O básico sobre o Whom, Whose e Where

Essas três palavras são chamadas Relative Pronouns e podem confundir muitas pessoas que apenas lêem isso em inglês mas nunca pararam para pensar o que significam.

Pois bem, é muito fácil distinguir:

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Whose

Usamos whose no lugar de his / her / their:

  • We saw some tourists — their car had broken down.
  • We saw some tourists whose car had broken down.

É mais usado com pessoas, no português tem o significado de cujo(a).

  • A widow is a woman whose husband is dead. (her husband is dead – cujo marido está morto)
  • What’s the name of the man whose book you borrowed? (you borrowed his book – cujo livro você pegou emprestado)
  • I met someone whose brother I went to school with. (I went to school with his/her brother – com cujo irmão eu fui para escola)

Obs.: no último caso, o com foi transferido para o final como with.

Não confunda who com whose, veja a diferença:

  • I met a man who knows you. (he knows you)
  • I met a man whose sister knows you. (his sister knows you)

Whom

Whom é possível no lugar de who quando sua função sintática é a de objeto, no português tem o mesmo sentido dos pronomes relativos que / o(a) qual (isso não quer dizer que sempre que usar que/o(a) qual, possa traduzir como whom).

  • The woman whom I wanted to see was away. (I wanted to see her)

Você também pode usar whom com uma preposição (to whom / from whom / with whom):

  • The people with whom I work are very nice. (I work with them)

O whom é pouco usado na linguagem falada. É preferível falar who ou that, ou até mesmo nenhum deles:

  • The woman I wanted to see… or The woman who/that I wanted to see.
  • The people I work with… or The people who/that I work with.

Where

Esse é o mais fácil, usamos como pronome relativo referente a lugar:

  • The restaurant —we had dinner there —it was near the airport.
  • The restaurant where we had dinner was near the airport.

Espero que tenham entendido e que a partir de agora possam usar e ler esses pronomes relativos sem dúvida alguma sobre seus significados.

Bons estudos!

Referência: English Grammar in Use – Raymond Murphy (Third Edition) – Unit 94 – Page 188

Sobre o Autor: Leandro Cavalcanti Silva é um estudante muito aplicado de inglês, pretende ir para os Estados Unidos e seu sonho é ser admitido em Harvard, a melhor universidade do mundo segundo ele. Embora faltem alguns anos, ele se prepara desde cedo. Leandro tem 15 anos e mora em Belo Horizonte, MG.

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

25.jpg

Autor Convidado

Este artigo foi escrito por um Autor Convidado do English Experts. Confira o nome do autor no rodapé do texto acima. Seja um colaborador, clique aqui e saiba como participar.

33 comentários

  • 31/10/10  
    Eryck diz: 1

    14 anos???
    Muito boas suas dicas, Leandro.
    Nem me lembrava mais dessa do whose.

  • 01/11/10  
    Leandro Cavalcanti Silva diz: 2

    Obrigado, e…
    Alessandro, você se esqueceu que fiz aniversário no mesmo dia do EE? Tenho 15 agora :)
    E obrigado por postar.

  • 01/11/10  
    Bruno César diz: 3

    Ótimo post temos aqui hein, thank you a lot for contribute with our knowledge

  • 01/11/10  
    Alessandro diz: 4

    Leandro,

    Desculpe a minha distração. A sua idade já foi atualizada no post.

    Quero ver você pedindo pra aumentar a idade quando você chegar nos 30…hehehehe

    Abraço,

  • 01/11/10  
    Jackson Bagatoli diz: 5

    Hey there, Leandro.

    Really nice tip. =)

    In a FRIENDS episode, someday, they were talking about their Secret Santa and then Monica says:
    Let’s see who gets who. :)

    And then Ross says:
    Let’s see WHO gets WHOM! (In a sarcastic way.)

    That means native speakers also find it a little tricky.

    ———

    Leandro, you wrote:
    “What’s the name of the man whose book you borrowed? (you borrowed his book – cujo livro você emprestou)”

    Wouldn’t it be ” Cujo livro você pegou/pediu emprestado.” ?

    See ya.

  • 01/11/10  
    Caroline diz: 6

    Leandro, vai nessa menino!
    Queria ter tido uma cabecinha assim tão boa quando tinha a sua idade (metade da minha atual).
    Vai com tudo!!! Vamos ficar aqui aguardando posts escritos diretamente de Harvard!!!
    Abraços!!!
    Carol

  • 01/11/10  
    Eveline Rossi diz: 7

    Olá, Leandro!!!

