Utilização do ING após phrasal verbs

Avatar do usuário Daniel Reis 940 1 15
Olá pessoal,

Uma vez vi uma pessoa comentar sobre esse assunto num tópico mas não consegui achar o tal tópico, por isso estou criando este, minha dúvida é se um verbo sempre estará no gerundio após phrasal verbs ?

Valeus

Mais Votada Mais Votada

Avatar do usuário Juliana Rios 18850 21 98 389
Daniel, a regra sobre gerúndios refere-se a preposições - não a phrasal verbs. O que acontece é que, justamente por terminarem em uma preposição, muitos phrasal verbs são seguidos por um verbo no formato "verbo + ing". Tome como exemplo as seguintes frases, e note que é a preposição (em negrito) que controla o fato de o verbo (itálico) estar no gerúndio, e não a existência do phrasal verb em si, o qual se encontra na frase por mera coincidência.

I look forward to hearing from you.
His fear of flying put him off becoming a pilot.
We talked him into accepting the offer.
He made some lame excuse to get out of doing the dishes.
How can I go about solving this problem?

Na frase citada pelo P. Henrique, "You must turn the air conditioner on" e "to make the room cooler" são orações separadas e independentes. Note, por exemplo, que você pode inverter a ordem das mesmas sem que haja perda de sentido:

"To make the room cooler, you must turn the air conditioner on."

Neste caso, "to" funciona como "para" ou "a fim de". Tome outra frase similar como exemplo:

He went out to get the car serviced.
Ele saiu para revisar o carro.

Note que, em tais situações, os phrasal verbs ("turn on" e "go out") ocorrem de forma independente, sem possuir relação com o verbo que segue, o qual faz parte de outra estrutura.

Há casos em que um phrasal verb não acaba em uma preposição, e sim em um advérbio, mas é seguido por um gerúndio. Isso se deve ao fato de que, nestes casos, o verbo toma o lugar de um substantivo. Exemplos:

He gave up smoking (he gave it up / he gave up the habit of smoking).
I turned down becoming a partner (I turned down the offer).

Há outros casos em que o verbo no gerúndio é na verdade um complemento que simplesmente descreve o modo como uma ação se deu, ou reforça a mensagem do phrasal verb, sem ter uma relação direta com este. Nestes casos, o verbo poderia ser eliminado sem comprometer a integridade semântica do phrasal verb. Exemplos:

The child broke down crying (the child broke down and started crying).
We all burst out laughing (we burst out with laughter).

De forma geral, entendo que, sempre que um verbo fizer parte da estrutura semântica de um phrasal verb, o mesmo se encontrará no gerúndio. Não me recordo de uma situação ou contexto em que um verbo no inifinitivo é empregado neste tipo de caso. No mais, pode-se dizer que não há regras que determinem quando um phrasal verb deverá ser seguido por um gerúndio ou não. O que há é um extenso conjunto de padrões que devem ser compreendidos dentro de contextos específicos, e sob condições gramaticais específicas. Evite depender de fórmulas, pois este tipo de abordagem costuma ser falho e infrutífero.
MENSAGEM PATROCINADA Para aprender mais sobre os Tempos Verbais baixe agora o: Guia Grátis de Tempos Verbais em Inglês. Ele contém um resumo bem estruturado para revisar os conceitos que você aprendeu na escola.

Clique aqui e saiba como baixar!
Acredito que como regra geral utilizaremos o ING depois de um phrasal verb, visto que o phrasal verb normalmente termina com uma preposição.Infelizmente não podemos dizer "sempre" ou "nunca" quando o assunto é gramática. Um exemplo de infinitivo após "phrasal verb":

You must turn the air conditioner on to make the room cooler.

na frase temos o phrasal Verb "turn on", neste caso acredito que o "on" é um advérbio e não preposição, portanto pode ser seguido do infinitivo.

Mas, sinceramente, gostaria de ouvir mais opiniões sobre o assunto.
Avatar do usuário Marcio_Farias 12350 1 22 206
Acrescentando, podemos, sim, usar um verbo terminado em -ing após um verbo de duas (ou até mesmo três) palavras.

Alguns exemplos:

"The entire discussion forum looks forward to reading more of your great posts!"
"She thinks she can get away with paying for the damages she has caused in the car crash just because she is a lawyer."
"Although she guessed she had to give him props for showing up once a year on her birthday, as if that made up for leaving her crazy mother high and dry.
"John's mind turned to doing this a couple of years ago."
"John turned up missing at roll call."
Avatar do usuário Daniel Reis 940 1 15
Olá pessoal,

Então não existe uma regra que diga, quando ou não utilizar o ING depois de phrasal verbs ?
Vai depender do phrasal verb, assim como o P.Henrique disse acima: ''You must turn the air conditioner on to make the room cooler'', outros exemplo desse tipo seriam bem vindos.

Valeus