"Can you give me a kiss?", o comercial está errado?

Alessandro (online) 3 11 91
Uma campanha publicitária de uma escola de idiomas vem apresentando a frase "Can you give me a kiss?". Amadeu Marques – autor dos livros Snowball, Say it Right! e Say it Right! Exercícios - fez uma crítica interessante sobre aplicação da frase no comercial. Vale a pena conferir:

Crítica ao comercial "Can you give me a kiss?"

E aí, o que vocês acham. Concordam com ele?

See you!

Fonte: INPL

Teste de Nível Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 10 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores experientes. O resultado sai na hora e com gabarito.

Iniciar o Teste Online!
46 respostas
Donay Mendonça 22 102 1.5k
Alessandro,

Há alguns dias, houve um evento esportivo aqui perto, mais precisamente na Pousada do Rio Quente.Tratava-se de um torneio de futebol de areia, e durante o intervalo vi este comercial pela primeira vez. Confesso que é muito criativo, mas a estrutura desta frase me pareceu estranha, diferente do que um nativo, mesmo uma criança iria usar. Pensei por uns instantes em opções mais naturais e me lembrei da famosa frase "Will you marry me?", concluíndo rapidamente que "will" poderia tornar a construção mais natural. Depois esqueci, não mais pensei ou comentei. Agora pude ler este artigo que vem de uma pessoa que entende muito do assunto e não diria algo sem ter absoluta certeza.

Valeu!
Flavia.lm 1 10 95
Show de bola: Tanto o comentário do Amadeu Marques, como o fato de a discussão ter vindo pra cá!
É o tipo de coisa que passa despercebido aos olhos brasileiros, né? E que, depois do "alerta", fica tão óbvio!
Quero ver o que a escola tem a dizer a respeito...

ah, tadinho do Donay que mora perto da Pousada do Rio Quente. ;)
mas q tipo de campanha q é ? tem algum link ? as escolas vivem usando erros nos comerciais (não sei se é o caso pq nao vi o video), mas tem a tal frase e depois "ingles logo vc vai precisar", no mesmo molde de outras tantas...
FIco pensando se poderia utilizar COULD. Could you give me a kiss? ou recai no mesmo erro?
Eis o comercial da Wizard.

https://www.youtube.com/watch?v=VrPJDRlgVXE

(Não tem pra quê eu omitir o nome da escola se ele está tão explícito na propaganda, rs. :lol:)

Agora, eu inocentemente acho que não há um erro tão grosseiro da propaganda, mesmo porque o garoto diz, com uma dicção péssima, "...give me a kiss (?)". Não vejo problema algum sintaticamente. PORÉM, se o menino tivesse se expressado no imperativo ("Give me a kiss!" - Me dá um beijo - coisa de criança mesmo, rs.), soaria MUITO melhor e a propaganda seria fantástica, mas por conta disso se tornou algo tão nonsense, rs.

Enfim, eis minha opinião, ainda de leigo nesse assunto. :?

Regards.
Anúncio Converse grátis por 15 minutos com um professor e verifique como está o seu nível de inglês. Perder o medo de se comunicar é o primeiro passo para a fluência. Cadastre-se na Cambly e experimente o método sem compromisso.

Iniciar Conversação
Flavia.lm 1 10 95
Olá Lucas,

Pode não ser um erro "grosseiro", mas tem uma questão de uso da língua que realmente mostra que esta não é a melhor opção. Além da crítica do Amadeu Marques, o Denilso dá uma explicação bem legal sobre o assunto (link INPL aí em cima na msg do Alessandro).
Só explicando que eu não discordo do que o Amadeus Marques comentou; ele está certíssimo. MAS, na propaganda da Wizard a criança NÃO diz "can you give me a kiss?"... Só se a empresa editou a propaganda após o equívoco, rs. :D
Hello guys and gals, how y'all doing?

Pelo visto o assunto começou a render em outras plagas! :mrgreen: Enfim...

O caso do comercial tem de ser interpretado como uma questão Pragmática e não Sintática. Isto significa que ao aprender uma língua [seja ela qual for] você não pode pensar só na Gramáticas [regras e tecnicismos] e no Léxico Simplista [palavras isoladas]. É necessário ir além! Explico melhor no parágrafo abaixo.