    Adorei sua dica. Espero que voce concretize seus objetivos. Aguardo mais dicas, pois estou escrevendo um artigo sobre a importância de ESTUDAR e APRENDER INGLÊS, com certeza voce estará em minha referência bilbliográfica.

    Um forte abraço!!! Eveline Rossi

  • 01/11/10  
    Gênio diz: 8

    valeu Leandro, você é oposto à um Leandro de minha cidade que conheceço, ele é um puro preguiçoso. Parabéns, que seus sonhos se realize!

  • 01/11/10  
    João Pedro Mello diz: 9

    Não conhecia o “whom”, como se pronuncia?

    Boas dicas, um abraço.

  • 01/11/10  
    Jedson diz: 10

    Otimo artigo.

    com certeza muitas pessoas tem dificuldades com estas palavras.

    parabens.

  • 01/11/10  
    ray diz: 11

    I love this site ,thanks

  • 01/11/10  
    Vinicius Lopes Campos diz: 12

    You’ve forgotten to quote the reference:
    English Grammar in Use
    Raymond Murphy
    Third Edition
    Unit 94 – Page 188

  • 01/11/10  
    Paula Vilela diz: 13

    Noosssaa Leandro..você escreve muito bem!!

    Assim você chega longe, com esta pouca idade e um objetivo certo em mente!!

    Parabénss pelo post..muito bom!!

    Continue escrevendo!!

    Bjos

  • 01/11/10  
    João B. L. Ghizoni diz: 14

    Very good post, Leandro. Congratulations. Just one little thing about one translation: borrow is “pegar emprestado” or “tomar emprestado”, not “emprestar” in Portuguese (which in English is “lend”). When you have, you lend; when you need, you borrow.

    Keep up with your studies! You’re doing fine!

  • 01/11/10  
    Eduardo diz: 15

    hello, I like very of the your tips, I hope you can fulfill all your desires.

  • 02/11/10  
    Leandro Cavalcanti Silva diz: 16

    Está certo, eu errei sobre o “borrow”, peço ao Alessandro que troque para mim por “cujo livro você pegou emprestado”.

    João, a pronúncia é a mesma de “who”, mas com um som nasal no final: /rum/

  • 02/11/10  
    Mirian diz: 17

    Como todos aqui, amei o post! Tenho quase a mesma idade q vc (16) e materias assim me incentivam a continuar estudando inglês!Vc parece ser mto esforçado e dedicado, Parabéns!

  • 02/11/10  
    Chico diz: 18

    Você não esqueceu a referência, como disse Vinicius Lopes Campos, simplesmente plagiou. Isto é crime.

  • 02/11/10  
    daniele diz: 19

    Congratulations, this post is great!!!!!!!!!!!

  • 02/11/10  
    Alessandro diz: 20

    Leandro,

    Gostaria de sua resposta para os leitores Vinicius Lopes Campos (comentário 12) e para Chico (comentário 18).

    Caso este post seja mesmo uma cópia do livro de gramática é sua obrigação como autor citar a fonte. Eu levo isso muito a sério.

    Aguardo seu retorno o mais rápido possível!

  • 02/11/10  
    Rodrigo Leite diz: 21

    Poxa, moleque… começou já vacilando. Tenho o livro aqui e fui na página 188 e seus exemplos são idênticos. Só deu uma adaptada na explicação porque o livro é todo em Inglês.

    Bom, se você quer mesmo ir para Harvard, reveja seus conceitos.

    No mais, bons estudos e se esforce um pouco mais.

    Abraços.

  • 02/11/10  
    Ana Carolina diz: 22

    Leandro,
    Gostei muito de seus dicas.
    Continue com seus objetivos pois com certeza conseguirá.

  • 03/11/10  
    Leandro Cavalcanti Silva diz: 23

    Desculpem-me pessoal, vendo esses comentários me senti muito culpado; sim, eu peguei como referência esse livro, eu peguei os exemplos que citavam no livro e expliquei de uma forma mais fácil da que estava no livro (em inglês) e adicionei algumas explicações minhas.

    Eu devia ter colocado a referência, desculpe-me mesmo, eu até pedi ao Alessandro que se quisesse pode tirar a minha autoria, tem direito, só achei que seria bom colocar essa matéria aqui, não tinha a intenção de qualquer tipo de plágio. Mesmo porque eu não ganharia nada com isso, além de gastar meu tempo digitando. Foi um erro muito grave meu não colocar a referência.

    Juro que os próximos posts (se o Alessandro deixar) terão referência ou serão de inteira autoria minha.

    E Chico, você está julgando as pessoas, e isso é latismável, não se pode acusar as pessoas sem procurar saber, eu fiquei muito ofendido, não foi minha intenção plagiar, Mesmo porque, como disse, não iria ganhar nada.

