"The lure of a Brazilian MBA"

Avatar do usuário Henry Cunha 9960 2 17 177
Normalmente, brasileiros vão ao exterior para cursarem um MBA. Agora, não somente começam os estrangeiros a ir ao Brasil para fazer um MBA brasileiro, já existe programa em inglês, e mesmo os brasileiros estão frequentando tais cursos em vez de ir estudar no estrangeiro.

Vejam a reportagem em http://www.theglobeandmail.com/report-o ... 237/page2/
MENSAGEM PATROCINADA Você sabe como está o seu nível de inglês? Teste agora GRÁTIS em apenas alguns minutos.

Clique aqui para iniciar o Teste Online!
Avatar do usuário dlr 65
My university claims to have over 25,000 students. Most of the people that I've studied Portuguese with here fall under 2 categories.
1. Native Spanish-speaking graduate students that want to be able to read and do research in Portuguese (usually less than 5-10 per semester)
2. Undergraduate students that had some experience with Brazil in the past and wanted to give Portuguese a try (usually less than 10 per semester in the literature courses, and less than 20 in the language learning courses)

A depressing fact is that the only reason my university has a Portuguese department is because it is part of the Spanish/Portuguese department and the Spanish department attracts thousands of students. The difference, however, is that the Portuguese students are nearly all dedicated and want to learn more, but most Spanish students are just taking the course to fulfill the university's requirements.

I wouldn't say that enrollment in Portuguese classes is rising where I'm from, so I think the option of getting an MBA in Brazil wouldn't really interest most people unless they were already interested in Brazil.
Avatar do usuário Lucas PAYNE 260 7
Uma coisa que me intriga é ...

Quem está aqui quer ir estudar fora e quem esta fora que vir estudar aqui.
Brasil está acima de 80° em educação no mundo.
Avatar do usuário Flavia.lm 3885 1 9 86
Tenho um colega francês que foi fazer uma especialização na FGV de São Paulo e eu fiquei abismada qdo ele falou que no total eram 90 alunos na turma dele (divididos em duas salas), e todos não-brasileiros. Insper (ex-IBMEC) e I.E. Business Scholl também oferecem cursos de especialização/MBA em inglês pra brasileiros, e algumas salas são mistas com estrangeiros. Não cheguei a pesquisar valores, mas acho que é "ligeiramente" mais caro que um MBA "normal".
Avatar do usuário Flavia.lm 3885 1 9 86
Pessoal, não é sobre MBA mas sim sobre graduação.

"Se você está na universidade, faça o teste. Conte quantos alunos ou professores internacionais existem na sua instituição.
Provavelmente, a resposta vai ser nenhum ou poucos. As universidades brasileiras são muito fechadas para o mundo: difícil para quem é de fora vir para cá.
Quem já visitou uma universidade nos EUA ou na Europa sabe que a situação é diferente. Existe uma batalha pela "internacionalização". As escolas competem por professores e alunos no mercado global. Afinal, muitas das inovações tecnológicas dos EUA, por exemplo, foram feitas por "forasteiros". "

Leia o artigo completo da Folha de SP 27/06/11: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/folhat ... 201107.htm

Reportagem em inglês que originou a matéria: http://www.freedom-to-tinker.com/blog/r ... innovation

have a nice reading.

***

p.s.: eu visitei uma universidade de contabilidade em San Francisco. E... fiquei meio decepcionada com a atenção que me deram. Em compensação, nas feiras de intercâmbio e MBA que costuma ter em SP, em universidade praticamente implorando pra vc ir estudar com eles...