Vamos tomar uma situação como exemplo. Imagine que você está dentro de um ônibus em alguma cidade no Brasil. Você então olha para o motorista e pergunta "quanto custa pra arrumá a televisão?". A sentença falada e a situação não tem nenhuma relação entre elas. Neste caso, nós falamos que há um erro pragmático [no contexto, na situação, no geral] embora sintaticamente [construção da sentença, gramática, colocação das palavras na sentença, etc] esteja tudo perfeitamente bem.

Em inglês, posso citar como exemplo, o caso do 'how are you?' e do 'how y'all doing?' [que usei no começo deste comentário]. 'How are you?' é o que eu uso em situações formais [uma reunião, encontro comercial, apresentações formais, etc]. Já o segundo - 'how y'all doing?' - eu uso com amigos, familiares ou em situações extremamente informais onde as formalidades podem ficar de fora sem problemas.

No caso do referido comercial [apenas em sua versão em panfletos, outdoors, etc] a sentença 'Can you give me a kiss?' não se enquadra no contexto. Logo, dizemos que pragmaticamente [nesta situação, neste contexto, etc] esta não é a melhor sentença a ser dita e não será nem mesmo uma das opções. Um falante nativo não olharia para a garota e diria 'can you give me kiss?' Neste contexto as opções seriam algo como 'will you kiss me?' ou ainda [talvez] 'can I have a kiss?'.

O que o Amadeu quis chamar atenção no texto dele [e que reproduzi em meu blog] foi justamente o erro pragmático, o uso 'errado' da sentença na situação. Só para exemplificar ainda mais, vamos ver outra situação: imagine que o garoto está em uma festa. De repente, uma música romântica toca. Ele se aproxima da garota e diz 'will you dance with me?' ou talvez 'shall we dance?' ou também [quem sabe!] 'dance with me!'. Enfim, em uma situação como esta a construção 'can you dance with me?' não será a usada por um falante nativo.

Antes de postar o texto em meu blog eu conversei com alguns nativos. Expliquei a situação e só então perguntei: 'o que você diria se você quisesse que a menina beijasse'. A respota unânime foi 'will you kiss me?' ou 'can I have a kiss?' ou simplesmente 'kiss me' ou 'give me a kiss' [que é a sentença usada no comercial na televisão]. Conversei também com algumas garotas inglesas e elas disseram que se a pessoa falasse 'can you give me a kiss?' neste caso elas simplesmente deixariam o cara falando sozinho.

Agora, uma observação que fizeram em meu blog e aqui foi a do fato do comercial terminar dizendo 'Inglês. Logo você vai precisar'. Portanto, o garoto ainda não sabe falar inglês e precisa estudar afinal logo ele vai precisar. Ok! eu até engulo isto! Mas com certeza não foi bem a ideia da agência de publicidades!

Enfim, polêmica à parte; o fato é que ao aprender uma língua você deve saber em que situação poderá ou não usar certa sentença. Lembre-se o mico pode não estar na fala com a gramática toda errada ou com a pronúncia imperfeita... O mico pode ser muito maior se você usar a sentença errada em determinado contexto.

That's it! I've said too much! So now I shall get back to my place and hit the books and everything else! Take care, y'all!

* Nossa! Agora que vi que escrevi demais mesmo! Se tiver algum erro aí, favor ignorar!
O menininho nem usa o "Can" gente, a construção está estranha mesmo assim.
Mas achei bonito, engraçado e bem feito o comercial ^^



E por falar em comercial, sejam só esse outro vídeo de outra escola Alemã (engraçado)
:
Donay Mendonça 22 102 1.5k
Pessoal,

Talvez "I'd like to kiss you" resolvesse o problema. Usar "will" ,apesar de ser o mais indicado, pode confundir iniciantes.

Sugestão de leitura:

Can I Kiss You?

It has come to my attention that a few of my friends do NOT like it when they're on a date and a guy asks, "Can I kiss you?" or even just says, "I'd like to kiss you now." I've actually heard that from various women over the years, that a guy shouldn't ask or say anything about it beforehand, he should just do it. But why? I guess for some women, asking makes him seem like a wimp or something, or it makes the moment more awkward, or ruins the moment. But I don't mind at all -- in fact, I think it's kind of sweet.

