Verbos Auxiliares em inglês: quais são e exemplos de uso

Os verbos auxiliares são estruturas fundamentais na língua inglesa que, quando bem assimilados, facilitam muito o entendimento e uso do idioma. Eles estão entre as dúvidas mais frequentes, não só para quem está começando sua jornada de estudos, mas também para aqueles que já estão neste caminho há mais tempo.

Pensando nisso, elaboramos explicações para que você possa dominar o assunto de uma vez por todas. Então, vamos a elas.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

O que são verbos Verbos Auxiliares?

Verbos auxiliares são verbos cuja função é “ajudar” um outro verbo – chamado de verbo principal –  em uma oração. Esses verbos auxiliares podem ter significado ou não de acordo com seu tipo.

Quais são os tipos de verbos auxiliares?

Há dois tipos de verbos auxiliares na língua inglesa:

  • Os verbos auxiliares, que não mudam o sentido do verbo principal na oração, portanto também não possuem tradução.
  • Os verbos modais, que alteram o sentido do verbo principal na oração, dando a ideia de capacidade, habilidade, possibilidade, obrigação, pedido e permissão.

Dados de verbos auxiliares

Confira a lista dos verbos auxiliares:

1. To be

Verbo auxiliar que indica ser, estar – I’m (am); you’re (are); he’s (is); she’s (is); it’s (is); we’re (are); you’re (are); they’re (are)

  • I am working. [Eu estou trabalhando.]
  • Am I working? [Eu estou trabalhando?]
  • I’m not working. [Eu não estou trabalhando.]
  • He is a doctor. [Ele é médico.]
  • Is he a doctor? [Ele é médico?]
  • He isn’t a doctor. [Ele não é médico.]
  • They are here. [Eles estão aqui.]
  • Are they here? [Eles estão aqui?]
  • They aren’t here. [Eles não estão aqui.]
  • We’re the champions. [Nós somos os campeões.]
  • He’s not tall. [Ele não é alto.]
  • You’re not so smart. [Você não é tão esperto.]
  • She isn’t from Brazil. [Ela não é do Brasil.]
  • Are you better? [Você está melhor?]
  • Are you from the USA? [Você é dos EUA?]
  • You aren’t his friend. [Você não é amigo dele.]
  • My brother and I are looking at it. [Meu irmão e eu estamos olhando para isto.]

Como foi mostrado, o to be deve ser utilizado quando a ideia a ser passada for de ser ou estar. Neste caso, não se usa do, does, don’t ou doesn’t.

Na forma interrogativa, o  verbo auxiliar vem antes do sujeito (I, you, he, she, it, we, they, John, Mary etc). Quando houver um pronome interrogativo, o verbo auxiliar é usado depois do pronome e antes do sujeito, por exemplo:

  • When are you free?
  • What is John doing?

Isso vale também para outros verbos auxiliares, como do, does, did etc. Além disso, fique atento a frases como a que mostramos:

  • My brother and I are looking at it – neste caso, a forma adequada é are e não am, por se tratar de plural (my brother and I).

2. Do, does, don’t (do not), doesn’t (does not)

Verbos auxiliares do simple present  – Do I?; do you?; does he?; does she?; does it?; do we?; do you?; do they?; I don’t; you don’t; he doesn’t; she doesn’t; it doesn’t; we don’t; you don’t; they don’t

  • Do I need it? [Eu preciso disto?]
  • I don’t need it. [Eu não preciso disto.]
  • Do you understand? [Você entende?]
  • You don’t understand. [Você não entende.]
  • Does he study? [Ele estuda?]
  • Do you like English? [Você gosta de inglês?]
  • He doesn’t study. [Ele não estuda.]
  • Does Mary know it? [A Mary sabe isto?]
  • Mary doesn’t know it? [A Mary não sabe isto.]
  • Do they work? [Eles trabalham?]
  • They don’t work. [Eles não trabalham.]
  • Do John and Anna live here? [O John e a Anna moram aqui?]
  • John and Anna don’t live here. [O John e a Anna não moram aqui.]
  • What does it mean? [O que isto significa?]
  • Where do you live? [Onde você mora?]
  • What do you do? [O que você faz?]
  • What does your father do? [O que o seu pai faz?]

