Real Spoken English (with transcripts) X Fake Slower English

Oi prá todos!

O objetivo é melhorar a compreensão do inglês falado (listening), que é meu ponto fraco. Não conheço os critérios utilizados nas classificações mais utilizadas mas devo estar entre o nível iniciante e o intermediário.

A grande dúvida é sobre qual é o melhor caminho a tomar na prática do listening:

1) dar preferência a áudio real, de gravações de conversas reais, em que não se está lendo um script, ou seja, áudio/velocidade encontrados na rua, no mundo real e, nesse caso, quase que com certeza fazendo uso de transcripts para conseguir acompanhar / entender - OU -

2) dar preferência a um inglês falado mais pausadamente, em velocidade que não é a empregada nas conversas do dia a dia, em que talvez o áudio seja oriundo de leitura de scripts, mas para os quais tenha uma compreensão maior em relação ao 1º caminho, talvez até mesmo não fazendo uso de transcripts.

O que vocês acham? Como melhoraram o seu nível de compreensão do inglês falado? Tudo bem que sei que é com exposição contínua, prolongada etc., mas qual o método e tipo de áudio que utilizaram?

Agradeço qualquer comentário!

Muito obrigado,
Francisco Barros.
MENSAGEM PATROCINADA Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 15 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores e linguistas certificados. O resultado sai na hora e com gabarito.

Clique aqui para iniciar o Teste Online!
Avatar do usuário Artful Dodger 4500 6 13 103
Minha técnica consistia inicialmente em assistir seriados americanos ou ingleses sem legendas, para me acostumar com a velocidade normal de conversação.

Posteriormente, percebi que funcionava para mim ligar o vídeo com um episódio já assistido do meu seriado preferido enquanto fazia as tarefas do dia-a-dia. Dessa forma, eu conseguia manter o contato com a língua falada e aumentar o meu vocabulário.

Após dois anos e meio, já confiante, comecei um curso de inglês acadêmico para usuários avançados da língua. O interessante é que, neste curso, não utilizamos o áudio de falantes nativos - com o qual estamos todos familiarizados -, mas de falantes estrangeiros, que possuem sotaques mais acentuados.

Assim, meu conselho para vocês é buscar algo que te interesse para o desenvolvimento de suas ‘listening skills’. Áudios puramente acadêmicos tendem a ser cansativos. Além do mais, dê tempo ao tempo.

Cheers!
Avatar do usuário TheBigSpire 1070 1 6 25
Listening é, assim como qualquer outra habilidade, algo a ser desenvolvido com MUITA prática.

Tu precisa ver o que melhor se encaixa pra ti. Eu comecei vendo filmes em inglês com legenda em português e ouvindo os áudios do ESL Podcast (inglês de fácil assimilação e falado pausadamente) no meu celular quando estava na rua.

Após ambos ficarem muito fáceis, troquei as legendas para legendas em inglês e substituí o Podcast do ESL para o do http://www.listen-to-english.com/

Com o tempo, os podcast do l-t-e também ficaram muito fáceis e hoje, como moro na Irlanda, se estou na rua estou sempre ouvindo rádios, com programas normais, todos falados em inglês. Você pode fazer o mesmo na internet buscando rádios gringas.

Quanto a filmes, esse é um grande dilema e talvez para sempre será (assim como para a maciça maioria). Até posso assistir um filme sem legenda, mas dependendo do filme é garantido que terão várias cenas que ficarei boiando e perderei partes importantes. Portanto, ainda os assisto com legendas em inglês quando possível. Tento assistir seriados em inglês sem legenda também, caso eu não entenda uma parte eu volto e escuto de novo. Se ainda assim não entendi, ativo a legenda para compreender apenas aquele trecho.

No entanto, a dica mais importante seria: Não desista nunca. Comece com áudios bem fáceis, sempre ouvindo o máximo que puder, e vá subindo gradualmente de nível. Procure saber o que tem mais resultados para ti, pois o que funciona comigo pode não funcionar para ti e vice-versa.

Good luck! :)
O material que eu uso para listening é sempre real spoken English, por que eu estudo só real spoken english??? Por que eu quero entender nativos, quero me comunicar com eles, então preciso ouvir eles falando na vida real, para eu saber como é a pronúncia deles, a velocidade das falas, como eles realmente falam, e se eu quero entender eles eu tenho que ouvir coisas que eles ouvem, por isso só estudo com filmes e tv shows sem legenda. Fake slower English eu não recomendo, pois não é usado por nativos, e se você quer ter uma comunicação boa, entender nativos, tem que usar real spoken english e não fake slower english. Esse é meu ponto de vista.
Acho que fale slower English nem sempre é uma desvantagem. O fake slower English lhe ajuda a focar na pronúncia correta e no aprendizado de expressões, por exemplo. O inglês em velocidade normal / rápida certamente lhe ajuda assimilar questões como ritmo, entonação, listening propriamente dito e vocabulário, naturalmente, mas às vezes a fala é tão rápida que você só tem tempo de "capturar" o significado geral do que foi dito, sem necessariamente assimilar, com clareza, pronúncia, vocabulário, padrões fonéticos específicos etc. Claro que esta é apenas minha opinião.