Vou aprender a falar inglês na Faculdade de Letras. Será?

Vou aprender a falar inglês na Faculdade de LetrasOlá pessoas atenciosas, que escreveram para mim, responderei nesta mensagem o que muitos indagaram no meu artigo “Cursos de Faculdade: Letras e Tradução/Intérprete”, já pedindo desculpas antecipadas, se não o fiz antes. Tenho uma vida super-corrida e apesar do gentil convite do Alessandro, não arrumei tempo para freqüentar assiduamente o maravilhoso blog que ele criou.

Obrigada por suas palavras, sou uma boa profissional, sim, mas é obrigação, não é qualidade. Não poderia lhes indicar uma boa faculdade para que dominem o idioma inglês, pois até onde conheço, não há uma faculdade com este tipo de curso, objetivando a esta qualificação.

Tire suas dúvidas sobre os tempos verbais, baixe um guia grátis da Englishtown: Guia de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola. Clique aqui e saiba como baixar!

No Brasil, como menciono no artigo, as faculdades de TI (Tradução – Interpretação) não estão qualificando os alunos no idioma inglês, mas sim, capacitando os que já possuem inglês na atividade da tradução e/ou interpretação.

Pense nos seus (recentes) professores do ensino médio: eles sabiam falar inglês? Ou apenas ensinaram a gramática e uma traduçãozinha básica? Pois bem, eles foram capacitados a ensinar o inglês escrito e lido, mas não foram qualificados para a fala e a compreensão, razão porque não ensinam estas duas habilidades.

O caminho para o domínio do idioma inglês, ainda é o de matricular-se em cursos livres, ser um EXCELENTE aluno, aquele que se interessa, faz ‘homework’, ouve música com atenção, vê filmes e seriados na TV paga, com foco no desenvolvimento de vocabulário e aprimoramento de compreensão/listening’ praticando a técnica do ler a legenda E SEGUIR o que se fala, para ampliar o vocabulário. Do tipo que quando se lê e está ouvindo, você fala para si mesmo “Ah, é assim que se fala isso…”. Ou seja, você leu e ouviu a expressão: juntou duas coisas importantes. Tem gente que fala: “Mas se leio, não escuto, não presto atenção”. Bom, aqui estou eu dizendo: “Dá pra adquirir a técnica e é ótimo tentar, pois desenvolve mesmo”!

O Alessandro é um exemplo de EXCELENTE aluno, que ama o idioma e provou isto, com a criação deste fantástico blog e mais o fórum que funciona tão bem. Ele sabe o que quero dizer com interessar-se e o quanto esta palavrinha faz diferença, para quem quer aprender inglês.

Costumamos brincar, nós professores, quando vemos um aluno assim interessado e que se destaca em sala de aula: “Estamos formando mais um professor de inglês”. É uma brincadeira, mas cheia de verdade: todo professor de inglês hoje, foi excelente aluno ontem. E cresceu, não tem erro nesta fórmula!

Sobre a força da TV por assinatura, conto aqui uma estorinha para vocês: houve uma época difícil em minha casa, financeiramente falando e tínhamos que optar pelos cursos de desenvolvimento que nossos filhos faziam. Cortamos a escola de inglês, mas optamos por manter a TV por assinatura, pois os filhos estavam desenvolvendo ótimo listening e um excelente inglês falado, só de acompanhar os seriados na TV paga. E após alguns anos, tivemos certeza de que tínhamos acertado.

Conhecem o ditado “casa de ferreiro, espeto de pau”? Pois bem, mesmo sendo professora, teve época que não tinha tempo para dar aulas formais aos meus filhos, optei pela flexibilidade de horário que eles tinham e a TV proporcionava. No final deu certo.

Então, não procurem a faculdade para fazê-los dominar o idioma inglês. Comece ali na esquina, há tantas escolas de inglês. Vão galgando estágios e crescendo e usando o inglês desde a primeira aula. Se forem para uma escola, que lhes informem que aprenderão a falar após algum tempo, ou que isto acontecerá em outro estágio, caiam fora! Aprende-se a falar desde a primeira aula, pode ser uma única frase por aula, mas o aluno sai FALANDO, um pouquinho a cada aula. Não é primeiro a gramática e depois a fala: é tudo junto!

