Qual a diferença entre I'm e I am ?

Olá a todos.

Qual a diferença entre I'm e I am ? E quando devo usar ?

Thank you
MENSAGEM PATROCINADA Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 15 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores e linguistas certificados. O resultado sai na hora e com gabarito.

Clique aqui para iniciar o Teste Online!
Nenhuma.

I am é a forma normal e I'm é a forma abrevida/contraida.

Você pode usar qualquer uma delas.
Olá! Não há diferença. I'm é a contração de I am, assim como You're - You are;
We're - We are;
He's - He is;
She's - She is;
They're - They are... etc

É como no português... O que você/cê está/tá fazendo?

As contrações servem unicamente para tornar o idioma mais simples e natural.

God bless!
Avatar do usuário Rakell Grubert Pere 3385 3 6 65
Sim, não há diferença de significado, porém, se você estiver escrevendo uma carta, um email ou até mesmo um texto que sejam formais, não use as formas contraídas.
Quando eu quiser escrever EU SOU O SMITH, esta certo escrever I'm to Smith ?
Avatar do usuário Henry Cunha 9970 2 17 177
Camila_EE escreveu:Nenhuma.

I am é a forma normal e I'm é a forma abrevida/contraida.

Você pode usar qualquer uma delas.


Depende, não é? Em certos casos, não abreviamos, nem no falado nem no escrito:

A: Are you sure?
B: Yes, I am.

A: That's not the way he is, really.
B: I know. He's usually very friendly.

A forma oral determina quando podemos contrair e quando não devemos.
Avatar do usuário Henry Cunha 9970 2 17 177
Rakell Grubert Pere escreveu:Sim, não há diferença de significado, porém, se você estiver escrevendo uma carta, um email ou até mesmo um texto que sejam formais, não use as formas contraídas.


Rakell, I would say that's too restrictive. There's lots of formal writing with contracted forms. It's a stylistic issue. The greater difficulty is, first, to establish a consistent style. The second, for non-natives, is to learn to proceed from the spoken form to the written form.
Englishman,
Não se usa a preposição "to" nesse caso. Diga simplesmente: I'm Smith.
Avatar do usuário Rakell Grubert Pere 3385 3 6 65
Ok, Henry, maybe I'm being too resctrictive when I say that they can't be used in formal writing, but I think you would have agreed if I had said that they should be avoided, specially in official exams such as FCE, CAE, TOEFL etc., wouldn't you?
MENSAGEM PATROCINADA Há quanto tempo você estuda inglês? Já passou por sua cabeça que você pode estar estudando de uma forma que dá pouco ou quase nenhum resultado? Que tal fazer um intensivo de inglês de 180 dias e recuperar o tempo perdido? Em 6 meses você pode elevar o seu inglês a um novo patamar.

Clique aqui para conhecer o curso!
Avatar do usuário Henry Cunha 9970 2 17 177
Hi, Rakell, I've never taken any of these tests, nor am I familiar with their directives about the "proper" use of contractions, so I don't know the answer to your question. But I took a quick look at TOEFL's own use of them in this TOEFL Planner document, and ran across the following:

"You’ve been studying English for some time now, so you’ve developed a level of proficiency in your reading, listening, speaking and writing skills. Now you’ll want to make sure you’re familiar with the test format and that you’re ready to do your best. This Planner gives you test information, sample questions and activities to build your skills, and much more." (p. 6) From http://www.ets.org/s/toefl/pdf/toefl_st ... lanner.pdf

Wow. Does TOEFL really advise against the use of contractions in formal writing?