Inglês nas escolas regulares - públicas e particulares

Olá! Vim aqui no site catar um post antigo meu e, ao pesquisar "meus tópicos", vim parar aqui. Realmente, meu último parágrafo está equivocado, quer dizer, se foi isso que eu dei a entender - que o uso de novas tecnologias são a única solução -, me expressei muito mal.

Mas tenho algo a acrescentar, uma experiência que eu tive nesta semana. Não trabalho mais naquela escola em que eu trabalhava em 2010. Agora dou aula em uma escola privada bastante elitizada. Os alunos viajam ao exterior com frequência e fazem curso de inglês. Pois bem, dentro desta realidade, é claro que meus dois míseros períodos são piada para eles. Well, no intuito de oferecer algo relevante a eles, eu escolhi trabalhar contos (em inglês adaptado!) de Edgar Allan Poe com eles, já que adolescentes de 14 anos AMAM histórias de suspense, horror etc. Primeiro trabalhei o The Cask of Amontillado. Depois, fiz um trabalho avaliativo com The fall of the house of Usher, com as devidas atividades de pre-reading preparando para o vocabulário, e as posteriores questões de compreensão e interpretação. Adivinhem? Reclamaram! "Ai, isso tá muito difícil". Ué? Não são os "sabem-tudo"? Inglês de colégio não é fraco? Já não aprenderam tudo em jogos online e nas séries do Warner Chanell? Aí é que me refiro minha gente: falam mal do inglês do colégio como se soubessem muita coisa! Assim como um idioma não é só regras gramaticais, também não é só gírias e idioms. Entendem The big bang theory, mas quando se deparam com um texto adaptado de Poe, tremem na base (vamos combinar, pessoal, The fall of the house of Usher nem é um conto difícil. porque poderia ser este o aspecto, né? não a língua, mas a literariedade do texto, mas não foi o caso).

E o pior, gente, é que mesmo tendo trabalhado Poe (e indefinite pronouns, relative clauses, present perfect...), se perguntarem a esses mesmos alunos daqui alguns anos o que eles aprenderam de inglês na escola, vão responder o mesmo clichê "Verb to be". Me digam: o problema está nos professores ou nos alunos?
MENSAGEM PATROCINADA Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 15 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores e linguistas certificados. O resultado sai na hora e com gabarito.

Clique aqui para iniciar o Teste Online!
O problema se encontra em ambos. O professor porque não está adaptado ao nível do aluno e este por não dar importância ao ensino de inglês na escola, não se interessa.