Na afirmativa, não se usa do nem does, a não ser que se queira dar ênfase. Ao invés de, por exemplo:

  • I do work every day.
  • He does like his family.

Diga apenas:

  • I work every day. [Eu trabalho todos os dias.]
  • He likes his family. [Ele gosta da família dele.]

Mas, se quiser enfatizar, mantenha do e does:

  • I do work every day. [Eu trabalho sim todos os dias.]
  • He does like his family. [Ele gosta sim da família dele.]

Não se esqueça de que não se pode utilizar do, does, doesn’t, nem don’t com outros verbos auxiliares, como can, will, be etc. Não diga, por exemplo:

  • Do I can?
  • Does he will?

No lugar, faça uso de:

  • Can I?
  • Will he?

É sempre bom procurar observar o que se quer dizer antes de escolher o verbo auxiliar: o que eu quero expressar?

  • Permissão = Can
  • Habilidade = Can
  • Futuro = Will
  • Presente = Do, does
  • Passado = Did
  • Ser/estar = To be

Assim você tem mais chances de acertar!

Por último, em combinações como:

  • What do you do?
  • What does your father do?

O primeiro do é o verbo auxiliar (sem tradução) e o segundo do é verbo principal, que significa fazer; o mesmo vale para does (verbo auxiliar) e do (fazer).

3. Will:

Verbo auxiliar do simple future. – I will; you will; he will; she will; it will; we will; you will; they will / Will I?; will you?; will he?; will she? Will it?; will we?; will you? Will they?/ I won’t ; you won’t; he won’t; she won’t; it won’t; we won’t; you won’t; they won’t.

Won’t = will not

  • I will talk to her tomorrow. [Eu vou falar com ela amanhã.]
  • Will you travel next week? [Você vai viajar na semana que vem?]
  • He won’t like it. [Ele não vai gostar disto.]
  • She will not have a party next week. [Ela não vai fazer uma festa na semana que vem.]
  • John and Mary will call you. [John and Mary irão ligar para você.]
  • When will Paul begin? [Quando Paul vai começar?]
  • Will you stop there? [Você vai parar lá?]
  • I will not work here. [Eu não irei trabalhar aqui.]
  • Will John move to England? [O John irá se mudar para a Inglaterra?]
  • What will they do? [O que eles vão fazer?]

A forma não contraída, will not, é mais enfática e mais formal do que won’t (contraída). E isso vale também para outros verbos auxiliares, por exemplo, do not, does not, did not, is not, are not, etc.

Dados de Verbos Modais

4. Did, didn’t (did not)

Verbos auxiliares do simple past. – Did I?; did you? Did he?; did she?; did it?; did we?; did you?; did they? I didn’t; you didn’t; he didn’t; she didn’t; it didn’t; we didn’t; you didn’t; they didn’t.

  • Did I offend you? [Eu lhe ofendi?]
  • Did you see it? [Você viu isto?]
  • He didn’t know. [Ele não sabia.]
  • We didn’t go there. [Nós não fomos lá.]
  • My mother and I didn’t do it. [Minha mãe e eu não fizemos isto.]
  • What did you do? [O que você fez?] 
  • Where did John start? [Onde o John começou?]
  • Did Mary and Anna see the movie? [A Mary e a Anna viram o filme?]

Em frases como:

  • What did you do?
  • Where did he do it?

Did é o verbo auxiliar (do passado) e do é o verbo principal, que significa fazer. Saiba que não se deve utilizar did em frases afirmativas, a não ser que você queira dar ênfase. No lugar de, por exemplo:

  • I did help my family.
  • He did see the movie.

Diga:

  • I helped my family. [Eu ajudei minha família.]
  • He saw the movie. [Ele viu o filme.]

