Como começar? Estou perdida.

Boa noite a todos, sou nova aqui no English Experts. A umas duas semanas eu resolvi aprender inglês, infelizmente, nunca fui fã de línguas e antes não tive interesse na língua inglesa. Mas, atualmente, percebi o quão importante será o domínio do inglês, eu vou iniciar o curso de odontologia e necessito do inglês para ler livros e pro dia a dia. Sem contar que futuramente quero mestrado. Enfim...eu preciso e não tenho condições financeiras de pagar um curso, nem um professor nem nada, só tenho como aprender sozinha. E estou aqui para pedir encarecidamente que vocês me ajudem, preciso organizar meu aprendizado. Não tenho ideia de por onde começar, estou mega feliz por ter encontrado esse site.

Agradeço desde já.

Mais Votada Mais Votada

Primeiramente, você precisa procurar aprender por aquilo que você gosta, que mostra interesse. Eu por exemplo, comecei pelas músicas, as ouvia bastante, as acompanhava com a letra em inglês, depois olhava a tradução dela. Aos poucos fui memorizando as palavras, e ao ouvi-las já sabia seu significado. Depois, assim como você, senti a necessidade de estudar mais, e então entrei neste site. Pelo chat, você já consegue se familiarizar-se com o idioma, conversando com o pessoal e também pode contar com a ajuda de professores e outros estudantes... Te digo que você não aprende de um dia para o outro, ás vezes demora um pouco, mas você ver os resultados. Eu comecei a estudar a 4 meses atrás, mas já consigo entender, escrever e ler pequenos textos e comecei assim como você! Então o segredo é este: comece pelo o que você gosta, Pratique, tire tempo para estudar, tire suas dúvidas e logo verá os resultados.
MENSAGEM PATROCINADA Aprenda dicas sobre os tempos verbais em inglês! Baixe agora o seu Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um ótimo resumo para revisar todos os conceitos.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário Redseahorse 7380 1 13 132
É sempre um pouco complicado dizer como começar para um(a) autodidata, mas na própria internet, é amplo o material disponível para estudos da língua (sobretudo para iniciantes), assim como vc encontrou essa pagina que poderá contribuir para isto, certamente encontrá outras!

Talvez uma boa opção para você, assim que iniciar o seu curso superior, seja tentar um curso no INGLÊS SEM FRONTEIRAS do governo federal.

boa sorte!
Avatar do usuário Donay Mendonça 45275 21 69 1022
Há bons posts aqui no fórum sobre o assunto. Confira um deles.

Por onde começar

Bons estudos.
Avatar do usuário PPAULO 35970 4 32 631
Seja bem vinda, Tamires, você e todos os outros novatos que lerem essa postagem.
O tópico é realmente interessante, simples, básico, mas não há realmente uma resposta simples e que cubra todo e qualquer caso. Lembrando que ha uma ditado "para toda pergunta ou problema, há uma resposta ou solução simples...e errada"!
Contudo, meio que uma tentativa de ajudar (dizem que a intenção é o que conta, então vamos lá) aqui vai meus dois cents.

Tenho percebido que o aprendizado de inglês começa com um "overwhelming'', a pessoa fica meio que uma espécie de "dazed" (atordoado, momentameamente confuso), aonde e por onde começar?
Daí com o tempo passa para um "ooh! não é que eu consigo! nunca imaginei chegar aqui! entender essas coisas, como os horizontes se abriram"! e então "não consigo largar, é muito muito legal"! (contudo, com pequenos períodos esparsos de "hoje tenho esse sentimento de que não aprendi muito, ou quase nada!...mas passa.)

Olha, é bom começar pelo básico, verbo TO BE/TO HAVE, uso de adjetivos, superlativos, plurais, uso de letras maiúsculas vs minúsculas, uso de "falsos cognatos (false friends - in English) etc. É só ver uns livros (até na internet tem, livros começando da 5a série e passando até o segundo grau, e níveis acima.)
Veja nos índices os assuntos que você domina, e pule para os que forem mais interesssantes (necessários/úteis no momento) para você.
Intercale os estudos, um momento de leitura (estudo) com outro de informação (pode ler um artigo da BBC, tem até uma parte "Learning English" até na BBC Brasil. Quando se sentir mais confiante, pode ir para o VOA (Voice of America), eles tem muito material, tipo noticias, tanto escrito quanto falado (em inglês).
Não tenha medo ou vergonha de consultar o dicionário, online, impresso ou ambos. Nem tenha medo de perguntar a quem você acha que vai ajudar e que tem conhecimento e base no assunto de seu interesse.
Se esquecer ou "desaprender alguma coisa", não tem problema, aprenda de novo.

