Como dizer "Promotor público,Procurador de justiça" em inglês

rined 15 1
Oi meu anjo, boa tarde. Eu gostaria de saber se tem, e como falo em inglês, Promotor Público ( os que fazem acusação do reú em plenário do juri ), e Procurador da Justiça ( quem trabalha em Prefeituras ), desde já, obrigada.
MENSAGEM PATROCINADA Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 15 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores e linguistas certificados. O resultado sai na hora e com gabarito.

Iniciar o Teste Online!
4 respostas
Ordenar por: Data

Donay Mendonça 59250 21 98 1429
Confira a seguir.

Como se diz "Promotor público, promotor de justiça" em inglês:

- Public prosecutor
- District attorney (AmE)

Como se diz "procurador de justiça" em inglês:

- Public attorney

Bons estudos.

rined 15 1
Amei a resposta. Era uma dúvida que me perseguia ha algum tempo. Thanks a lot.

Nerrian Possamai 10
Gostaria de contribuir para o debate, fazendo uma pequena problematização: se o seu objetivo é traduzir para o inglês os cargos brasileiros, deve-se entender de qual profissional se está falando. Pelo que entendi da sua pergunta, você está falando daqueles profissionais que são responsáveis pela matéria de competência estadual; portanto, o promotor de justiça (na primeira instância da justiça estadual) e o procurador de justiça (responsável pela segunda instância). Isso, naturalmente, pode mudar de estado para estado da Federação, mas, em linhas gerais, esse raciocínio básico deve funcionar para a maioria dos estados. Essa questão é importante, pois, se estivéssemos falando da Justiça Federal, teríamos o Procurador da República (responsável pela primeira instância federal) e o Procurador Regional da República (responsável pela segunda instância federal). Se a matéria puder ser recorrida novamente, ou seja, seguir para ser apreciada pelo STJ ou pelo STF, a competência estadual acaba. Sendo assim, essa matéria será de competência do MPF. Lá, os Procuradores com competência para apresentar os recursos perante o STJ são os Subprocuradores-Gerais da República, enquanto o único competente para as causas debatidas perante o STF é o Procurador-Geral da República.
Para uma lista completa das traduções oficiais do MPF, segue link deles: http://www.internacional.mpf.mp.br/link ... ais-do-mpf
Após essa pequena problematização, devo entender que você está falando do promotor de justiça; ou seja, justiça estadual. Note que é redundante dizer "promotor público", pois todos estes profissionais exercem a função pública, por serem Membros do Ministério Público. Nos EUA, o responsável pela matéria estadual é o "district attorney", enquanto o profissional cuja competência é federal chama-se "U.S. Attorney". O Procurador-Geral americano é o "Attorney General", que trabalha para o "Department of Justice". Para detalhar essa explicação, cito trecho do livro "Outline of the U.S. Legal System", publicado pelo Departamento de Estado Americano, página 78: "Federal prosecutors: each federal judicial district has one U.S. Attorney and one or more assistant U.S. Attorneys. They are responsible for prosecuting criminal defendants in criminal cases in the federal district courts and for defending the United States when it is sued in a federal trial court". (...) "Prosecutors at the State Level: those who prosecute persons accused of violating state criminal statutes are commonly known as district attorneys".
Já na Inglaterra e no País de Gales (na estrutura jurídica deles, não se pode incluir a Escócia e a Irlanda do Norte, que têm sistemas jurídicos distintos), a discussão de competência por matéria estadual ou federal sequer faz sentido. Lá, as profissões jurídicas são divididas em duas (falarei agora dos advogados, para fazer-me entender): o advogado que faz defesas extrajudiciais e oferece consultoria jurídica é o "solicitor", enquanto aquele que defende o seu cliente em um processo judicial, ou seja, perante o tribunal, é o "barrister". Ao contrário do Brasil, as carreiras jurídicas lá são separadas e, desde a faculdade, o aluno já deve optar por se tornar "solicitor" ou "barrister". Essa divisão também é presente na carreira do promotor/procurador: os "Crown Prosecutors" são os promotores/procuradores equivalentes aos "solicitors", enquanto os "Crown Advocates" são os equivalentes aos "barristers". Além dessa estrutura do Crown Prosecution Service, há outros órgãos que têm competência para fazer a persecução penal. O principal deles é o SFO (Serious Fraud Office).
Como se pode ver, deve-se ter um bom conhecimento tanto da estrutura judiciária brasileira quando da estrutura judiciária do país destinatário antes de se proceder à tradução desses termos. Naturalmente, se estivermos falando, por exemplo, da Nova Zelândia ou da Índia, nada dessa conversa vale (fora a parte sobre a estrutura brasileira) e deve-se fazer uma pesquisa sobre a estrutura do referido país.
Espero haver contribuído para aclarar a questão, apesar do tamanho do texto.

woehl 130 1
Amigos eu não sou advogado mais sou procurador da empresa do meu pai.

Tenho uma procuração pela qual sou autorizado a fazer qualquer operação com a empresa como se fosse dono.

Como eu digo as seguintes frases:

> "Posso solicitar o certificado digital A3 para a empresa como procurador?"
> "Não sou o dono mais sou o procurador da empresa".

Obrigado.