    Peço que não façam mais comentários a respeito, cabe ao Alessandro se vai retirar o post ou colocar a referência (com ou sem meu nome no final). Repetindo, eu não tive a menor intenção de causar isso. Minhas sinceras desculpas, isso não vai acontecer novamente.

    • 03/11/10  
      Alessandro diz:

      @Leandro

      Aceito suas desculpas. Espero que isso sirva de lição para você, quem copia e não cita a fonte sempre será descoberto. Para você que sonha ir para Harvard isso é muito importante. Os trabalhos acadêmicos são todos baseados em citações e qualquer coisa copiada sem a fonte poderá gerar inclusive um processo contra você, principalmente se você estiver em um mestrado ou doutorado. Por fim, peço que releia as regras de colaboração aqui do EE: http://www.englishexperts.com.br/contribuir/

      @Vinicius Lopes Campos, @Chico:

      A fonte já foi incluída no post. Muito obrigado pelo alerta.

      Assunto encerrado!

  • 03/11/10  
    Renato Guimarães diz: 24

    Parabéns pela contribuição Leandro!

    Apesar de você não ter citado a referência, coisa que creio que tenha sido sido por você ser ainda muito novo e ainda não ter tido contato com trabalhos científicos, foi de grande ajuda para muitos leitores. Pode ter certeza!

    O bom é que daqui para frente você já sabe que se for utilizar algo de autoria de outra pessoa é sempre importante dar os créditos ao criador da obra.

    Agora direcionando o comentário para os críticos do blog…

    Eu acho que vocês pegaram um pouco pesado com o guri. Aos 15 anos eu nem me preocupava em estudar Inglês direito, já o Leandro se mostra muito esforçado e já contribuiu com uma excelente dica para os leitores do blog.

    É muito fácil falar com a boca cheia a respeito do sonho do rapaz de ir para Harvard depois que ele já tenha feito sua contribuição.

    Quem precisa rever os conceitos aqui eu acho que é a pessoa que disse certas palavras em um tom totalmente desnecessário de sarcasmo. Bastava apenas orientá-lo!

    No mais, parabéns pelo blog Alessandro. O acompanho a um bom tempo (assim com o Fórum) e os assuntos aqui discutidos são sempre interessantes mesmo que seja para refrescar a memória e passar algumas horas em contato com o Inglês durante o horário livre do dia.

    Keep the good work up!

    • 03/11/10  
      Alessandro diz:

      Renato,

      Obrigado pelo comentário e por acompanhar o nosso trabalho.

      Abraços,

  • 04/11/10  
    Rapha Dal'Col diz: 25

    Confesso que ainda estou um pouco confusa em relação ao Whom…. visto que não entendi a piada de Friends que o Jackson Bagatolli cita. Poderia ser um pouco mais claro.

  • 16/11/10  
    Rosana diz: 26

    Adoro inglês,mas tenho muita dificuldade no ouvir apesar de fazer algum tempo que eu faço curso e de ouvir muita coisa também em inglês. Vocês me indicariam alem de só ouvir,conversar também com alguém?

    • 16/11/10  
      Alessandro diz:

      Rosana,

      Aprender um idioma é essencialmente comunicação. Conversar com outras pessoas em inglês é muito indicado.

      Abraços,

  • 16/11/10  
    Rosana diz: 27

    Não conhecia o “whom”…vi aqui, depois que descobri esse site..adorei

  • 18/11/10  
    guilherme diz: 28

    AXEI DEMAIS!

  • 19/11/10  
    Leandro Cavalcanti Silva diz: 29

    @Rapha

    A frase é esta:
    Let’s see who gets who. (wrong)
    Let’s see WHO gets WHOM! (right)

    Eu não sou muito bom no sentido de piadas, então também não entendi a graça rs
    Quando usamos o “quem” como objeto direto, o correto é usar “whom” e não “who”.

    O Dude Spell até colocou um vídeo engraçado no fórum (http://www.englishexperts.com.br/forum/grammar-nazi-really-funny-t13037.html), e em uma das falas é corrigido isso:
    COLONEL LANDA: I found for numerous sources, you are hiding mademoiselle Dreyfus.
    MONSIEUR LAPADITE: From who?
    COLONEL LANDA: From whom. (corrigindo)

    Espero ter ajudado.

  • 19/11/10  
    Leandro Cavalcanti Silva diz: 30

    Só corrigindo uma coisa que disse, usamos sempre o “WHOM” quando o “QUEM” for OBJETO (não só objeto direto – faz muita diferença xD)

    No caso:
    Who (Subject) gets (verb) whom (object).