O mito da palavra Saudade em Inglês

ET LuaQuando eu ainda estava no segundo grau, uma professora de inglês me disse que a palavra saudade não tinha tradução para o Inglês. Aquela explicação martelou na minha cabeça por muito tempo, eu sempre me indagava como um sentimento tão comum não poderia ser dito em Inglês, será que as pessoas que falam Inglês não sentem saudades?

Com o tempo esse mito criado pela professora mal informada foi caindo por terra. Primeiro eu conheci a palavra “miss”, que utilizada desta forma “I miss you”, significa “Eu estou com saudades de você”, alguns poderiam questionar que miss significa “sentir falta”, o que na minha opinião é a mesma coisa. Depois fui conhecendo algumas outras palavras interessantes para expressar saudades, entre elas a que mais utilizo no dia a dia é “homesick“, ao contrario do que pode parecer ela não significa “lar doente”, mas sim falta do lar. Você pode utilizar esta palavra da seguinte forma:

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.
  • I came to London three months ago, I’m homesick. [ Eu vim para Londres ha três meses, eu estou com saudades de casa. ]

Percebeu? O segredo está em aplicar corretamente a palavra de acordo com a situação, e esqueça essa bobagem de que não existe saudades em Inglês.

Portanto se você não voltar para ler o post de amanhã eu vou sentir saudades.
(If you don’t come back tomorrow I’ll miss you).

See you!

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

38 comentários

  • 01/01/07  
    Guilherme diz: 1

    “A palavra saudade só existe em português Mas nunca faltam nomes se o assunto é ausência”
    (Gabriel o Pensador)

  • 01/01/07  
    Mr. Pinter diz: 2

    hi there!
    i was thinking of a new topic for posting any other time…
    as you know, i am a recent reader of your blog, so i don´t know if you have already posted anything related to “namorar” in english……
    i see that, like “saudade”, it is an expression that sometimes people feel unconfortable to using, simply because it is not a solo word, like in Portuguese.
    Moreover, there are some other different ways of saying that, that could be shown.

    thanks a lot!

    Mr. Pinter

  • 01/01/07  
    Mary Ziller diz: 3

    Alessandro,

    I am glad that someone finally cleared up the myth regarding “saudade” not having a translation into English.

    One of the songs I like expresses exactly how I feel sometimes.

    I would say “I am almost dying of longing for you” for “estou quase morrendo de saudades de você.

    http://www.youtube.com/watch?v=xYDYPTh55xk

    Composição: Roberto Carlos

    Eu Te Amo, Te Amo , Te Amo

    Tanto tempo longe de voce
    Quero ao menos lhe falar
    A distância não vai impedir
    Meu amor de lhe encontrar
    Cartas já não adiantam mais
    Quero ouvir a sua voz
    Vou telefonar dizendo
    Que eu estou quase morrendo
    De saudades de voce
    Eu te amo, eu te amo, eu te amo
    Oh! Oh! Oh! Oh! Oh!
    Eu não sei por quanto tempo eu
    Tenho ainda que esperar
    Quantas vezes eu até chorei
    Pois não pude suportar
    Para mim não adianta
    Tanta coisa sem voce
    E então me desespero
    Por favor meu bem eu quero
    Sem demora lhe falar
    Eu te amo, eu te amo, eu te amo
    Mas o dia que eu puder lhe encontrar
    Eu quero contar
    O quanto sofri por todo este tempo
    Que eu quis lhe falar

  • 01/01/07  
    Mary Ziller diz: 4

    Alessandro,

    You chose the perfect picture to illustrate the term for missing one’s home. E.T. (the extra terrestrial) is the quintessential example of homesickness (pining for , yearning for, longing for, missing) loved ones.

  • 02/01/07  
    Alessandro Brandão diz: 5

    Hi Mary,

    It’s been a long time, by the way, where are you? I miss you.

    Thank you for your comments.

  • 02/01/07  
    Anonymous diz: 6

    é claro que o povo que fala inglês sente saudades,falta etc. o que acontece é que eles têm modos diferentes de se expressar, não seria em si uma falha ou algo do gênero.
    Em português, ocorre o mesmo também. Cada cultura se manifesta duma forma diferente. Já imaginou quantas formas diferentes os esquimós dizem bom-dia?!