Assim como ‘homework’ é em casa e TODOS OS DIAS! Imprescindível!

I hope I helped some people with my words.

xoxo (hugs and kisses)

Nilza – Aba Textos – Tradução Revisão e Digitação

Aplicativo para Ampliar o Vocabulário

Você tem dificuldade para se lembrar das palavras, phrasal verbs e expressões em inglês? Conheça o "Meu Vocabulário: Um aplicativo para ampliar o seu vocabulário em inglês" e veja como nossa equipe resolveu esse problema definitivamente.

Receba mais dicas de inglês como esta por E-mail, Twitter, RSS feed ou Facebook.

11.jpg

Nilza Dimambro

Nilza Dimambro leciona a disciplina de inglês na universidade. Trabalha como tradutora em sua empresa a ABA Textos Traduções.

22 comentários

  • 04/04/08  
    Antonio Alves diz: 1

    Hi, everybody!

    Estou estudando Letras e, confesso, não se aprende Inglês lá. São noções básicas, inglês instrumental e só. Quem realmente pensar em aprender Inglês fazendo Letras, pode tirar o cavalinho da chuva! Acredito que se aprende inglês aqui, no Tecla Sap. Aqui sim, com todas as LETRAS!

    A big hug! God bless you!

  • 04/04/08  
    Jackson diz: 2

    Isto é verdade eu quase ia cair nessa história de aprender inglês numa faculdade de letras, ainda bem q não passei no vesibular, agora tô fazendo curso, não é dos melhores mas tá bão.

  • 05/04/08  
    T. Rex diz: 3

    Chegou em boa hora este artigo. Sou biólogo e meteorologista, e para ampliar e melhorar o meu inglês, estava pensando em fazer uma faculdade de letras.Uma vez que perto da minha casa tem uma, então, eu iria unir o útil ao agradável. Mas sendo assim…

  • 06/04/08  
    Fabio diz: 4

    Absolutamente certo. Inglês (ou qualquer língua estrangeira) não se aprende na faculdade de letras, por mais que algumas faculdades ofereçam excelente nível de conhecimento do idioma em questão. É que esses conhecimentos são mais científicos (estudo da ciência da linguagem, comparação entre duas línguas, estudo da literatura e cultura dos países onde se falam esse idioma etc.). Ao contrário, em escolas de idiomas esses conhecimentos científicos são deixados de lado, e privilegiam-se os conhecimentos comunicativos: ensina-se o aluno a se comunicar no idioma em questão e não a escrever trabalhos acadêmicos sobre lingüística. Portanto, a faculdade de letras e o curso de idiomas em escola especializada têm públicos diferentes. Porém, nada impede – e até é recomendável – que o aluno da faculdade de letras freqüente um curso de idiomas externo. Por fim, é óbvio que o aprendizado pra valer vai depender muito mais da dedicação do aluno do que da qualidade da escola.

  • 06/04/08  
    Luana Correa diz: 5

    Eu estudo inglês há 08 anos, e apesar de até já ter dado aulas do idioma, não “parei no tempo”, continuo aprendendo, revisando, ruminando… E sempre que me perguntam: “Onde você aprendeu inglês?”, eu digo “English at home”.. hehhehhe… porque na verdade foi em casa mesmo. Fiz alguns cursos que acrescentaram bastante, li bons livros, aprendi com seriados e etc, mas o esforço e interesse ninguém me deu, eu que corri atrás. Por isso, at home eu aprendi MESMO! hahha

    Quanto à dica da tv paga, eu na verdade nunca (até hoje) tive condições de ter, mas quando assisto filmes, sempre coloco sem legenda, ou com legenda em inglês, além de baixar seriados pela internet (tem vários sites free)… isso melhorou bastante meu speaking. Enfim, a idéia é trabalhar com o que temos disponível, e se preparar para aproveitar quando tivermos mais oportunidades!
    Abraços a todos,

    Luana

  • 07/04/08  
    Antonio Alves diz: 6

    Hi, everybody!

