Estrutura "Para eu não + verbo no infinitivo" no inglês

Não sei se o correto em uma frase é dizer "I did my homework yesterday for me not to need to do it today." (Eu fiz minha lição de casa ontem para eu não precisar fazê-la hoje.), usando a estrutura "For me not + verbo no infinitivo" ou se é de outra maneira o correto na língua inglesa. Obrigado desde já para quem me ajudar e explicar direitinho.

ENGLISH PLUS POR R$ 8/MÊS Além de aprender sem anúncios, você terá acesso: ao Curso do English Experts, a respostas verificadas por especialistas (ilimitado), ao aplicativo Meu Vocabulário e ao Minicurso de Business English. ATUALIZAR AGORA
24 respostas
Thomas 7 60 288
(a) I did my homework yesterday so I wouldn't have to do it today.
(b) I did my homework yesterday so I wouldn't need to do it today.
(c) I did my homework yesterday so I don't need to do it today.
(d) I did my homework yesterday so I don't have to do it today.

Note that sentences (a) and (b) express an idea very close to the Portuguese sentence. I did my homework yesterday for the purpose/goal of not having/needing to do it today. In sentences (c) and (d) a slightly different thought is expressed. I do not have/need to do my homework today because I did it yesterday.

There does not seem to be a simple formula for translating "para eu não + infinitivo" into English. Often, however, "so I wouldn't" works well.
Ela me falou isso para eu não chorar. She told me that so I would not cry.
Trabalhei demais para não passar com fome. I worked hard so I would not go hungry. I worked a lot so as not to be hungry.
Mas eu estou perguntando sobre a gramática que eu usei na primeira frase, não quero outros exemplos, estou perguntando se a estrutura "For + me + not + to + verbo no infinitivo" é correta para indicar o que eu coloquei lá na frase acima.
Carls 2 75
Mas eu estou perguntando sobre a gramática que eu usei na primeira frase, não quero outros exemplos, estou perguntando se a estrutura "For + me + not + to + verbo no infinitivo" é correta para indicar o que eu coloquei lá na frase acima.
Acho que a sua construção também é possível:

1- It´s Not For Me To Say (título de uma música de Johnny Mathis)
https://www.youtube.com/watch?v=mbLdHrRv2Wg

2- Prayer for him to remember i love him.
http://www.prayers-for-special-help.com ... e-him.html
Henry Cunha 3 17 182
LP, v concorda que podemos omitir o segundo "eu" da sua sentença?

Eu fiz minha lição de casa ontem para não precisar fazê-la hoje.
ou a inversão:
Para não precisar fazê-la hoje, eu fiz minha lição de casa ontem.

Porisso, "para não precisar" = so as to not have to / so as to not need to / so that I need not / so I wouldn't have/need to

I did my homework yesterday so ... (qlqr uma opção acima)

O Thomas procurou outra saída porque a sua opção, embora ok gramaticalmente, fica um tanto estranha em inglês.
Henry Cunha 3 17 182
Esse "para" funciona de diversas maneiras. Por ex :

Para abrir a garrafa, vire a tampa. = (In order )To open the bottle, turn the top.
Para eu entender melhor, fale mais alto. = So (that) I may understand better, speak louder. (E não: For me to understand better,...)

Para mim, basta só um pouco. = For me, a little is enough.
A cesta está lá para eu pegar. = The bag is there for me to pick up.
A cesta está lá para ser pêga. = The bag is there /for pick-up/to be picked up.

Se alguém sabe formular uma norma, por favor...
Donay Mendonça 22 103 1.5k
Complemento:

They said for me not to make any comments.
Eles disseram para eu não fazer nenhum comentário.
Marcio_Farias 1 23 214
Sugestão:

They told me not to...
To better understand you, please speak louder (Alguma coisa errada com essa aqui?)
Henry Cunha 3 17 182
donay mendonça escreveu:Complemento:

They said for me not to make any comments.
Eles disseram para eu não fazer nenhum comentário.
Like Marcio, you've got me asking... wouldn't it be simpler to write

They told me to not make any comments. = They told me to make no comments.
They said to me to not...
They advised me to not...
(?)
Donay Mendonça 22 103 1.5k
Henry,

Concordo. Porém o uso de "they said for me not to make any comments" pode implicar que "eles disseram"(they said) não diretamente para mim, mas a outra pessoa para esta pessoa dizer a mim.