  • 02/01/07  
    sonic_head@hotmail.com diz: 7

    Caro Alessandro,

    Parabéns pelo seu blog, é muito elucidativo. However, eu gostaria também de chamar a atenção para a redação deste post. Não ficou muito claro se sua professora quis dizer que não haveria um cognato perfeito para traduzir saudade ou se simplesmente ela decretou que este conceito seria intraduzível em inglês. Acredito que tenha sido o primeiro caso, portanto ela não teria criado mito algum (já que realmente não há uma palavra que tenha o valor idêntico a ‘saudade’ em português), logo não haveria mito nenhum a ser quebrado, apenas outros meios de se expressar aquele sentimento – o que o seu blog faz muito bem. Boa sorte e keep up the good work.

  • 02/01/07  
    Alessandro Brandão diz: 8

    Sonic,

    Você têm razão quando diz que não existe um cognato perfeito, isso não se discute, não existe mesmo. Eu disse que foi criado esse mito porque a professora falou que não existia tradução mas não citou possibilidades ou palavras que pudessem substituí-la. Os professores têm que ter consciência que nem todos os alunos vão se aprofundar nas matérias que eles ensinam, portanto uma simples resposta incompleta ou errada pode acompanhar uma pessoa pelo resto da vida como verdade absoluta. Criando assim um mito!

    Obrigado pelo comentário,

    See you soon.

  • 02/01/07  
    Mary Ziller diz: 9

    Alessandro and Sonic,

    The myth about saudades not being translatable is pretty widespread. My professor at my husband`s work told us that he also believed ti until he married a native speaker of English.

    And people in yahoo groups have told me that there is no way to translate saudades when I tried to use teh word “missing” for it.

    So, I am glad that Alessandro cleared it up on the web here.

  • 02/01/07  
    Mary Ziller diz: 10

    Here is the poem in which I tried to translate the word ‘saudades’ as ‘missing’.

    Naquela mesa ele sentava sempre
    e me dizia sempre o que é viver melhor,
    Naquela mesa ele contava histórias
    que hoje na memória eu guardo e sei de cor,
    Naquela mesa ele juntava gente
    e contava contente o que fez de manhã
    e nos seus olhos era tanto brilho
    que mais que seu filho
    eu fiquei seu fã,
    Eu não sabia que doía tanto
    uma mesa num canto, uma casa e um jardim
    Se eu soubesse o quanto dói a vida
    essa dor tão doída, não doía assim,
    Agora resta uma mesa na sala
    e hoje ninguém mais fala do seu bandolim
    naquela mesa ta faltando ele
    e a saudade dele ta doendo em mim

    He always sat down at that table,
    And always told me the best way to live,
    At that table he told stories
    That today I safeguard in my memory and which I know by heart,

    At that table he joined people and told us contentedly what he did that morning
    And his eyes shone so bright
    That as more than his son, I became his fan,

    I did not know how much
    A table in a corner hurts,
    A house and a garden
    If I knew how much life hurt
    That so painful ache, it didn’t hurt like this,

    Now a table remains in the room
    And today nobody speaks of his mandolin anymore
    At that table he is missing
    And missing him is hurting me.

  • 02/01/07  
    Adam diz: 11

    There really isn’t an accurate translation for saudades in every case. However, we in English have expressions to express the word. Saudades de alguem- to miss someone, to long for someone, etc. However, we require a verb, or something similar. There is no EXACT translation for saudades. There is an article on the English wikipedia about the subject and it shows really how hard this word is to translate-
    http://en.wikipedia.org/wiki/Saudade

    So, the fact that saudades is untranslatable is not a myth.

  • 02/01/07  
    Maria diz: 12

    Traduzir o sentimento “saudade” é possível, no entanto, traduzir a PALAVRA, isto é, encontrar um equivalente perfeito, com a mesma carga semântica, nem mais nem menos, mesma classe gramatical,isso não tem mesmo não ……… provavelmente era a isso que sua professora se referia.