Porém, se optar por enfatizar, mantenha did na afirmativa:

  • I did help my family. [Eu ajudei sim a minha família.]
  • He did see the movie. [Ele viu sim o filme.]

5. Was/were

Verbos auxiliares que indicam o simple past do verbo to beI was; you were; he was; she was; it was; we were; you were; they were / was I?; were you?; was he?; was she? Was it?; were we?; were you?; were they? / I wasn’t; you weren’t; he wasn’t; she wasn’t; it wasn’t; we weren’t; you weren’t; they weren’t.

  • I was tired. [Eu estava cansado.]
  • I wasn’t the worst student. [Eu não era (fui) o pior aluno.]
  • Were you at home? [Você estava em casa?]
  • Were you a soccer player? [Você era (foi) um jogador de futebol?]
  • He was the best. [Ele era (foi) o melhor.]
  • She wasn’t well. [Ela não estava bem.]
  • Were they married? [Eles eram (foram) casados?]
  • Was I wrong? [Eu estava errado?]
  • Was he there? [Ele estava lá?]
  • She wasn’t my friend. [Ela não era minha amiga.]

Não confundir did com was e were. Was e were são o passado do to be: era, fui, foi, estava, eram, foram, estavam. Did é verbo auxiliar do passado, mas não é usado da mesma forma. Além disso, não confunda went (foi, foram – passado de go – ir a algum lugar) com was e were (fui, foi, foram – passado do to be – ser, estar).

  • I went to the hospital. [Eu fui ao hospital.]
  • They went home. [Eles foram para casa.]
  • I was the best student in that school. [Eu fui o melhor aluno daquela escola.]
  • Were they rude? [Eles foram mal educados?]

Resumindo: went indica deslocamento até algum lugar, ao passo que was e were falam de como alguém ou alguma coisa era ou estava.

6. Have:

Verbo auxiliar do present perfectI have (I’ve); you have (you’ve); he has (he’s); she has (she’s); it has (it’s); we have (we’ve); you have (you’ve); they have (they’ve)/ I haven’t (have not); you haven’t (have not); he/she/it hasn’t (has not); we haven’t (have not); you haven’t (have not); they haven’t (have not)/ Have I?; have you?; has he/she/it?; have we?; have you?; have they?

  • I have seen her a lot lately. [Eu tenho visto ela muito ultimamente.]
  • I haven’t seen her for a long time. [Eu não a vejo há muito tempo.]
  • Have you finished yet? [Você já terminou?]
  • He has been married for ten years. [Ele está casado há dez anos.]
  • Has she arrived? [Ela chegou?]
  • They haven’t sent the email yet. [Eles ainda não enviaram o email.]
  • We’ve been spending too much money. [Nós estamos gastando dinheiro demais.]
  • I’ve been there twice. [Eu estive lá duas vezes.]
  • She’s been pregnant for six months. [Ela está grávida há seis meses.]
  • He hasn’t done anything. [Ele não fez nada.]
  • They’ve been waiting for years. [Eles estão esperando há anos.]

7. Modal Verbs

Além de will (já mencionado aqui), são verbos auxiliares os verbos modais: can, could, would, should, may, might, shall, must, ought to.

Formas negativas: can’t (can not, cannot); couldn’t (could not); wouldn’t (would not); shouldn’t (should not); may not (não se usa mais mayn’t); mightn’t (might not); shan’t (shall not); mustn’t (must not); oughtn’t (ought not).

  • Can I go now? [Eu posso ir agora?]
  • Yes, you can. [Sim, você pode.]
  • He can’t cook. [Ele não sabe cozinhar.]
  • Could I talk to you? [Eu poderia falar com você?]
  • He couldn’t answer the question. [Ele não conseguiu responder a pergunta.]
  • Would you like to go? [Você gostaria de ir?]
  • I would love to see it. [Eu adoraria ver isto.]
  • Should I stay or should I go? [Eu deveria ficar ou deveria ir?]
  • She shouldn’t leave. [Ela não deveria ir embora.]
  • May I go now? [Eu posso ir agora?]
  • She might not want to come with us. [Ela pode não querer vir conosco.]
  • Shall we dance? [Vamos dançar?]
  • You must listen to me. [Você deve me ouvir.]
  • They mustn’t say it. [Eles não devem dizer isto.]
  • She ought to be ashamed of herself. [Ela deveria se envergonhar.]

