Romário falando Inglês

Eu sempre digo que para falar Inglês o estudante tem que perder a vergonha. Errar faz parte do processo, quem se preocupa muito com a perfeição não aprende. No vídeo abaixo o baixinho Romário dá uma aula, não de Inglês, mas de persistência e coragem. É possível perceber como ele se esforça para falar. Confira:De forma geral ele se fez entender e isso basta!

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Colaboração do leitor Wagner Luis Vitcoski.

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

32 comentários

  • 30/06/07  
    Anonymous diz: 1

    Este vídeo é um grande incentivo aos estudades da língua inglesa. Ele mostra que se você conseguir se comunicar, mesmo precariamente, já é um excelente começo.

    Alessandro, parabéns pelo excelente trabalho de perseverança e comprometimento com a qualidade do blog.

    Janderson

  • 02/07/07  
    Alessandro Brandão diz: 2

    Oi Janderson,

    Obrigado pelas palavras de incentivo. Precisando de um help, pode contar comigo.

    Abraço

  • 02/07/07  
    Cris diz: 3

    Esse video deveria é servir de exemplo ao Lula. Que vergonha, presidente….

  • 07/01/08  
    Marcelo diz: 4

    Um exemplo absurdo. Incentivar as pessoas a falarem errado e não terem medo do rídiculo dizendo que “quem se preocupa muito com a perfeição não aprende” é simplesmente inaceitável. A busca da perfeição se não ajuda, com certeza não atrapalha. Quem estuda aprende. Quem não estuda não aprende. O Romário deve gostar tanto de Inglês quanto de treinar.

  • 25/01/08  
    Igor Silva diz: 5

    Muito bom Alessandro, realmente devemos praticar o Inglês sem medo de errar, são com os erros que aprendemos e a prática leva a perfeição.

    Abraços

  • 27/02/08  
    Djalma Barros diz: 6

    Alessandro, você poderia colocar a legenda do vídeo aqui no comentário?

    Faço um trabalho voluntário para jovens carentes e este seria um excelente vídeo para apresentar a eles.

    Agradeço muito.

  • 01/04/08  
    jose garcia diz: 7

    tomara muita gente falar como o Romario e uma coisa é certa ele compreende ingles e não pediu para repetir nenhuma pergunta é isso aí,é um bom incentivo e concerteza que toda a gente inclusive o Romario quer a perfeição.Lembrem-se do FAMOSO E BOM PILOTO da F1 meu grande idolo quando foi para Londres não sabia ingles e passando pouco tempo dava entrevistas em ingles,o que todos precisamos é de inCentivo e não de bota abaixo.PARABENS,SHAMELESS.o Piloto era AYRTON SENNA DA SILVA.OBRIGADO

  • 01/04/08  
    Alessandro diz: 8

    Jose Garcia,

    Obrigado pelo interesse pelo English Experts. Eu também sou fã do Ayrton Senna, gostei do seu comentário.

    Abraço,

  • 01/04/08  
    Érica Ferreira diz: 9

    Ola, sou formada há pouco mais de 4 anos, já dei aula de inglês por um período de 6 meses, e agora estou montando uma nova turma para voltar a dar aulas.
    Gostaria de algumas dicas de material didático, já tenho algumas coisas, mas ainda estou em dúvida.
    Agradeço a colaboração.

  • 01/04/08  
    Fernando diz: 10

    Very interisting !!!after watch this movie i won´t be afraid to make mistakes in english spoken.Thanks for this tip.

  • 28/07/08  
    Wyeraz Joel diz: 11

    Quero prestar minha gratidão pelo esforço do Alessandro e seus companheiros em compartilhar conosco suas experiências no estudo da língua inglesa. Conheci o site hoje e fiquei tão feliz com as dicas que retomei o ânimo. A despeito dos estudos solos via internet e livros percebo que estou no caminho certo. Espero poder colaborar da mesma forma com alguém um dia. success/ God bless you

  • 14/08/08  
    Eduardo Gomes Jr. diz: 12

    A comunicação é linda.

    Trabalhava em aeroporto, e quando um gringo vinha tentar falar comigo em português eu achava muito legal, mesmo com aquele sotaque carregadissimo, achava válido o esforço, pois eu sabia que eles estavam em vatagem sobre mim, pois além da lingua nativa deles, eles falavam um pouco de português. Por mais que falemos o português fluentemente, se tomarmos um soco do Mike Tyson na boca perderemos a fluência na pronúncia…Ou talvez não voltemos mais a falar…….