  • 05/01/07  
    Juarez diz: 13

    Olá!
    Eu acho que acontece o mesmo no caso da palavra ” dejavu” que para nós nao existe uma palavra específica !

    dejavu = sensação de já ter visto e experimentado anteriormente algo que na verdade é novo.

    PS: Alessandro, parabéns pelo seu blog!

  • 15/03/07  
    Nuno diz: 14

    Há algum simplismo nesta tradução da palavra saudade que, no fundo retira toda a complexidade e, por isso, originalidade que ela tem.
    Neste ponto o artigo a wikipedia parece-me mais realista: http://en.wikipedia.org/wiki/Saudade
    Como aparece referido nesse artigo:

    In his book In Portugal of 1912, A.F.G Bell writes:
    “The famous saudade of the Portuguese is a vague and constant desire for something that does not and probably cannot exist, for something other than the present, a turning towards the past or towards the future; not an active discontent or poignant sadness but an indolent dreaming wistfulness.”

    Saudade is different from nostalgia (the English word, that is). In nostalgia, one has a mixed happy and sad feeling, a memory of happiness but a sadness for its impossible return and sole existence in the past. Saudade is like nostalgia but with the hope that what is being longed for might return, even if that return is unlikely or so distant in the future to be almost of no consequence to the present. One might make a strong analogy with nostalgia as a feeling one has for a loved one who has died and saudade as a feeling one has for a loved one who has disappeared or is simply currently absent. Nostalgia is located in the past and is somewhat conformist while saudade is very present, anguishing, anxious and extends into the future. In Portuguese, the same word nostalgia has quite a different meaning.

    For instance, the phrase “Tenho saudades tuas” (“I feel ‘saudade’ for you”) directly translates into “I miss you”. “Eu sinto a tua falta” also has the same meaning in English (“falta” and “saudade” both are translated for missing), but it is different in Portuguese. The first sentence is never told to anyone personally, but the second can be. The first sentence would be said by a person whose lover has been abroad for sometime, it would be said over the phone or written in a letter. The second sentence would be said by someone who has divorced, or whose partner is not usually at home, and would be said personally.

  • 18/08/07  
    Marcos diz: 15

    Se o título de uma canção, um livro, enfim, uma obra qualquer for “Saudades” e eu quero traduzir esse título literalmente para o inglês, como me expresso?

  • 03/01/08  
    Ricardo diz: 16

    Concordo com o post #14. Você está diminuindo o significado da palavra saudade ao traduzir como “sentir falta de alguém” ou “sentir falta de algum lugar”. A melhor explicação para saudade que eu já vi, em inglês, é a seguinte: Saudade: “A feeling of loss for what might have been.”
    Uma prova de que de fato falta uma palavra assim na língua inglesa é que há um sujeito que propôs um neologismo para expressar basicamente isso, embora, novamente, em um contexto mais específico do que o conceito amplo de saudade. Vejam este artigo na revista Wired.

  • 03/01/08  
    Alessandro diz: 17

    Ricardo,

    A minha intenção no texto foi de esclarecer os leitores sobre o mito da palavra saudade. Muitos professores pregam que não há tradução e ponto final. Isso não é verdade existem muitas palavras que podem ter significado bem próximo. É muito complicado comparar idiomas e culturas, acredito que seja este o motivo da discussão.

    Ou fator é o seguinte, acontece muito de uma palavra em Português ser fragmentada em 2 na língua inglesa. Exemplo, borrow e lend, ambas são traduzidas como emprestar. Acredito que um fenômeno semelhante acontece com a palavra saudade.

    Obrigado pelo comentário,

    Abraço,

  • 07/02/08  
    Márcio diz: 18

    Assim como no inglês há palavras que não encontram tradução direta em outros idiomas. Um bom exemplo disso é serendipity e suas derivadas.

  • 01/03/08  
    Felix G. Lopez diz: 19
  • 04/05/08  
    Christopher diz: 20

    Escrevi sobre esse assunto tambem: http://www.transparent.com/TLBlog/Portuguese/2007/08/saudade-1.html

    Existe um verbo em ingles nao muito comum, que eh: ‘to pine.’ Ele tem significado bem similar ao verdadeiro ‘ter saudades.’

