Por que tantas palavras da informática estão em inglês?

Por que existem muitas palavras em inglês usadas na informática.

Preciso para um trabalho escolar...Não quero as palavras eu só preciso do porquê obg...

Mais Votada Mais Votada

Avatar do usuário Redseahorse 7380 1 13 132
A prosa é relativamente simples...

Não obstante o fato das primeiras máquinas de processamento de dados terem surgido em um país predominantemente de língua Inglesa (USA), em meados do século passado. Sabe-se ainda que, o Inglês já se tornava popular como LÍNGUA FRANCA em substituição a outras línguas, pelo final do século XIX, influenciado primeiramente pela extensão do poder colonial britânico, e posteriormente pela hegemonia dos USA nos negócios e como poder econômico mundial no século XX.

A língua Inglesa se firmou ainda mais como "língua universal" e dos negócios (indústria e comércio) com a expansão das - tecnologias da informação e de transmissão de dados (internet), à partir do final do século XX e assim permanece até os dias atuais, até quem sabe, ser substituída novamente!

Saudações XVinzistas!
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário gian2hard 2270 1 7 50
Isso sem mencionar o fato de que a maioria dos avanços científicos e tecnológicos surgem de lá. Como o descobrimento de conhecimento novo, o vocabulário inglês Cresce. A rapidez com isso acontece é maior do que nossa habilidade de traduzir todo esse vocabulário novo para o Português.
Avatar do usuário PPAULO 35970 4 32 631
Fazendo uma certa analogia aqui, quando os portugueses avançaram com os conhecimentos de navegação Portugal até criou a escola de Sagres, o que aconteceu? Espalhou o idioma Português por vários países, e com ele muitos nomes das tecnologias de então.
Depois a Espanha começou a despontar como potência européia, a ponto de expulsar os mouros da Península Ibérica. Daí começou a atrair cidadões de outros países, Cristovão Colombo era Italiano.
A consequência disso? O espanhol difundiu-se pela América, mas na época a espanha queria poder e ouro, não se destacou (muito) em termos de linguagem aplicada a tecnologia.
A Grã-Bretanha aproveitou a Revolução Industrial, o que aconteceu? Difundiu-se ambos, o inglês e o inglês técnico.
Depois os Estados Unidos cresceram economica e tecnologicamente além de algumas outros aspectos circunstanciais. O fato é que a Inglaterra teve que passar o cetro de potência influenciadora em termos ciência e tecnologia, sem contar que muitos inventos e cientistas que não eram americanos não fizeram "sucesso" imediato nos seus países de origem.
Um exemplo disso é o inventor do motor a jato que era um engenheiro inglês. Os primeiros motores não motivaram suficiente interesse (econômico) e o primeiro motor operacional em um avião decolou na Alemanha! Contudo, o idioma inglês estava (e está) envolvido em todos a transmissão de conhecimento atual, com o advento da Internet, o avanço das viagens aéreas, a rapidez das comunicações e o próprio "brain drain".
Assim, não é surpreendente que cada dia mais uma torrente de palavras sejam criadas para descrever os produtos, peças, termos de línguagem de programas, e muito mais...para tratar dos aspectos relacionados à informática. Mas não só ela, a indústria, os esportes, o comércio e tudo mais.
Um aspecto curioso disso é que uma grande parte dessas palavras são oriundas de termos ou objetos que originalmente eram até corriqueiras, comuns.
Por exemplo, a palavra DELETE que veio do Latim (delere- apagar), e palavras que eram comuns como Stealth (virou sinônimo de um tipo de tecnologia), I-pod (usa "pod" uma espécie de proteção das leguminosas para as sementes) e também "pod" equipamento ou dispositivo para proteção (de armas, equipamentos aeronáuticos em um avião, etc.)
O que me leva a concluir que a profusão de palavras não é exclusivo da informática, é consequência do uso do inglês "per se". Uma vez que a informática bebe daquela fonte e "transforma" palavras e conceitos mais simples em noções mais abstratas, porém a gente pensa que foi a criação de uma palavra "do nada".
Uma explicação, digamos simplificada, mas que pelo menos responde (uma pequena) parte da pergunta inicial, apresentando alguns fatores.