    ( Comentário violento não? rs )

    Mais onde quero chegar, é que nada é perfeito, tem que ser SHAMELESS mesmo. Mais claro, vc sempre terá que se esforçar para melhorar.

    Take care!

  • 21/08/08  
    Lucas Carioca diz: 13

    Eu achei que Romário deu uma palestra. Muito bom!

  • 29/09/08  
    Junior diz: 14

    Muito bom mesmo o vídeo, Romário falou mesmo que com medo de errar algo, mas falou!
    O comentário de uma pessoa aqui é um pouco arrogante, pois inaceitável é saber falar mas o medo de errar trazer medo e travar completamente.
    Não é incentivo para falar errado, é incentivo para perder o medo e usar aquilo que está aprendendo. Afinal, ninguém nasceu sabendo.
    Na busca pela perfeição contamos exclusivamente com nós mesmos, professores e tudo mais são auxílios. Depende de nós absorver o ensinamento e dele fazer o melhor.
    Seria melhor ficar calado até ser fluente ou falar mesmo que “engasgando”?
    Colocar em prática ajuda, ainda que falte vocabulário.
    A necessidade na prática leva a perfeição, mostra que precisa aprender mais e mais.

  • 27/12/08  
    karmen diz: 15

    Parabéns pelo vídeo e pela disponibilidade em colaborar com os que humildemente querem aprender. E aprender é um processo, principalmente uma língua estrangeira. Nem todo mundo tem a habilidade de aprender e falar rápido. Portanto, parabéns, parabéns……….
    Continue nos ajudando. Pelo menos eu preciso muito e sou muito agradecida.
    Abraço.

  • 14/02/09  
    Robson da Silva Nascimento diz: 16

    estudo a lingua inglesa a um ano, e percebo algumas dificuldades e aprender e falar o idioma, com certeza essas palavras de motivação, estão me ajudando bastante a não desistir!

  • 29/04/09  
    Cleber diz: 17

    Com certeza o medo do ridículo atrapalha muito o aprendizado.
    Estudo inglês sozinho, pois não tenho condições de pagar nenhum curso.
    No entanto, estudando pela internet (www.livemocha.com) conheci uma francesa que me auxiliava no inglês e eu com os estudos dela de português. Nos conhecemos e passamos duas semanas juntos neste mês.
    Nos comunicamos em inglês e óbviamente falei muita coisa errada, mas me senti extremamente feliz, pois consegui me expressar o tempo todo.
    Tenho 35 anos e sempre consegui entender muita coisa em inglês, mas não tinha coragem de abrir a minha boca para dizer uma palavra. Por medo do ridículo.
    Agora que perdi o medo, percebo que o meu aprendizado está acelerando considerávelmente.
    Um abraço à todos e parabéns pelo blog
    É maravilhoso

    Ah e mais um detalhe, em setembro embarco com ela para uma viagem pelo Marrocos e para Paris (se lembram daquele detalhe? Não tenho dinheiro sequerpara pagar um curso de inglês e vou para Paris.
    Ou seja, VALE A PENA TENTAR UMA NOVA LÍNGUA – As portas se abrem)

  • 29/04/09  
    Fernando diz: 18

    Que beleza hein Cleber!!!conheceu a francesa e agora vai viajar para Marrocos!!!!sortudo cara.Aproveita bem em todos os sentidos.

  • 29/04/09  
    Cleber diz: 19

    Pois é Fernando.
    Sem esquecer de Paris e uma voltinha de TGV o que vai me levar até outros países também. Que até agora eu nem sei por onde ele passa, só sei que vai a uns 500 kms por hora. rsrs
    Um abração

  • 29/04/09  
    Lucas Carioca diz: 20

    Apenas uma pequena discordância na última frase do Cleber. Ficaria melhor:

    “Ou seja, VALE A PENA TENTAR UMA NOVA LÍNGUA – As portas TAMBÉM se abrem)”

    ;o)

    Valeu garoto, boa sorte!

