Ouvir diferentes sotaques atrapalha no estudo?

Hello everyone!

Bom, estou começando a praticar meu listening com a ajuda de filmes, só que de uns dias pra cá estou com uma dúvida tremenda.
É que muitas vezes eu baixo filmes com o áudio em inglês, só que o filme não é Americano ou Britânico, as vezes é de outros países e o sotaque muda completamente. Então queria saber se isso ajuda ou atrapalha meu estudo!

OBS: Os filmes são com legenda em inglês.

Thanks a lot!
MENSAGEM PATROCINADA Aprenda dicas sobre os tempos verbais em inglês! Baixe agora o seu Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um ótimo resumo para revisar todos os conceitos.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário PPAULO 39205 6 32 684
Acho que não, pense numa criança ou adolescente e o modo como eles falam com os outros.
Quando falam com os pais e avós é uma linguagem, com os amigos é outra (maior uso de gírias etc...), com os amigos do trabalho jargão próprio da profissão etc.

Porém tenho algumas observações a fazer:
O inglês comercial é mais americanizado, por que não dizer o inglês mundial? mas é bom lembrar também que os países que recebem transmissões da inglaterra (UK) recebem influência (accent) daquele inglês. Mas, talvez não somente do de lá.

Se você estiver fazendo um curso tipo Cultura Inglesa (focado no inglês britânico), foque também no mesmo tipo de inglês, para não fazer confusão. Principalmente se você estiver no básico.

Há publicações, CDs e mídias que vem com diferentes sotaques, mas eles avisam.
Para o aluno de nível básico é bom ter cuidado de não ouvir/praticar sem estar atento a isso. Imagine você estar usando termos únicos da inglaterra (ou pouco usados nos E.U.A.), lá em Orlando, pensando que está fazendo o maior sucesso!

Com o tempo você "acostuma" o ouvido, aí tudo bem.

Há diferenças de algumas regiões nos Estados Unidos, e até da dicção (de pessoa pra pessoa). Some-se a isso que os textos em CDs ou aulas são gravados em estúdio e falados pausadamente, na vida real pode lhe pregar peças.

Resumindo, ao passar do básico treine treine e treine o listening, nunca é demais. Principalmente se você for viajar ou tiver que usar essa habilidade.

Filmes são bons, são ótimos.
Mas lembre-se, há escolas que nas provas de audição não deixam você ver filme.
A razão é que você pode fazer "leitura labial", sim o jeito da boca pronunciar pode dar dicas de muitas palavras e frases. Mais ainda, você pode descobrir o que estão falando pela linguagem corporal também.

Assista filmes, mas pratique também sem olhar. Por exemplo, escutando rádio, CDs etc.

Com o tempo, e principalmente se você trabalha com o público ou viaja; sim, é desejável aprender vários sotaques diferentes.
Avatar do usuário Sypher 955 1 1 24
Olha, Jean, como já disse o Paulo eu também acho que isso não influi em nada. Tanto faz o áudio que você ouve, o que importa que você consiga entender.

E sério, não fique forçando em áudios que você entende menos. Por exemplo, ontem eu assisti o primeiro episódio de uma série britânica chamada In The Flesh. Se não fossem as legendas em inglês, eu teria me perdido em vários lugares. Eles falam um tipo de inglês britânico caipira (talvez seja algo da Irlanda), que nossa, algumas horas soava muito diferente daquilo que eu estou acostumado (inglês americano ou um inglês britânico que você ouve nos documentários da BBC).

Eu nunca tive essa preocupação quando eu estava aprendendo, mas se tivesse que ter eu valorizaria o inglês que eu mais tenho contato, ou seja, o americano.