Quantos brasileiros falam inglês?

Avatar do usuário Thomas 14260 7 58 282
Conheci muito poucos no Brasil que falavam inglês. 24%? Talvez nas aulas de inglês.
MENSAGEM PATROCINADA Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 15 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores e linguistas certificados. O resultado sai na hora e com gabarito.

Clique aqui para iniciar o Teste Online!
Avatar do usuário TheBigSpire 1060 1 6 25
Na minha opinião essa informação de 24% é completamente vaga, e se quiseram falar de fluência mesmo eles erraram MUITO longe. Tem muito país desenvolvido que não tem esse patamar, que dirá o Brasil...

Aqui, diria que uns 5% e olhe lá, ainda assim não sei se não é um chute alto!
É meio difícil até ter uma porcentagem. Creio que estes dados e estimativas são baseadas em provas como FCE, CPE, TOEFL, IELTS, etc., ou número de alunos que concluem algum curso que envolva a língua inglesa na faculdade. O negócio é: muitos brasileiros falam um excelente Inglês, porém nunca obtiveram qualquer certificado. Será que estou incluído na lista desses brasileiros que falam Inglês? Se eu chutasse, eu diria que brasileiros, são uns 40%, afinal, eles podem estar no exterior agora mesmo.
Adriano Japan escreveu:Na verdade nunca me passei por estrangeiro, só estava acompanhando uma.. queria ver como se viraria se eu não estivesse de babá, por perto.
A Flávia tem razão, o estrangeiro tem que vir muito preparado no mínimo com o português básico na ponta da língua, pois se for depender da quantidade ínfima de gente que fala inglês e está disposta a ajudar..
24%... :roll: acho que devem ter feito essa pesquisa dentro de universidades.. no dia-a-dia o inglês do brasileiro é ZERO.



Isso é sério, esses dias chegou um pessoal de fora e parou no lugar onde eu trabalhava, perguntando se tínhamos o que eles procuravam. Só que a maneira que eles chegaram foi como se estivessem esperando alguem que fosse falar no idioma deles, é como se alguém dicesse " Vai no Brasil, e em qualquer lugar que voce for todo mundo sabe um pouco de ingles para socorrer voces " ¬¬
Avatar do usuário PPAULO 38685 6 32 676
Nem nas aulas, Thomas. Uma vez fui fazer um curso e o professor queria que falasse só em inglês, os alunos reclamaram. Foi feita uma concessão, seria falado em português aquilo que realmente não fosse entendido.
Alguns dias depois, nova concessão, pois muitos alunos simplesmente não sabiam ou não queriam dizer sentenças tais como "could you repeat, please?"
Nós, alunos brasileiros muitas vezes somos muito inseguros e fazemos uma celeuma apenas para não demonstrar fraquezas...
Sempre digo, que tem dúvidas é que aprende, quem tenta, e quem erra.
Mas isso não é só característica nossa não, quando passo em algum chat sempre vejo um grande número de membros, por exemplo no Ebaby (da China, mas qualquer um pode entrar lá.) e pode ter 50 pessoas presentes, vai ter no máximo 4 ou 5 conversando. E se brincar vai passar pelo menos 15 ou 20 e dizer "hello", where are you from?" e não passar disso. Depois sair voando...
PPAULO escreveu:Nem nas aulas, Thomas. Uma vez fui fazer um curso e o professor queria que falasse só em inglês, os alunos reclamaram. Foi feita uma concessão, seria falado em português aquilo que realmente não fosse entendido.
Alguns dias depois, nova concessão, pois muitos alunos simplesmente não sabiam ou não queriam dizer sentenças tais como "could you repeat, please?"
Nós, alunos brasileiros muitas vezes somos muito inseguros e fazemos uma celeuma apenas para não demonstrar fraquezas...
Sempre digo, que tem dúvidas é que aprende, quem tenta, e quem erra.
Mas isso não é só característica nossa não, quando passo em algum chat sempre vejo um grande número de membros, por exemplo no Ebaby (da China, mas qualquer um pode entrar lá.) e pode ter 50 pessoas presentes, vai ter no máximo 4 ou 5 conversando. E se brincar vai passar pelo menos 15 ou 20 e dizer "hello", where are you from?" e não passar disso. Depois sair voando...