    Eu vim justificar a gafe que comenti em meu comentário. Utilizei impropriamente o nome Tecla Sap quando deveria ter utilizado English Experts. É que eu havia passado pelo blog do Tecla Sap e estava com o nome na cabeça, por isso, mecanicamente, digitei o nome do referido blog. Coisas que acontecem. Quero deixar claro a minha admiração pelo English Experts, sem, obviamente, desmerecer o Ulisses. São blogs maravilhosos!

    Sorry, Alessandro. Thank you for your job! God bless you!

  • 09/06/08  
    CLÁUDIO ROBERTO diz: 7

    OLÁ PESSOAL!
    EU ESTOU NO PRIMEIRO SEMESTRE DE LETRAS E, REALMENTE NÃO MUDA MUITO DO APRENDIZADO QUE SE TEM NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO, É AQUELA COISA : VERBO TO BE, SIMPLE PRESENT, PRESENT CONTINUOS etc.TEM TUDO A VER COM GRAMÁTICA INGLESA E NADA A VER COM FALAR INGLÊS, MUITO MENOS TER FLUENCIA VERBAL EM INGLÊS. É MAIS ESCREVER, APRENDERA GRAMÁTICA, POUCO SE FALA O INGLÊS, E O POUCO QUE SE FALA É PARA NÃO DIZER QUE NÃO ESTÁ SENDO ENSINADO A FALAR INGLÊS. O CURSO DE LETRAS É BOM PARA QUEM QUER APROFUNDAR-SE NO PORTUGUÊS E ATÉ PARA QUEM GOSTA DE LITERATURA, DE RESTO, É UMA DECEPÇÃO PARA QUEM ENTRA NO CURSO PENSANDO QUE VAI SAIR DOMINANDO O INGLÊS, BOM! EU JÁ ENTREI NA FACULDADE SABENDO QUE TERIA QUE FAZER UM CURSO DE INGLÊS POR FORA SE QUISESSE REALMENTE APRENDER A FALAR FLUENTEMENTE, E NÃO FUI PEGO DE SURPRESA. POR ISSO, JÁ ESTOU ESTUDANDO CONVERSAÇÃO EM UMA ESCOLA DE IDIOMAS. PARA NÃO FICAR COMO MUITOS PROFESSORES DE INGLÊS QUE CONHEÇO, CORRENDO ATRÁS DO PREJÚ DEPOIS DE TER TREMINADO A FACULDADE, FAZENDO CURSO DE CONVERSAÇÃO PARA NÃO PASSAR VERGONHA COM OS ALUNOS QUE COBRAM DO PROFESSOR SE ELE REALMENTE SABE FALAR INGLÊS. PRETENDO TERMINAR A FACULDADE POR CAUSA DA LICENCIATURA PLENA, MAS QUERO SER UM BOM PROFESSOR DE INGLÊS E DOMINAR O IDIOMA.POR ISSO ESTOU ME ESFORÇANDO E BUSCANDO FONTES PARA DOMINAR A CONVERSAÇÃO, ESCRITA E GRAMÁTICA. GOSTEI DESSE ARTIGO.UM ABRAÇO!

  • 02/07/08  
    Naiara Cruz de Oliveira diz: 8

    Hello Everybody!!!

    Eu pretendo começar a fazer faculdade de letras
    e gostaria de saber em que eu posso trabalhar após terminar a faculdade.

    Me respondam Please!!!

    Um grande Beijo à todos.

  • 08/01/09  
    Priscila diz: 9

    há 3 anos estou em duvida se faço faculdade letras- tradução interprete. Hoje ao ler este post tenho quase certeza de que vou estudar sim! tenho o ingles avançado mas nao fluente. A cada dia aprendo ingles sem esforço mas ao mesmo tempo estou me esforçando bastante pra chegar onde quero: ingles fluente