  • 04/05/08  
    Alessandro diz: 21

    Christopher,

    O seu artigo vai complementar o que eu disse aqui. Obrigado pelo comentário.

    Abraço,

  • 15/07/08  
    Jessé diz: 22

    Acho que “to long for’ também pode ser usado pra expressão sentir saudade.

  • 23/07/08  
    Priscilla diz: 23

    A PALAVRA SAUDADE
    A PALAVRA SAUDADE

    Wanderlino Arruda

    Segundo Bess Sondel, as palavras podem suscitar todas as emoções; pasmo, terror, nostalgia, pesar… As palavras podem desmoralizar uma pessoa até a apatia ou espicaçá-la até o deleite, podem exaltá-la a extremos de experiência espiritual e estética. As palavras têm um poder assustador. E tudo isso é muita verdade, não acredito haja alguém que duvide. As palavras têm uma força, uma resistência, um poder que suplantam quase tudo que existe no mundo. Passam exércitos, passam impérios, passam repúblicas, mas as palavras não passam. Elas são permanentes, mais firmes do que os granitos dos palácios e dos monumentos. as palavras de Sócrates, escritas por intermédio de Platão, suplantaram todos os governos gregos e suas obras militares ou civis. Passarão as pirâmides e a esfinge do Egito, mas as palavras do “Livro dos Mortos” não desaparecerão.
    Deve ser por isso que nós dispomos, na Língua Portuguesa, de uma palavra que não tem igual no mundo em sentido, em significado, em força, tanto no aspecto denotativo (se isso é possível!) como no conotativo. É a palavra saudade, de origem tão obscura como o fundo dos mares portugueses, tão misteriosa como a virgindade das selvas brasileiras, ou tão cheia de calor como as terras de Angola ou Moçambique, também de linguajar lusitano.
    De onde veio realmente o vocábulo saudade? Do latim solitate (soledade, solidão)? Do árabe saudah? Dos arcaísmos soydade, suydade? Até Antenor Nascentes, que foi nosso melhor estudioso da etimologia, não é convincente na explicação da origem. Influência da palavra saúde, como pode parecer uma analogia fonética? Dificilmente.
    Não sendo possível definir a matriz de onde sai esta filha tão grata a todos nós, resta-nos apenas a satisfação e a honra de tê-la em nosso vocabulário, sem o perigo de competição por parte de qualquer língua de dentro ou de fora de nossa família latina. O francês solitude está longe de ter o mesmo significado. Mesmo do esperanto (re)sopiro e rememoro estão longe de alcançar nossa expressividade. São termos que passam a quilômetros de distância da riqueza semântica do que usamos.
    E o que é mesmo saudade? Um sentimento que deve existir no coração de toda criatura humana, seja ela de qualquer raça, de qualquer parte do mundo, seja pobre, seja rica. A saudade não escolhe, não discrimina, não se faz de rogada para existir. Ela vem de mansinho ou vem fortemente, chegando quando menos se espera. A saudade é amiga da solidão, companheira inseparável do amor, visita invisível da amizade, às vezes pedaço de paixão, em muitos casos suave perfume de momentos de carinho e ternura.
    Realmente, não é fácil definir o sentimento da saudade. E é talvez por isso que ela só exista, como palavra, na Língua Portuguesa, na mística do povo de nossa raça, principalmente no brasileiro, esta maravilhosa mistura de sangue tropical, fruto de três origens: a branca, a negra e a tupi. Saudade é dor que sufoca o coração e alegra a alma. Saudade é presença do ausente, é lembrança do bem-querer, um doce convívio com a distância, uma alegre e agradável tristeza do ver-não-vendo, do amar sem o objeto do amor…

  • 06/09/08  
    Marylin Lima diz: 24

    O perigo de se criar mitos em torno da existência ou não de cognatos perfeitos é cair no senso comum de acreditar que uma língua possa ser superior à outra, mais especial, etc. Infelizmente, muitos se gabam pelo fato de ‘saudade’ ser “intraduzível”, defendendo que a carga semântica de tal palavra é incomparável. Uma língua além de ser um sistema com funcionamento próprio, é uma referência de mundo, um instrumento de poder e por aí vai. Não vou me alongar…mas a perseguição pelo cognato ideal é ilusória… exemplos como o de ‘saudade’ existem aos milhares, e certamente isso não representa uma deficiência de outras línguas em relação a outras. Se dentro de uma mesma língua não encontramos sinônimos perfeitos, se uma paráfrase já tem o poder de modificar o que se expressa, imagine insistir na busca de sinônimos perfeitos entre as línguas? Insisto que não existe um sistema lingüístico deficiente, incompleto – porque é para essa conclusão que levam esses mitos…

