Tradução de texto "Influenza pandemic of 1918-1919"

  Verificado por especialistas
Donay Mendonça 22 102 1.5k
Pessoal,

Influenza pandemic of 1918-1919

The influenza pandemic of 1918-1919 killed more people than the Great War, known today as World War I (WWI), at somewhere between 20 and 40 million people. It has been cited as the most devastating epidemic in recorded world history. More people died of influenza in a single year than in four-years of the Black Death Bubonic Plague from 1347 to 1351. Known as "Spanish Flu" or "La Grippe" the influenza of 1918-1919 was a global disaster.

In the fall of 1918 the Great War in Europe was winding down and peace was on the horizon. The Americans had joined in the fight, bringing the Allies closer to victory against the Germans. Deep within the trenches these men lived through some of the most brutal conditions of life, which it seemed could not be any worse. Then, in pockets across the globe, something erupted that seemed as benign as the common cold. The influenza of that season, however, was far more than a cold. In the two years that this scourge ravaged the earth, a fifth of the world's population was infected. The flu was most deadly for people ages 20 to 40. This pattern of morbidity was unusual for influenza which is usually a killer of the elderly and young children. It infected 28% of all Americans (Tice). An estimated 675,000 Americans died of influenza during the pandemic, ten times as many as in the world war. Of the U.S. soldiers who died in Europe, half of them fell to the influenza virus and not to the enemy (Deseret News). An estimated 43,000 servicemen mobilized for WWI died of influenza (Crosby). 1918 would go down as unforgettable year of suffering and death and yet of peace.


Pandemia da Gripe de 1918

A pandemia da gripe de 1918-1919 matou mais pessoas do que a Grande Guerra, conhecida hoje como Primeira Guerra Mundial – um número de pessoas em torno de 20 a 40 milhões. Esta epidemia é tida como a mais devastadora da história. Mais pessoas morreram de gripe em um ano do que em 4 anos da peste bubônica, 1347 – 1351. Conhecida como gripe espanhola, a “influenza” de 1918-1919 foi um desastre global.

No outono de 1918, a Grande Guerra na Europa estava enfraquecendo e a paz começava a despontar. Durante a guerra os EUA ajudaram a expulsar os alemães – nas trincheiras, vivia-se as piores condições possíveis. Algo despontava parecendo ser tão benigno quanto o resfriado comum. A gripe daquela época, era mais do que um resfriado – um quinto da população foi infectada, mais fatalmente pessoas entre 20 e 40 anos. Era algo incomum, pois a gripe afetava mais crianças e idosos até então. Infectou 28% de todos os americanos. Por volta de 675 000 americanos morreram – dez vezes mais do que na guerra. Metade dos soldados americanos morreram de gripe e não pelas mãos do inimigo. 1918 foi o ano marcado por sofrimento, morte e no entanto de paz.


Bons estudos!
Anúncio Cambly Gostou da dica? Agora é hora de praticar!

Utilizar o inglês em interações reais levará você à fluência mais rápido. Pensando nisso, o nosso parceiro está oferecendo 15 minutos de aula grátis, não perca essa oportunidade. O link abaixo ativa o cupom!

Cupom: 15 minutos de aula Grátis!
Colabore