  • 12/03/09  
    Ana Flávia diz: 10

    Hello =D

    Bom sou aluna do 3º ano do Ensino Médio. Gosto muito da língua portuguesa(principlamente a parte de gramática) e frequentei um curso de inglês por seis anos. Meu curso acabou no ano passado e por isso agora estou parada. Pretendo fazer um curso de conversação porque ainda não sou fluente na língua, mas por agora a situação financeira não permite. Estou pensando seriamente em fazer um curso de Letras, mas eu não quero ser professora, gostaria de trabalhar na área de tradução e interpretação. Na verdade se conguisse passar numa faculdade pública que oferesse licenciatura e bacharelado ao mesmo tempo, eu com certeza faria o curso. Mas as vezes fico pensando no que poderia atuar após o curso de graduação. Não quero me formar só em licenciatura porque nos dias de hoje um professor não é valorizado como deveria, por isso gostaria de ter as duas formações. Se eu fosse professora penso que lidaria só com aulas particulares.
    Enfim… eu adoro a língua inglesa e vejo que as oportunidades ao redor dela estão crescendo cada dia mais fazendo o mercado de trabalho muito concorrido. Estou com muita dúvida a respeito da minha carreira ( como a maioria dos alunos do 3ºano). E além de tudo, gostaria de saber é a área de tradução é boa pra ganhar dinheiro.

    Obrigada pelas dicas!
    kisses for all!
    ;**

  • 31/03/09  
    Élida diz: 11

    Preciso discordar de alguns de vocês.
    No ano de 2005 me matriculei para o curso de Letras na Faculdade. Quase desisti antes de começar, de tanto que falavam que eu não conseguiria, por não ter um curso anterior de inglês.
    Comecei a estudar, com medo das primeiras provas, estudando muito em casa. Para a minha surpresa fui a única da turma a tirar um 10. A partir daí, decidi que não iria dar ouvidos a quem queria me fazer menos capaz.
    Concluí o curso no fim de 2007, e digo com toda certeza: A Língua Inglesa não foi a matéria mais difícil da Faculdade.
    Concordo plenamente com quem falou que a faculdade não nos faz fluentes na língua inglesa. Mas e o curso de Inglês, faz? Não, não faz. Quem decide o tipo de inglês que terá é o próprio aluno. Conheço um rapaz que nunca fez curso ou faculdade, contudo conversa com americanos melhor do que muitos que fizeram.
    3 meses depois de ter concluído o curso, comecei a trabalhar em uma empresa exportadora, onde o Inglês é fundamental.
    Hoje, toda a carga gramatical que adquiri no tempo do curso de Letras, me dá autoridade para corrigir os textos do meu gerente, que, vira e mexe, viaja a negócios para os EUA.
    A maneira como me dediquei em casa, como me esforcei e, principalmente, a minha curiosidade e vontade de estar atualizada, me fizeram crescer no idioma.

  • 14/04/09  
    Robson diz: 12

    Bem, sou estudante de Turismo e sempre me perguntei se os métodos tradicionais das escolas de idiomas eram eficazes, acreditem ou não, descobri que a grámatica da lingua inglesa não te ensina realmente a FALAR inglês, estudo inglês sozinho e minha maneira de estudar mudou quando conheci o método do professor americano A.J Hoje chamado Effortless English( inglês sem esforço), a verdade é que a grámatica mata sua fluência , por isso que muitos alunos ainda não conseguem Falar com fluência o inglês porque eles estão presos a Grámatica que é apenas um padrão formal de qualquer língua, no entanto se eles fizerem uma viagem aos EUA, terão sérias dificuldades de entender os nativos, portanto quando usei as lições do effortless english meu inglês mudou consideravelmente, se quiserem mais informações procurem na internet Effortless English.

  • 20/07/09  
    Paty Demarchi diz: 13

    Sou formada em Letras e posso afirmar que este curso não é o melhor caminho para se aprender a língua inglesa. Na minha opinião não aprendi nada muito diferente do que vi na escola, usamos pouquissimas vezes o laboratório de línguas. Acho que a melhor maneira de aprender a língua, é estudando bastante em casa e nas escolas de idiomas, onde se trabalha bastante o listening e speaking.

  • 15/10/09  
    camila diz: 14

    Eu moro nos Estados Unidos e tenho o ingles fluente eu estava pensando em fazer faculdade de letras e eu tenho o diploma do High School gostaria de sabe quais sao os beneficios que isso me traz…
    Obrigado

  • 28/10/09  
    NNy diz: 15

    Hey everyone! What´s up?