  • 27/09/08  
    Samuels carlos alexandre diz: 25

    Olá aconselho a lerem tamtem esse artigo escrito pela Professora Milena no Inglês curso para tirarem suas conclusões. O artigo se encontra em: http://www.inglescurso.net/index.php?option=com_content&task=view&id=1074&Itemid=148

  • 08/10/08  
    VERA LÚCIA diz: 26

    SAUDADE SÓ EXISTE EM PORTUGUÊS,PODE EXISTIR PALAVRAS QUE TRANSMITAM,FALTA DE:MAIS SAUDADE É SAUDADE!!!
    E COMO SAUDADE EM PORTUGUÊS, NÃO EXISTE EM LUGAR NENHUM.
    SENTIMENTO,QUE MISTURA FALTA,AUSÊNCIA DE UMA FORMA BOA,GOSTOSA DE SENTIR!!!POR ISSO É CHAMADO SAUDADE.

  • 08/10/08  
    Marylin Lima diz: 27

    meu último comentário não foi postado!!

  • 26/12/08  
    Isadora Pereira diz: 28

    Encontrei esse artigo em: http://www.inglescurso.info/content/view/1074/148/lang,brazilian/ discordando do texto acima, e concordei muito mais com o que a professora disse, do que com o que esta postado aqui:

    Saudade” palavra que prova que a Língua Portuguesa é muito complicada!

    O tema que vamos abordar aqui é delicado e provém de muita pesquisa. Recebi um texto de uma pessoa que defende inclusive em seu blog, a existencia da palavra “saudade” em Inglês ao passo que condena o aprendizado que teve anos atrás, quando a professora de Inglês mencionou em sala de aula que a mesma só existia no Português. Então, a pergunta que não quer calar é: Qual a tradução da palavra “saudade” em Inglês? Essa pergunta inevitavelmente vem seguida pelas demais: “E, se não existe, é sinal de que os americanos não sentem saudade?”
    A polêmica é mais antiga que possa se imaginar, ela envolve grandes pensadores e linguístas do mundo todo, algumas pessoas simplesmente optam por generalizar, e dessa forma cometem graves erros ao estudo da linguagem. Já ouvi coisas do tipo:
    1) Não existe a palavra saudade em inglês.
    Como pode ser isto se o sentimento é universal? Como os cidadãos americanos se expressam quando estão meio melancólicos pensando em alguém que está longe? Portanto na minha opinião essa possibilidade está totalmente descartada.
    2) A frase “I miss you” significa= Estou com saudades de você.
    Errado. Simplificar uma tradução é muito comum em filmes, músicas, porém não sana as dúvidas, aumentam ainda mais, pois o International dicionary of English (cambridge) traz a seguinte explicação para a palavra em questão:
    “- Miss: To be unhappy or regret (that a person or thing) is not present.”
    A abertura desse parênteses muda tudo, pois quando nos referimos à saudade propriamente dita, existe uma carga emocional muito grande, e não somente como o dicionário apresenta friamente: “ Estar infeliz ou lamentar porque algo ou alguém não está presente”
    3) A palavra “homesick” pode ser usada para saudade de casa.
    A palavra em questão vem no mesmo dicionário com a tradução:
    Homesick: To be unhappy because of beeing away from home for a long time.
    “ Estar infeliz porque encontra-se longe de casa por muito tempo.” Se resumirmos essa descrição, podemos dizer que a pessoa está triste porque está longe de casa, porque sente falta, logo, sente saudade… Ao pé da letra não é bem assim, essa é uma tradução simplificada e que nós brasileiros falantes da Língua Inglesa usamos para tornar mais fácil o entendimento da tradução. Existem diversas traduções com a finalidade de expressar “saudade” em Inglês, entretanto, nenhuma delas têm a capacidade de substituir tal palavra com a mesma carga semântica. Posto isso, realmente não há um cognato perfeito. A saída, obviamente, é sempre usar o bom senso e buscar uma palavra com sentido aproximado para cada situação. E para enfatizar o fato de que essa não é uma discussão simples, saiba que de acordo com uma lista feita a partir da opinião de mais de 1000 tradutores profissionais, a palavra saudade, em português, é a 7ª palavra mais difícil de traduzir. A lista considera palavras de todos os idiomas. Confira agora:
    1. “Ilunga” (tshiluba) – uma pessoa que está disposta a perdoar quaisquer maus-tratos pela primeira vez, a tolerar o mesmo pela segunda vez, mas nunca pela terceira vez.
    2. “Shlimazl” (ídiche) – uma pessoa cronicamente azarada.
    3. “Radioukacz” (polonês) – pessoa que trabalhou como telegrafista para os movimentos de resistência o domínio soviético nos países da antiga Cortina de Ferro.
    4. “Naa” (japonês) – palavra usada apenas em uma região do país para enfatizar declarações ou concordar com alguém.
    5. “Altahmam” (árabe) – um tipo de tristeza profunda.
    6. “Gezellig” (holandês) – aconchegante.
    7. Saudade (português)
    8. “Selathirupavar” (tâmil, língua falada no sul da Índia) – palavra usada para definir um certo tipo de ausência não-autorizada frente a deveres.
    9. “Pochemuchka” (russo) – uma pessoa que faz perguntas demais.
    10. “Klloshar” (albanês) – perdedor.
    Creio que depois dessa constatação, você não irá apenas jogar uma palavra em inglês de significado aproximado dizendo que é a tradução para “saudade”, afinal, essa palavra só tinha que ser mesmo de propriedade da rica Língua Portuguesa, pois cada povo tem sua riquesa gramatical, semantica e línguística, e em minha opinião pessoal, o sentido da palavra “saudade” está inserido ao calor, a alegria e a emoção que o povo brasileiro possui e que é conhecido em quase todos os países.

