Veja como os falsos cognatos (False Friends) podem complicar sua vida

Oi galera, como diz o ditado “antes um inimigo declarado do que um amigo falso”. Esse ditado se encaixa perfeitamente ao inglês, no quesito “False Friends”. A tradução correta é Falsos Cognatos.

Como eu já citei no artigo “400 palavras em inglês num minuto” as semelhanças são enormes, a ponto de uma pessoa que nunca estudou inglês ser capaz de entender um texto apenas pelas pistas (hints) das palavras cognatas. Mas como as aparências enganam (all that glitters is not gold), muitas vezes essas correlações nos pegam de calças curtas. Meu Deus, quanto provérbio!

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

Então, vamos parar com a enrolação e ir direto ao ponto. Segue abaixo uma lista com alguns erros clássicos, talvez simples demais para um estudante avançado, mas que fazem toda a diferença na comunicação por isso não posso deixar de citá-los. Veja:

  • Sort – Não tem nada a ver com sorte, significa classificar, separar. A palavra sorte é luck.
  • Bark – Não tem nada a ver com barco que, aliás, é ship. A tradução correta para bark é latir. “Their dog is barking a lot”
  • Large – Uma pessoa desatenta pode traduzir como largo, mas na verdade large significa grande. Largo é “wide”.
  • Coroner – Não é a pronúncia mineira de “coronel”. É uma espécie
  • de médico legista ou encarregado por uma investigação. Lembra de CSI? O Grissom é uma espécie de coroner.
  • Date – Além de “data” é “Encontro”. Veja um exemplo: my girlfriend took me to a restaurant for our date.
  • Pretend – Esse tem até uma historinha interessante. Certa vez a sumidade que vos fala, estava conversando por telefone com uma amiga americana agendando uma visita a sua casa. Eu disse: “I pretend to visit you”, ela não entendeu. Sabe por quê? Pretend significa fingir, simular. Ainda bem que ela me corrigiu com educação. Ela disse: “Do you intend to visit me?“.

Espero ter ajudado.

See you!

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

34.jpg

Alessandro Brandão

Alessandro Brandão é coordenador do English Experts e do Fórum de idiomas. Trabalha também em projetos na área de Comércio Eletrônico e Ensino a Distância (EaD).

21 comentários

  • 15/11/06  
    Mary diz: 1

    My favorite false cagnates are particular, actual, and pretend.

  • 15/11/06  
    Mary diz: 2

    It never coourred to me that date would be confusing. to date = namorar

  • 16/11/06  
    Anonymous diz: 3

    Bark também é casca de árvore (veja o provérbio “to bark up the wrong tree”) e date pode ser tâmara.
    Consistent, tão traduzido como “consistente”, na maioria das vezes significa “coerente”. E differently é simplesmente “ao contrário”. Sou tradutora e muuuuuito chata.
    Stella Machado

  • 16/11/06  
    Alessandro Brandão diz: 4

    Stella, você está certa. Esse provérbio “to bark up the wrong tree” já gerou até um incidente diplomático na Europa. Vou buscar essa informação para você e coloco aqui nos comentários do blog mais tarte.. Abraço.

  • 16/11/06  
    Alessandro Brandão diz: 5

    Stella, como prometido, segue o texto publicado na revista Speak Up sobre o incidente.

    “When Nikita Khruschev was told on television that he was barking up the wrong tree (that is making a mistake), it was translated as ‘baying like a hound,’ an expression so offensive in Russian it’s surprising that the Third World War didn’t begin at once”.

  • 28/11/06  
    Anonymous diz: 6

    Alessandro,
    Desculpe, mas só hoje voltei a esta página. Realmente, para quem não conhece a expressão, parece que há um cão latindo para a árvore errada, e não que alguém está “tirando a casca da árvore errada”. Achei a tradução “dar uma mancada”. Quem traduziu errado deu mesmo uma mancada, he/she barked up the wrong tree.
    Sou tradutora e reparo muito nesses detalhes. As vezes dou boas risada, mas quase sempre fico chateada com a falta de cuidado.
    Quando estudava inglês, pensei que “to hit the nail on the head” fosse bater com a unha na cabeça (era tão esquisito!), até que a professora me disse que era “acertar na cabeça do prego”… ou seja, falar a coisa certa.

