Uso do ''Don't e do ''Even'' na música Just The Way You Are (Música de Bruno Mars)

245 5
Eu percebi que na música tem dois trechos que realmente me deixaram com dúvida no caso esses:

"And it's so, it's so sad to think that she don't see what I see

So don't even bother asking if you look okay

A minha primeira pergunta é:
Porque ele usou o "Don't no primeiro trecho mencionado invés de Doesn't, não seria "Sad to think that she Doesn't see what I see"?

A minha segunda pergunta é:
Dá pra reescrever o segundo trecho mencionado sem o "Even"?
Por exemplo: So don't bother asking if you look okay
Mas pra mim a frase fica meio estranha sem o "Even", eu sinto que se eu tirar o "Even", eu teria que dizer "Bother Yourself asking if you look okay" pra fazer sentido na minha cabeça, mas de qualquer maneira está certo dizer essa frase sem o "Even" ou não?

TIA
6 respostas
Ordenar por: Data
Resposta aceita
6540 11 149
Resposta do Cinnamon está correta quanto a don't even vs don't.

Sobre don't vs doesn't na primeira frase, nao é questão de formal ou informal, ou licença poética. É muito comum ver uso de don't ao invés de doesn't em músicas quando o pronome usado é he/she/it, simplesmente porque se encaixa melhor na melodia e ritmo da música. Se voce usar doesn't nesse trecho vai ficar muito longo e o ritmo da música vai se perder, voce teria que pronunciar o "doesn't" de um ritmo diferente do resto do trecho e sairia totalmente fora do ritmo da música.
Cambly Brasil - Mensagem Patrocinada Saiba já o seu nível de inglês - Converse grátis por 15 minutos com um professor e verifique como está o seu nível de inglês. Perder o medo de se comunicar é o primeiro passo para a fluência. Cadastre-se na Cambly e experimente o método sem compromisso.

Iniciar Conversação
19545 15 55 458
Quanto à primeira pergunta:
"And it's so, it's so sad to think that she don't see what I see."
"Don't" é informal aí, possível de ser usado mas bastante informal.
Na música é relativamente comum, mas é licença poética.
Procure o cássico "Evevy little thing she does is magic, everything she do just turns me on..."

Já a segunda você pode sim dizer:
"So don't bother asking if you look okay."
Então não se preocupe em perguntar se você está bem.

Mas usando o "even" temos:
"So don't even bother asking if you look okay."
Então nem (mesmo) se preocupe em perguntar se você está bem.

Então, há uma pequena diferença entre as frases.
6540 11 149
Outro exemplo:

https://youtube.com/watch?v=JWA5hJl4Dv0

Tente cantar a parte do "but it don't matter" nessa música com doesn't. Fica bem claro que soa estranho e o ritmo da música sai do trilho.
19545 15 55 458
Como o objetivo do forum é o esclarecimento da dúvida apresentada, e estou longe de querer ser o detentor das respostas, no caso em tela o que foi colocado pelo Leonardo96 reitera o que mencionei anteriormente, pois "aplicada à música" a licença poética existe quando em detrimento da norma culta (padrão), sem prejuízo do conteúdo que pode ser compreendido, aplicam-se estruturas que no caso da música possibilitam uma melhor melodia, a poesia da própria música, o que aliás foi minha resposta.
Gostaria de esclarecer que a não utilização da norma padrão, que no caso seria "does/doesn't" transfere-se a estrutura utilizada na música para um espectro mais informal da linguagem.
De acordo com o dicionário Houaiss, o termo “Licença Poética” é definido como a “liberdade de o escritor utilizar construções, prosódias, ortografias, sintaxes não conformes às regras, ao uso habitual, para atingir seus objetivos de expressão”. Está presente na literatura, música e também nas propagandas.

Por meio da licença poética, o artista ganha liberdade de expressão e se desprende da normatividade das regras gramaticais e/ou métricas, utilizando, entre outros recursos, versos irregulares, erros ortográficos e/ou gramaticais e rimas falsas. Assim, observa-se uma espécie de erro proposital, empregado para destacar determinado ponto da obra.
source Info Escola
245 5
Agora eu entendi, é como se fosse uma linguagem informal, que seria aplicada na música para dar o ritmo certo dela, e assim fazer com que a música chegue num sentido melhor aos ouvintes
Obrigado a todos por esclarecer isso!
6540 11 149
Sim, Cinnamon. Tecnicamente pode ser considerado licença poética, mas é importante esclarecer o porque exatamente do uso de "doesn't" ao invés de "don't". Não é so questão do artista preferir certa estrutura gramática que é considerado errada porque ele tem essa permissão e porque quer cantar assim sem motivo específico.
Curso English Experts Há quanto tempo você estuda inglês? Já passou por sua cabeça que você pode estar estudando de uma forma que dá pouco ou quase nenhum resultado? Que tal fazer um intensivo de inglês de 180 dias e recuperar o tempo perdido?

Clique aqui para conhecer o curso!