This, That, These e Those: entendendo o básico

This, that, these those (este[a], aquele[a]-aquilo – esse[a], estes[as], aqueles[as]) podem ser considerados, em inglês como determiners (palavras que acompanham um substantivo), pronomes demonstrativos ou advérbios (quando intensificam um adjetivo). Tais palavras estabelecem uma relação com aquilo que qualificam. Para facilitar, podemos dizer que this é tudo aquilo que está próximo (ou mais ou menos próximo) do falante. Sua forma plural é these. Já o that é o que está longe de quem fala, cujo plural é those. Exemplos:

  • This eraser is mine. (Esta borracha é minha. A borracha está fisicamente próxima ao falante).
  • That headphone is his. (Aquele fone de ouvido é dele. O fone de ouvido está fisicamente distante do falante).

Não existe uma medida exata em polegadas ou centímetros de quando algo deve receber this ou that como pronome. Não existe parâmetro além do bom senso do falante. Contudo, tais palavras não indicam apenas distâncias físicas, mas também “distâncias no tempo”, por exemplo:

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!
  • I miss my friends from this English course in São Paulo (Eu sinto falta dos meus amigos desse curso de inglês em São Paulo). O falante pode ter acabado de fazer o curso ou estar mencionando o curso novamente.
  • I miss the guys from that English Course in Goiânia (Eu sinto falta dos meus amigos daquele curso de inglês em Goiânia.) Aqui, já faz algum tempo que o falante terminou o curso e implica uma distância de tempo maior.

Por fim, para evitar repetições em um texto, this that e suas formas plurais podem ser usados para substituir termos ou passagens inteiras já citadas. Exemplos:

  • For this reason, he decided to attend an English course. (Por essa razão, ele decidiu fazer um curso de ingles.) O uso de this indica que a razão já foi citada anteriormente no texto, alguns momentos atrás.
  • For that reason, he decided to attend an English course (Por aquela razão, ele decidiu fazer um curso de inglês.) Nesse caso, a razão também já foi apresentada, porém se encontra mais distante no texto e na intenção do interlocutor.

Aprenda mais

See you!

Autor do artigo: Matheus Oliveira estudante de inglês e leitor do English Experts.

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

25.jpg

Autor Convidado

Este artigo foi escrito por um Autor Convidado do English Experts. Confira o nome do autor no rodapé do texto acima. Seja um colaborador, clique aqui e saiba como participar.

21 comentários

  • 17/10/11  
    Luiz Campos diz: 1

    Mais uma vez o English Experts. Ajudando muito com suas otimas dicas. Parabéns por está dica. Adorei me ajudou muito. Eu fico muito embolado com isso. Mais até que enfim entrou alguma coisa na minha cabeça sobre isso . Muito Obrigado.

  • 17/10/11  
    Diego Lopes Esteves Ferreira diz: 2

    Obrigado English Experts. Está semana tenho uma prova sobre isso no meu curso. Isso vai me ajudar muito. Parabéns English Experts.

  • 17/10/11  
    ANTONIA SALES diz: 3

    Parabéns,
    A explicação foi bem prática. Muito simples e fácil para os que têm dúvida no assunto.
    Abraço

  • 17/10/11  
    João B. L. Ghizoni diz: 4

    Mateus, você poderia explicar o uso de THIS, THAT e seus plurais como advérbios (que você menciona no início do seu texto)?

    Obrigado desde já.

    • 17/10/11  
      Alessandro diz:

      João,

      Acredito que o Matheus está se referindo àquele “that” que usamos para dar mais intensidade a algo. Por exemplo: “It’s Not That Good!”

      Abs,

  • 17/10/11  
    Henry Cunha diz: 5

    Me lembrei que em um episódio do sitcom Seinfeld, Jerry and Elaine se referem aos vários estágios do relacionamento entre eles, e estabelecem a regra do “this, that and the other”, cada um sinônimo para um nível de intimidade (e intensidade). Tudo fica explicado em “http://www.youtube.com/watch?v=Xm-S2jBTl3g&NR=1

    It’s a great way to practice this, that and the other.

  • 17/10/11  
    tardieu diz: 6

    Congratulations, that’s great!
    So, We’ve missing that podcast…
    What’s happen? Missing ideas? Did you give up? Please, let us to know!!

    • 17/10/11  
      Alessandro diz:

      Just working with a lot of things at the same time. But I didn’t give up.