Verbos modais não devem ser usados com to, com a exceção de ought to, onde to faz parte da estrutura. Não diga, por exemplo:

  • Can I to go?
  • Could I to cook?
  • I would to love to see it.
  • You must to listen to me.

Não utilize modais (que já são verbos auxiliares) com outros verbos auxiliares, como do, does, did e to be. Não se pode fazer uso de dois verbos auxiliares ao mesmo tempo (um logo após o outro). São incorretas frases como:

  • Do you must go?
  • Are you can ?
  • Does he should talk?

Como já foi dito, você deve pensar primeiro no que quer dizer, para depois escolher qual o verbo auxiliar mais adequado. Com isso, as opções anteriores são corretamente escritas das seguintes formas:

  • Must you go? [Você deve ir?]
  • Do you go? [Você vai?]
  • Are you? [Você é? Você está?]
  • Can you? [Você pode? Você consegue?]
  • Does he talk? [Ele conversa?]
  • Should he talk? [Ele deveria conversar?]

Então é isso. Aprenda bem como utilizar os verbos auxiliares, pois com certeza isto irá fazer a diferença nas suas habilidades com o inglês.

Bons estudos!

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

12.jpg

Donay Mendonça

Donay Mendonça é professor de inglês com anos de experiência no ensino de idiomas para jovens. Além de colaborar com artigos ele ainda é moderador do Fórum do English Experts.

26 comentários

  • 12/08/15  
    Dorivan diz: 1

    Gostei.
    Excelente artigo parabéns.

  • 13/08/15  
    Donay Mendonça diz: 2

    Obrigado pelo comentário, Dorivan.

    Keep posting!

  • 13/08/15  
    David Viana diz: 3

    Helped much, thanks.

  • 15/08/15  
    Ana diz: 4

    Very good! Helped a lot.
    Thank you so much

  • 16/08/15  
    Cidinha diz: 5

    Perfect teaching. Congratulations!

  • 18/08/15  
    Simone diz: 6

    Ótimo post! Exatamente o que eu estava precisando.

  • 18/08/15  
    rogerio armando diz: 7

    Muito legal, obrigado, esta é uma eterna dúvida, ainda que intermediário seja eu…

  • 18/08/15  
    Felipe diz: 8

    Great, thanks a lot!

  • 18/08/15  
    Hudson rosa diz: 9

    Top! Eu já sabia mas nunca é ruim relembrar. Obrigado pela dedicação.

  • 18/08/15  
    Lidiane diz: 10

    Fantástico!!! As vezes na ânsia de aprender, esquecemos de focar no básico que na verdade é a essência para todo o resto. Adorei esse post. Me ajudou muito. Obrigada English Experts!

  • 19/08/15  
    Hugo Barros diz: 11

    Excelente!!!!
    Obs: artigo definido antes de nomes próprios de pessoas não é usado em várias regiões do Brasil ( o João, a Maria etc.).

  • 26/08/15  
    Joaquim diz: 12

    I am very great with all information that was published. Thank you for all.

  • 26/08/15  
    Salete diz: 13

    Me haviam dito que Português era a única língua em que toda regra tinha exceção. Não é não . Virgem mãe santa…o inglês ta me fazendo um nó no cérebro rsrsrs
    As dicas do site são maravilhosas. Tudo muito claro e explicado. Obrigada.

  • 27/08/15  
    Marcia diz: 14

    Fiquei com uma dúvida a respeito de um dos exemplos dados no texto acima, que trata do emprego dos verbos auxiliares.
    A frase é:
    Have you finished yet? [Você já terminou?]

