Tenho facilidade em ler mas em ouvir não entendo NADA!

yukicha
Olá pessoal, venho aqui pedir alguma dica/ajuda para vocês. Eu consigo assistir séries/filmes/vídeos com legenda em inglês mas se eu tiro a legenda não entendo praticamente nada do que é dito(apenas algumas frases curtas). Têm alguma maneira de eu melhorar isto?
MENSAGEM PATROCINADA Faça um teste de inglês e descubra seu nível em 15 minutos! Este teste foi desenvolvido por professores e linguistas certificados. O resultado sai na hora e com gabarito.

Iniciar o Teste Online!
2 respostas
Ordenar por: Data

PPAULO 56985 6 43 1017
Sim, o que acontece é que o português 'atrapalha' o inglês, a gente quer que a fonètica funcione da mesma forma.
É inconsciente, existem alunos que levam anos pra mudar a atitude e há alunos que rapidamente se ajustam, eu sou do segundo tipo.
Um exemplo, a palavra "it" pode ser pronunciada como "eat", por que a grafia e som que conhecemos da letra I nos leva a falar assim. E do falar para o "esperar" que o outro fale assim é só um passo.
https://www.youtube.com/watch?v=ZnGtnO4 ... AsCriativo

Quando a gente 'se treina' para receber os sons como são em inglês aí começa a melhorar, isso chama-se "treinar o ouvido" o que envolve esse "shift" (mudança) no pensamento.
Claro, isso é uma explicação simplificada (e muito) mas podemos levar pra outros casos como a junção de "at all", com o tempo o estudante entende que fica algo como "éról" listen to the Air Supply song "Making love out of nothing at all" and you can pick up that part when listening.

O som do "the" por exemplo, antes de uma consoante, como em "the house" seria algo parecido com "da" não "dê" como comumente se faz no início do aprendizado de inglês. O "the" com essa pronuncia é quando ele vem diante de som de vogais (as vogais em inglês são diferentes às vezes, por que há outras regras, mas isso é pra outro tópico...)

É isso, veja podcasts que tenham a descrição do texto e compare com o que você "pensava" que ia ser pronunciado, e treine treine treine o ouvido. Com a maioria dos estudantes leva um tempo, mas paciência é uma virtude tá. Vá la fora, veja o sol, aprecie a natureza, não perca o que ganhou (de conseguir ler) e depois treine treine treine.
Se for fazê-lo com videos, filmes etc, tome muito cuidado, pois distrai mais do que só com os sons, mas depois de saber as pronuncias de uns 50-70% você já pode usar audiovisuais.
É isso, por enquanto.

Cinnamon 18335 15 52 426
Os skills para aprendizado de maneira geral diferem muito de pessoa para pessoa e fica difícil dar uma receita para o aprendizado, mas vale a pena compartilhar experiências.
Vejo dezenas e dezenas de autodidatas aqui no EE, mas para mim esse tipo de aprendizagem não serve. Veja, tenho formação científica, gosto de racionalizar conteúdos e acima de tudo preciso de método. Não é à toa que coloquei o final da última frase in bold, porque metodologia é a grande chave para um bom curso ou uma boa escola, um bom método (redundante né lol).

Quando estudava inglês em escolas regulares (pude estudar em duas), aprendi a ver listening e speaking como uma dupla dinâmica, só que pra mim que tinha um excelente speaking e um listening precário, essa dupla parecia não combinar. Foi numa das escolas que aprendi a melhorar muito minha habilidade auditiva. Você sabia, por exemplo, que existem habilidades diversas nos exercícios de listening curtos, médios ou longos? Sim, a princípio ficamos tentados a dizer que um áudio curto é muito mais fácil, mas não é verdade. Dependendo do exercício de áudio, uma só estrutura com três palavras pode ser muito mais difícil do que 1 minuto de áudio. É o que deixam as pessoas malucas no caso do tap como em "not at all", "work it up", "keep it up" ou em palavras isoladas como "letter", "better" e uma simples "potato", sendo todos os exemplos de tap muito ao gosto dos americanos.
A única resposta de ouro que tenho para as dificuldades é:

"É porque os "skills" para os vários aspectos da língua são diferentes."

Na verdade tenho também um ditado popular muito valioso:
Practice makes perfect.

Minha sugestão é: busque diferentes formas de audio, de preferência muito longe dos vídeos e, principalmente, longe dos subtitles. Especialmente porque você já reporta ter uma dificuldade do entendimento do áudio, a despeito de enteder bem a escrita. O PPAULO na sua resposta observou bem isso, com vídeo você não vai estar praticando tão somente o listening, e mesmo um pode atrapalhar o outro. Veja que você vai ter dificuldades de ouvir e entender no início, sem nehuma outra ajuda (visual). Isso realmente vai lhe ajudar. No link que segue você tem diversos tipos de áudio como fácil, médio, difícil, propósito acadêmico, etc.
https://www.esl-lab.com
Você pode inclusive ver o script (você encontra a parte escrita no els-lab) e acompanhar os exercícios de áudio com a parte escrita depois de ouvir duas ou três vezes, fazer exercícios de shadowing: imitando a pronuncia do audio com ou sem leitura (inclusive com as intonações, pausas, a melodia da língua, etc.).
Enfim há um mundo de coisas que podem ser feitas, só não mesnosprese o seu "reading" conquistado como também procure relaxar (também citado pelo PPAULO). Por fim, concentre-se no seu objetivo e naquilo que lhe proporcina maior dificuldade. Depois vale de tudo para aprender, tem até livro com o áudio por aí, mas nesse caso se trata de um ledor "o que lê para ou outro" e, portanto, geralmente vai ter boa pronúncia, entonação, sotaque, é um áudio de uma leitura e não uma conversação, que é o que você precisa no momento. Lol

Minha contribuição, OK!
Keep up studying!