Open x Opened: Quando utilizar

Open x OpenedQuando um estabelecimento está fechado, ele usa a plaquinha “closed” em inglês. É o verbo fechar (“close“) em seu particípio, sendo usado como adjetivo. Isso acontece em português também, com “fechado”. Agora, por que é que não fazemos igual com o verbo “open” (abrir)? Por que não usamos “opened” nas portas? Por que é só “open“? É o que vamos ver aqui.

O primeiro passo para entender é perceber que a palavra “open” funciona tanto como adjetivo quanto como verbo. Vejam:

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.

Verbo: I open the store at 8am. (Eu abro a loja às 8h da manhã.)
Adjetivo: The store is open now. (A loja está aberta agora.)

Diferenciar quando a palavra é um adjetivo ou quando é um verbo não é difícil: como verbo, ela é a ação; como adjetivo, ela é uma qualidade e descreve o estado de algo ou alguém.

Verbo: Could you please open this window? (Você poderia, por favor, abrir essa janela? -> “abrir” é a ação.)
Adjetivo: He stood there in shock, with his mouth wide open. (Ele ficou ali parado em choque, com a boca bem aberta. -> “aberta” é a qualidade da boca, o estado em que a boca se encontra.)

Quando usar Opened?

Agora, um passo adiante: quando é que usamos “opened” como particípio? A escolha entre “open“, como adjetivo, ou “opened“, como particípio, é mais sutil do que a escolha entre o verbo e o adjetivo. Ela depende do que é que você está falando. Se você estiver falando do processo de abrir algo (a porta, por exemplo), deve usar o particípio:

  • The mall is opened every day at 10am (O shopping é aberto todos os dias às 10h -> tem alguém que abre as portas do shopping, a ênfase é na ação de abrir a porta e não na qualidade de o shopping estar aberto.)

Como alguém realizou a ação, a frase pode ser invertida para o que chamamos de voz ativa:

Voz ativa: He opens the door. (Ele abre a porta.)
Voz passiva: The door is opened by him. (A porta é aberta por ele.)

Assim, neste caso, as construções com “opened” funcionam como a forma passiva da frase – este pode ser um truque para você entender quando é que cabe usar “opened” ao invés de “open”. Caso queira relembrar a voz passiva e a voz ativa em inglês, revisite este artigo do English Experts. Vamos ver mais alguns exemplos:

Como verbo na voz ativa: The janitor opened the school gates at 7:30. (O zelador abriu os portões da escola às 7h30.)
A mesma frase, na voz passiva: The school gates were opened at 7:30. (Os portões da escola foram abertos às 7h30.)
Como verbo na voz ativa: He opened the bottle of wine for us. (Ele abriu a garrafa de vinho para nós.)
A mesma frase, em voz passiva: The bottle of wine was opened for us. (A garrafa de vinho foi aberta para nós.)

Curiosidades

Agora, antes de encerrarmos este post, tem duas curiosidades que eu gostaria de mencionar:

Sabia que “welcome” é como “open“? Ele também é verbo e adjetivo numa só palavra, bem como só vai ser usado como “welcomed” se a frase for na voz passiva, ou seja, se alguém tiver realizado aquela ação:

Adjetivo: You are always welcome at our house. (Você é sempre bem-vindo na nossa casa.)
Verbo: The team welcomed the new comers. (A equipe deu as boas-vindas aos recém-chegados.)
Forma passiva: The new comers were welcomed. (Os recém-chegados foram bem recebidos.)

Close” também pode ser um adjetivo, mas não significa “fechado”. Significa “próximo” tanto física quanto emocionalmente. Para “fechado”, continue usando “closed“. Exemplos:

  • We live close to the school. (Moramos perto da escola.)
  • They are so close, it is a beautiful friendship. (Eles são tão próximos, é uma bela amizade.)
  • The beauty parlor is closed on Mondays. (O salão de beleza fica fechado às segundas.)

That’s it! Espero que este post tenha ajudado a entender a diferença entre “open” e “opened“. E, se você ainda tiver dúvidas, coloque-a nos comentários para que possamos ajudar.

Take care!

~ Vanessa Spirandeo ~

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

36.jpg

Vanessa Spirandeo

Vanessa Spirandeo já foi professora, tradutora, revisora, já trabalhou com legendagem. Hoje, é coordenadora de interação e conteúdo da EF Englishtown Brasil. Adora ler, escrever e ver filmes e séries em inglês.

16 comentários

  • 14/10/13  
    Antônio Henrique diz: 1

    O que seria da minha gramática sem o English Xperts? rsrs
    Aprendo muito aqui. Ótimo post!!!
    Cada dia aprendendo mais e mais…

  • 14/10/13  
    Fernando Freitas diz: 2

    Great article! Thanks

  • 14/10/13  
    Francesco diz: 3

    De grande ajuda esse tutorial, principalmente a parte de curiosidades. Muito bom.

  • 14/10/13  
    Bruno diz: 4

    Aí está uma coisa que eu nunca havia parado para pensar! Ótimo post!

  • 14/10/13  
    Luiz diz: 5

    Muito bem explicado o post!
    Mas não entendo porque não escrevemos “openned” – uma vez q a estrutura base do verbo termina em consoante+vogal+consoante.
    Pode ajudar?

  • 14/10/13  
    Ubiracy Mafra diz: 6

    A cada dia mais dicas essenciais para o aprendizado do inglês.

  • 14/10/13  
    CptGuapo diz: 7

    Que dica maravilhosa, Vanessa! Eu com todos esses anos de inglês nunca me dei conta disso… Sempre tem algo a se aprender, não é mesmo?

    Valeu mesmo!

  • 14/10/13  
    Pedro Alexandre diz: 8

    Relativo à última consideração desse tópico quanto à diferença entre close como fehar e close como próximo, é bom lembrar que a pronúncia é diferente. Close com o sentido de fechar tem o z sound (clouz) ao passo que com o sentido de próximo tem o s sound (clous). O nome técnico disso é minimal pair, palavras com todos os sons iguais exceto um. Outros exemplos são sit–seat, fill–feel, etc. Espero que esse comentário possa ajudar.
    Cheers

    • 14/10/13  
      Adriano Fabio Brito diz:

      Isso também é bastante interessante, Pedro.
      Vlw.

  • 14/10/13  
    Adriano Fabio Brito diz: 9

    Dica muito legal!
    Sempre fui encucado com isso, mas nunca havia chegado a uma explicação.
    Sem querer fazer trocadilho: Valeu, Vanessa!

  • 14/10/13  
    Cynthia diz: 10

    Muito instrutivo. Obrigada!

  • 15/10/13  
    Enes diz: 11

    Parabéns a todos do English Expert . É uma ótima oportunidade de aprender e melhorar nosso aprendizado.

  • 15/10/13  
    lucy n f ramos diz: 12

    Voces são ótimos professores ! Thank you very very much !

  • 15/10/13  
    Mário diz: 13

    A dúvida que sempre tive sobre o uso de open e opened já era! Obrigado pelas maravilhosas informações.

  • 01/11/13  
    KARINE DANTAS diz: 14

    OLÁ !!
    EU ADOREI A EXPLICAÇÃO DE HOJE. FOI EXCELENTE !!
    MUITO PRÁTICA e REVELEDORA !!
    VOCÊS ESTÃO DE PARABÉNS …
    NÃO É À TOA, QUE EU FALO BEM DE VOCÊS …
    VOCÊS TODOS MERECEM …

    • 01/11/13  
      Alessandro Brandão diz:

      Oi Karine,

      Muito obrigado por ajudar na divulgação de nosso trabalho.

      Abração,