    Pelo que sei, a palavra “yet” significa “ainda” e não “já”. Quero saber se ela também pode ser usada no sentido de “já”, como no exemplo, ou se foi algum engano de tradução.

    Obrigada.

    • 08/09/15  
      Antony diz:

      Márcia, o “yet” tem o sentido de “já” também. Aprendi isso observando o uso diversas vezes em um seriado. No fim de frase, se não me engano, é o sentido de “já”. No meio da oração acredito que tem o sentido de “ainda”.

  • 13/01/16  
    Diego diz: 15

    Olá! Sou professor de língua portuguesa e estou tentando melhorar meu inglês. Na primeira lista de exemplos o verbo “to be” é apresentado como um auxilar, que vem sempre acompanhado de um principal, aquele aos qual se liga. No entanto, na maioria dos exemplos há apenas um verbo, o próprio “to be”, como em “He is a doctor”, ” Are you better”, “They are here”, etc. Como o verbo “to be” pode ser auxiliar nesse casos se não há verbo principal? Confuso!

    • 14/01/16  
      Donay Mendonça diz:

      Diego,

      O verbo ‘to be’ de fato é verbo auxiliar, porém há casos onde ele é classificado como um ‘linking verb’ (verbo de ligação). A rigor, o seu raciocínio faz sentido em relação aos exemplos citados no artigo. Na prática, não muda muito o conceito aqui apresentado. Tratando-se apenas de um pequeno detalhe gramatical.

      Obrigado por participar aqui no English Experts.

  • 29/04/16  
    Edimar Santiago diz: 16

    Fiquei com uma duvida nessa parte diz:

    Permissão = Can
    Habilidade = Can

    Em um outro artigo cita ““May” – Autorização ou permissão para fazer algo”

    Tanto o “may” como o “can” pode ser para Permissão e Habilidade?
    Obrigado!

    • 02/05/16  
      Camila Oliveira diz:

      Hey Edimar, how are you?

      Então, o verbo Can é bem versátil e pode ser utilizado para falar de permissões, pedidos ou habilidade/capacidade:

      Permissão: quando o falante pede uma autorização para fazer algo
      ex.: Can I go with her? [Eu posso ir com ela?]
      Can I talk to you? [Eu posso falar com você?]

      Pedido: quando o falante pede algo a alguém
      ex.: Can you open the window, please? [Você pode abrir a janela, por favor?]
      Can you read that, please? [Você pode ler aquilo, por favor?]

      Habilidade/ Capacidade: quando alguém consegue fazer algo.
      ex.: I can run 10km. [Eu consigo correr 10km.]
      They can swim. [Eles conseguem nadar.]

      Já o May pode ser utilizado apenas para permissão ou pedido, sendo este último o mais comum:

      May I go to the bathroom? [Eu posso ir ao banheiro?]
      May I see him? [Eu posso vê-lo?]

      Espero ter ajudado!

      See ya

  • 02/05/16  
    Bárbara Abdalla diz: 17

    Também sou professora e estou “aprendendo” a dar aula. É muito gratificante.

    • 04/05/16  
      Camila Oliveira diz:

      Hey Barbara, how are you?

      Thank you for you comment! Espero que possamos ajudá-la sempre no que for preciso! =)

  • 05/06/16  
    Allan Melzzi diz: 18

    Com certeza o melhor artigo que já li, estou estudando por conta e minhas duvidas eram essas, agora só colocar os pingos nos iii ^^

    • 05/06/16  
      arbsoft diz:

      Oi Allan,

      Obrigado pelo elogio.

      Sucesso nos estudos aí!

  • 05/07/16  
    Ueles Araujo diz: 19

    Muito bom

  • 23/07/16  
    Vera Reis diz: 20

    Ok, Sanou minhas dúvidas, Muito obrigada.

    • 25/07/16  
      Alessandro Brandão diz:

      Obrigado pelo comentário.

      Bons estudos!