  • 30/11/06  
    Adam diz: 7

    Respondendo para anonymous-

    To hit the nail on the head, é bater o prego na cabeça, não unha. Nails também são pregos que você bate, por exemplo para construir uma casa.

  • 30/11/06  
    Adam diz: 8

    Ooops, anon, eu li o resto do seu post. Eu não vi porque minha janela nao foi “scrolled down”, certo, bater o prego na cabeça…

  • 30/11/06  
    Anonymous diz: 9

    Oi Adam,
    Meu nome é Stella, que desta vez esqueci de colocar. Essa “minha tradução” de nail foi hilária, mas eu só tinha 16 aninhos… quando o Elvis já fazia sucesso… Aprendi um pouco daí pra cá.
    De qualquer forma, agradeço seu interesse em me responder.
    Stella

  • 30/11/06  
    Anonymous diz: 10

    Vejam este trocadilho com “bark up the wrong tree”, que achei ótimo:

    New observations and measurements have shown that the Milky Way, the galaxy we live in, may be bigger than we thought.
    It’s shaped like a deformed 150 thousand-light-year-rpm vinyl record.
    Furthermore, up to now we thought there was a dwarf galaxy near the Milky Way that was part of the Great Dog (Canis Major) constellation. But we were barking up the wrong tree.

    Stella

  • 30/01/08  
    Lili diz: 11

    Sou prof. de Inglês em Portugal e leccionei Técnicas de Tradução de Inglês durante vários anos. Estamos realmente treinados a detectar erros de tradução na legendagem de filmes que realmente bradam aos céus. As minhas favoritas são:
    Numa urgência médica: “Quickly, the kid swallowed a marble…” Tradução: “Depressa, o miúdo engoliu mármore…” Ou “I’m fed up of watching soaps” “Estou farta de olhar para os sabonetes”!!! E tantas outras de que tenho registo. Bom trabalho.
    Lili

  • 18/02/08  
    Deivis diz: 12

    ……..“I’m fed up of watching soaps” “Estou farta de olhar para os sabonetes”!!! E tantas outras de que tenho registo. Bom trabalho….

    In all likelihood, they couldn’t have shot themselves in their feet like that. I mean It sounds like a joke to me. I’ve watched a myriad of flicks in English and have never encountered terrible mistakes like that…

  • 19/02/08  
    Lili diz: 13

    What about “suede jacket” translated as “casaco sueco”? Nowadays translators in my country are very good professionals who are able to filter cultural differences and understand idioms and have been doing a great job. “A thirty-nine-year old widow” is no longer “a janela do 39º andar”!

  • 26/03/08  
    wanessa alves diz: 14

    eu adoro o false friends.

  • 06/04/08  
    Mary Kate diz: 15

    I love it false friends ,they are incredibles :D
    I´m love English

  • 22/04/08  
    Igor diz: 16

    Consistent, tão traduzido como “consistente”, na maioria das vezes significa “coerente”.

    Consistente e coerente pra mim são dois lados da mesma moeda, falta muito pouco pra um virar o outro. Fora que “consistente” significa “coerente” em alguns contextos.

  • 28/05/08  
    Rosângela diz: 17

    Great! I always learn with that incredible posts. I love it.

  • 07/10/08  
    Patricia Helena diz: 18

    Eu gosto muito do false friendes balcony, que na verdade significa sacada, varanda, e não balcão. Balcão é counter.

  • 12/10/09  
    Jacinta diz: 19

    Parabéns Alessandro, pelas dicas maravilhosas de inglês!! Com certeza, vou aproveitá-las ao máximo. Abraços

  • 20/03/10  
    Marcos Luciano diz: 20

    Muito bom este artigo, esclarecedor e objetivo! Parabéns!

  • 08/04/10  
    Sandra diz: 21

    Vi um filme em que a tradução de “Let’s make a toast” era ‘Vamos fazer uma torrada’. Na aula a gente ficou um pouco confusa já que “Let’s make a toast” é uma expressao que também significa ‘Vamos fazer um brinde’.