  • 18/10/11  
    Renan Grecco diz: 7

    Bom dia! Primeiramente muito obrigado por esse site existir =P e pelos artigos de ótima qualidade!
    Estou voltando a estudar inglês por conta própria (afinal, quando deixamos de praticar diariamente, vamos esquecendo inúmeros detalhes). Conceitos básicos como esse são essenciais. Obrigado por ajudarem a relembrar. Parabéns equipe do English Experts!!!

  • 18/10/11  
    Gisela diz: 8

    Hello, Guys!
    First of all… Don’t you sleep, Alessandro? The post is marked as 4:30 AM!!!! That’s why you have time the work so much on this blog. It’s great! Congrats!
    Well, I thing many people get confused about this subject because of the correct portuguese language. When Matheus wrote: “This eraser is mine. (Essa borracha é minha. A borracha está fisicamente próxima ao falante).”, I think the correct sentence is “Esta borracha é minha.”, because the eraser is close to the speaker. When people explain about this x that they use a wrong portuguese. They must use the correct esse x este rule in portuguese. Sometimes, I use a minute of my English class to explain the correct use in Portuguese too.
    Someone tell me if I’m wrong.
    HAVE A NICE TUESDAY EVERYONE!!

    • 18/10/11  
      Adir Ferreira diz:

      Hi, Gisela! Que bom que você comentou isso! Quando eu lecionava português vinha sempre uma dúvida entre a “gramática normativa”, essa que a gente vê nos concursos, livros de texto, e a “gramática descritiva” que lida com as regras da língua falada. No exemplo do post eu o veria como certo ou como errado, dependendo do prisma gramatical que considerarmos. Há, claro, casos onde erros crassos são cometidos e na minha opinião, o “erro” acima, não tem muita relevância, pois o foco do post é o uso do demonstrativo em inglês.

    • 18/10/11  
      Alessandro diz:

      Gisela,

      Sometimes our posts are scheduled. I sleep like everyone else. ;-)

      Sobre a tradução, concordo com a sua correção, o post já foi editado. Vou avisar o Matheus.

      Obrigado pela colaboração e por acompanhar o EE.

      Abraços,

  • 18/10/11  
    Rick diz: 9

    Excelente post Matheus!

    Gostaria de ver um exemplo com These e Those, se possível.

    :)

    • 19/10/11  
      Gisela diz:

      Hi, Rick!

      “These apples I have here are bigger than those ones you have at home.”
      “Estas maças que eu tenho aqui são maiores do que aquelas que vocês têm em casa.”

      Have a good day!

  • 18/10/11  
    João B. L. Ghizoni diz: 10

    Parabéns, Gisela. Eu percebi esse deslize, mas resolvi não comentar, pois já tinha comentado outro.

    Respeito muito o Adir, mas não concordo com seu ponto de vista, já que se ensinarmos corretamene a tradução de this e that não serão necessárias tantas explicações: this/este/esta para perto do falante; that/esse/essa/aquele/aquela para longe do falante. Em português os pronomes também são diferentes para perto e longe. Fácil, fácil. Por que não podemos ensinar uma pitadinha de português também, já que a maioria não diferencia “este” de “esse”? Não vejo problema nenhum nisso.

    Não acho que se deva pisar a língua portuguesa só porque se está estudando uma língua estrangeira!

    Desculpem-me pela ênfase, mas falar errado a nossa língua não tem justificativa neste contexto.

  • 18/10/11  
    Nancy diz: 11

    Thank so much for excellent tips. I am remembering many things that I had forgotten.

  • 18/10/11  
    gerson diz: 12

    oi pessoal!aqui vai um pouquinho de beatles para i lustrar o tema:That boy took my love away.
    He’ll regret it someday,
    But this boy wants you back again.

    That boy isn’t good for you.
    Though he may want you too,
    This boy wants you back again.

    o nome da canção é this boy e foi gravada(recorded)no abbey road(studios)em 17 de outubro de 1967.44 years back.so let”s celebrate!matheus my boy;you did great!

    • 18/10/11  
      Alessandro diz:

      Oi Gerson,

      Obrigado pela colaboração.

  • 21/10/11  
    Elesh Norn diz: 13

    E quando for na internet? Quando se usa This, That, In, On etc? Nunca sei quando usar quando estou conversando com alguém de fora pela internet.

  • 19/07/16  
    Marcelo Rafael Feli diz: 14

    Ótimo artigo, Matheus.
    Acredito que este assunto sobre o “this e that” seja complicado para muitos falantes nativos do pt-br, pelo fato de que “nós” mesmos falamos e escrevemos erroneamente “esse, este, isso, isto”.