  • 26/12/08  
    Airton J de Souza diz: 29

    A palavra saudade tem valor afetivo positivo. Queremos usufruir aquele momento passado novamente.

    Missing, homesick and longing for não transmite um valor afetivo positivo. O brasileiro é sentimental, pensa com o coração, abraça muito, chora muito, ri muito, por isso, saudade é propriedade intelectual da nossa cultura.

    Traduzir saudade é tão difícil como traduzir a palavra enfarto para uma cultura que não morre do coração.

    Airton J de Souza

  • 31/01/09  
    Aniri diz: 30

    Of course there are words to express the feeling of missing something or someone! But that’s not what is in question when people say that «Saudade» can’t be translated. If you do some research, you’ll understand that «saudade», in its original meaning and according to its etymological origins, means way more than just «missing someone».
    So, it’s not really a «bobagem» to say that that isn’t a direct translation for the Portuguese word «saudade».
    You should check this:
    en.wikipedia.org/wiki/Saudade (I know it’s Wikipedia, but the explanation provided there on this subject is quite accurate).

  • 07/06/09  
    JOAO CERIZ diz: 31

    experimentem em qualquer tradutor, traduzir saudade para outra lingua. depois copiem o resultado e traduzam de novo para portugues.

    ate ao momento nunca encontrei um que devolve-se a palavra saudade. generalmente devolvem nostalgia.

    significa que quando traduzem a palavra para a outra lingua a palavra que obtem nao é o equivalmente a saudade mas por exemplo a nostalgia.

    é claro que se sente saudade em todo o mundo, mas uma palavra para traduzir esse sentimento especifico não existe. existem expressoes e outras palavras aplicadas em diferente situações.

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Saudade

    com bastante credibilidade podem confirmar a etimologia da palavra aqui. E por algum motivo numa votação entre mil tradutores experientes e conhecedores de várias línguas e idiomas confirmaram que era uma das palavras mais dificeis de traduzir.

    http://www1.folha.uol.com.br/folha/bbc/ult272u398210.shtml

    abraço a todos
    paz e sabedoria

    já agora, achei muito bem aplicado Guilherme.