Um contexto:

John: I'll eat some chocolate. Would you like some?
Mary: John, mom said for you not to eat chocolate every day.
John: Where did you get this idea? She never said anything to me about not eating chocolate.
Mary: She asked me to tell you about it today.
Henry Cunha 3 17 182
You are absolutely right, Donay. And your example illustrates the point perfectly.
donay mendonça escreveu:Complemento:

They said for me not to make any comments.
Eles disseram para eu não fazer nenhum comentário.
Então cara, mas a estrutura "For + Me + To + Verb In Infinitive" é a estrutura afirmativa né, aí fica, por exemplo, "Para eu fazer", "Para eu pegar", "Para eu chamar", por exemplo:

Continuo trabalhando para eu não depender do meu pai.

Esse "Para eu não depender", em inglês, seria "For me not to depend" ?
Henry Cunha 3 17 182
LP, translate these four sentences:

He keeps working.
He keeps working for me.
He keeps working to eat.
He keeps working for me to eat.

What does the last sentence say:
He keeps working so I can eat? (or)
He keeps working for me so that he can eat?

Parece um pouco melhor:
He keeps working for him to eat.

Mas apresenta o mesmo problema. Nem todo uso de 'para' traduz bem para "for". Quando fazemos uma ligação de duas idéias conectadas por "razão pela qual", vale a pena contemplar o uso de "so that" ou "in order to" em vez de "for".
LP0956 escreveu: Esse "Para eu não depender", em inglês, seria "For me not to depend" ?

sim, mas este "para" +e diferente.

eu diria que ele é causal, ao passo que os outros são finais
Henry Cunha escreveu:
He keeps working.
He keeps working for me.
He keeps working to eat.
He keeps working for me to eat.

What does the last sentence say:
He keeps working so I can eat? (or)
He keeps working for me so that he can eat?
for the second meaning, shouldn't we have a comma?

He keeps working for me, to eat.
Henry Cunha 3 17 182
Let me try another example.

He kept waiting for me to go.
He kept waiting for me, to go.

Em contexto, na língua oral, fica claro qual o significado em jogo. Mas no escrito, esse tipo de shortcut seria considerado duvidoso. Temos opções:

He kept waiting for me for us to go.
He kept waiting for me so we could go.

Este primeiro não seria incomum na língua oral. O segundo aproxima o padrão da língua escrita.

Dizemos coisa deste tipo toda hora:

She kept waiting for him to arrive for her to get the key for opening the garage door, but for him it didn't seem to matter if she was late for work.

It's casual language, of course. "So she could get the key" is an obvious replacement for "for her to get the key" if we're writing in more standard fashion.

Perhaps the idea of causality (cf. Rodzilla) is helpful.
Telma Regina 9 62 593
A estrutura "for + objeto + to-infinitivo" é usada para 'expressar propósito, objetivo'.
"For expressing purpose"
Usamos essa estrutura para dizer porque algo é feito (para expressar um objetivo).
Exemplos:
The shops provides baskets for the customers to put their purchases in.
"for + objeto (the customers) + to-infinitivo"
It is difficult for unskilled people to find work these days.
"for + objeto (unskilled people) + to-infinitivo"

Essa estrutura também é usada após adjetivos:
Exemplos:
She was anxious for the party to be a success.
"for após o adjetivo 'anxious"
The Olympics are too expensive for most countries to stage.
"for após o adjetivo 'expensive"

Nessas sentenças "for" é usado como uma conjunção, unindo sentenças.
A frase que você sugeriu:
"Continuo trabalhando para eu não depender de meu pai"
Sentenças: "I keep working" e "I don't depend on my father".
(I keep working for me not to depend on my father).
É melhor usar "so" ou "so that" como Henry sugeriu, pois, na sua frase, os dois sujeitos são iguais: "eu".
"I keep working so I don't depend on my father".
Em Inglês, até onde sei, não é possível usar essa estrutura para unir frases com o mesmo sujeito.
(Fonte: Oxford Practice Grammar, unit 68, page 162)
Henry Cunha 3 17 182
Como conjunção, o significado se transforma em "because", ou "since":

I am now a new person, for I have seen the light. = I am a new person because I have seen the light.
I keep on working, for that is the way not to depend on my father. = I keep on working since (because)... .
I did what I did, for I had no other choice. = I did what I did because... .

