Meu sonho é morar nos EUA um dia, mas já to desistindo!

Avatar do usuário Adriano Japan 805 1 18
Adriano Japan escreveu:Se você nunca viajou para fora nem mora em uma cidade relativamente grande o bastante para construir sua rede de contatos que podem te dar uma luz a mais não desanime, o negócio agora é afiar o inglês (business English too!) e entrar em contato com todas as empresas/pessoas/associações que você ache que se enquadra no seu perfil e que pode te auxiliar a ir para os Estados Unidos.

Já vi vários profissionais que conseguiram imigrar com esta técnica que se assemelha a uma "pescaria". Se um profissional de IT, ator de teatro ou enfermeiro mandar 10 e-mails para 10 empresas toda semana alguns vão te responder, e destes alguns, uma hora vai ter 1 que a negociação vai prosperar e dará tudo certo. NO GAIN NO PAIN.


Prova que a dica de persistência funciona.
Agora a pouco recebi mais uma proposta de trabalho (1ª do ano, ano passado foram 2) em uma empresa da minha área para ficar na Philadelphia por 1 ano e meio, sendo que eu não estava nem procurando trabalho nos Estados Unidos.
Como todo tradutor profissional, estou sempre a enviar meu Perfil para empresas de tradução locais e estrangeiras para cadastro de tradutores online (fazer tradução de projetos em casa ou enquanto está viajando), não tenho a mínima intenção de imigrar e sair de onde moro com a família (em Osaka e Seoul), mesmo assim vez ou outra chegam oportunidades assim com tudo providenciado pelo simples fato de enviar periodicamente e-mails para empresas estrangeiras.

Se você fala um bom business English, tem seu Resume em inglês preparado e principalmente foco (não basta só "querer imigrar", tem que almejar alguma coisa) não há absolutamente NADA que o prenda aonde não deseja estar.
Foco e dedicação sempre!
Boa sorte a todos!
MENSAGEM PATROCINADA Aprenda dicas sobre os tempos verbais em inglês! Baixe agora o seu Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um ótimo resumo para revisar todos os conceitos.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário PPAULO 39205 6 32 684
Congratulations on your achievements and your English, Adriano. There´s no substitute for hard work, experience, perseverance and persistence.
Plus, it´s feels great to have one competence and skills acknowledged. We are proud when we see one of the EE members standing out!
Avatar do usuário Adriano Japan 805 1 18
Thank you for your kind words Paulo! I definitely agree that there is absolutely nothing that trumps persistence and hard work.
Goodwill is not enough to achieve your most cherished dreams. Some of your friends can only see the results, they would never imagine all the hardships you went through and the massive courage it took to take the first step. ;)

Então, hoje vou dissecar de um modo bem simples sobre os passos que comentei nos posts anteriores.

1. Tire o passaporte, trabalhe em seu Resume em inglês caprichado (se possível solicite um native check a um amigo ou tradutor profissional - isto é muito importante!) e estude o Business English focando em gramática e vocabulário de business e-mails (há muita coisa disponível na internet, incluíndo uma ilimitada fonte de samples).

2. Escolha o país onde pretende morar. Não é a escolha da sua vida, não precisa ser definitivo, você pode morar por um tempo, superar suas expectativas e tirar um visto permanente ou ir experienciar algum outro país depois. Sim, depende muito do calibre do profissional, mas o segredo é que infelizmente é infinitamente mais fácil imigrar para qualquer outro lugar se você já estiver em algum país de Primeiro Mundo, ou pelo menos em algum lugar estabilizado. A empresa Britânica pode ver o applicant estrangeiro morando em Vancouver por exemplo como alguém seriamente interessado na companhia a ponto de deixar o sossego do país canadense para começar de novo em Londres. Se você mora no Japão por exemplo tirar um visto de turismo ou trabalho americano é como uma ida ao dentista, absolutamente nada comparado aquela penitência que se passa em São Paulo.

3. Escolher a dedo todas as empresas lá no país estrangeiro que você tem confiança que pode contribuir e ser reconhecido ao mesmo tempo. Esta é a parte mais árdua do processo. Pesquisar, visitar site por site, ver se a empresa lhe agrada e se encaixa no seu perfil, mandar o e-mail padrão mas sempre com um toque personalizado (obviamente o nome da Empresa, cidade onde ela está instalada, que você elogia e deixa claro que gostaria de experienciar, nem que por um curto período de tempo - o que não deixa de ser verdade), tudo bem profissional como se estivesse mandando para uma empresa brasileira, sem mencionar palavras como "imigrar", "quero morar". Se for com muita sede ao pote eles perdem a confiança no profissional que você é.
As empresas que você estiver mais de 100% interessado você pode preferir além de enviar um e-mail, mandar seu CV por carta ou FAX também para aumentar suas chances.
Se tiver sorte, encontrará aqui e ali listas como estas para te auxiliar. Esta é uma lista de empresas de cada país da minha área:
http://www.translationdirectory.com/translation_agencies.php

4. Última dica: se possível responda aos e-mails que lhe enviarem em menos de 5 horas. 12 horas é prazo "limite" para demonstrar que você está completamente interessado. Se você se deparar com uma lista de 100 empresas, prefira enviar de 3 em 3 ou 5 em 5 por dia. Enviar tudo de uma vez resultará de 5 a 20 e-mails de imediato na sua caixa de entrada que você não dará conta de responder no mesmo dia.

Espero que estas dicas sejam de auxílio para quem realmente deseja dedicar todo o tempo e esforço necessários para tentar uma vida nova em outro lugar.
Avatar do usuário PPAULO 39205 6 32 684
I know what you mean. Achievement is just the tip of the iceberg, sometiems one can´t imagine the blood, sweat and tears expended in the process!
Again, thanks for your insights earned by experience, it isn´t everyone that willingly pass on such knowledge. And something that shouldn´t just be taken for granted. I wish you all success in life, buddy.