I never was there x I have never been there: Qual a diferença?

Quando eu uso cada uma dessas expressões?

"I never was there" e "I have never been there".

Teste de Nível Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 10 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores experientes. O resultado sai na hora e com gabarito.

Iniciar o Teste Online!
2 respostas
  Resposta mais votada
Em linhas gerais, é por aí mesmo como o JAIME sugeriu, o "was" (pra ficar no seu exemplo) passa uma mensagem de algo que ocorreu no passado e de alguma forma não tem conexão com presentes ou futuras ações). E o "have been" passa de alguma forma uma conexão com o que está sendo tratado/falado agora no presente (ou passado mais recente, às vezes) ou possibilidade futura.
De qualquer forma, confesso que não lembro de ter lido ou ouvido "I never was there", apesar de parecer bem correto, é mais comum de lermos ou ouvirmos "I was never there".
Abs,
Anúncio Cambly Gostou da dica? Agora é hora de praticar!

Utilizar o inglês em interações reais levará você à fluência mais rápido. Pensando nisso, o nosso parceiro está oferecendo 15 minutos de aula grátis, não perca essa oportunidade. O link abaixo ativa o cupom!

Cupom: 15 minutos de aula Grátis!
A primeira passa a impressão de que jamais acontecerá em nenhum momento da vida. A segunda passa a impressão de que embora ainda não tenha acontecido, ainda há a possibilidade futura. Vou te dar um exemplo com uma frase do Steven Jobs que eu li há um tempo:
Truth be told, I never graduated from college.
Steve diz que nunca se formou na universidade. Ou seja, isso era algo que, possivelmente pela idade, não iria ocorrer, ainda mais pela situação financeira dele (um bilionário). Mas agora, se eu digo I have never been to Brazil, significa que nunca fui ao Brasil, mas que ainda pode ocorrer no futuro.
Bem, não muito bom para escrever, mas é mais ou menos isso aí.
Ainda precisa de ajuda? Confira algumas opções:
  1. Clique no botão "Responder" (abaixo) e faça sua pergunta sobre este assunto;
  2. Faça uma nova pergunta;
  3. Converse grátis com um professor nativo por 15 minutos: Saiba como!