Para muitos, uma boa forma de aprender é pegar um jornal, revista o que for, em inglês e tentar traduzir em português (pode ser escrito ou pode ir lendo em voz alta, já traduzindo...) não importa se algumas vezes você não conseguir e dizer em voz alta "muito thank you"/" a little casa", por exemplo, e coisas assim.
Depois, se possível no mesmo dia, pegar outro(a) jornal/revista etc, em português (um jornal O Globo, uma revista Veja, Istoé, qualquer coisa) e fazer o inverso, tentar traduzir para inglês. Algo disso aí, pode ficar ''martelando na cabeça", aí é só vir aqui e perguntar "como é que posso colocar tudo em inglês nessa frase que tentei traduzir "muito thank you"? Alguém vai ajudar.
Claro que com o tempo, será preciso se exigir mais de si próprio e deixar a fase de frases misturadas e partir para frases totalmente em inglês, de novo, não tenha vergonha de pedir ajuda; a pergunta de uma pessoa pode ser a de muitos, so que muitos não querem expressar que tem dúvidas. Alguns, em dúvida, podem julgar/considerar isso como "pagar mico". Não é, é uma forma de aprender, adquirir conhecimento e informações valiosas.
Depois de tudo isso, vem a fase do "inglês natural", pois muitas vezes o português "atrapalha", e pode acontecer de construirmos frases que podem ser entendidas por um nativo, mas que não são geralmente usadas com esta ou aquela "escolha de palavras", podendo até ser que a nossa escolha de palavras faça um sentido diferente ou até o oposto daquele que tentamos exprimir.

Ah, e aqui no English Experts o Alessandro fez uma coletânea muito boa de tópicos para estudo de inglês, parecido com um livro. Abrangendo dos tópicos que citei acima (verbos TO BE/TO HAVE etc) até tópicos mais abrangentes e de maior grau de dificuldade, para alunos "pre-intermediate" e acima.

Depois de tudo isso, você pode se testar, com sites como esse:
http://www.englishtag.com/tests/level_t ... ced_C1.asp


E outros, ou até fazer "level tests" (free assessment tests to see your level of English)
http://www.englishtag.com/tests/level_test.asp

http://www.examenglish.com/leveltest/

http://www.ilsenglish.com/quicklinks/te ... lish-level


Testes que podem lhe auxiliar, dizendo "onde você está", e assim você poderá começar seu plano de voo para o estudo, ver onde pode melhorar, onde errou e acertou. E até perguntar aqui o porquê e onde.

Boa, sorte, espero que tenha gostado de seu primeiro contato conosco e que tenha "sentido firmeza" (botado fé/sentido confiança) no site e nos participantes. Agora é com você! go go go!
Avatar do usuário PPAULO 35970 4 32 631
E antes que apontem, vou acrescentar aqui que o que eu expliquei ontem não se aplica a todo aprendizado, há casos e casos.
Me referia, mais especificamente, ao de um aficionado como muitos aqui são. Contudo devo acrescentar que nem todos tem o mesmo passo-a-passo descrito anteriormente, há alguns que pulam alguma(s) etapas, e mais importante ainda, há aqueles que aprendem por "osmose" quando submetidos ao ambiente de um país de língua inglesa (ou talvez com algum curso de imersão em inglês, etc.)

Assim, para uma pessoa que for morar/trabalhar em um país de língua inglesa seria como andar com um GPS cuja recepção sempre funciona, full. De tanto interagir, se aprende no "automático" instintivamente a falar e se comunicar, tanto certo como errado, tanto gíria e coloquialmente quanto
formalmente, e a levar em conta a audiência (falando com o patrão/professor etc, será um pouco diferente de falar com o cara da quitanda ou uma pessoa na balada.)

Ao passo que muitos de nós temos menos contato e assim é necessário uma ou outra vez lançar mão de (por exemplo) sites, dicionário, ou conversações (pelo menos parcialmente em português) com professores ou colegas para se fazer entendido e entender uma ou outra concepção, interpretação etc, o que se torna como um GPS que fica "on" e "off" todo tempo, entrando em áreas de "vazio de sinal" (e sem recurso de navegação offline, como tem em alguns telefones atuais.) Então se terá que lançar mão de parar no posto da esquina para perguntar, ou começar a olhar por acidentes geográficos, prédios etc, placas, etc, com finalidade de orientação.
Nesse cenário haverá mais possibilidade do estudante passar por aquelas fases a que me referi (e o uso de algumas "muletas" iniciais. Como por exemplo a elaboração de frases meio misturadas, o uso de dicionários inglês-português e o uso de expressões não naturais, num primeiro momento.
Contudo, nada grave, só é como chegar a um lugar com escolha de diferentes caminhos ou meios de transporte.


---------------
And a bonus here:

https://www.englishexperts.com.br/0 ... ar-ingles/