The common subject may not be an issue, but the punctuation may be essential.
Telma Regina escreveu:A estrutura "for + objeto + to-infinitivo" é usada para 'expressar propósito, objetivo'.
"For expressing purpose"
Usamos essa estrutura para dizer porque algo é feito (para expressar um objetivo).
Exemplos:
The shops provides baskets for the customers to put their purchases in.
"for + objeto (the customers) + to-infinitivo"
It is difficult for unskilled people to find work these days.
"for + objeto (unskilled people) + to-infinitivo"

Essa estrutura também é usada após adjetivos:
Exemplos:
She was anxious for the party to be a success.
"for após o adjetivo 'anxious"
The Olympics are too expensive for most countries to stage.
"for após o adjetivo 'expensive"

Nessas sentenças "for" é usado como uma conjunção, unindo sentenças.
A frase que você sugeriu:
"Continuo trabalhando para eu não depender de meu pai"
Sentenças: "I keep working" e "I don't depend on my father".
(I keep working for me not to depend on my father).
É melhor usar "so" ou "so that" como Henry sugeriu, pois, na sua frase, os dois sujeitos são iguais: "eu".
"I keep working so I don't depend on my father".
Em Inglês, até onde sei, não é possível usar essa estrutura para unir frases com o mesmo sujeito.
(Fonte: Oxford Practice Grammar, unit 68, page 162)
Perfeito, minha dúvida é realmente sobre isso: Gostaria de saber se a estrutura negativa de "For + object + to + infinitive verb" é "For + object + not + to + infinitive verb" ou se é "For + object + don't + verb in infinitive" ou se a estrutura é outra, gostaria de saber como ela é. Grato desde já pela ajuda.
Telma Regina 9 62 593
"For + object + not + to + infinitive verb"
Thanks a lot, agradeço mesmo pela ajuda :D
Telma Regina 9 62 593
Correção:
Na estrutura "for + object + to-infinitive" a palavra "for" não é uma conjunção.
Nesse caso, "for" é uma palavra que faz parte de uma estrutura para formar uma frase que expressa porque algo é feito.
(Thanks Henry).
Na frase "O que eu posso fazer para eles não me matarem?", a estrutura "Para eles não me matarem" a seguinte frase está correta: "What can I do for them not to kill me?" ou o correto seria "What can I do for them to not kill me?" ou nenhuma das duas frases estão corretas?
Henry Cunha 3 17 182
O mais adequado aqui seria:

What can I do so (that) they will not kill me?

Para clarificar os usos de "to", "for" e "so(that)" para indicar propósito, veja

http://www.usingenglish.com/quizzes/112.html
http://computer-howto-2010-english.blog ... rpose.html
Henry Cunha escreveu:
LP0956 escreveu:Na frase "O que eu posso fazer para eles não me matarem?", a estrutura "Para eles não me matarem" a seguinte frase está correta: "What can I do for them not to kill me?" ou o correto seria "What can I do for them to not kill me?" ou nenhuma das duas frases estão corretas?
O mais adequado aqui seria

What can I do so (that) they will not kill me?

Para clarificar os usos de "to", "for" e "so(that)" para indicar propósito, veja

http://www.usingenglish.com/quizzes/112.html
http://computer-howto-2010-english.blog ... rpose.html
Mas estaria incorreta a minha construção?
Henry Cunha 3 17 182
Veja, não é questão de gramática, é questão de uso. Não sei se v notou esta parte, no segundo site referenciado acima:

So that
Sometimes you have to use so that for purpose. We use so that (not to ...):
i) when the purpose is negative (so that ... won't/wouldn't):
* I hurried so that I wouldn't be late. (= because I didn't want to be late)
* Leave early so that you won't (or don't) miss the bus.