I also think that I personally do better with a bit of a warning. One of the first guys I met on Match.com last year was saying good-bye to me at Port Authority Bus Terminal after our first date, and after we hugged good-bye, I stepped away, he got this weird look in his eyes, and suddenly he was kissing me. I was VERY caught off guard, to say the least. It was the middle of the day (it had been a lunch date), and believe me, Port Authority is hardly the most romantic spot in the world, so I'm not sure what moment he was caught up in. But here's the best part: after that, he never called me again! One of my friends suggested he was testing to see if there was chemistry and decided there wasn't any. But maybe there would have been, if I'd been a little prepared!

http://www.bestdatesnow.com/2008/06/can-i-kiss-you.html

Bons estudos!
Anúncio Converse grátis por 15 minutos com um professor e verifique como está o seu nível de inglês. Perder o medo de se comunicar é o primeiro passo para a fluência. Cadastre-se na Cambly e experimente o método sem compromisso.

Iniciar Conversação
I wanna f*ck you in the ass.
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

raxei
=]
agora q eu vi o comercial:

tem gente que nao tem oq fazer mesmo pqp
Alessandro (online) 3 11 91
Jefferson,

Você só esqueceu de citar que a frase foi dita o comercial. Quase que eu aplico uma punição em você injustamente. :roll:

Abraço,
Henry Cunha 3 17 182
Se não me engano, fui alvo de exatamente essa pergunta, há um tempo atrás, numa situação semelhante em que mal conhecia a pessoa. Tenho que discordar tanto do Amadeu como do Denilso. prá mim o comercial ficou legal.
Regards
Flavia.lm 1 10 95
tô falando... esse fórum tem novidade dia após dia...
Anúncio Converse grátis por 15 minutos com um professor e verifique como está o seu nível de inglês. Perder o medo de se comunicar é o primeiro passo para a fluência. Cadastre-se na Cambly e experimente o método sem compromisso.

Iniciar Conversação
Hey... Esse video da musica 'infame' é "Dutch" que significa 'holandês'... alemão é "Deutsch" =)

... mais um vídeo sobre "falar" ingles... esse sim é Deutsch=German... 'what are you sinking about'... LMAO

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=GT86iWi ... re=related[/youtube]

Und tschüss!
Ravenna 3
Love his accent by the way =)
Ressuscitando o tópico...

O blog “Inglês na Ponta da Língua” (do professor Denilso de Lima) também abordou o uso da frase “Can you give me a kiss?” do comercial citado. (Veja a matéria completa: http://denilsodelima.blogspot.com/2010/ ... -kiss.html)

Vou reproduzir aqui o que eu escrevi nos comentários dessa matéria:
Tiago disse...

Olá Denilso,

Gostei do tópico, mas tenho que discordar de você. Pelo que você escreveu, dá a impressão de que dizer "Can you give me a kiss?" está errado. NÃO ESTÁ! Tanto “Can you give me a kiss?” como “Will you give me a kiss?” podem sim serem usados sem problemas.

Por via das dúvidas, confirmei isso com duas amigas minhas dos EUA. Ambas disseram que as duas perguntas estão corretas (tanto “Can you give me a kiss?” como “Will you give me a kiss?”). O que acontece é que, tecnicamente falando, “Will you give me a kiss?” estaria um pouco mais correto, pois o “can” também poderia ser interpretado como “poder fazer algo”, conforme você disse. Porém, no inglês do dia-a-dia, poder-se-ia usar ambas as expressões sem problemas. Ambas disseram que um falante nativo entenderia as duas expressões exatamente da mesma forma. Perguntei se “Can you give me a kiss?” soava estranho para elas e elas responderam que não. Também perguntei qual das duas elas usariam e elas responderam que qualquer uma das duas serviriam.

A meu ver, isso é a mesma coisa de você perguntar (em português) algo como: “Você pode me informar onde é a estação de metrô?” e a pessoa, para querer dar uma de engraçada, responder apenas “Sim, posso.”. Tudo vai depender apenas se a pessoa quer fazer uma graça com você ou não.
Denilso de Lima disse...
Hello Tiago, thank you very much for you info.

É curioso isto pois eu também conversei com nativos [americanos, ingleses, australianos e canadenses] e todos foram categóricos em dizer que a sentença "can you give me a kiss" soa extremamente improvável neste contexto.

