Utilizando os Símbolos Fonéticos para melhorar a pronúncia

Gianc comentaEu amo inglês e um de meus hobbies é estudar fonética. Eu gosto muito de estudar os fonemas e a fonologia inglesa. Eu sei que o melhor método para se aprender a pronúncia é a repetição. Mas o fato de estudar fonética autodidaticamente é um hobby mesmo; então, já aproveitando esse lazer, eu gostaria de saber como eu poderia praticar os sons aprendidos e trazê-los a vida real. Um jeito que eu encontrei é passar algumas palavras que contém o som estudado para o caderno e lê-las repetidamente. Contudo, eu queria conhecer outros métodos, mais eficientes e práticos. Alguém teria alguma dica que pudesse me ajudar?

Também, a minha maior dificuldade é em estabelecer um tempo preciso para a aprendizagem de cada som. Por exemplo: Eu estudo o som schwa e já quero aprender outro som, e logo depois outro, e assim por diante… Eu quero encontrar uma maneira que me ajude a manter o foco. Como eu poderia separar um tempo preciso para aprender cada som? Como eu poderia ter a conclusão de que eu realmente o aprendi e que eu poderei partir para outra?

Aprenda inglês com as técnicas de quem já passou pelo processo. Experimente Grátis por 30 dias o Curso de Inglês do English Experts 3.0.

Oi, Gianc! Eu também gosto muito de aprender o som das palavras através dos símbolos fonéticos, não é à toa que aqui no EE tem vários artigos sobre o tema. Sobre os outros métodos, há algum tempo eu publiquei três artigos sobre o meu Kit de Estudos. No terceiro eu explico como utilizar a transcrição de podcasts para aprender novo vocabulário e fixar a pronúncia das palavras, acredito que poderá ser útil para você melhorar ainda mais o seu método de estudo.

Sobre o tempo dedicado a cada som, acho que não é possível prever, normalmente não temos problemas com a pronúncia da maioria das consoantes. Recomendo que você dedique um tempo maior para sons que não existem ou não são comuns na língua portuguesa como o som do schwa (ə). Passe para outro som quando você se sentir confiante que aprendeu aquele que estava estudando. Não fique muito tempo estudando o mesmo assunto, o importante é revisar sempre.

Para finalizar tenho uma boa notícia. Vamos disponibilizar em breve um curso grátis de pronúncia do Inglês Americano. Assim que o cadastro for liberado vou informar aqui no blog.

Você utiliza os símbolos fonéticos para aprender ou melhorar a pronúncia? Aguardo comentários.

See you guys!

Aprenda mais

Gostou desse artigo? Conheça o Curso de inglês English Experts e descubra como você pode turbinar o seu inglês.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador caseiro do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

20 comentários

  • 06/12/11  
    Nabila de Oliveira da Silva diz: 1

    Olá a todos!

    É ótimo que este assunto seja tratado aqui, pois para se entender melhor a língua falada e escrita é essencial o conhecimento em fonética e fonologia. Eu estudo Letras-Português/Inglês e pude perceber o quanto o estudo do som fez a diferença no meu modo de aprender outro idioma.
    Ah! Eu aprendo bastante aqui no EE!
    See you!

  • 06/12/11  
    Sueli diz: 2

    Tenho muita dificuldade em pronunciar as palavras em inglês e já havia consultado na net, se existiria a possibilidade de estudar isto com um fonoaudiólogo. Porque eu sempre achei que só vou conseguir pronunciar corretamente as palavras se souber os fonemas, para assim identificá-los e a pronúncia sair corretamente, além do que como foi dito acima existem sons que não existem ou não são comuns na língua portuguesa, aí então fica dificílimo. Estou indo para o livro 8 e sinto que sei me expressar razoavelmente na escrita, mas oralmente sou uma cadástrofe. Será que existe uma fono que faça um trabalho individual com os fonemas americanos? Grata.

    • 07/12/11  
      Alessandro diz:

      Sueli,

      Você deve primeiro treinar bastante. Acho que você deve buscar ajuda médica só em casos extremos. Sempre que não conseguir pronunciar um som passe o dia todo ensaiando. Tenho certeza que você vai conseguir ótimos resultados.

      Bons estudos!

  • 06/12/11  
    Rogerio Menale diz: 3

    Olá pessoal do EE.

    Adoro o site de vocês. Sou professor de Inglês há 4 anos, e acredito que para ensinarmos/aprendermos uma língua (seja a nossa língua-mãe, seja uma língua estrangeira), devemos ter bastante dedicação. Além do mais, motivação! E você parecem ter ambos!

    Ao ver o tópico, me lembrei de uma aula de Fonética e Fonologia que eu tive na faculdade de Letras. E queria dividir com vocês um site que eu utilizava para estudar.
    http://www.uiowa.edu/~acadtech/phonetics/

    Projetado pela faculdade de Iowa, o site apresenta de forma divertida e clara como os fonemas são produzidos. Escolha “American English” e passeie pelo site. Você encontrará uma boca cortada, que mostra claramente os processos mecânicos e sonoros para os fonemas.
    Espero que tenha ajudado vocês!

    • 07/12/11  
      Alessandro diz:

      Oi Rogério,

      Obrigado pelo comentário e indicação.

      Volte sempre!