    ”1 01/01/2007

    Guilherme disse:

    “A palavra saudade só existe em português Mas nunca faltam nomes se o assunto é ausência”
    (Gabriel o Pensador)”

  • 07/06/09  
    JOAO CERIZ diz: 32

    Cara Isadora Pereira, em resposta ao seu comment e em especifico a esta frase
    ”e em minha opinião pessoal, o sentido da palavra “saudade” está inserido ao calor, a alegria e a emoção que o povo brasileiro possui e que é conhecido em quase todos os países.”

    gostava so de lhe lembrar que a palavra saudade é falada tal e qual com o sentido que os Brazileiros a dizem, em mais 10 paises com a mesma lingua oficial e em mais 7 como segunda língua. Por isso é um pouco errado na minha opinião dizer que é associada a cultura brasileira especificamente porque é, mas nao só.

    Ate porque como sabe o portugues nasceu em Portugal.

    abraços

    PS. peço desculpa pelos erros especialmente em relacao aos acentos mas estou na Polónia e está complicado de usar este teclado.

  • 06/10/09  
    Later diz: 33

    Saudade em inglês é “longing” e em alemão é “sehnsucht”.

  • 26/10/09  
    E.A. diz: 34

    Neun ca acredite nas bobagens que “Gabriel, o ‘Pensador'” diz. A tradução para a palavra “saudade” existe, sim, e de formas fiferentes para dada tipo de saudade. Se você se refere a saudade de alguém, a palavra é a mesmo que existe em espanhol e, somo sinônimo, também na língua portuguesa: “nostalgia”. Se você se refere a saudade de sua família, de seu lar ou da cidade, do Estado ou do país em que você nasceu, a palavra em inglês é “homesick”.

  • 12/02/10  
    Víctor TP diz: 35

    Primeiramente, gostaria de parabenizar o site e os colaboradores que fazem dele o que ele é. Soube dele há apenas alguns dias e já me tornei um fã.
    Mas indo ao ponto da discussão, acho que o que aconteceu foi que a sua professora expressou-se mal, dando a entender que, em inglês, é impossível sentir saudades (ou expressar isso).
    É claro que para praticamente todas as situações há expressões a que se pode recorrer que tornam claro o que queremos dizer, e neste sentido é errado dizer que não há como dizer “saudade” em inglês. No entanto, se levarmos em consideração a carga emocional e o sentido mais profundo da palavra saudade, não é errado dizer que ela não tem tradução no inglês. Você pode sair pela tangente e expressar o que você quer dizer, mas se em português existe a palavra saudade e junto dela também a expressão “sentir falta”, fica claro que não se trata da mesma coisa.

  • 27/03/10  
    DinnoNetto diz: 36

    Gostei assim podemos conhecer e aprender mais sobre esta lingia de amo e quero falar fluentemente um dia abraços …

  • 11/04/10  
    Amanda diz: 37

    É importante que se estude também, como se dá a comunicação em diferentes idiomas, não so verbal, não verbal tbm(gestos), no português nos comunicamos muito mais por meio do que nós queremos dizer do que pelo q nós dizemos literalmenete, diferente do Inglês, por exemplo.

    Históricamente a Palavra “saudade” esteve muito presente na poesia portuguesa, é amplo o seu leque de significados e conotações, muitas vezes até opostas. Não é um palavra de simples tradução, se tratando de literatura uma simples tradução como homesick, miss, poderia mudar todo o sentido já que não existe uma única palavra( signo linguistico) que possa corresponder a “saudade”.

  • 29/04/10  
    Claudio Rosa diz: 38

    Gostei da palavra “longing”, pois o Google traduziu como “saudade” mesmo!
    Então, acho q posso dizer q o mundo está aprendendo a sentir ‘saudade’ com o povo brasileiro!
    Até acho que deve ter sido mesmo o povo brasileiro, principalmente através dos seus escritores e poetas, que divulgou e/ou criou a palavra (lembre-se dos “saudosismos” e tal). Não acredito que essa palavra existisse antes do descobrimento do Brasil … (se alguém puder confirmar aí, eu agradeceria)
    :-)