Ou seja, as sentenças vistas isoladamente são perfeitamente corretas; no entanto, ao ser analisado o contexto geral em que ela é empregada soa realmente estranho na opinião das pessoas com as quais eu conversei.

Pergunte às suas amigas qual é o mais natural: "can you marry me?" ou "will you marry me". Veja as respostas delas e compare com o caso aqui em pauta.

;)
Tiago disse...
Olá Denilso,

Estranho que nativos da língua inglesa tenham opiniões tão distintas. Mas eu ainda acho que "Can you ..." pode ser usado sem problemas. Veja em português: "Você pode me dar um beijo?". Se a pessoa quiser sacanear você, ela vai falar "Sim, posso.". Senão, ela vai interpretar perfeitamente o que você quer dizer. Pra mim é apenas uma questão de educação. Sempre que eu vou pra São Paulo por exemplo, no terminal da Barra Funda, tem um cara lá responsável por dar informações sobre os ônibus. E sempre que eu peço alguma informação, ele faz uma gracinha com a minha pergunta. Eu sempre pergunto algo como: "Você sabe qual ônibus vai para o parque do Ibirapuera?". E ele fala: "Sim, sei." somente para fazer uma graça. Pra mim isso é exatamente a mesma situação do "Can you give me a kiss?".

Com relação ao "Will you marry me?" VS "Can you marry me?" aí não tenho dúvidas. "Will you marry me?" é a forma correta. Mas aí o contexto muda completamente. "Você quer casar comigo?" não é uma pergunta que se faz toda hora, logo, já existe uma forma padronizada para ela. Não porque "Can you marry me?" esteja errado, mas simplesmente porque ninguém usa dessa forma.

Bom, de qualquer forma, acho legal essas discussões. Vamos fazer assim: você fica com o "Will you...?" e eu fico com ambos ("Can you..." e "Will you..." ), hehehe =)

Grande abraço.
Como vocês viram, eu perguntei para duas amigas minhas nativas dos EUA. Ambas disseram que a frase não soa estranha e que elas diriam isso sem problema para algum garoto. Elas também citaram um outro exemplo (que acabei esquecendo de colocar nos comentários acima):

“Can you open the door, please?”

Tecnicamente falando, a frase acima estaria incorreta (pelos mesmos motivos do "Can you give me a kiss?"). Uma das possibilidades “corretas” seria: “Could you please open the door?”. Porém, elas disseram que todo mundo usa a primeira opção (com o “can”).

Eu particularmente acho que não tem certo ou errado nessa história. O Denilso também disse que perguntou para vários nativos e estes disseram o oposto do que minhas amigas disseram. Acho que vai da interpretação de cada pessoa mesmo.

O que vocês acham? :?: :?: :?: Essa discussão promete :mrgreen:


Regards ;)
Gabi 1 1 15
Eu acho que mesmo os nativos podem falar errado. Assim como nós podemos muito bem errar quando falamos português.
Mas talvez nos EUA, ou então da região da onde suas amigas são, seja bem comum falar dessa forma.

Eu só não entendi porque é que todo mundo está comentando sobre o "Can you give me a kiss?" se na propaganda o menino
disse apenas "give me a kiss?" ?

Obrigada por ter colocado o link do comercial,Lucas. ;)
Flavia.lm 1 10 95
Gabi

A frase em questão é da mídia impressa - revistas e "outdoors" - tem diversos aqui em SP city. Parece que no site da Wizard tem também.

Imagem
Anúncio Converse grátis por 15 minutos com um professor e verifique como está o seu nível de inglês. Perder o medo de se comunicar é o primeiro passo para a fluência. Cadastre-se na Cambly e experimente o método sem compromisso.

Iniciar Conversação
Gabi 1 1 15
Ahh , muito obrigada Flá.
Agora sim rs
Gabi 1 1 15
ah meu, queria comentar que depois de ler esses posts todos eu acabei
indo perguntar para uma amiga minha nativa,ela é de Londres, e ela
também me disse que é correto dizer "Can you give me a kiss?".
Flavia.lm 1 10 95
Gabi escreveu:ah meu, queria comentar que depois de ler esses posts todos eu acabei
indo perguntar para uma amiga minha nativa,ela é de Londres, e ela
também me disse que é correto dizer "Can you give me a kiss?".
Rs, rs, rs