  • 06/12/11  
    Rafael Fernandes Henrique dos Santos diz: 4

    Não costumo estudar essa parte, mas achei bem interessante! Porque quando se estuda, a fala e a escrita automaticamente estamos estudando os fonemas, portanto quanto ao foco, é dada por cada um, acho que você tem manter isso, tipo fazer 5 fonemas diários e blábláblá!

  • 06/12/11  
    Gianc diz: 5

    Gente, eu realmente não tenho palavras para lhe agradecer! Eu precisava muito dessa resposta e você me ajudou muito! Aliás, esse site sempre foi mais do que um companheiro de estudos para mim, tanto que ele é fonte de grande parte do conhecimento que tenho adquirido durante essa minha aprendizagem.

    Alessandro, I would like to thank you really much! And I also would like to thank everybody who has contributed for this website.

    So long.

    • 07/12/11  
      Alessandro diz:

      You’re welcome, Gianc.

  • 08/12/11  
    Pedro Alexandre diz: 6

    Oi Gianc,
    Legal vc se interessar pela fonologia e adotá-la como hobby. Já que é um hobby e, ao mesmo tempo, uma atividade com um fim específico, sugiro que vc vá aos poucos. A cada seção de estudo de 1 ou 2 horas reserve 5 a 10 minutos para fonologia. Comece pelos sons das vogais (basicamente 20). Tente aprender quatro de cada vez, fazendo comparações com palavras que vc já conhece. Por exemplo, o som da letra e é igual em cat e pet (já vou adiantar que não). Analise as diferenças. Faça distinção entre os long sounds (tree) e os short sounds (fish). Veja que sons formam os diphtongs (boy). Tenha uma tabela com os sons e vá acrescentando palavras à frente de cada um dos sons. Faça isso de ouvido e a cada 10 palavras cheque no dicionário (sugiro o Cambridge Online). As ideias acima foram extraídas duma série de coursebooks muito boa que utilizo com meus alunos (sou professor há 13 anos), o English File. Se quiser ir a fundo, pense em adquirir livros como Ship or Sheep e Tree or Three (disponíveis na Disal ou na SBS) que são específicos de fonologia. O primeiro e mais elementar, o segundo é avançado. E nunca se esqueça de ouvir bastante em inglês para relacionar os sons com a fonologia, se não a coisa toda fica muito acadêmica e pouco prática. Espero que isso ajude.
    Cheers

    • 08/12/11  
      Gianc diz:

      Olá!

      Muito Obrigado pela dica! Eu realmente preciso de uma organização total nos meus cronogramas de estudos. E achei muitíssimo interessante o fato de aprender vários sons juntos para compará-los; eu nunca imaginei que dessa forma o resultado poderia ser melhor. Estou grato também pela recomendaçõe dos livros, pois, afinal, todos nós sabemos o quanto um livro é importante na ênfase de um aprendizado.

      Thanks ever so much! :D
      Gian Galhardo.

  • 08/12/11  
    Amanda diz: 7

    Realmente é importante que se estude os símbolos fonéticos? Pois eu nunca estudei desta forma e consigo entender bem.
    Obrigada !

    • 08/12/11  
      Alessandro diz:

      Oi Amanda,

      Não é uma obrigação aprender os símbolos fonéticos, no entanto eles podem ajudar bastante, sobretudo na sua pronúncia.

      Bons estudos!

  • 11/12/11  
    Alan diz: 8

    Concordo com o Alessandro.
    Se você quiser saber pronúnciar as palavras corretamente, eu acho que vale a pena sim aprender os simbolos fonéticos.

  • 12/12/11  
    Amanda diz: 9

    Então qual é a melhor forma para aprendê-lo?
    Gosto muito da língua e gostaria de me dedicar ao máximo para isso, por motivos pessoais e até mesmo profissionais.
    Abraços e obrigada!

  • 16/12/11  
    Stan diz: 10

    o aprendizado da fonética e fonologia desperta o interesse e curiosidade pela língua estrangeira…..muito bom!!!!!! tks

  • 18/01/12  
    Michele Lopes diz: 11

    Oi,adoro o blog e estudo ingles a um ano.Bom, o meu maior medo é o de falar,de montar a frase…. e a pronuncia tambem me deixa um pouco nervosa!kkk ,pode me ajudar ?
    Thank you

    • 18/01/12  
      Alessandro diz:

      Sim. Como posso ajudar?

  • 09/02/12  
    ElyMara Tireck diz: 12

    Olá Alessandro,
    Utilizo bastante fonética com meus alunos, mas tenho muita dificuldade em conseguir exercícios extra com transcrição fonética. Tambem utilizo o gerador de simbolos fonéticos do EE, mas este não tem correção.
    Tens alguma sugestão?
    Agradeço desde já.

  • 20/05/16  
    Franco Vinícius diz: 13

    Eu estudei Fonética no livro da Professora Thaïs Cristófaro, da UFMG, “Pronúncia do Inglês para Brasileiros”. Inclusive fiz essa disciplina com ela na Faculdade de Letras. É um livro fantástico para quem quer aperfeiçoar a pronúncia do inglês. Além de super didático e de ter uma linguagem muito fácil, a autora também faz comparações do inglês americano com o britânico. Assim, não importa qual pronúncia você prefira, o livro irá lhe atender. Fica essa dica! Abs