  • 01/05/09  
    Cleber diz: 21

    Ok Lucas
    Concordo com “a discordância” (ficou estranha a frase não?).
    Mas em síntese é isso daí … Novos amigos, novos horizontes, novas oportunidades.
    No meu caso, apenas COMEÇAR a aprender inglês, já me proporcionou a abertura de algumas portas.
    Além dos novos amigos, da nova namorada, da viajem que fiz (Salvador e Porto Seguro com a francesa) e a que irei fazer (Marrocos e Paris) também fui aprovado em um treinamento na IBM pois estudo Tecnologia da Informação e é uma área extremamente valorizada tanto no Brasil quanto no mundo inteiro.
    E foi por isso que procurei estudar a língua. Perder o medo de errar e de falar em público, imagino que seja um passo importante no aprendizado.
    Por isso gostei da entrevista do Romário, me identifiquei com esse momento do “baixinho”.
    Um abraço

  • 14/05/09  
    gut diz: 22

    Não gostei do ingl~es nem de Romário , nem de Senna.
    O Senna falava bem, mas dentro sempre do mesmo assunto,
    não tinha grandes conhecimentos como se quer passar nesse site.
    Tem que se ler muito, treinar muito e morar fora, senão
    fica o intermediário que fala rápido e com sutaque,
    porém sempre limitado àquele mesmo assunto.

  • 17/05/09  
    Lucas Carioca diz: 23

    Oi gut,

    Se você não aprendeu inglês quando era criança, até uns 10 anos de idade, não tem jeito, vai ter sotaque.

    Pode treinar, morar fora, ler e não sei mais o que… Após muitas horas de prática, o melhorzinho que cê vai conseguir é aquele comentário: “you speak English so well (for a foreigner) but where you come from?)…

    Tenho amigos brasileiros que vivem na Inglaterra e certamente, seus filhos vão aprender a falar o idioma como nativos, assim como vão falar a língua dos pais naturalmente.
    Fora isso, o sotaque vai com você aonde quer que você vá… Sorry!

    Caso de dúvidas, favor googlar Noam Chomsky.

    • 17/05/09  
      Alessandro diz:

      Lucas,

      Obrigado pelo comentário e por compartilhar o seu conhecimento.

      Keep in touch!

  • 17/05/09  
    Lucas Carioca diz: 24

    @Alessandro

    Not a problem my friend!

    I´ve been trying to keep myself away from here (because of work and stuff, of course), but I´m always come back…

    It stronger than me… :o)

  • 23/07/09  
    rodrigo diz: 25

    Mais um grande tópico do Alessandro. Não sei de qd é essa gravação, mas já mostra que o “baixinho” se esforçou pra poder falar o idioma. E isso fica claro no vídeo. Consegue ser entendido e se faz entender.
    Beeem diferente do tal “ingrêis” de Joel Santana.

    É disso que preciso, pois ainda travo muito na hora de falar com alguém fora de uma escola de idiomas… :(

  • 24/07/09  
    Felipe Spina diz: 26

    yeah, this interview was when Romario played in Sydney FC

  • 13/08/09  
    ELISANGELA HENRIQUE diz: 27

    Esse vídeo está me encorajando e muito, sou muito tímida. Meu vocabulário é razoavelmente bom para quem nunca fez inglês na vida,assim como muitos já sitaram também não disponho de muito dinheiro para pagar para aprender.
    Enfim fico muito insegura na hora de falar em inglês por mais que eu saiba a palavra, esta acaba fujindo de minha mente, o famoso branco.
    Achei muito louvável este vídeo.

    • 13/08/09  
      Alessandro diz:

      Elisangela,

      Se o vídeo te motivou, então alcançamos o nosso objetivo.

      Bons estudos!

      Abraços,

  • 26/10/09  
    Marcos David diz: 28

    Ano passado uma pessoa, de uma empresa do Colorado – USA, entrou em contato comigo e acabei fazendo um trabalho de fotografia de uns estádios em São Paulo. Resumindo, trocamos mais de 50 emails e conversas em chat. Isso porque no início eu perdi perdão por causa do meu “bad English”. Recebi dobrado pelo trabalho realizado e aprendi muitas palavras e expressões com um americano nativo. Sei que errei muito (lendo os emails que guardei)… Mas foi uma grande bênção.

    A entrevista com o Romário é emocionante e encorajadora.
    Este site realmente está CHEIO DE TESOUROS.
    Continuem firmes!

  • 26/12/09  
    Manoel Camilo diz: 29

    He is brave and i admire that! Congratulations Romário!

  • 01/01/10  
    Lincoln diz: 30

    Eu sinto que eu poderia estar bem melhor em inglês, se eu não fosse tão tímido para me expressar no idioma. Tenho um bom vocabulário, leio e escrevo com certa facilidade, mas quando tenho que me expressar oralmente fico travado! Parabenizo o Romário por não ter deixado que o medo lhe paralizasse.
    Thanks a lot!