Eu já tinha ficado assim: :shock: desde a msg do Henry...
Quem vai chamar o Amadeu Marques aqui?
(E quem vai reescrever as regras para uso de "can" nos livros, heim, heim, heim????)

adoro tópicos com estes aqui....
Gabi 1 1 15
Mas talvez, nem os livros e nem as pessoas que falam "can you give me a kiss" estejam erradas.
Nós devemos procurar falar corretamente, mas um livro, talvez, nem sempre possa colocar um ponto-final
no que é ou não correto.
Alguém chame o Amadeu Marques , por favor. rsrs
Donay Mendonça 22 102 1.5k
Flávia,

Tudo bem, há nativos que digam que a frase está ok, mas quem garante que esta opinião(uso de can) esteja nos padrões de qualidade que a própria empresa defende?

Eles são muito competentes e bons no que fazem, mas ainda acho que este uso do "can" foi um deslize.


Valeu!
Anúncio Converse grátis por 15 minutos com um professor e verifique como está o seu nível de inglês. Perder o medo de se comunicar é o primeiro passo para a fluência. Cadastre-se na Cambly e experimente o método sem compromisso.

Iniciar Conversação
Gabi 1 1 15
Mas Donay, talvez o padrão de qualidade que a gente tem em mente, não seja exatamente algo
de qualidade.
Não estou discordando das regras dos livros, mas talvez esteja faltando alguma coisa
nesses livros que consideramos ter um ótimo padrão de qualidade.
Será que um livro com regras é mais decisivo do que a própria evolução e o uso comum de um idioma?
Me asseguro com os livros, não abro mão deles. No entanto certas coisas
podem já estar além do que o que foi até então impressos nos livros.
E no inglês existem milhares de exceções, mais do que regras.
Esse caso poderia seja uma exceção.
Mas só estou fazendo um comentário sobre o que eu refleti.
Não tenho certeza sobre essa questão.
Flavia.lm 1 10 95
Na verdade, não tenho uma "opinião formada" aqui. Já usei livros do Amadeu Marques e tenho muito respeito pelo trabalho dele. E pelo do Denilso, que corrobora com a opinião dele, e por cada uma das outras pessoas que opinaram nesse tópico aqui.

Antes de levantarem a questão, é bem provável que eu usasse a frase em questão - mas não por achar "normal", e sim por ser erro recorrente de estudante brasileiro. Estou bem longe de dominar o uso de can, could, should e toda essa galerinha aí dos modal verbs.

E, depois de levantarem a questão, confesso que não vou sair usando a frasezinha só porque alguns nativos disseram que está correta. Mas que passei a olhar todas as frases iniciadas com "Can" com outros olhos, disso vcs podem ter certeza. (e creio q o mesmo tenha ocorrido com boa parte das pessoas que já leram a discussão aqui).

Mas o que a Gabi disse faz bastante sentido "Será que um livro com regras é mais decisivo do que a própria evolução e o uso comum de um idioma?" Quantos 'erros' de português já não deixaram de existir por causa do uso? (Tomara que não façam isso com o "Nóis vai" ;) )

Tem um outro tópico rolando aí no fórum, sobre "Could you please inform". Até hoje não entrou na minha cabeça.
We live and learn (sometimes we just live, and have to keep trying hard to learn...)
Round 1:

Amadeu, Donay, Lucas, Flávia, Denilso VS Henry, Me, Gabi :lol: :lol: :lol:

Just kidding guys! ;)

Respeito todas as opiniões. Só não concordo afirmarem com 100% de convicção de que "Can you give me a kiss?" esteja totalmente errado, como foi feito na matéria do Amadeu. Acho que vai da interpretação de cada um mesmo.

Coloque em um outdoor (billboard em inglês ;) ) a frase: "Você pode me dar um beijo?" (em Português mesmo) e vamos ter a mesma discussão. Metade dos Brasileiros vão afirmar que ela pode ser usada (eu incluso) e a outra metade vai dizer que não pode, pois, na prática, todo mundo pode (é capaz de) dar um beijo...

Regards ;)
Flavia.lm escreveu: adoro tópicos como estes aqui....
x2 :D
Ainda precisa de ajuda? Confira algumas opções:
  1. Clique no botão "Responder" (abaixo) e faça sua pergunta sobre este assunto;
  2. Faça uma nova pergunta;
  3. Converse grátis com um professor nativo por 15 minutos: Saiba como!