Eu sei como é isso, de fatos somos muito inseguros. Eu moro no Rio que tem um gringo em toda esquina, e mesmo vendo alguns precisando de ajuda com algo basico, sempre fico apreensivo em ir lá ajudar, com medo de me embolar na hora de falar. :oops:
Jerry Dorien escreveu:Eu tenho 5 amigos que concluiram o curso em 4 anos e não conseguem conversar fluentemente e tenho amigos que nunca colocaram o pé em uma escola e falam muito bem, isso prova que fazer curso não é suficiente para falar fluentemente.

Abraços.

Isso é porque seus amigos que não fizeram o curso buscaram algum recurso para aprender e os que fizeram o curso não se esforçaram realmente .
Avatar do usuário PPAULO 38685 6 32 676
Ygor, there are several ways to overcome these kind of fear and control ourselves.
One of them is humour (sometimes even self-deprecating) without self-humiliating, since everyone is worth your weight. Yet, people appreciate others that admit their weakness and that they have weakness.
In general, English-speaking people are understanding and symphatetic towards the speaker/learner that they feel like trying hard to communicate.
By the way, it´s perfectly natural to draw a blank, stutter, use the wrong word, even having the palms of hands sweating. And not just learning English, when I was learning to drive I sweated like a pig in a desert (with no oasis around), he he. But I went against my nature and I won!

Renata, old habits die hard, all teacher have to know that. The young as you have an inner interest and a state of curiosity that makes them good learners (when they want and decide go for it). Even so, they need something that draw their interest. Uninspiring classes or judgemental words toward a learner can makes him lose interest or be afraid (affecting his learning skills).
And there are others factors in the equation (i.e. methods that works to one, but not for other students).
That´s why I say to you that it´s not always the learner´s fault (and not always the teacher´s fault as well).

Just to illustrate the point, my 10-year old child was getting bad grades and painfully lagging behind at school, he complained of not seeing the black board for a distance. After having being sent to an optometrist he was recommended the use of glasses, now he is on the top league! There are cases and cases.
Avatar do usuário PPAULO 38685 6 32 676
"of not seeing the blackboard from a distance..."
I might have starving, real hungry to make such mistake. :shock: :lol:
MENSAGEM PATROCINADA Há quanto tempo você estuda inglês? Já passou por sua cabeça que você pode estar estudando de uma forma que dá pouco ou quase nenhum resultado? Que tal fazer um intensivo de inglês de 180 dias e recuperar o tempo perdido? Em 6 meses você pode elevar o seu inglês a um novo patamar.

Clique aqui para conhecer o curso!
Avatar do usuário Marcos 3345 4 17 71
Olá, pessoal.

Estava assitindo a um vídeo no YouTube e acabei me deparando com a informação que apenas 7% dos Brasileiros conseguem, de modo eficiênte, falar inglês. Fiquei curioso e comecei a pesquisar sobre o assunto acabei caíndo aqui. (haha)

Porém encontrei alguns links que mostram números parecidos com o que disse acima.

http://oglobo.globo.com/economia/empreg ... ma-6239142

http://saopaulotimes.r7.com/sp/pesquisa ... la-ingles/

http://www.ef.com.br/epi/regions/latin-america/brazil/

Apesar de não serem pesquisas muito recentes (2012 e 2014), dúvido muito que esses números tenham mudado de modo significativo.

Brasil está em 41º em relação a proeficiência em inglês. O que me faz pensar em como o ensino de inglês é tratato e visto aqui em nosso país, ainda mais com tantas escolas de línguas por aí.


That's it.
Since this a related topic, I thought it would be interesting if I shared what I have found about it.
Take care, guys!