Tradução de "I've taken them to my family home"

495 7
London isn't a good place for children . I've taken them to my family home in Essex.

My family home é a casa da minha família ou é simplesmente a minha casa?

FONTE: The turn of the screw. James H. Level 3. Pearson Education.
MENSAGEM PATROCINADA Você sabe como está o seu nível de inglês? Teste seu inglês GRÁTIS em apenas alguns minutos. Este teste foi desenvolvido por professores e linguistas certificados. O resultado sai na hora e com gabarito.

Iniciar o Teste Online!
4 respostas
Ordenar por: Data

Resposta aceita Resposta aceita
56010 6 43 1005
Seria "a casa da minha família" e "minha casa", e podemos estar falando da mesma coisa. Na inglaterra (ainda hoje) tem ruas em certos condados em que as casas passam de pais pra filho(s).
Se você colocar "Harley Street" no Google vai ver alguns "prédios" antigos, mas verá algumas casas cujas fachadas remontam à essas casas "da família" de alguém. Casas com vários quartos e cômodos para empregados, famílias em visita, coisas do tipo.
Na época dizer a casa da minha família era orgulho, dizia algo de sua história, que sua família carregava uma tradição e você fazia parte disso. Não orgulho besta, mas que você se orgulhava de manter uma certa tradição.
Então a casa era dele. Talvez os pais já não existissem na terra, mas deixaram a casa e os empregados, herança, etc.
E previamente na história é mencionado que ele é "unmarried", portanto "um bom partido", pelos padrões da época.

A propósito em outra parte da história está escrito que "she went to London and met him at his large house in Harley Street." Lá nessa casa moravam os dois filhos do irmão desse personagem, sendo que o irmão tinha morrido, o tal rico personagem agora ficou tomando conta das crianças (sendo o responsável por elas).
Contudo, ele não achava a casa de Londres apropriada, e então aventou a hipótese de levar as crianças para a outra casa da família no condado de Essex (mais "interiorzão" - por assim dizer, na época - é claro).

Esta é uma probabilidade, um contexto bem plausível. Também não quer dizer que a casa não possa ser da família (dos pais certamente) e que os pais morassem lá no condado e estivessem vivos e o personagem ainda morasse com os pais (não necessariamente que fosse dependente deles).
Só que parece que ele já tem uma certa idade. Talvez e digo talvez, os pais não fossem mais vivos. Mas podemos lembrar que os netos e filhos da rainha já são adultos e muitos moram "com ela" (por ali em volta).

13415 2 20 275
FAMILY HOME pode ser a própria casa ou dos pais/parentes. É preciso contextualizar.

495 7
Excelente explicação e contextualização, PPAULO! Você já conhecia o livro? Falou com tantos detalhes que me impressionou! :D

56010 6 43 1005
Não, não conhecia, dei uma olhada rápida aqui
https://books.google.com.br/books?id=Vy ... et&f=false

Pra evitar falar de algo que eu tivesse certeza que era outra coisa e de repente não ser aquilo. Digo, em relação à leitura.
A parte contextual e cultural eu já tinha um pouquinho de bagagem. Pouquinho mas achei que já dava para explicar sem complicar, rss.
E já dei umas lidas em alguns livros que descrevia a sociedade na Era Vitoriana, por exemplo, há autores (e autoras) que são especializados em descrever os personagens e a sociedade da época. Exemplo: Phillipa Gregory wrote The Other Queen, The White Queen and Professor John Knight - The Anglo-Zulu War. By reading, you feel like being put straight into the scene, like a privileged expectator!