Quantos brasileiros falam inglês?

Avatar do usuário OEstudantedeIngles 5450 2 16 106
E olha que o Brasil é um dos países que mais possui escolas de inglês no mundo inteiro. Mesmo assim quase ninguém fala inglês fluentemente, onde estão todas essas pessoas que concluiram esse cursos?
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Avatar do usuário Daniel Reis 870 1 13
Olá,

Isso meio que assusta, mas se tratando do Brasil acho que isso já se arrasta a muito tempo, lembro que quando eu era criança, somente um dos meus amigos fazia aula de Inglês e contar até 100 era um grande feito, tanto é que ele se exibia fazendo isso.
Hoje em dia não existe mais a ''desculpa'' de um curso ser caro, com a Internet, todos podem estudar, porém, ainda temos que superar a barreira do ''speaking'', pois me parece que no Brasil existem muitas pessoas que possuem um Inglês fantástico, mas na hora de falar, este Inglês fantástico se torna um Inglês ''fajuto/sem sal'' justamente pela falta de usar o speaking ''on a daily basis''. Outra coisa que tenho notado, é que muitos alunos termimam um curso de Inglês com nível avançado, mas será que o nível deles realmente é avançado? Tenho minhas duvidas.
Enfim, acredito que daqui uns 15 anos esses números possam mudar. Até lá, vamos continuar estudando e buscando melhorar a cada dia.

Valeus
Avatar do usuário Cinnamon 15005 14 41 336
Hey guys!

Concordo com o Daniel. No mundo de hoje já não dá pra se falar em falta de oportunidade para o aprendizado.
Tenho amigos com FCE, CAE e CPE sendo que os últimos, mesmo com "proficiência", têm um sério problema com o inglês, parece que não desenvolvem. Já outros, autodidatas, pegam "no ar" as coisas e ampliam as suas capacidades de comunicação dia após dia.
Sou da opinião de que um dos problemas no Brasil é o nivelamento por baixo. As pessoas se contentam com muito pouco, achando que já sabem e quando na verdade, se acreditarmos que não temos nada a aprender sobre um assunto estamos com problemas sérios, pois é um processo sem fim.
Acho que se você já tem um speaking legal, por que não melhorar o sotaque ou na entonação ainda mais? Não precisa perder o charme do português, mas podemos melhorar. Se já consigo ler pequenos textos, que tal tentar pequenos livros, resvistas, etc? Se meu listening é sofrível, que tal treinar com vídeos, no youtube, no EE ou mesmo com música?
A escola não faz o aluno. É claro que existem bons cursos por aí, mas não é o diploma que garantirá a comunicação eficaz, eficiente, dinâmica.
Já tive oportunidade de conversar com pessoas que me perguntaram: "...quer falar italiano, francês ou inglês mesmo? Ah! português, também posso falar nesta língua se quiser, você é do Rio ou de São Paulo." No mundo globalizado isso não é luxo, é necessidade. Mas sem esforço não damos o pontapé que é preciso para alavancar na língua alvo.

See you around!
Bom domingo.
Fiz inglês quando adolescente, e depois disso só fico tentando traduzir as letras de música.
Meus filhos tiram sarro da minha cara, quando pronuncio erradamente.E é claro isso é constante!
Eles falam quase fluente, ou eles pensam que sim. Tento entrar em um grupo de conversação da língua inglesa, mas nunca me respondem.
Por favor , também gostaria de saber quem participa de grupos e como entrar em contato?
Obrigada.
Avatar do usuário PPAULO 38675 6 32 675
Olá, Cleide. Torcendo aqui pra que alguém lhe diga sobre grupos de inglês. Uma vez vi algo sobre isso por aqui, então acho que você pode usar a ferramenta de busca daqui do site inclusive.
Independente disso, uma sugestão minha é que você compre a revista Speak Up (mensalmente ou de vez em quando, você é que sabe.)
Essa revista fez um bem pra o meu inglês quando eu estava no começo, e ainda hoje compro. Entenda que não é propaganda que estou fazendo, pois tenho a edição número "zero" dela (em xerox, perdida na minha bagunça por aqui). Recomendo por que realmente pode ser uma ferramente interessante para o aprendizado (e treino de escuta/leitura - com algumas tópicos/dicas esparsos de gramática.)
Também pode utilizar a parte de inglês do BBC-Brasil e ainda os vídeos do site VOA (Voice of America - mas é todo em inglês).
Espere que certamente outros trarão sugestões.
Pra terminar, a minha percepção é que se deve se ter cuidado com grupos, chats etc...não todos e nem sempre. Mas às vezes ocorre de haver participantes com níveis mais elevados querendo falar com seus pares igualmente com níveis elevados, e então entra eu ou você e aí não dá!
Sabe, é como um corredor que quer correr na São Silvestre e aquela pessoa quer iniciar atividades físicas hoje, um corredor profissional cansa mais esperando aquele que corre menos do que se ele estivesse dando tudo de si (talvez seja por isso que existe os chamados grupos de elite.)
Assim sendo, você pode treinar com coisas mais fáceis, como ouvir e tentar repetir letras de músicas
https://www.letras.mus.br/ariana-grande ... /#autoplay

Ou trechos de revistas como a Speak Up, etc, e em alguns casos a pessoa pode até precisar de um professor/orientador. Sim, em alguns casos o aluno precisa sim de um "empurrãozinho", pois inglês pode vir por "osmose" (por ler, e aprender por "instinto") mas nem sempre é tão fácil como parece, ou não tão rápido...
Boa sorte nos estudos e seja bem vinda ao Fórum; e não entenda minha mensagem como negativa, nem mesmo como realista, são apenas coisas que acontecem. Nada que a paixão por aprender e um certo esforço não consigam superar.
Como dizem em inglês:
where there´s a will there´s a way. (querer é poder.)