemento (negativa)
  • Would + sujeito + verbo principal + complemento (interrogativa)

Exemplos

  • Only this time she would have to decide. [Somente desta vez ela teria que decidir.]
  • His father hoped that Daniel would grow up to be a wise and famous man. [Seu pai desejou que Daniel crescesse para se tornar um homem sábio e famoso.]
  • Daniel and his father would ride there on horseback. [Daniel e seu pai andariam de cavalo por lá.]
  • But they would not listen to him. [Mas eles não o escutariam.]
  • He was in trouble because his scholars would not study. [Ele estava em apuros porque seus acadêmicos não estudavam.]
  • Most people would accept that. [A maioria das pessoas aceitariam aquilo.]
  • How much in taxes would you be willing to pay? [Quanto em impostos você estaria disposto a pagar?]
  • Would it bankrupt that world? [Isto iria falir o mundo?]
  • Would you like to read his speech? [Você gostaria de ler o discurso dele?]

Principais características

Como você pode perceber pelos exemplos dados ao longo do Guia, o modais são bem peculiares, pois possuem características únicas e diferentes dos demais verbos, pois

  1. Possuem apenas uma única forma e não flexionam nem em pessoa nem em número.
  2. Não possuem modo infinitivo e não são precedidos de to.
  3. Não tem forma terminada em -ing, -ed, -s e nem formas perfeitas (ou seja, não é precedido de have)
  4. Precedem o verbo principal e este deverá estar sempre no infinitivo sem to.
  5. Não pode-se utilizar um verbo modal seguido do outro.
  6. Aceita preceder os verbos auxiliares be, do e have.
  7. Não necessitam de um verbo auxiliar para fazer orações na interrogativa ou negativa.
  8. Precisa obrigatoriamente de um verbo principal em seguida.

Espero que você tenha gostado.
Bons estudos.

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

37.jpg

Camila Oliveira

Camila gosta de viajar, conhecer lugares, pessoas e culturas, ouvir música, sentir aromas, degustar sabores, saborear a vida, aprender novos idiomas. Não quer criar raízes, pois sabe onde é o seu lugar: o mundo.

6 comentários

  • 03/06/16  
    MateusH diz: 1

    Está faltando o verbo “ter” na tradução desta frase:
    It might have done damage inside. [Isso pode causado um dano interno.]
    Correção:
    Isso pode “ter” causado um dano interno.

    • 03/06/16  
      Alessandro Brandão diz:

      Oi Matheus,

      O texto foi corrigido, obrigado pelo aviso.

      Abs,

  • 06/06/16  
    LjrLuciano diz: 2

    Isn’t ought to a modal verb ?

    • 06/06/16  
      Camila Oliveira diz:

      Yes, it is! But ought to became an outdated modal verb, thus the updated grammars don’t show it anymore. So I decided to follow the same steps! =)

  • 20/06/16  
    Marcelo Rafael Feli diz: 3

    Uma correção na frase “Most people would accept that. [A maioria das pessoas não aceitariam aquilo.]”
    ‘Most people would accept that. [A maioria das pessoas aceitariam aquilo.]’*. À propósito, o texto/guia está ótimo.

    Abçs

    • 21/06/16  
      Camila Oliveira diz:

      Hey Marcello, what’s up? Obrigada pela dica, o post já foi atualizado.

      See ya!