    Bom… sou formada em letras e amei o curso, hoje 70% do inglês que falo e escrevo é por causa da faculdade, e lógico fiz a minha parte de estudar bastante e ainda continuo fazendo, minhas aulas eram todas dadas em inglês, apresentei vários seminários em inglês e ainda tive aulas de teatro em inglês para melhora a desenvoltura, tudo isso foi muito importante para minha formação, porém o mercado de trabalho não é lá essas coisas, por isso se tiver na dúvida, é melhor cursar um faculdade que te garanta um emprego e fazer inglês em escola de idiomas!!!

  • 09/12/09  
    Angela diz: 16

    Estou interessada em fazer a faculdade de Tradutor e Interprete, porém tenho algumas duvidas e como acompanho este site solicito gentilmente que me ajudem nas questões abaixo:
    1 – Qual o nivel de inglês recomendado para quem quer ingressar na faculdade de Tradutor e Interprete?

    2 – Qual a diferença entre os cursos de Letras – habilitação em tradutor e interprete e somente o curso cuja a nomenclatura é somente TRADUTOR E INTERPRETE?

    GRATA

  • 07/02/10  
    Christian diz: 17

    Hey guys!

    Fiz 2 anos curso de inglês, e sou bem avançado no idioma,estudo no 1° ano do ensino médio na minha escola, e sempre pensei em prestar Letras, mas agora vejo que não é realmente o que me interessa, uns daí falaram que você aprende inglês fazendo, outros falaram que não…, to bem confuso,queria saber se existe uma outra faculdade que possa te preparar para trabalhar em empresas ou estar envolvido diretamente com o inglês,
    assim já posso pensar no que fazer daqui pra frente! Obrigado

  • 13/05/10  
    Daniel Cruz diz: 18

    Pra falar serio eu pensava em fazer Letras, mas depois dessa vou cair fora! faço um curso de English acho massa lá! vou enrrolar com outra facudade! rsrsrsrs

  • 18/05/10  
    Le NZ diz: 19

    Hi guys if you really want to improve your English you must do as I did, go overseas to study it. Studying English in Brazil is both boring and frustrating, I know exactly what I am talking about, because when I arrived in NZ at the beginning of march 2009, I had been studying English in brazil for over two years and I thought I was able to understand locals, However I was completely wrong, it was really disappointing experience also locals had lot of problems to make me out because of my awful brazilian accent ! However as soon as I started studying it at school everything changed, a couple of months later my English skills had improved a lot and nowadays, one year later, I am very fluent and also so proud of my English so I would like to give you a piece of advice if you do love English as I do, do not burn your money and waste your time studying it in Brazil !

  • 19/05/10  
    Rosinéa diz: 20

    Oi, curso licenciatura letras-ingles na ferlagos, Cabo frio. Acredito que se o individuo vai aprender ingles ou nao na faculdade vai depender dos metido e personalidade dos professores, entretanto, nao posso esquecer que os colegas de classe serão essenciais. O meu caso é um pouc diferente, entrei na faculdade e percebi que logo no 1º periodo o minimo que se deve ter para compreender em algumas materias é o basico. Por sorte tenho professores e novas amizades de bom agrado, me ajudam sempre que preciso e ate quando nao é necessario. =D

  • 21/05/10  
    Aline diz: 21

    Hello there…

    I’m 19 years old and I was studying business administration and I stoped in third to four years. So… I always liked much to learn and teach what I know about English, it makes me feel so good.
    After search about another course I just think to do Letter English, surely will be enjoy to do what I realy like.
    I believe that I can improve my English faster practing alone every day all time… When I don’t know some word I try to guess, after search on google translator and little while I’m enriching my vocabulary, I read the New York Times every day, watch movies just using Listening and Legend in English, we can learn using tecnology by computer too. I hope just improve my grammar at University cause any school be able to teach English, but talk fluently ourselves need to got along the time.

  • 01/03/16  
    Ylsara Oliveira diz: 22

    Hello peoples..
    well, I studied English for three years , and chose English letters because I was confident with this course I did. but for those who never attended I think need not fear , the secret is just to study and that everything will work depending on your effort.